SSP e Saeb promoverão pesquisa sobre sensação de segurança


Uma parceria firmada entre as secretarias da Segurança Pública (SSP) e da Administração (Saeb), juntamente com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (Sei), realizará uma pesquisa domiciliar para saber a visão da população sobre a sensação de segurança no estado e a confiabilidade na polícia baiana. A ideia é entrevistar cerca de 2.300 residências começando pela capital e Região Metropolitana de Salvador, e em seguida chegar ao interior do estado.

O ouvidor-geral da SSP, Edmundo Assemany, explicou que a pesquisa visa a preencher os quatro indicadores firmados pelo Plano Estadual de Segurança Pública (Planesp) (credibilidade, confiabilidade, satisfação e sensação de segurança). “Nós estamos convocando os cidadãos para participarem da segurança, fazer com que eles tenham voz e que possam nortear as melhorias que estamos buscando”, informou.

seguranca_publica_casal_160712
Foto: divulgação

O formulário apresentará cerca de 20 perguntas e, além de questionamentos sobre a segurança pública, também buscará informações sobre faixa etária e questões socioeconômicas. O coordenador de Pesquisas Sistemáticas Especiais da Sei, Jônatas do Espírito Santo, explica que a casa sorteada para a realização do estudo receberá uma carta informando que foi escolhida. Em seguida, um profissional capacitado e devidamente identificado fará a entrevista. “Ouvir o cidadão e entender sua percepção em relação aos serviços da segurança são de extrema importância, por isso, buscaremos realizar essa pesquisa da melhor forma possível”, destacou.

A Saeb, através do Conselho de Qualidade do Serviço Público (Conquali), que tem como principal foco a qualidade do serviço público, vai gerir a realização da pesquisa. A diretora de Gestão de Qualidade, Juliana Cavalcante, acredita que essa parceria vai trazer ótimos resultados para a segurança pública. “Esse tratado vai fundamentar melhorias para a população. É nosso dever trazer as pessoas para mais perto do estado e buscar soluções para as suas necessidades”, afirmou.