A Poderosa Ísis merece uma releitura


Momento Retrô (2)

Os Segredos de Isis ou A Poderosa Isis, como foi batizado aqui, era um seriado de TV que foi ao ar originalmente entre 1975 e 1976. Com 22 capítulos, produzidos pela Filmation, teve como protagonista, a atriz Joanna Cameron.

De acordo com o enredo, Andrea Thomas (Cameron) é uma professora de Ciências e arqueóloga amadora que encontra um amuleto que teria pertencido a uma rainha egípcia. Para se transformar em heroína bastava estar de posse do artefato e pronunciar as palavras mágicas “Poderosa Isis”, e pronto ganhava superpoderes.

Habilidades especiais

A heroína apresenta uma vasta gama de poderes, normalmente invocados através de encantamentos.  Ela pode voar recitando “O zephyr ventos que sopram em alto / Levante-me agora para que eu possa voar.”; força sobre-humana, comando dos elementos (terra, ar, fogo e água) e controle do tempo.

Também pode controlar a densidade molecular de seu corpo e outras matérias, passando-se através das paredes, e em um exemplo, fazendo com que um carro passe ileso através de um graduador de estrada. Isis pode adivinhar o passado recente, que se manifesta para o espectador na jóia de seu diadema. A heroína pode influenciar coisas vivas, incluindo árvores e animais, para aparecer e desaparecer à vontade. Ela pode aumentar a gravidade local, e parar e inverter o fluxo de tempo.

As habilidades super-humanas de Isis são limitadas quando em sua forma Andrea Thomas. Ela ainda é capaz de se comunicar telepaticamente com seu pássaro de estimação, Tut, e em um exemplo, o reflexo da luz fora de seu amuleto restaurou uma memória esquecida para uma pessoa.

Joanna Cameron encerrou sua carreira como atriz em 1980, depois produzir e dirigir o longa-metragem Blue Angels in Razor Sharp (1982). Ela se tornou enfermeira, atuando durante muitos anos na profissão. Em seguida, passou a trabalhar com Marketing para vários hotéis no Havaí.