A “Praça do Frevo” baiano e pernambucano agita o Pelô


“A Praça do Frevo Elétrico, acontece nesta semana de carnaval, das 20 ás 22 h na Praça Tereza Batista, dentro da Programação do Carnaval do Pelourinho/2017, com apresentação de Carlos Pitta, o primeiro artista baiano a usar a guitarra baiana no galope. Na edição de sábado passado milhares de pessoas – baianos, gente de diversas áreas do país e do exterior – participaram da praça que foi um sucesso até mesmo pela novidade o local.

O público pode ouvir o frevo baiano e o pernambucano. Segundo Carlos Pitta, “O que difere o frevo composto na Bahia em paralelo ao de Pernambuco, é que o frevo da Bahia tem uma característica elétrica com um som original baseado na guitarra baiana, enquanto o Frevo pernambucano se baseia nos metais”. Na letra da música “Vassourinha Elétrica” de Moares Moreira”, se diz “E o frevo que é pernambucano/sofreu ao chegar na Bahia/um toque/um sotaque baiano/pintou uma nova energia”.

Foto Carlos Pitta2
Cantor Carlos Pitta Foto: divulgação

E é dentro dessa nova energia que o Cantor e Compositor Carlos Pitta vem a mais de 20 anos mantendo dentro da sua agenda de shows um espaço dedicado ao frevo da Bahia, quer seja em palco fixo ou mesmo em trio ele é o criador da música Cometa Mambembe, clássico do carnaval que cita a guitarra baiana.

 Com uma banda formada por grandes músicos como, Ricardo Marques (guitarra baiana/base e solo), Moisés Gabrielli (contrabaixo), Tedy Santana (bateria), Sebastian Notinni (percussão), Gel Barbosa (Acordeon). Com um repertório baseado em músicas próprias, de Armandinho, Dodô e Osmar, Novos Baianos, Moraes Moreira, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tuzé de Abreu, A Cor do Som, além de músicas atuais dentro de uma roupagem do Frevo.