Animais também doam sangue e salvam vidas


caodoandosangueeditado

Muitos não se dão conta mas a doação de sangue não é um procedimento exclusivo para seres humanos. Ela ocorre entre animais também e pode salvar vidas. Thaís Nascimento médica da Clínica Veterinária Provet (Itabuba – BA) acredita que esse procedimento é um ato de amor para com os animais.

DSC01396
Veterinária Thaís Nascimento da Provet Foto: Marcelo Carvalho

De acordo com ela, os receptores do sangue são os animais vítimas de doenças como, por exemplo, anemia, câncer, tumores, doenças renais e autoimunes ou traumas decorrentes de acidentes. “Hoje temos moléstias emergentes na região e no Brasil que causam quadros muito graves de anemia, deixando os bichinhos debilitados”, explica a especialista.

A professora Drª. Simone Gonçalves, sócia fundadora do Hemovet (centro de hemoterapia veterinário pioneiro no fracionamento de bolsas de sangue de cães) garante que doar sangue é seguro não exigindo algum cuidado especial prévio ou pós procedimento. “Os cães e gatos que doam sangue podem se alimentar antes da doação,  mas pedimos se possível o jejum, para evitar a lipemia, ou seja, gordura no sangue para não comprometer o processamento de alguns hemocomponentes como o concentrado de plaquetas”, explica.

Critérios a serem seguidos

De acordo com Simone Gonçalves, os cães devem apresentar peso mínimo de 27 kg, idade entre 1 e 8 anos, temperamento dócil, vacinação e vermifugação atualizadas, controle de carrapatos e pulgas. “São realizados, previamente, exames para detecção de doenças que podem estar presentes sem sintomas. Dentre os exames, realiza-se: hemograma, testes para detecção de erliquiose, dirfilariose, Lyme, leishmaniose e brucelose”, detalha.

Sobre os felinos, a especialista destaca que devem ter peso mínimo de quatro quilos, idade entre 1 e 6 anos, temperamento dócil, vacinação e vermifugação atualizadas, controle de pulgas e carrapatos. “Da mesma forma que o cão, devem ser realizados exames prévios, dentre eles: hemograma, micoplasmose, leucemia felina e  imunodeficiência felina”, ensina Simone.

Simone Gonçalves
Drª Simone Gonçalves do Hemovet           Fotos: divulgação Hemovet

Quantidade de sangue ideal

Thaís Nascimento esclarece que a cada doação são retirados, em média, 450 ml  de sangue nos cães e de 20 a 40 ml nos gatos. Todo o processo costuma durar por volta de 15 minutos.

Saiba mais:

www.hemovet.com.br

http://www.pagefree.net/provet-clinica-veterinaria