Assassinato de PM: seis testemunhas já foram ouvidas


Equipes da Força-Tarefa da Secretaria da Segurança Pública que investiga morte de policiais já ouviram seis testemunhas que presenciaram a morte do soldado PM Jaílson César dos Santos Mendes, lotado na 53ª Companhia Independente da Polícia Militar (Mata de São João). As primeiras informações são de que dois homens, um deles aparentando ser ainda adolescente, entraram no coletivo na região do Iguatemi e anunciaram o assalto na Avenida Paralela.

“Segundo as testemunhas, no momento que o roubo foi iniciado o militar reagiu e acabou atingido por disparos de arma de fogo. Socorrido para o Hospital Roberto Santos, não resistiu. Chegamos no local do crime às 7 horas, pouco depois da ocorrência do fato, e obtivemos importantes detalhes que certamente nos ajudarão na elucidação do caso”, explicou o coordenador da Força-Tarefa, delegado Odair Carneiro.

Ele acrescentou que outras informações podem ser repassadas para a polícia, através do Disque-Denúncia da SSP (3235-0000).