Remédio para a hepatite C tem patente aceita


A empresa farmacêutica norte-americana Gilead obteve decisão favorável relacionada a um pedido de patente do medicamento Sofosbuvir no Brasil. A solicitação foi deferida ontem (18) pelo Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (Inpi). O remédio vem revolucionando o tratamento da hepatite C, contribuindo para a cura de muitos pacientes e reduzindo a demanda pelo transplante de fígado.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), através do Instituto Farmanguinhos, anunciou em abril ter firmado parcerias para fabricar uma versão genérica nacional do remédio que seria adotada no Sistema Único de Saúde (SUS). Na ocasião, a expectativa era de que ela estivesse disponível até o final deste ano, ajudando assim a erradicação a hepatite C no país. Porém, com a decisão do Inpi, a Gilead terá exclusividade para a produção do mediamento e monopólio da sua comercialização no Brasil.

Em nota, a Fiocruz afirmou que recebeu com surpresa a notícia do deferimento do pedido de patente e que não houve exposição das justificativas técnicas. A fundação avalia que o pedido não apresenta os requisitos de novidade e atividade inventiva. Também não teria sido apresentada a descrição de invenção de modo que um técnico consiga reproduzir o medicamento reivindicado. Tal descrição é um dos critérios que devem ser observados para a concessão de patente.

O Ministério da Saúde informou que, oficialmente, ainda não teve ciência da decisão do Inpi. Pelos cálculos da pasta, o preço de cada tratamento de hepatite C, que dura 84 dias, ficaria em pouco mais de R$ 5 mil usando o medicamento nacional. Comprando o remédio dos laboratórios privados, o custo por paciente já chegou ao patamar de US$ 84 mil.

A organização humanitária Médicos Sem Fronteiras também emitiu nota lamentando a decisão do Inpi e avaliou que ela limita o acesso à cura da hepatite C. Segundo a entidade, há quase 700 mil pessoas com a doença no Brasil e havia argumentos sólidos, baseados no interesse público, para negar a concessão da patente. “Atualmente, a Gilead cobra cerca de US$ 4,2 mil por tratamento contra a doença. Em contraste, nos projetos em 13 países onde trata a doença, a Médicos Sem Fronteiras adquire medicamentos genéricos da mesma qualidade dos remédios de marca ao preço de US$ 120”, registra o texto.

Nos cálculos realizados pela organização humanitária, a adoção da versão nacional do remédio pelo SUS levaria a uma economia a R$1 bilhão por ano. Ela defende que o governo federal avance no licenciamento compulsório do Sofosbuvir, permitindo a produção por outras empresas e barateando o remédio.

A Rede Brasileira Pela Integração dos Povos, através do seu Grupo de Trabalho sobre Propriedade Intelectual, anunciou que vai entrar com recursos contra a patente. A rede é composta por diversas organizações, entre elas a Médicos Sem Fronteiras e a Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS (Abia).

Fonte: Agência Brasil

Ato religioso é realizado no Rio


Representantes de várias religiões participaram hoje (16) de um ato contra a intolerância religiosa, em Copacabana, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. A 11ª Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa foi organizada pelo Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (Ceap) e pela Comissão de Combate a Intolerância Religiosa (CCIR).

Segundo os organizadores do ato, a caminhada teve o objetivo de chamar atenção da sociedade civil para o perigo de uma “ditadura religiosa” no Brasil, cuja população tem várias crenças e provêm de culturas diferentes.

Entre os participantes do ato estavam representantes do candomblé, da umbanda, evangélicos, católicos, budistas, muçulmanos, judeus, wiccanos, hare krishnas e ciganos.

 

 

Município de Jequié completa 30 dias sem crimes contra a vida


O município de Jequié, distante 365 dias da capital, completou, na última quinta-feira (13), 30 dias sem Crimes Violentos Letais Intencionais – homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte. Em agosto, quando comparado com o mesmo período de 2017, a redução foi de 700%, nas mortes violentas.

Os bons números são reflexos das ações policiais desenvolvidas na região para identificar os criminosos, apreender armas e desbaratar quadrilhas, principalmente de tráfico de drogas.

De acordo com o titular da Delegacia Territorial (DT/ Jequié), Moabe Macedo, uma operação realizada com o apoio da Coordenação de Monitoramento e Avaliação do Sistema Prisional (Coordip) da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), revelou que os principais mandantes dos homicídios estavam no sistema prisional. “Conseguimos a transferência de alguns integrantes das quadrilhas para o Presídio de Serrinha e reduzimos os índices”, revelou.

O último CVLI na cidade teve motivação passional e o criminoso já foi identificado. “Carlos dos Santos Xavier, assassino do guarda municipal Washington Sousa Pereira, vem sendo procurado. Pedimos o apoio da população na sua busca”, esclareceu o delegado.

Além disso, as revistas realizadas nas celas e as operações realizadas nas ruas contribuíram com a redução. O comandante do 19ª Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Itamar Gondim, revelou que as unidades especiais e ordinárias intensificaram as patrulhas fora do sistema penitenciário para chegar aos executores.

Crédito agrícola em alta


As contratações de crédito agrícola, no primeiro bimestre do Plano Agrícola e Pecuário 2018/19, tiveram acréscimo de 45%, na comparação com o mesmo período da safra passada atingindo R$ 34,1 bilhões, com 139.155 operações.

Os números fazem parte do levantamento realizado mensalmente pelo Departamento de Crédito e Estudos Econômicos da Secretaria de Política Agrícola e estão disponíveis no Portal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Entre os recursos liberados R$ 20,8 bilhões foram destinados para operações de custeio, o que representa um aumento de 35%, o maior desembolso dos últimos cinco anos. Na safra 2014/15, foram R$ 25,5 bilhões; em 2015/16, foram R$ 26,6 bilhões; na safra seguinte, R$ 19,5 bilhões; e na safra passada, R$ 23,6 bilhões.

Dentre os principais programas de financiamento, o PCA (Programa de Construção e Ampliação de Armazéns) teve aumento de 141%, por conta do incentivo para implantação de estruturas com capacidade de até 6 mil toneladas, a taxas de juros de 5,25% ao ano. Já o Moderfrota (Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos) teve desempenho 55% superior ao da safra passada.

 

Estudo da ONU afirma que fome cai no Brasil em dez anos


A fome no Brasil caiu em um intervalo de dez anos. O levantamento O Estado da Segurança Alimentar e Nutrição no Mundo 2018, divulgado hoje (11), foi feito por cinco agências das Nações Unidas e mapeou o quadro de segurança alimentar no país e no restante do mundo.

Os autores do estudo compararam o grau de subnutrição (ou fome, no jargão popular) da população em dois momentos: no biênio 2004-2006 e no biênio 2015-2017. No caso do Brasil, o índice caiu de 4,6% para menos de 2,5% no período de análise. Os dados não mostram uma evolução anual.

A pesquisa também trabalhou com outros indicadores, como grau de insegurança alimentar grave e problemas no desenvolvimento em crianças de até cinco anos de idade. Contudo, nesses dois temas o relatório não traz resultados para o Brasil, indicando que não havia dados disponíveis.

O levantamento também avaliou indicadores de obesidade e anemia em mulheres em idade fértil (15-49 anos), porém em outro período de análise – em 2012 e em 2016. Em ambos os quesitos houve aumento nos índices. O percentual de mulheres obesas passou de 19,9% para 22,3%. Já a ocorrência de anemia passou de 25,3% para 27,2%.

Em uma leitura mais ampliada, os dados sobre subnutrição revelam que o índice no Brasil ficou abaixo da média registrada na América Latina (4,9%), no biênio 2015-2017. Outros países tiveram reduções expressivas no período de 2004-2006 a 2015-2017, como o Peru (de 19,8% para 8,8%) e Equador (de 17% para 7,8%). De um modo geral, a fome aumentou no continente impulsionada pelos índices da Venezuela.Em 2014, o Brasil saiu do mapa da fome, quando o índice de segurança alimentar fica abaixo dos 5%.

O 30º Troféu HQMix terá homenagens a Ziraldo e a Maurício de Souza


O Sesc Pompeia será o palco para a entrega do Troféu HQMIX. O evento será realizado no próximo dia 16, às 17h. Mauricio de Sousa e Ziraldo são os homenageados na escultura do troféu deste ano com a personagem Mônica e o Menino Maluquinho, feita pelo artista plástico Olyntho Tahara e reproduzida por Michel Costa. A cada ano, um personagem brasileiro é retratado em homenagem aos seus autores.

Nesses 30 anos, foram 1.271 troféus HQMIX entregues aos vencedores por uma votação nacional entre os próprios autores, editores e pesquisadores na área dos quadrinhos. O HQMIX surgiu nos anos 80, juntamente com o Troféu Eisner Awards (EUA). O evento, que passou por muitas mudanças e acompanha a dinâmica do mercado, é considerado o primeiro a reconhecer os trabalhos universitários de pesquisas e a premiar publicações digitais.HQMix2018

A importância de haver uma premiação anual no Brasil não é apenas para valorizar o trabalho de milhares de artistas da área, mas também pela força da linguagem na cultura popular.

São cerca de 20 milhões de leitores de quadrinhos ativos, considerando que quase toda a população do País já leu algum gibi na infância ou em algum momento na vida.

30º TROFÉU HQMIX
Data: 
Dia 16 de setembro de 2018
Horário: 17 horas
Local: Sesc Pompeia (Comedoria)
Endereço: 
Rua Clélia, 93 – São Paulo – SP
Entrada franca com distribuição de convites a partir das 16h na bilheteria do SESC Pompeia

Vem aí a 1ª ThunderCon


A série animada Thundercats sucesso nos anos de 1980 e 1990 completa 33 anos. Para celebrar, a Toca dos Gatos – fã-clube dos felinos heróis prepara um evento: o “ThunderCon”. O evento será realizado no dia 23 de setembro, das 13h às 19h, no auditório da Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos, bem próxima à Linha Esmeralda da CPTM, com toda estrutura e conforto de um dos melhores centros de compra da capital paulista. A entrada no “ThunderCon” é franca.

Programação
13h: Exodus
Longa metragem constituído pelos 4 primeiros episódios dos ThunderCats. Dublado, 1h23min

14h30: Palestra “Thundercats – Referências e Plágios” sobre as origens criativas dos ThunderCats. Palestrante será Luciano Marzocca, estudioso de Letras, Teologia e Comunicação Social, além de Chefe da Toca dos Gatos. Duração de 30min

15h: ThunderCats Ho! – O Filme
Quem disse que ThunderCats não teve um filme? Essa animação foi aos cinemas dos EUA na década de 1980, mas foi ao ar no Brasil partido em cinco episódios. Dublado, 1h38minThundercats

16h40: ThunderCats Ho! – Criando um fenômeno da cultura pop
Documentário inédito no Brasil que trata da criação dos ThunderCats. Legendado, 22min

17h: Sound of Thundera
Documentário inédito sobre a criação da trilha sonora dos ThunderCats. Legendado, 9min.

17h10: A evolução felina
Átila Santos, professor de Biologia, fala o quanto tem de realidade na ficção de felinos antropomórficos, possibilidades e referências reais nas criaturas do Terceiro Mundo. 30 minutos.

17h40: ThunderCats Roar!
Discussão com pessoas do meio, Youtubbers, especialistas e o público para falar sobre a série animada mais polêmica dos últimos meses. Mesmo sem estrear, já divide opiniões. 50 minutos

18h30: Parabéns!
Cortar o bolo, agradecimentos e despedida do público.

1ª ThunderCon: Encontro de Fãs dos ThunderCats
Apoio: Livraria Cultura
Domingo, 23 de setembro de 2018
Das 13h às 19h
Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos
Av. das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros – São Paulo/SP – Piso 2, loja 245
Próximo da Estação Villa-Lobos – Jaguaré da Linha 9 – Esmeralda – da CPTM
Estacionamento no local (não conveniado)

Itacaré Motofest terá shows, exposições e solidariedade


A 6ª edição do Itacaré Motofest 2018, será realizada  entre os dias 13 a 16 de setembro. Trata-se de uma mistura de festa, confraternização, shows, exposições de motos, espaços para vendas de peças e acessórios e também solidariedade. O Motofest Itacaré vai atrair para a cidade motociclistas de diversos estados brasileiros e também de outros países. Mais de 20 shows, além de apresentações culturais e manobras radicais estão previstos para os quatro dias de evento. E além de toda a festa e de atrair para a cidade milhares de turistas, o 5º Itacaré Motofest tem um caráter beneficente.

Realizado pela Associação dos Motociclistas do Estado da Bahia e Navegadores Porto Seguro, com o apoio da Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Turismo, o evento deverá contar com a participação de cerca de quatro mil motos de clubes de motociclismo de diversos estados brasileiros e até de outros países. De acordo com o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, a proposta é de mostrar cada vez mais a cidade como um destino turístico completo, reunindo no município belezas naturais, a cultura local, a culinária e também o povo acolhedor.

UFRJ inicia contratações para reconstrução do Museu Nacional


A UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) iniciou as contratações emergenciais para reconstrução do Museu Nacional, apesar de ainda não ter recebido os R$ 10 milhões do MEC (Ministério da Educação e da Cultura). A instituição contratou a instalação de tapumes que irão proteger o entorno do edifício, impedindo o acesso de pessoas não autorizadas.

O MEC confirma que ainda não repassou os recursos e que recebeu hoje (10/09) o termo de referência enviado pela universidade. A pasta explica que o termo ainda será analisado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e que, só depois dessa etapa, os recursos serão liberados.

MUSEU NACIONAL / RIO Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO
Museu Nacional / Rio Foto: Wilton Junior/Estadão

Etapas da reconstrução

A reconstrução do Museu Nacional no Rio de Janeiro será feita em quatro etapas, incluindo a possibilidade de cessão de um terreno próximo ao local para que as atividades acadêmicas sejam mantidas.

A primeira etapa será dedicada à realização de intervenções emergências, como instalação de um toldo, escoramento de paredes, levantamento da estrutura, inventário do acervo e separação do que é possível encontrar nos escombros.

A segunda etapa depende da conclusão da perícia da Polícia Federal no local. Depois de realizada, será contratado um projeto básico e, com base nele, será implementado o projeto executivo da reconstrução do museu.

A terceira etapa é a da reconstrução. A ideia é usar a lei federal de incentivo à cultura, a Lei Rouanet. A quarta fase poderá ocorrer em paralelo com a obra de construção. É a de recomposição do acervo. O governo pretende fazer uma campanha internacional para a doação e aquisição de acervos para o Museu Nacional.

Ilhéus: evento reúne conselheiros tutelares de 64 municípios da Bahia


A Prefeitura de Ilhéus promove, no período de 10 a 12 de setembro, o XIII Seminário Estadual de Conselheiros Tutelares. O seminário, que reúne 64 municípios da Bahia, é uma realização da Associação de Conselheiros Tutelares e Ex-Conselheiros do Estado da Bahia (ACTEBA) e o Fórum Colegiado Nacional de Conselheiros Tutelares – (FCNCT-BA).

O evento está sendo realizado, no Centro de Convenções de Ilhéus, e marca a comemoração dos 28 anos de criação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) no Brasil. A cerimônia de abertura contou com palestra do juiz do Estado do Rio Grande do Norte, Marcus Vinícius Pereira Júnior, que dissertou sobre orçamento e políticas públicas infanto-juvenis.