Ilhéus: Marinha e Exército disponibilizam equipamentos para o Centro de Triagem


Na última semana, a Prefeitura de Ilhéus autorizou a montagem do Centro de Triagem para reforçar o enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus. A Marinha do Brasil e o Exército atenderam a solicitação do prefeito Mário Alexandre e destinaram materiais de apoio para estruturação médica temporária do Centro de Triagem exclusivo para Covid-19 que está sendo instalado no Centro de Convenções da cidade.

Devido ao grande número de pessoas que poderão ser infectadas pelo Coronavírus, as secretarias municipais de Saúde (Sesau) e de Desenvolvimento Econômico (SDE) endereçaram pedidos ao Com ando Conjunto Bahia (Marinha do Brasil e Exército Brasileiro), forças interligadas ao Ministério da Defesa (MD). Em atenção aos Ofícios das secretarias, as instituições cederam 01 suporte de soro com regulagem de altura sem rodízio, 01 ventilador manual, 01 carrinho de parada emergência e 09 camas com colchão.

O secretário Geraldo Magela destacou que o apoio das Forças Armadas no atual momento é importante para o atendimento dos pacientes com sintomas da doença no posto de atendimento. “Vamos centralizar o fluxo inicial no Centro de Triagem Covid-19. É fundamental que pessoas com sintomas não tenham contato com outros pacientes, evitando o colapso do serviço pelo acúmulo de susp eitos que não tenham gravidade. Desta forma, chegarão ao hospital de referência apenas pacientes graves que realmente necessitam de cuidados”.

De acordo com o titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Vinícios Briglia, o Comando Conjunto solicitou do Comando em Brasília um apoio maior para as ações do enfrentamento na cidade. “Mais uma vez, uma parceria forte, e, nesta oportunidade, a busca para salvar vidas.  Queremos agradecer aos representantes do Comando Conjunto Bahia, o delegado da Capitania dos Portos em Ilhéus, Giovani da Silva Andrade, ao comandante da Base Regional de Ilhéus, major Anderson Carlos André Cesar Machado, oficiais que integram o Gabinete de Crise Covid-19”, destacou.

A futura unidade contará com outros espaços como recepção, triagem, área médica, sala de esterilização, Raio-X, embarque e desembarque de pacientes, vestiários, sanitários e armazenagem de medicamentos e insumos. Haverá infraestrutura para gases medicinais (vácuo, ar comprimido e oxigênio). No Centro de Triagem Covid-19 os pacientes serão avaliados em consulta médica e depois receberão as orientações necessárias. Segundo o prefeito Mário Alexandre, a previsão é que a estrutura comece a operar nesta próxima semana.

Auxílio emergencial de R$ 600 pode ser solicitado através de aplicativo ou do site da Caixa


A Caixa Econômica Federal disponibilizou nesta terça-feira (7) o site e o aplicativo por meio do qual informais, autônomos, desempregados e MEIs já podem solicitar o auxílio emergencial de R$ 600.

O aplicativo deve ser usado pelos trabalhadores que forem Microempreendedores Individuais (MEIs), trabalhadores informais sem registro e contribuintes individuais do INSS. Aqueles que já recebem o Bolsa Família, ou que estão inscritos no Cadastro Único, não precisam se inscrever pelo aplicativo. O pagamento será feito automaticamente.

 Clique aqui para fazer a inscrição pelo site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

Segundo o ministro Onyx Lorenzoni, apenas para as pessoas que não tenham acesso à internet, será possível também fazer o registro em agências da Caixa ou lotéricas. O cadastro presencial será uma exceção, apenas em último caso.

A Caixa também disponibilizou o telefone 111 para tirar dúvidas dos trabalhadores sobre o auxílio emergencial. Não será possível se inscrever pelo telefone, apenas tirar dúvidas. Na manhã desta terça, o G1 tentou contato, mas o sistema estava indisponível.

O benefício será pago a trabalhadores informais, autônomos e MEIs. 

Será preciso se enquadrar em uma das condições abaixo:

  • ser titular de pessoa jurídica (Micro Empreendedor Individual, ou MEI);
  • estar inscrito Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal até o último dia dia 20 de março;
  • cumprir o requisito de renda média (renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, e de até 3 salários mínimos por família) até 20 de março de 2020;
  • ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social.

Também é necessário:

  • ter mais de 18 anos de idade;
  • ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50);
  • ter renda mensal até 3 salários mínimos (R$ 3.135) por família;
  • não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.
  • A mulher que for mãe e chefe de família, e estiver dentro dos demais critérios, poderá receber R$ 1,2 mil (duas cotas) por mês.

É preciso ter CPF e estar com ele regular para poder realizar o cadastro.

Na renda familiar, serão considerados todos os rendimentos obtidos por todos os membros que moram na mesma residência, exceto o dinheiro do Bolsa Família. Quem já recebe outro benefício que não seja o Bolsa Família (como seguro desemprego, aposentadoria) não terá direito ao auxílio emergencial.

Fonte: Jornal O Globo

Pis-Pasep deixa de existir e governo autoriza saques de R$ 1.045 do FGTS a partir de 15 de junho


Através de Medida Provisória (MP), assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) na noite da última terça-feira, 7. O governo federal autorizou o saque de R$ 1.045 para cada conta do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS), a partir de 15 de junho, e extinguiu o PIS-Pasep.

Segundo a MP, o valor retido nas contas do Fundo PIS-Pasep fica preservado. A intenção do Ministério da Economia é transferir os recursos, em 31 de maio, para “ampliar a liquidez do FGTS”.

Em seguida, a partir de 15 de junho até 31 de dezembro, fica liberado o saque de até R$ 1.045 por trabalhador, “em razão do enfrentamento do estado de calamidade pública e da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da pandemia de coronavírus” diz a MP.

Caso haja mais de uma conta no mesmo nome, há uma ordem a ser seguida: primeiro, contas vinculadas relativas a contratos de trabalho extintos, com início pela conta que tiver o menor saldo; depois, as demais contas vinculadas, com início pela conta que tiver o menor saldo.

O cronograma de atendimento e critérios para os saques serão estabelecidos pela Caixa Econômica Federal. Também será permitido o crédito automático para conta de depósitos de poupança de titularidade do trabalhador previamente aberta no banco, desde que o trabalhador não se manifeste negativamente, ou o crédito em conta bancária de qualquer instituição financeira, indicada pelo trabalhador, desde que seja de sua titularidade. A transferência para outro banco não terá custos.

Também na terça, a Caixa anunciou as formas de cadastramento disponíveis para os trabalhadores informais pedirem o auxílio emergencial de R$ 600.

 

Reaplicação do Enem este ano deverá incluir quem estiver com covid-19


Quem estiver comprovadamente contaminado com o novo coronavírus (covid-19) até um dia antes da aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado para 1º e 8 de novembro, deverá comunicar sua condição na página do participante e poderá ser incluído na reaplicação da prova, em data a ser definida.

A previsão consta no edital com as regras do Enem divulgado na terça-feira (31) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A participação na reaplicação da prova costuma ser permitida para quem estiver com doença infectocontagiosa. A lista, neste ano, inclui a covid-19. São também incluídas coqueluche, difteria, rubéola, sarampo e meningite, entre outras doenças. A lista completa pode ser conferida no item 6.16.1 do edital.

Já o participante que sofrer um acidente e ainda assim quiser fazer a prova poderá solicitar atendimento especializado até um dia antes da aplicação do Enem, e não mais somente no período de inscrição.enem2020

Pelo edital deste ano, em caso de acidentes ou casos fortuitos ocorridos após o período de inscrição, o candidato deverá solicitar o atendimento especial por meio da Central de Atendimento do Enem, no número 0800 616161, até 24 horas antes da prova.

“O Inep analisará a situação e, se houver disponibilidade para o atendimento, o recurso será disponibilizado”, diz o edital. Caso não seja possível atender à solicitação com necessidade comprovada, o participante será incluído na reaplicação do Enem, cuja data será definida.

Em junho do ano passado, a Justiça Federal do Pará determinou, em ação aberta pelo Ministério Público Federal (MPF), que o Inep permitisse a solicitação de atendimento especial após o período de inscrição para os casos de acidente ou fortuitos.

Na sentença, a juíza Lorena de Sousa Costa, da 5ª Vara Federal de Belém, considerou que o Inep tem capacidade de atender aos pedidos de atendimento especializado nesses casos de acidente, pois “o número de candidatos solicitantes de atendimentos especializado e/ou específico, frente ao número total de inscritos, mostra-se ínfimo”.

Outros tipos de atendimento especializado, como nos casos de deficiência visual ou auditiva, devem ser solicitados em um período de inscrição determinado, entre 11 e 22 de maio. Os resultados das solicitações serão divulgados em 29 de maio. Para os pedidos que forem negados, está prevista uma fase para apresentação de recurso. O resultado final estará disponível em 10 de junho.

Enem: estudante tem até o dia 17 para solicitar a isenção da taxa de inscrição


Estudantes fiquem atentos! Iniciou ontem (6) e vai até o dia 17 de abril o prazo para solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020). Nesse mesmo período, poderão ser realizadas as justificativas de ausência dos participantes inscritos que faltaram ao exame em 2019 e desejam ter isenção novamente neste ano.

Esses procedimentos não garantem a inscrição no Enem 2020. Todos os interessados em realizar esta edição do exame, inclusive os que tiverem as solicitações aprovadas, deverão fazer a inscrição para o Enem 2020 de 11 a 22 de maio, na Página do Participante.

Pode solicitar a isenção da taxa quem cursa a última série do ensino médio em 2020 em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar; tenha cursado todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista integral na rede privada, e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio; declare estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que requer renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Ausências – Os candidatos que tiveram a isenção da taxa de inscrição do Enem 2019 e não compareceram aos dois dias de prova deverão justificar a ausência para pedir uma nova isenção em 2020.  O processo deve ser feito pela internet também na Página do Participante.

Cadastro – Para justificar a ausência em 2019 e/ou solicitar a isenção em 2020, os participantes deverão ter o login único do governo federal, pelo portal gov.br. O acesso poderá ser realizado pela Página do Participante do Enem. A senha deverá ser memorizada ou anotada em local seguro, pois será necessária para acompanhar todas as etapas do exame, desde a solicitação de isenção da taxa de inscrição até a consulta dos resultados, em 2021. Os resultados dos pedidos de isenção e das justificativas de ausência serão divulgados em 24 de abril.

Cantores organizam lives para tornar a quarentena um pouco mais animada


 

Em tempos de isolamento social, vale tudo quase tudo para se divertir!

LIVE SHOWS

MARÍLIA MENDONÇA LIVE SHOW
QUANDO: 8 de abril às 20h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCwfEOn0O1DWcyTgzVVu28ig

PÉRICLES LIVE EM CASA COM PERICÃO
QUANDO: 9 de abril às 20h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCOUqW2QqiOFK9fXA5cAOENA

Gusttavo Lima Foto:divulgação
Gusttavo Lima Foto:divulgação

BRUNO&MARRONE LIVE SHOW
QUANDO: 9 de abril, a partir das 21h
ONDE: https://www.youtube.com/user/BrunoEMarrone

MARCOS E BELUTTI LIVE SHOW
QUANDO: 10 de abril às 19H
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UC605s7hMHDSDaUx3txHckGQ

GUSTTAVO LIMA LIVE SHOW
QUANDO: 11 de abril
ONDE: https://www.youtube.com/user/gusttavolimaoficial

PRISCILA SENNA – BAR DA PRISCILA LIVE
QUANDO: 11 de abril às 18h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCbXjjB9GqhWlEja3k10UEgA

ZÉ NETO E CRISTIANO LIVE SHOW
QUANDO: 12 de abril às 18h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCRRu9OXVYd5clj2Bs29gUVQ

WESLEY SAFADÃO LIVE SHOW (DVD EM CASA 2)
QUANDO: 18 de abril, a partir das 20h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCciJLMuECsXuOyhA4FO48Sg

FERRUGEM LIVE SHOW
QUANDO: 19 de abril às 16h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCx3UiE1K-wb7yVNPL1FzWPA

HENRIQUE E JULIANO LIVE SHOW
QUANDO: 19 de abril às 18h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCfLTxnQboSLcoSakgONmukQ

LUAN SANTANA LIVE SHOW
QUANDO: 25 de abril às 20h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UC6rwiIxv0w2fbmmr66wl1rA

INSS disponibiliza simulador de aposentadorias com as regras da reforma da Previdência


O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) atualizou o serviço de simulação de aposentadorias com as novas regras previdenciárias. Foram quase cinco meses após a promulgação da reforma da Previdência. Entretanto, apesar de a nova calculadora ter sido liberada na sexta-feira (dia 3), o sistema para concessão de aposentadorias ainda não está pronto. A previsão é que seja liberado ainda este mês.

Uma fonte no INSS informou, porém, que as análises dos pedidos de aposentadoria pelas regras da Emenda Constitucional 103 (reforma da Previdência) devem começar a ser feitas na semana que vem.

O simulador traz o cálculo das regras de transição para os segurados que já estavam na Previdência antes das mudanças. E também simula se havia direito adquirido pelas regras anteriores à reforma.

No total, o simulador realiza até sete tipos de cálculos: dois de aposentadoria por idade e cinco de aposentadoria por tempo de contribuição.

De acordo com o INSS, a calculadora irá valer em breve também para quem começou a contribuir após a promulgação da reforma, ou seja, a partir de 13 de novembro de 2019. E futuramente voltará a calcular também quanto vai ser o valor estimado da renda do cidadão ao se aposentar.

Como acessar o serviço

O Meu INSS é acessado pela internet (gov.br/meuinss) ou pelo aplicativo para celulares, nas versões para IOS e Android. O serviço “Simulação de Aposentadorias” aparece já na tela inicial do aplicativo, do lado direito. Mas se ainda não consegue visualizá-lo, sugere-se a atualização do aplicativo ou que aguarde até aparecer atualizado no seu celular.

O cadastro no Meu INSS pode ser feito pelo próprio aplicativo ou pelo site dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Itaú, Mercantil do Brasil, Santander, Sicoob e Sicredi.

Por meio do Meu INSS o cidadão pode pedir aposentadorias, pensões, benefícios assistenciais, atualizar dados cadastrais, bloquear empréstimo consignado, excluir desconto de mensalidades associativas e, em breve, enviar atestado médico para pedidos de auxílio-doença.

 

Idosos e mulheres da mesma família terão prioridade para receber auxílio


Parte da população aguarda com muita expectativa que o auxílio emergencial enfim entre em vigor. Já está definido que trabalhadores idosos e mulheres terão prioridade para receber o pagamento de R$600,00 nas famílias com renda até três salários mínimos (R$ 3.135), segundo minuta do decreto presidencial que trata do tema. A lei permite que duas pessoas por família possam receber o benefício.

Na sequência de prioridades, vêm os membros com menor renda individual e , por fim, considerando a ordem alfabética no primeiro nome, se necessário, para fins de desempate. O decreto faz parte do processo para permitirá a distribuição dos recursos para trabalhadores autônomos e informais, possivelmente a partir da próxima semana.

O texto determina que a autodeclaração dos trabalhadores informais que não aparecem nos cadastros do governo não garantirá a esses trabalhadores direito automático ao recebimento do auxílio emergencial. Eles serão obrigados a aguardar a análise dos dados prestados para pôr a mão no dinheiro. A exigência consta da minuta do decreto que traz os detalhes da implementação da medida. Por isso, eles serão os últimos a serem contemplados

O decreto define trabalhador informal como qualquer pessoa inscrita no Cadastro de Pessoa Física – CPF com idade superior a 18 anos, seja empregado, autônomo ou desempregado, de qualquer natureza, inclusive intermitente inativo e que tenha feito inscrito no CadÚnico ou que for fazer a autodeclaração. Neste caso, serão contemplados, trabalhador por conta própria; empregado sem carteira de trabalho assinada; trabalhador doméstico sem carteira de trabalho assinada; ou desempregado que não tenha direito ao programa do seguro-desemprego.

No caso da mulher provedora da família — que tem direito a duas cotas do auxílio — o decreto esclarece o grupo familiar não pode ter cônjuge ou companheiro, com pelo menos uma criança ou adolescente, independentemente dos demais componentes da família, se houver.

O pagamento do auxílio será feito exclusivamente pela Caixa Econômica Federal. A Caixa terá que oferecer um aplicativo, como plataforma digital, para que os interessados possam se apresentar. Caberá ao banco informar se essas pessoas podem receber o auxílio e disponibilizar o telefone para orientar as pessoas a auxiliar o uso do aplicativo. O Ministério da Cidadania vai ser comandar o pagamento e a Dataprev, fazer o cruzamento de dados dos beneficiários.

Regina Duarte é alfinetada por artistas e atacada por Olavo de Carvalho


Regina Duarte definitivamente vem atravessando um logo “inferno astral”. A ex-namoradinha do Brasil vem defendendo abertamente todas as atitudes e posicionamentos polêmicos do presidente Jair Bolsonaro. E, em contra-partida, vem sendo detonada em todas as redes sociais. Até mesmo os aliados do “Mito”, como por exemplo o astrólogo Olavo de Carvalho, também não apoiam a presença da atriz no governo.

Recentemente, a atriz Julia Lemmertz reagiu a uma postagem feita pela ex-colega da Globo na manhã desta quinta-feira (02/04). Regina, que é a atual secretária de Cultura do governo Bolsonaro compartilhou uma imagem do presidente no Instagram. “Triste realidade. Bolsonaro enfrenta uma barreira para governar, enquanto governos anteriores tiveram liberdade para roubar e para saquear nosso país. Eu apoio Bolsonaro”, escreveu na foto.

Em uma entrevista para a Rádio Jovem Pam, o astrólogo afirmou que a atriz interpretou de maneira errada o ambiente da secretaria ao assumir o comando da pasta. “Ela chegou falando de tirar a ala ideológica da secretaria. A Regina Duarte está gagá. Usou o termo ‘facção’. Facção é a p…. Ela nem veio procurar diálogo comigo”, relatou.

Olavo que já tinha elogiado Regina Duarte, mostrou arrependimento. “Eu a recomendei. O presidente me deu a honra de perguntar o que eu achava dela. E eu disse que achava uma boa pessoa. Eu recomendei a desgraçada. E ela vem me dizer que estou querendo tirar o cargo dela. Não, ajudei a dar o cargo. Mas ela não sabe nada e sai falando do que não sabe”, afirmou. #CarvalhoNews_Oficial #ReginaDuarte #OlavodeCarvalho