Ilhéus: prefeitura aplica mais 50 multas nas empresas de transporte coletivo


A secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra) de Ilhéus, através da Superintendência Municipal de Transportes (Sutran), aplicou, somente no mês de julho, mais de 50 multas às empresas que operam o sistema de transporte coletivo do município devido ao não cumprimento de horários e trajetos de linhas destinadas a atender comunidades rurais. Durante audiência concedida a representantes das comunidades de Acuípe do Meio, Santana e Santaninha, na última segunda-feira, o prefeito em exercício, Carlos Machado (Cacá), ouviu reclamações a respeito do serviço de transporte e determinou q        eu seja intensificada a fiscalização junto às empresas do sistema.

“Sabemos que os trabalhadores, estudantes, precisam de um meio de locomoção seguro e pontual, por isso esse é um problema que afeta diretamente aquela população e precisa ser sanado”, disse o prefeito. Ele também autorizou à Gerência de Ações Regionais do Município que execute o serviço de melhoramento das estradas de acesso a esses locais, como forma de permitir o deslocamento de moradores e o escoamento da produção agrícola. De acordo com o gerente da área, Nilton Montargil, devido à chuva, o trabalho será iniciado na próxima segunda-feira, dia 8.

Na oportunidade, o presidente da Associação de Moradores e Produtores Rurais da Vila Santaninha, Erivaldo Souza, afirmou que a reunião, realizada no gabinete do Centro Administrativo, foi muito importante, pois a comunidade precisa estabelecer relações com o governo municipal, “buscando sempre o diálogo para encaminhar nossas demandas”.

Segundo o secretário de Relações Institucionais, Fred Vésper, em comum acordo com as lideranças, foi definida uma pauta de demandas como regularização dos horários dos ônibus, melhoria das estradas, assim como das pontes, e ampliação dos serviços de saúde. Também participaram do encontro, o superintendente de Trânsito, Paulo Machado, secretário de Infraestrutura, Dernerval Furtunato, o superintendente da Secretaria de Saúde, Edvaldo Soares, o administrador de Olivença, Rogério Matos, o Cacique Gildo, e o presidente da Associação de Moradores do Acuípe do Meio, Domingos Ferreira.

Ilhéus investe na construção de espaços esportivos


A instalação da estrutura de suporte da cobertura do ginásio de esportes do Banco da Vitória, bairro localizado à margem da Rodovia Ilhéus-Itabuna, já está em execução.  A construção do espaço faz parte de programa do governo municipal que visa ampliar a quantidade de equipamentos voltados para o estímulo à prática de modalidades esportivas em vários pontos do município.

 O ginásio de esportes do Banco da Vitória está sendo erguido no local onde funcionou o matadouro municipal. Segundo o secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito de Ilhéus, Derneval Furtunato, a obra é realizada com recursos próprios, no valor de R$ 564.594,36, e o equipamento contará com quadra poliesportiva, cobertura, vestiários e arquibancada. “O governo municipal faz um grande esforço para beneficiar a população e, principalmente, a juventude do bairro”, comenta o secretário.
 Hermano Fahning, superintendente de Obras da Prefeitura de Ilhéus, lembra que, no distrito de Inema, localizado a cerca de 90 quilômetros da sede urbana, outro espaço poliesportivo também se encontra em construção. A obra conta com recursos de R$ 499.864,58, provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do governo federal.
Obra dea quadra poliesportiva do Banco da Vitória, em Ilheus. Foto Roberto Santos Secom Ilheus (3) (1)
Obra da quadra poliesportiva do Banco da Vitória, em Ilheus. Fotos: Roberto Santos
 
 Fahning lembra que a construção das quadras segue no bairro da Conquista, no Teotônio Vilela, na zona oeste da cidade, e em Sambaituba, vila  localizada na zona rural. “É importante lembrar que todos esses equipamentos terão cobertura, vestiários e arquibancadas”, salienta Fahning. Também em andamento, a construção das obras do Centro de Esportes Unificado (CEU), no bairro Nossa Senhora da Vitória, na zona sul, e do Ginásio de Esportes do Alto do Basílio.
 Informa que já foi realizado o levantamento topográfico para construção da quadra poliesportiva da nova sede da Escola Municipal do Salobrinho, bairro situado à margem da Rodovia Ilhéus-Itabuna”. O governo chama atenção para o fato de que 50% da    obra de construção do novo espaço educacional já se encontra concluída.

Índice de Infestação Predial de Vitória da Conquista cai para 0,8%


No final de abril, quando divulgou o primeiro Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2016 – apontando um índice de infestação de 4,5% –, a Prefeitura de Vitória da Conquista informou que iniciaria uma nova etapa de trabalho, intensificando o tratamento nos bairros que apresentavam, então, maiores quantidades de casos suspeitos de dengue.

O segundo LIRAa do ano, divulgado agora, demonstra que essa ofensiva teve resultados: após três meses, o índice de infestação geral do município caiu para 0,8%. Dessa forma, Vitória da Conquista atinge o índice preconizado pelo Ministério da Saúde – menos que 1%.

Embora a notícia seja positiva, os esforços para combater o Aedes aegypti não podem ser esquecidos. Principalmente por se tratar de um período atípico, devido ao racionamento de água implantado no município – em que os moradores costumam armazenar água em vários recipientes.

zika

“Independentemente do índice ter baixado a esse patamar, as pessoas não podem se descuidar. É preciso continuar com a parte preventiva, evitando o acúmulo de água parada e mantendo os reservatórios fechados”, alerta a coordenadora municipal de Endemias, Poliana Gusmão.

Continuarão no mesmo ritmo as ações regulares de combate aos focos do mosquito, a exemplo de visitas domiciliares e borrifação em pontos estratégicos, como cemitérios e borracharias. E a população deve continuar a fazer sua parte. Afinal, além da dengue, oAedes aegypti também pode transmitir a Zika e a Chikungunya.

Itabuna: projeto incentiva a leitura na praça


Projeto da TV Santa Cruz UESC e FICC incentiva a leitura na praça - Foto Wilson Oliveira 1
Projeto da TV Santa Cruz UESC e FICC incentiva a leitura na praça – Fotos: Wilson Oliveira

Um projeto da TV Santa Cruz em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Faculdade de Ilhéus e de empresas, com o apoio da Prefeitura, através da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), exibiu fotografias históricas de Itabuna, que comemora nesta quinta-feira, dia 28, 106 anos de emancipação político-administrativa, ao mesmo tempo em que incentiva crianças e adolescentes à leitura. É mais uma edição do Projeto Lápis na Mão, que ofereceu livros na Praça Octávio Mangabeira (Camacan), no centro da cidade.

Através do projeto, a emissora busca incentivar a leitura e contribuir para o desenvolvimento da educação e cidadania nas regiões Sul e Extremo Sul da Bahia. As ações envolvem também música, contação de histórias e recitação de poesia, promovendo a reflexão sobre a importância da leitura e suas influências na sociedade regional. O projeto Lápis na Mão é composto de atividades como Concurso de Desenho e Redação, Desafio Mãos da Esperança e Concurso Escola Cidadã.

A professora da UESC e coordenadora do evento na praça, Glória de Fátima Lima, explica que foi um momento importante de incentivo à cultura e a leitura. “Isso é uma forma de demonstrar que a leitura é direito de todos e nada mais justo do que promover essa atividade como presente para Itabuna nesse período de festejos”, disse. Glória acrescenta ainda que a exposição foi um espaço de aproximação coma a leitura e com o livro em um momento bastante descontraído e que promoveu conhecimento sobre a história da cidade através de fotografias.

Itabuna: prefeitura apoia cooperativa de catadores de reciclagem


A Cooperativa Popular dos Trabalhadores de Reciclagem (Cooprotec), contando com o apoio da Prefeitura de Itabuna, vai inaugurar às 8 horas desta sexta-feira, dia 29, o Galpão de Triagem na Rua Independência, 220, no Loteamento Monte Líbano, no São Roque, pela programação das comemorações do 106º aniversário da cidade, que transcorre amanhã 28 de julho. Mais de 50 recicladores de plástico, papel, metal e vidro serão atendidos pelo projeto a partir da entrada em operação do galpão, que atualmente já beneficia dez catadores de reciclagem.

Além do Galpão, a Prefeitura, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Seagrima), entregará aos cooperados dez bicicletas adaptadas para coleta seletiva, fardamento completo, com equipamentos de proteção individual (PI), composto de botas e luvas para igual número de catadores e 100 coletores de material reciclável, que serão distribuídos em pontos estratégicos da cidade. A solenidade contará com a presença do prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, do secretário Sandro José Lopes e de outras autoridades.

PREFEITURA DE ITABUNA APOIA COOPERATIVA DE CATADORES DE RECICLAGEM

 

O projeto da Coopotrrec também conta com o apoio de instituições de ensino superior como a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), que fez a doação da prensa, que será utilizado no dia a dia pelos catadores, da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que participa através do Projeto Eco Time, e a Unime, que se integra com o projeto Sustenta Cidade. O projeto vem sendo desenvolvido há três anos em Itabuna.

“A participação da Prefeitura foi essencial para implantação da Cooprotec, pois conseguimos apoios essenciais para o desenvolvimento técnico e educacional. As universidades são essenciais para o crescimento e consolidação dos projetos que terão todo o suporte técnico e cientifico necessário. Com certeza em um futuro muito próximo colheremos bons frutos, pois não basta recolher o material reciclável das ruas, mas precisamos educar as pessoas a fazerem a separação para a coleta seletiva e buscar disseminadores dessa ideia necessária e ambientalmente justa”, explicou o presidente da Cooprotec, Cassius Patrick Oliveira Santos.

SERVIÇO

Cooperativa Popular dos Trabalhadores de Reciclagem – Coopotrec

Rua Independência, 220, no Loteamento Monte Líbano, no São Roque.

(73) 3613-6171

Itapé realiza sua II Audiência Pública em Educação Inclusiva


O Conselho Municipal de Educação de Itapé (CME), a Secretaria Municipal de Educação de Itapé e a Comissão de Avaliação e Regularização da Escolarização realizaram, no último dia 28 de junho, no horário das 8h às 16h, no Centro Educacional a II Audiência Pública Sobre Educação Inclusiva do Conceito à Prática. O evento foi iniciado pelo presidente do CME,professor Sandro Lyra que falou sobre a importância da temática trabalhada na educação municipal; logo após foi a vez da da secretária de Educação, a professora Luzinete Miranda, que fez um breve histórico de sua gestão na Educação Municipal desde 2013, deixando claro os esforços da Prefeitura Municipal de Itapé, para manter em meio a crise nacional as ações da educação municipal.

Ao audiência pública, segundo o presente do CME, tem como o objetivo construir um documento prepositivo, para o atendimento especializado dos estudantes com deficiência no sistema municipal de ensino. O documento será construído a partir de uma análise dos resultados dos trabalhos ouvidos escritos pelos participantes do evento. Para nortear as atividades na audiência pública, contou-se com a participação de palestrantes especializados nas áreas afins, como: a professora Fátima Santa Fé Borges, Pedagoga e Psicopedagoga, com práticas no Atendimento Especializado em Educação Inclusiva, em Itabuna; a professora Ana Lúcia Fernandes, pedagoga psicóloga (deficiente visual), que falou sobre a legislação que contempla a Educação Inclusiva; a professora Thaísa Costa Rodrigues,enfermeira sanitarista e biomédica,que detalhou o papel do programa “Saúde na Escola” e, ainda, um relato de experiências e monitoria em sala de aulas com crianças especiais, a estudante Andressa Oliveira, que trabalha como monitora na rede pública municipal de Itabuna.

IMG-20160724-WA0052
Luzinete Miranda, secretária de Educação de Itapé fez breve histórico sobre Educação

A audiência também contou com um momento cultural, com os dançarinos Antônio Carlos Moura, também artista plástico, e cadeirante Áquila Silva em uma apresentação que emocionou o público. O evento foi concluído pelo presidente do CME agradecendo a todos os conselheiros: Joabes Chagas, Armando Vieira, Cátia Oliveira, Jekeline Silva, Marconi França, Maria Jeane Silva, Maria Cardoso Soares, e a secretária executiva do Conselho Maria Helena Iglessias pelo empenho ao evento. Bem como, a secretária de Educação de Itapé, Luzinete Miranda. E ainda a CARE com a dedicação da professora Elisangela Messias, Naiara Pólvora, Iracélia Alves e Adriana Trindade, que participaram ativamente no diagnóstico, planejamento e execução da Audiência Pública, ficando para um outro momento a apresentação do documento na íntegra para possíveis ajustes aos interessados. (Fotos: Sandro Lyra, Naiara Pólvora e Eliudes Miranda)

Itapé: Governador Rui Costa visita obra da barragem


As obras da Barragem do Rio Colônia em Itapé passaram por uma visita técnica feita pelo governador Rui Costa, no último dia 22. Costa destacou a importância do empreendimento para a qualidade de vida dos moradores e desenvolvimento econômico da região. “Além da barragem em si, o projeto inclui a relocação da estrada, de linhas de energia, a construção de habitações, entre outras obras complementares” disse.
visita 2barragem 2207
Fotos: Carol Garcia
A recepção ao governador ficou a cargo da secretária de Educação de Itapé, Luzinete Miranda, e pelo servidor municipal, Sandro Nunes, que acompanharam Rui Costa em vistoria às obras. Em viagem a Salvador, o prefeito Pedrão e o vice-prefeito Naeliton que pelas normas eleitorais não poderia participar diretamente das apresentações.
O governante também afirmou que são remotas as possibilidades de haver uma nova paralisação da Barragem, se referindo se refere ao repasses para a conclusão das obras, prevista para o segundo semestre de 2017. Rui declarou que se a União não repassar verba, o Estado garantirá a conclusão da obra com recursos próprios. De acordo com ele, o Governo da Bahia já repassou R$ 6 milhões dos R$ 7,8 milhões investidos na obra.
visita barragem 2207

Ilhéus: cuidados com a saúde de homens do terreiro em pauta


O Primeiro Encontro Homens de Axé de Ilhéus foi realizado no último fim de semana, dias 15 e 16, na Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho, sendo uma promoção do Núcleo Homens de Axé – Renafro/Ilhéus. A iniciativa recebeu apoio da Secretaria de Cultura (Secult) de Ilhéus e discutiu, entre outros assuntos, temas relacionados à saúde dos homens adeptos das religiões de matriz africanas.

Na abertura, alunos da Associação de Capoeira Liberdade apresentaram uma roda de capoeira, em seguida, foram entoados cânticos de boas vindas e de louvor à vida e natureza. A mesa contou com a presença do prefeito em exercício de Ilhéus, Carlos Machado (Cacá), do titular da Secult, Paulo Atto, do secretário de relações Institucionais, Frederico Vésper, da professora Simone Flores, representante da Secretaria de Educação e do coordenador do Centro de Referência Nelson Mandela, em Salvador, Walmir França.

Abertura do 1° Encontro dos homens de Axé de Ilhéus - Foto Alfredo Filho Secom Ilheus (1)
Abertura do 1° Encontro dos homens de Axé de Ilhéus – Foto Alfredo Filho

Durante a abertura, o prefeito Cacá ressaltou a importância de momentos como esse, que trazem à tona questões que envolvem a saúde do homem, muitas vezes considerada tabu, e também a relação do público masculino inserido nos terreiros com os cuidados médicos.

Após a abertura, Walmir França palestrou sobre o tema “As práticas de cuidados e a promoção da saúde dos homens de terreiros: o olhar da tradição religiosa afro-brasileira para as políticas públicas”, apresentando dados e estatísticas sobre casos de intolerância religiosa recebidos no centro que coordena.

No sábado, a programação seguiu durante todo o dia e foram discutidos os temas “Homens de Axé: Praticas de Saúde e Vivências nos Terreiros de Ilhéus”; “A política de atenção à saúde do homem no Brasil: Os paradoxos da medicalização do corpo masculino”; “O cuidado da saúde dos Homens nos Terreiros: Qual o papel do Terreiro na Saúde dos Homes”; “Jovens Homens de Terreiros: Drogas, o que os Jovens homens de terreiro têm a ver com isso”; “Por uma agenda de saúde para os homens de terreiros de Ilhéus”, além de debates que foram propostos.

Ilhéus: vínculo mais forte da família com as escolas da rede municipal


A Secretaria de Educação (Seduc) de Ilhéus vem desenvolvendo um projeto na rede municipal de ensino com o objetivo de fortalecer o vínculo das famílias com as escolas. De acordo com o titular da pasta, Paulo Moreira, a iniciativa já se encontra presente em algumas unidades localizadas na zona rural do município, como Inema, Aritaguá, Pimenteira e Sambaituba.

Moreira enfatiza que a proposta é intensificar o projeto e, assim, beneficiar diversas outras unidades escolares. “Entendemos que esta é uma ação de grande importância para o aperfeiçoamento da relação ensino-aprendizagem. Por isso, a nossa plataforma de trabalho contempla um esforço considerável voltado para um maior envolvimento dos pais no dia a dia de seus filhos”, diz.

Dessa forma, estão sendo realizadas reuniões nas escolas e desenvolvidas atividades fora das salas de aula, como oficinas e palestras. Essas ações têm o objetivo de discutir com a comunidade externa propostas que tratem de estabelecer um processo conjunto de aprendizado, de troca de experiências entre alunos, professores e sociedade em geral.

Secretário Municipal de Educação de Ilhéus, Paulo Moreira. Foto Gidelzo Silva Secom Ilheus
Secretário Paulo Moreira. Foto Gidelzo Silva

Segundo Paulo Moreira, com o fortalecimento desse processo de integração, os pais passam a ter uma noção mais próxima do desenvolvimento escolar de seus filhos. “A consequência direta é que eles ganham a oportunidade de contribuir de forma mais efetiva para um melhor rendimento de seus familiares”, afirma o secretário, salientando que o projeto de aproximação também possibilita que a comunidade participe da melhoria, da manutenção e do próprio desenvolvimento das unidades escolares do município de Ilhéus.

CME de Itapé participa de Encontro Estadual em Juazeiro


O Conselho Municipal de Educação de Itapé (CME Itapé), através de seu presidente o professor Sandro Lyra Santos, participou da XVI reunião conjunta do Conselho Estadual com os Conselhos Municipais de Educação da Bahia, e do XVIII Encontro Estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação da Bahia, em Juazeiro (BA), nos dias 04 e 05 de julho de 2016.IMG-20160707-WA0057

A reunião teve como temas: O Plano Estadual e os Planos Municipais de Educação no estado e desafios e perspectivas, monitoramento e avaliação, ainda com círculos de debates sobre os tópicos: Educação de Campo, Leis Brasileiras de Inclusão, Educação Infantil, Financiamento de Educação dos Planos de Carreira e Remuneração do Magistério.

O encontro teve por objetivo a formação continuada dos conselheiros nas demandas educacionais, regionais e nacional. Sendo órgão normativo, fiscalizador, deliberativo e propositivo o CME tem como obrigação dialogar com os entes responsáveis pelo cumprimento das leis sobre a educação. Os conteúdos trabalhados serão estudados e analisados nas reuniões ordinárias dos Conselhos, objetivando estimular a qualidade da educação em cada município.

IMG-20160707-WA0063

O CME Itapé se prepara para fazer audiência pública sobre educação inclusiva: um direito social e uma obrigação do estado, para todos os educandos.