Itapé: Controladoria identifica fraudes no Bolsa Família


Uma auditoria da Controladoria-geral da União (CGU), no programa social Bolsa Família, divulgada na última quinta-feira 04, revelou fraude em cadastros em quase todos os municípios do sul da Bahia, com data base inicial de revisão de outubro de 2016. Para se ter uma idéia, na Bahia, Na Bahia, 55.675 famílias tiveram o cadastro cancelado. Em Itapé, segundo o levantamento, 34 benefícios foram fraudados nos últimos anos. Itapé têm atualmente 1.756 famílias recebendo o bolsa família.

A Prefeitura Municipal tem ajudado o governo federal no envio de informações e no aumento do número de cadastros do Cadunico, o que agiliza na identificação de fraudes.

Após o cancelamento dos cadastros fraudulentos, agora o CGU investiga quem são exatamente às 34 famílias que recebiam o benefício irregularmente. O governo federal promete acionar os beneficiários legalmente, pedindo a devolução do valor acumulado e a impossibilidade de retornar ao programa.

Para chegar a esses números, a CGU comparou a renda registrada em outras bases de dados oficiais, como a do Imposto de Renda e o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), com as que foram declaradas no Cadunico.

O Bolsa Família foi criado em 2003 para atender famílias em condições de extrema pobreza. Tem direito ao benefício a família que tem renda de R$ 170 por pessoa. Algumas famílias apontadas na fiscalização de forma geral da CGU tinham renda de mais de R$ 1.900 por pessoa.

fraude bolsa familia

Outros municípios da região também caíram na malha fina da CGU que encontrou irregularidades em cidade como Almadina (53), Aurelino Leal (61), Arataca (68), Barro Preto (57), Buerarema (67), Camacan (154), Canavieiras (127), Coaraci (147), Floresta Azul (42), Ibicaraí (117), Ibirapitanga (62) e Itacaré (106), Itajuípe (65), Itapitanga (40), Jussari (51), Mascote (58), Pau Brasil (52), Santa Luzia (52), Ubatã (46), Una (119), Uruçuca (98) e Ubaitaba (75).

Acesse o relatório na íntegra

Acesse os dados por Município

Fonte: Itapé Notícias

Itabuna: Ceplac é patrimônio imaterial e científico do município


Ao participar do lançamento do Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural, no auditório da Unime, o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes sancionou a lei 2.417 que declara a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira – Ceplac – como Patrimônio Imaterial e Científico do Município de Itabuna. O projeto que reconhece a contribuição da instituição ao desenvolvimento econômico, técnico, científico e de preservação ambiental do município foi apresentado no legislativo pelo vereador Robson Sá.

O diretor de agricultura da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Erlon Botelho, considera que ao sancionar a lei, o prefeito Fernando Gomes torna Itabuna protagonista de um novo momento para a região cacaueira baiana: “este é o primeiro passo para a indicação da Ceplac como patrimônio da humanidade pela ONU em reconhecimento pela sua contribuição para a preservação da biodiversidade do planeta”, argumentou.

Botelho destaca que o reconhecimento internacional da Ceplac vai permitir não apenas o desenvolvimento de políticas de fomento para o setor agrícola, como também a captação de recursos para uma das regiões com a maior biodiversidade do planeta, o que foi preservado graças aos 250 anos de cabruca, um sistema ecológico de cultivo agroflorestal baseado na substituição de estratos florestais pelo plantio de cacau de forma descontínua e circundado por vegetação natural, preservando os sistemas remanescentes da Mata Atlântica.

Ilhéus: Parque de Exposições será restaurado


O Parque de Exposição de Ilhéus, situado no litoral sul do município, vai ser recuperado, após anos inoperante e em total abandono. O anúncio foi feito hoje (19) pelo prefeito Mário Alexandre que já confirmou a realização de um evento nacional naquele espaço, dias 26 e 27 de janeiro. A I Copa de Marcha da Terra da Gabriela vai reunir criadores do cavalo Mangalarga Marchador de todo o Brasil. 150 animais participarão do evento que terá a cobertura da revista oficial da Associação Brasileira dos Criadores e do canal de televisão MMTV.

Hoje pela manhã, o  A secretaria de Serviços Urbanos ficará responsável pelos serviços de roçagem, poda e rastelagem. Já a secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito fará a regularização do piso da área de apresentação de animais, recuperação do cercado, baias e banheiros, além de intervenções estruturais do palco e recuperação de cobertura e pintura.

O prefeito Mário Alexandre destacou a importância da recuperação do espaço, o único parque de exposições do país instalado em uma região litorânea. “A revitalização do parque representa, sobretudo, a possibilidade de geração de renda, movimentação de pessoas e bons negócios. Recuperamos a Concha Acústica de Ilhéus, outro espaço que foi abandonado ao longo dos anos. Agora vamos recuperar o Parque de Exposições”, garantiu.

Presidente do Núcleo Grapiúna de Margalarga Marchador, o pecuarista Geraldo Augusto Moura Júnior disse que, durante muitos anos, esteve incomodado com o parque sem eventos e que, agora, irá voltar em grande estilo, abrigando um evento nacional cercado de boas expectativas. “A localização do parque de Ilhéus é maravilhosa”, elogia. Lukas Paiva, presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, afirma que já presenciou diversas competições nacionais. “Todas deram muito certo. Vai dar certo aqui também”, destacou.

Itabuna: ambulantes se cadastram para o Carnaval Antecipado de Itabuna


Representantes da Secretaria de Indústria, Comércio e Sustentabilidade Econômica e da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) se reuniram na manhã desta terça-feira (19), com os vendedores ambulantes. O encontro na Usemi, serviu para orientar e informar aos presentes a cerca de locais, número de vagas disponíveis e também para esclarecer dúvidas daqueles que vão trabalhar no Carnaval Antecipado de Itabuna, que acontece entre os dias 18 a 21 de janeiro do próximo.

O encontro também deu início ao cadastramento dos barraqueiros que deverá ser feito por etapa, para evitar filas e tumultos, conforme justificou o diretor do Departamento da Indústria e Comércio da secretaria, Tarcíso Soares. Ele adiantou que a prefeitura disponibilizará espaço para 300 vendedores com isopor, 100 barracas para coquetéis e 30 toldos.

Os vendedores deverão se instalar no mesmo espaço definido pela prefeitura, na festa do início deste ano, numa extensão que se inicia nas imediações do Shopping Jequitibá até a Câmara de Vereadores. Os trabalhadores ambulantes também receberão crachá com fotos, segundo o diretor.

O presidente da Associação dos Vendedores Ambulantes, Cleones de Sandes Andrade, declarou que o cadastro que está sendo feito pela Prefeitura com um mês de antecedência, foi uma iniciativa louvável porque evitará tumultos e vai priorizar os vendedores residentes em Itabuna, que já mantém tradição de comercializarem bebidas e comidas no período do Carnaval Antecipado no município. “Essa iniciativa mostra organização e a preocupação com o bem estar da categoria”.

vendedor-ambulante-salvador-bahia-carnaval-2016
Foto: divulgação

Cleones informou que no carnaval do ano passado foram cadastrados cerca de 400 ambulantes, e acredita que este ano o número aumente em função da grande demanda. Ele assegura, entretanto, que com organização bem elaborada pela prefeitura, há espaço para aqueles que desejam trabalhar e faturar uma renda extra, num período em que muitas famílias estão desempregadas.

A vendedora Cristina Nascimento, foi outra que também saiu satisfeita do encontro ao comentar que uma festa bem organizada tem tudo para dar certo, porque permite que os vendedores se preparem melhor e atendam exigências importantes e necessárias para os que vão trabalhar durante a festa.

Concurso Itapé Minha Gente, Minha Cidade, Meu Lugar já tem vencedores


Estreitar o vínculo entre os estudantes e sua cidade, resgatando neles orgulho e amor pelo local. Este é um dos objetivos do Projeto Itapé Minha Gente, Minha Cidade, Meu Lugar, elaborado pelo professor e jornalista Marcelo Carvalho. A iniciativa contou com a participação de estudantes das turmas de Artes, da EJA e do 1º ano do Ensino Médio do noturno. Os trabalhos produzidos pelos educandos disputaram um concurso em duas categorias: Fotografia e Vídeo. “Através de passeios fotográficos, os alunos expressam seus sentimentos por Itapé, através de fotografias e vídeos” explica o educador.

A avaliação dos trabalhos produzidos ficou por conta do fotografo e Mestre em Artes, Paulo Batelli. Também fizeram parte da comissão julgadora o presidente do Conselho Municipal da Educação (CME Itapé), Sandro Lyra, a secretária da Educação, Luzinete Miranda, além dos professores Eliana Trindade, Álvaro Neto, Maria Raimunda Silva, Andrea Mendonça, Adriano Barreto, Adriana Araújo e Sidele Batista. “Através de passeios fotográficos, os alunos expressam seus sentimentos por Itapé, através de fotografias e vídeos” explica o educador.

WhatsApp Image 2017-11-30 at 14.49.35
Exposição reuniu estudantes e familiares no CCAMS

A culminância do projeto foi realizada na noite do dia 29 de novembro, no CCAMS. Todas as fotografias e vídeos feitos pelos alunos foram apresentadas em uma exposição. Entre as surpresas da noite, estava o documentário, elaborado por Maria Lavínia Silva. Estudante da Eja 1/2, Lavínia, contou a história do Distrito de Entroncamento onde reside com sua família. “Queria mostrar o lugar para as pessoas da forma como eu o vejo. Aqui é um lugar com problemas, mas também um lugar cheio de amor” garante. O primeiro colocado em fotografia, Daniel Reis nem acreditou quando ouviu seu nome ser anunciado. “Estou muito feliz… O projeto foi maravilhoso e que venha o próximo” comentou. (Foto da capa: Kalyana Santana)

Os premiados na noite foram:

Fotografia                                                                            Vídeo (The Best)

1º  Daniel Reis (1º ano do Ensino Médio)                           Josevânia Rosa (Eja 3)

2º  Taíze Santos (Eja 3)                                                       Documentário

3º  Luciene Fernandes (Eja 1/2)                                          Maria Lavínia Silva

 

Ilhéus: Jabes Ribeiro vai recorrer da rejeição das contas de 2016


O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em sessão realizada nessa quinta-feira, dia 16, aprovou parecer contrário à aprovação das contas do município de Ilhéus, referente ao ano de 2016, sob responsabilidade do ex-prefeito Jabes Ribeiro.

GEDSC DIGITAL CAMERA
Jabes Ribeiro Foto: Andrei Sansil

 Da decisão cabe recurso, oportunidade em que a área técnica, representada pela empresa PI Contabilidade, analisará o voto e apresentará os dados e argumentos que permitirão novo julgamento da egrégia Corte de Contas.

 Vale ressaltar, no entanto, que, mesmo considerando o voto do TCM, ficam claro os avanços conquistados pela gestão, tanto na redução da dívida pública municipal, em R$ 48.435.212,08, e do Limite de Pessoal, que caiu 14,43% nos últimos quatro anos, como demonstrado no quadro ao fim desta nota.

 A decisão do tribunal será contestada na fase de recursos do julgamento, sobretudo quanto ao descumprimento do Artigo 42 da LRF, e dos investimentos em Educação e Saúde. O ex-prefeito apresentará também recurso quanto às multas e ressarcimentos imputadas pelo TCM no parecer prévio desta quinta-feira.

Ilhéus: município terá show da Caravana da Música Africania


africania
Africânia Foto: divulgação

Ilhéus será palco este mês do projeto Caravana da Música que faz apresentação única no dia 19 deste mês, a partir das 19 horas, na praça Castro Alves, situada em frente ao prédio onde funciona a Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho. Mesclado do instrumental baiano ao som dos atabaques, indo ao som dos trompetes para os atabaques, o grupo Africania faz mais uma parada na região.

O projeto promete contribuir para a difusão da produção artística da Bahia, permitindo o deslocamento e interiorização dos artistas, chegando a praças em que nunca se apresentaram. A chamada pública contou com a participação de 250 bandas e músicos que foram avaliados por curadoria formada pelo jornalista Luciano Matos, os produtores culturais Luizão Pereira e Ivanna Souto.

Em seu segundo ano, o Caravana da Música recebe, além de outros cinco artistas que já passaram nesta edição, Bando Velho Chico, Dão e a Caravana Black, Grupo Botequim, Lucas Santtana e Samba Chula de João do Boi, que circularão por outros cinco municípios. Realizado pela Maré Produções Culturais, o evento conta com o patrocínio da Vivo, através do Programa Fazcultura e das secretarias da Fazenda e de Cultura da Bahia, como o apoio da secretaria municipal de Cultura (Secult).

Itabuna: Hospital de Base recebe melhorias


O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães entregará à comunidade regional, mais 40 novos leitos distribuídos nas enfermarias “C” e “F” que serão inauguradas no próximo dia 17. Além das camas e mesas de cabeceira de aço inoxidável, as novas unidades também contarão com aparelhos de ar condicionados e demais equipamentos necessários para proporcionar maior conforto aos internos e aos acompanhantes assistidos pelo hospital.

A presidente da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), Márcia Rodrigues, que comemora a oferta de novos leitos, explicou que a inauguração das enfermarias só foi possível por causa da sensibilidade da juíza Eloína Machado, da 2ª. Vara do Trabalho de Itabuna que por meio de uma Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Trabalho fez, mais uma vez, a doação de verbas destinadas a benfeitorias no Hospital de Base.

Já é a terceira enfermaria reformada este ano, por meio de doação de verbas repassadas pela juíza do Trabalho. No último mês de setembro, o HBLEM entregou aos pacientes a enfermaria “B”, com 38 novos leitos. A unidade havia passado por uma reforma completa, o que incluiu recuperação das redes elétrica e hidráulica, pintura, assentos sanitários, dentre outras melhorias, tudo com recursos do Tribunal Regional do Trabalho.

Hospital-de-Base-inaugura-duas-novas-enfermarias-foto-Waldir-Gomes
Duas novas enfermarias para melhor atender a população Foto: Waldir Gomes

Márcia Rodrigues ressalta a atitude positiva da juíza Eloina Machado, ao afirmar que ela tem uma visão sensível quando se trata da saúde pública em Itabuna. “A juíza Eloina Machado compactua com os mesmos compromissos do prefeito Fernando Gomes, em não medir esforços para garantir uma melhor qualidade de vida para a população não só de Itabuna, como também de outros 168 municípios pactuados”.

O diretor administrativo, Jorge Ribeiro, foi outro que também comentou sobre as novas enfermarias, destacando que os benefícios são enormes para todos. “Cada benfeitoria feita, seja na estrutura física, na aquisição de novos equipamentos ou na ampliação da oferta de serviços, representa maior conforto aos pacientes e acompanhantes como também melhora as condições de trabalho das equipes de médicos, enfermeiros e demais profissionais de saúde que se doam no dia a dia de trabalho”.

Itapé: vereador Enderson Guinho fala de motivação aos alunos do CCAMS


O vereador Enderson Guinho visitou, na noite de quinta-feira (26/10), o Colégio Comunitário Alzair Martins da Silva (CCAMS), em Itapé (BA). O político foi convidado pela direção da instituição para explanar sobre “Juventude e Escola”. Enderson falou aos presentes sobre suas motivações e trajetória como estudante de escola pública.

“Desde a época do Colégio CAIC, fui incentivado a estar à frente no grupo de lideranças. Após, no Amélia Amado, com o colegiado, sempre tive a motivação de estar à frente e defender os direitos dos jovens. Além de correr atrás dos meus sonhos e objetivos. A trajetória de um jovem não é fácil, mas com persistência, estudo e dedicação é possível sim”, garantiu o vereador, de 24 anos.

WhatsApp Image 2017-10-27 at 1.28.59 PM
Evento no CCAMS buscou motivar os alunos Fotos: divulgação

Ele também falou de sua paixão pela Química, que o fez ingressar na UESC (Universidade Estadual de Santa Cruz), bem como sua desistência para seguir carreira no Curso de Direito, o qual hoje é apaixonado e está cursando o quarto semestre. O evento também contou com a presença da secretaria da Educação de Itapé, Luzinete Miranda, e do presidente do Conselho Municipal da Educação de Itapé (CME), professor Sandro Lyra e do corpo docente do CCAMS.

 

Ilhéus: prefeitura promove projeto arte-dança em escolas públicas


A Secretaria de Educação de Ilhéus implanta nas escolas Darcy Ribeiro, Odete Salma e Instituto Municipal de Ensino (IME) Eusínio Lavigne o projeto Sociocultural Arte-Dança, que objetiva incentivar a leitura, a formação de plateia, fomentar a cultura e promover o conhecimento das obras do escritor Jorge Amado. O lançamento acontece no dia 6 de novembro, a partir das 18 horas, com espetáculos de balé, hip hop e danças interpretados por alunos sobre “Gabriela”, “Tereza Batista”, “Capitães de Areia”, dentre outras. O evento conta com a participação de 140 crianças da rede municipal.

Coordenado pela professora e coreógrafa Sôanne Marry Loiola, o espetáculo “EducaDance” tem a finalidade de mostrar o resultado do aprendizado ocorrido durante o ano letivo, e apresentar as diversas formas de manifestações culturais que fazem parte do variado repertório da cultura regional. O evento conta com a participação dos estagiários de educação física Elison Santos e Thielle Medrado, da Unime, e apoio da Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho.balletfoto

Sôanne Marry Loiola informa que este ano o projeto terá a participação de professoras da rede municipal de ensino integrantes do “Programa de Atividade Física e Qualidade de Vida” que vão apresentar coreografias no segundo ato do espetáculo dedicado ao escritor Jorge Amado. “O objetivo é realizar a conscientização corporal utilizando músicas clássicas e específicas para aulas de balé clássico livre, jazz e hip hop, dando aos alunos da rede pública a oportunidade de desenvolver cultural e socialmente através da dança e da educação, e proporcionar a inclusão social”, ressaltou.

A coreógrafa relata ainda que a implantação do projeto surgiu através da visualização de uma necessidade latente de apoio a ampliação das atividades de arte-educação no município de Ilhéus, principalmente em se tratando de comunidades onde o fluxo de crianças e adolescentes sem oportunidades artístico-cultural é considerável. “A dança é sem dúvida uma das maiores catalisadoras da manifestação e expressão do movimento humano. Crianças e adolescentes necessitam de experiências de comunicação que permitam desenvolver sua criatividade e interpretatividade por meio dos eixos da arte”, conta.