Emasa põe em prática sua Operação Anti-Fraude


A  Operação Anti-Fraude da Emasa já está em vigor e quem está irregular com a empresa deve ficar atento e regularizar a sua situação. A companhia resolveu intensificar a fiscalização dos famosos “gatos” que são realizados na rede de abastecimento de água. Com a iniciativa, a Emasa pretende localizar, coibir e denunciar judicialmente aqueles que usam ilegalmente a água tratada fornecida pela empresa.

Desde que assumiu a nova gestão administrativa da Emasa, o Presidente Jader Guedes, junto com sua diretoria, está trabalhando em várias frentes para o crescimento da empresa e melhoria dos serviços à comunidade.

Tudo  isto passa pela compra de novos equipamentos, combate ao desperdício de água, melhores condições de trabalho e valorização dos seus funcionários entre outros, e neste momento está sendo intensificado o combate rigoroso as fraudes no uso da água, o famoso  “gato”, que é um crime previsto em lei federal.

tubulação clandestina
Emasa entrará na justiça contra quem utilizar ilegalmente a água fornecida pela empresa

Para esta operação a Emasa buscou o apoio do setor jurídico da empresa, e está denunciando à policia todo o uso ilegal da água, independente da denúncia na justiça, para ressarcimento dos prejuízos causados pelos “gatos”.

Os “gatos” fazem com que o preço da água aumente e todos paguem mais pela água consumida, e prejudicam o investimento na melhoria do abastecimento daqueles que pagam. Ao não receber pela água tratada, a Emasa fica impossibilitada de investir no esgotamento sanitário.