Histórias de pais


Enfim, chegou o Dia dos Pais! Uma data que pode provocar uma avalanche de emoções. Há os que já perderam seu pai e se sentem tristes e saudosos nesse período. Tem os que nem chegaram a conhecer ou conviver com seus patriarcas. E, também, os felizardos que têm seus pais presentes em suas vidas.

O Blog Carvalho News lançou um concurso para homenagear essa figura tão especial. Conheça agora, os vencedores e as mensagens que eles enviaram para seus pais! Feliz Dia dos Pais e muita paz e saúde a todos nós!

pai10

 

Mensagens dos nossos leitores

“Bem que eu poderia e gostaria de contar um pouco da minha história e de meu pai, mas, com certeza o espaço aqui seria muito pequeno para o que já vivemos. Por exemplo, somos nove filhos, sendo eu era o companheiro de meu pai, fazendo jus ao nome Narciso e Narciso filho. Foram meus melhores dias, pois quantas e quantas vezes eu saia com meu pai pra pescar e caça, naquela época ainda podia e usávamos as caças e as pescas para ajudar no mantimento da casa, foram tantas vezes que até me emociono. Hoje com meu pai aos 84 anos já não mais tem forças para matar essa saudade, mas é difícil falar do meu pai sem falar da minha mãe, pois meu pai trabalhava na roça e na maioria das vezes ele saia na segunda feira logo cedo e quase sempre voltava na sexta feira às 22h. Quando isso acontecia nossa mãe se tornava mãe e pai. Ela também lavava roupas de algumas famílias da cidade para ajudar no orçamento da casa. Foram tempos bons e muito difíceis, porém damos graças a Deus, pois mesmo que tivéssemos tão pouco. Eles conseguiram criar todos os nove filhos”.

Narciso Santiago, o cowboy apaixonado, cantor, Nova Canaã (BA)/São Bernardo do Campo (SP).

Narciso Santiagopais
Narciso Santiago e seus pais Foto: arquivo pessoal

 

“Falar do meu pai é muito difícil sabe? Ou, talvez, muito fácil… Contar apenas uma história não seria justo conosco pois nossa vida é uma história. Por isso, vou resumir a HISTÓRIA DAS NOSSAS VIDAS… Como muitas mulheres por aí, a minha mãe foi mais uma abandonada grávida pelo “meu pai”. Não! Não é desse pai que eu vou falar, vou falar do meu pai que nos acolheu quando eu tinha apenas dois anos. Do pai que me criou, me educou, me ensinou os melhores valores, me aconselhou, estava ao meu lado em todos os momentos da minha vida. Sim! O meu pai de criação, que para mim é o meu verdadeiro pai… Só não temos o mesmo sangue, mas temos o mesmo coração. Ele é simples entende? Pouco sabe ler e escrever, mas conseguiu me ensinar coisas que em nenhuma faculdade se aprende. (Neste momento já não consigo segurar a emoção) É trabalhador rural, mas não queria que eu fosse mais uma menina ” da roça” . Ele, junto com a minha mãe, fez de tudo para que  eu estudasse, me educasse, me tornasse alguém na vida… Talvez eu que não tenha aproveitado todas as oportunidades… Lembro que ele penteava o meu cabelo, me levava a cavalo para apartar o gado (kkk) comíamos frutas diretamente do (pé)… Lembro da sua paciência ao me ensinar a dirigir e da sua calma e ao me repreender quando eu lhe “roubava o carro” da garagem e já saia sozinha… (Kkkk) Acho que no fundo ele tinha orgulho de mim. Lembro que aos 19 anos ainda ganhava presente do dia das crianças do meu pai. Éramos muito ligados, aliás, somos muito ligados… Hoje moro em Portugal já há 9 anos, deixei o meu herói, o meu ídolo, a minha base, mas tinha que seguir a minha vida, tinha que descobrir novos rumos, tinha que bater asas, tinha que voar sozinha. Quando eu fiquei grávida aqui, a primeira pessoa que contei por telefone foi ao meu pai… Assim como falei-lhe da primeira vez que me veio a menstruação (kkkk).As saudades são enormes sabes!? Nestes nove anos fui lá uma só vez, a vida não me permitiu ir outras… Todos os dias falo com ele, rezo por ele e sei que a qualquer momento quando eu precisar, ele estará lá… De braços abertos pronto para me abraçar… Te amo meu pai… És o melhor pai do mundo!”,

Sheyla Vidal, Portugal.

 

“Mais uma vez, Dia dos Pais. Pai, não  sei porque  você  se foi …

Que vontade de te olhar e dizer:

Pai, você  é  meu herói, meu bandido.

Viver sem você aqui é  muito diferente.  Saudade de ver você  chegando e assobiando só  para avisar que chegou. Queria tanto ouvir a tua voz, te abraçar. Queria tanto chegar a casa e ver que você  está  aí  tomando o seu chimarrão com a Mãe .

Pai,

Sei que essa dor que sinto nunca vai me abandonar.

Deus quer os bons do seu lado.

Todos gostavam de você Pai.

Você foi o melhor Pai do mundo, ajudava tanta gente, tirava de você  para dar aos outros.

Sei que se te perguntarem se gostaria de voltar irás dizer que não, pois  tenho certeza que deves estar num lugar maravilhoso.

Sabe Pai? Quando a saudade quase se torna insuportável , você vem em meus sonhos e me conforta com um abraço.  Nossa, como parece ser real, sei que é  esta forma que Deus encontrou para trazer você  até  mim, mesmo que só  por alguns instantes.

Hoje eu queria tanto de dar um abraço  pessoalmente pelo dia dos Pais.

Agradeço a Deus por ter te colocado na minha vida, ou melhor, eu na sua.

Às vezes me pergunto: por que Deus leva quem a gente tanto ama, mas respeito a sua vontade, porque essa é  a Lei de Deus.

O que nos resta é lembrar as tantas vezes que você  nos ajudou, por tantos momentos e anos que conseguimos ficar juntos.

O que me faz bem é  sonar com você ,  isso me da certeza de que você  está  em um mundo bem melhor e que estás  nos iluminando.

Agradeço  todo dia por tudo que você  fez por nós  na tua jornada aqui na terra e te peco que ilumine a nossa, a sua família ,  nos guie e nos ajude.

E te digo mais meu Pai, meu amor por ti é  eterno.

Obrigado por ter sido esse Pai incrível.

Há Pai! Você  faz muita falta.

Se estivesse , tenho certeza que muita coisa séria bem diferente.

Vou te amar, todos nós  iremos te amar eternamente.

Tchau Pai. Até  um dia”,

Dionisia Kappaun Koelin, Itapiranga, Santa Catarina.

 

“Um dos momentos mais marcantes com meu pai foi quando ele me deu uma bicicleta no Natal. Ele chegou até chorar de emoção porque a gente nunca teve de muito. Sempre trabalhando para conquistar tudo. Nossa eu choro de lembrar a emoção dele”,

Daiane Tempori,

 

Pai da adriana
Adriana e seu pai  Milton Foto: arquivo pessoal

“Meu pai é muito trabalhador, perdeu o pai quando tinha 7 anos de idade. Foi criado por um tio que judiava bastante dele, teve que trabalhar muito jovem… Quando chegou à fase adulta, casou-se com minha mãe, teve eu e meu irmão. Trabalhava de vaqueiro em uma fazenda, onde fomos criados. Seu grande sonho era ter sua própria terra, para continuar fazendo o que gosta, que é cuidar de gado.

Hoje, após anos de luta, comprou uma pequena propriedade de terra, onde construiu uma casa confortável, e faz o que mais gosta, criar seu gado de leite e cuidar da terra.

Ele fica muito feliz em receber a família aos finais de semana”.

Adriana Araújo, Itapé (BA).

“Claudivan esse é seu nome, não é perfeito pois não existem pessoas perfeitas, mas isso não o impediu de ser tão atencioso e especial. Posso reclamar de qualquer coisa de “Painho” mas jamais poderei reclamar de falta de amor e atenção.

Sabe aquela pessoa que tem chá pra tudo? Então, “Painho” é uma dessas, tem chá pra quase tudo menos pra saudades dos bons tempos.

Enfim o melhor pai do mundo é aquele que está perto quando você precisa, tenho certeza que esse é o meu! Te amo “Painho” com todos os defeitos e qualidades!

Feliz dia dos pais! ”

Diane Scher, Itapé, (BA).

Uziel e Samuel
Samuel (E) e Uziel Foto: arquivo pessoal

“Eu acho essa foto uma das mais lindas que tu (Uziel) tem com Samuel, por isso escolhi ela! Cara sério,  tu já era uma pessoa maravilhosa e um companheiro incrível,  só que depois que tu te tornou Pai do nosso bebê isso ficou mais evidente, tu é um super Pai, preocupado, atencioso, carinhoso e tem tanto amor pra da pro nosso filho que eu só tenho agradecer por esse presente que Deus me enviou que foram vocês dois, obrigada por ser quem tu é, Feliz dia dos Pais.”

Pâmela Carvalho, Rio de Janeiro (RJ).

 

“Parabéns meu amado pai João Cirino!Verdadeiro exemplo de pai! Amigo, companheiro, sempre presente na vida de seus filhos.Te amo!”

Cristiany Gomes, Itapé (BA)

“Pai, palavra cheia de significados ….. Pra mim esta em cada gesto, como , mesmo sem saber fiz um penteado meio torto para que eu não faltasse à festa do colégio quando eu tinha apenas sete anos ( sinceramente a poupa no cabelo ficou horrorosa, mas sei que foi o máximo que conseguiu fazer para me agradar ).

É se emocionar ao ver através dos meus olhos o mundo mais nítido, ao me presentear com os primeiros óculos de grau .É me ver crescer e perceber que cresci correndo para o  aconchego do seu abraço . Você é meu exemplo , o parâmetro que tenho do que quero ser . Hoje tenho orgulho de ser você versão “eu mesma 1.0.Eu amo você ! Obrigada por ser o meninão do meu coração. Te amo !”

Yulen Lyra, Itapé (BA).