Ilhéus: Prefeitura e IBGE se reúnem para planejamento do Censo 2020


O vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal se reuniu na última terça-feira (1º), com os membros do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e representantes de sindicatos e secretarias do município. O objetivo foi planejar o acompanhamento do Censo Demográfico 2020, que acontece no intervalo de 10 anos. Os dados fornecidos servem como parâmetro para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), transferência constitucional de recursos determinada de acordo com o número de habitantes contabilizado pelo IBGE.

De acordo com Ledson Freire Santos, coordenador de área para o censo 2020, o levantamento do IBGE é balizador de informações e crucial para o planejamento público e privado nos próximos anos. “O censo é a única pesquisa realizada no Brasil que possibilita ter o conhecimento da totalidade da população. É muito importante que as pessoas auxiliem o trabalho realizado pela entidade, atendendo bem aos recenseadores e respondendo de forma correta à pesquisa, pois através dessas informações as autoridades poderão conhecer a realidade e aplicar as políticas públicas de forma efetiva. O quantitativo de habitantes é fundamental para realizar os repasses financeiros”, ressaltou Freire.ibge2

O Censo Demográfico do IBGE segue o que determina a Lei 5.534/68, a Lei 5.878/73 e o Decreto 73.177/73, que asseguram o sigilo das informações fornecidas. Estas deverão ser usadas exclusivamente para fins estatísticos.

Freire explicou que a estrutura será montada em dois postos de coleta, com equipe formada por um coordenador, dois agentes censitários municipais, 18 supervisores e 142 recenseadores. Os agentes utilizarão Dispositivos Móveis de Coleta (DMCs), aparelhos referenciados que permitem à visualização de imagens de satélite do município. Conforme o cronograma apresentado pelo coordenador, o período estimado para a coleta será compreendido entre os meses de agosto e outubro de 2020.

Ele informou ainda da possibilidade da obtenção de uma prévia do levantamento ainda no final de 2020. O trabalho do recenseador é realizado através dos mecanismos de cadastro de endereço e base territorial, este último permite determinar a localização dos domicílios em relação às estruturas territoriais e aos setores censitários. O setor censitário é a unidade territorial de coleta e de divulgação dos dados estatísticos do IBGE.

De acordo com a entidade, cada setor do município possui em média 150 a 300 domicílios. No último Censo (2010), Ilhéus possuía 43.003 domicílios cadastrados, sendo dividido em 289 setores, desses, 191 eram urbanos. Em 2019 o número foi elevado para 60.781 domicílios. Hoje a cidade possui 410 setores, sendo 319 cadastrados na zona urbana.