Ilhéus: prefeitura promove projeto arte-dança em escolas públicas


A Secretaria de Educação de Ilhéus implanta nas escolas Darcy Ribeiro, Odete Salma e Instituto Municipal de Ensino (IME) Eusínio Lavigne o projeto Sociocultural Arte-Dança, que objetiva incentivar a leitura, a formação de plateia, fomentar a cultura e promover o conhecimento das obras do escritor Jorge Amado. O lançamento acontece no dia 6 de novembro, a partir das 18 horas, com espetáculos de balé, hip hop e danças interpretados por alunos sobre “Gabriela”, “Tereza Batista”, “Capitães de Areia”, dentre outras. O evento conta com a participação de 140 crianças da rede municipal.

Coordenado pela professora e coreógrafa Sôanne Marry Loiola, o espetáculo “EducaDance” tem a finalidade de mostrar o resultado do aprendizado ocorrido durante o ano letivo, e apresentar as diversas formas de manifestações culturais que fazem parte do variado repertório da cultura regional. O evento conta com a participação dos estagiários de educação física Elison Santos e Thielle Medrado, da Unime, e apoio da Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho.balletfoto

Sôanne Marry Loiola informa que este ano o projeto terá a participação de professoras da rede municipal de ensino integrantes do “Programa de Atividade Física e Qualidade de Vida” que vão apresentar coreografias no segundo ato do espetáculo dedicado ao escritor Jorge Amado. “O objetivo é realizar a conscientização corporal utilizando músicas clássicas e específicas para aulas de balé clássico livre, jazz e hip hop, dando aos alunos da rede pública a oportunidade de desenvolver cultural e socialmente através da dança e da educação, e proporcionar a inclusão social”, ressaltou.

A coreógrafa relata ainda que a implantação do projeto surgiu através da visualização de uma necessidade latente de apoio a ampliação das atividades de arte-educação no município de Ilhéus, principalmente em se tratando de comunidades onde o fluxo de crianças e adolescentes sem oportunidades artístico-cultural é considerável. “A dança é sem dúvida uma das maiores catalisadoras da manifestação e expressão do movimento humano. Crianças e adolescentes necessitam de experiências de comunicação que permitam desenvolver sua criatividade e interpretatividade por meio dos eixos da arte”, conta.