Itabuna: Gomes promete antecipar 13º, se professores porem fim a greve


Segundo o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, caso os professores encerrem a greve, o município se compromete a antecipar o pagamento do 13º salário dos professores e a regularizar o pagamento dos salários dos grevistas. Segundo Fernando Gomes, o município atravessa uma grave crise financeira. “A nossa arrecadação está cada dia caindo, tenho que pagar os funcionários e nossos prestadores, mas a receita que entrou essa semana foi pouco mais de R$ 100 mil, precisamos de mais de R$ 2 milhões”, esclarece.

Em greve há mais de 60 dias, os professores alegam ser solidários aos poucos mais de 130 professores em desvio de função, que estão com seus salários atrasados. “Nossa secretaria já fez um acordo com o sindicato para colocar esses professores até janeiro na folha do Fundeb, pois como eles estão em desvio de função, estão recebendo salário com recursos próprios do município, mas a situação da prefeitura é de falência. Essa semana mesmo, demitimos mais de 500 funcionários, e deveremos demitir mais gente ainda”, garante Gomes.