Itabuna: Hospital de Base passa a atender casos de urgência e suspeitos de Covid-19


O Hospital de Base de Itabuna ficará encarregado de atender casos de urgência e pacientes com suspeita de coronavírus. A decisão, inclusive, motivou o pedido de demissão do antigo diretor da fundação que administra a unidade, Juvenal Maynart. Desde o último sábado (28), apenas casos suspeitos ou confirmados de coronavírus eram atendidos pela unidade. A Secretaria de Saúde do

diretor do Hospital de Base, Eduardo Kowalsky Foto: divulgação
Diretor do Hospital de Base, Eduardo Kowalsky Foto: divulgação

Estado acredita, no entanto, que a ideia de centralizar os demais atendimentos no hospital da Costa do Cacau e na UPA não deu certo, e o Hospital de Base voltou a atender casos gerais.O paciente que chegar com suspeita de coronavírus na unidade será encaminhado para salas que vão acomodar enfermaria e UTI. O acesso a esse local será feito por uma entrada restrita.

O novo diretor médico do Hospital de Base, Eduardo Kowalsky, que foi apresentado na última terça (31), falou sobre a estrutura da unidade para receber os pacientes.  “Temos monitor cardíaco, aparelho de ventilação mecânica, leitos. Então a gente está se adequando à necessidade que vem pela frente. A gente vai ampliando isso conforme demanda da população. Como só tem um caso grave, que está na Santa Casa, a gente está se preparando para, se surgirem novos casos, a gente absorver essa população. Um paciente grave que chegar aqui vai ter o primeiro atendimento e, conforme a rede decidir, ele permanece aqui ou vai para a Santa Casa”, disse.