Jair Bolsonaro sofre atentado


O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado durante comício em Juiz de Fora (MG). Bolsonaro ainda sente dores derivadas da cirurgia, mas não deverá ter sequelas, disse o cirurgião Cicero Rena, chefe da cirurgia da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG), que o operou. A um mês das eleições, é impossível prever quando ele poderá retomar a campanha nas ruas, acreditam os médicos.

Apontado pela Polícia Militar como responsável pelo ataque a Bolsonaro, Adelio Bispo de Oliveira possui postagens de ódio ao candidato do PSL em seu Facebook. Oliveira tem 40 anos e é natural de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais, cidade a 700 km de Juiz de Fora.  Segundo ele informou ao 2º Batalhão da Polícia Militar em Juiz de Fora, trabalhava como servente de pedreiro e teria curso superior completo.

Nas postagens, há vários textos em que Adelio ofende Bolsonaro ou critica suas propostas. Em maio, postou uma foto na qual aparece ao lado de uma placa que diz “políticos inúteis”. No mesmo dia, publicou outra imagem com cartaz que pede a renúncia de Temer. (Foto de capa: Bandnews)