Negros e negras do segmento LGBT receberão certificados de qualificação em Petrolina


Negro e LGBT, Leandro Virgílio da Silva tinha concluído apenas o ensino médio, aos 22 anos, e estava, segundo ele mesmo contou à reportagem, sem perspectivas de se encaixar em alguma profissão e arrumar emprego. Ele estava numa daquelas fases da vida, quando se espera apenas que ela vá passando, até que começou a fazer o curso de qualificação chamado Fortalece a Igualdade, idealizado pela Secretaria do Trabalho Emprego e Qualificação para atender à população negra LGBT, sendo oferecido em municípios como Petrolina, Caruaru, Garanhuns, Recife e Olinda. Leandro foi um dos concluintes da primeira turma de Assistente Administrativo do programa no Recife, mas, outras pessoas como ele, logo estarão recebendo o certificado do mesmo curso, em Petrolina, em evento que será realizado nesta sexta-feira (3), às 14h, na Escola Social de Qualificação Profissional, na BR-407, 571, na Cohab Massangano.

Foto: Patriny Aragão/Seteq
Foto: Patriny Aragão/Seteq

Leandro é do Recife, mas está na torcida pelos novos alunos que pegarão o certificado amanhã. Antes de conhecer o Fortalece a Igualdade, ele já havia feito um curso de auxiliar administrativo, mas os estudos não haviam suprido as expectativas, nem ajudado na sua carreira profissional. “Eu não sabia qual caminho seguir na vida. Eu estava tentando buscar emprego, mas só com o ensino médio é difícil”, contou.

O jovem relatou que o cenário começou a mudar através da indicação que um amigo fez do Fortalece a Igualdade. “Quando o professor começou a ensinar a gente, eu vi que queria fazer aquilo mesmo”, afirmou. Leandro ressaltou que o aprendizado foi além do esperado e agora se sente mais seguro para enfrentar o futuro.

O Fortalece a Igualdade é uma parceria da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos/MMFDH. “O programa está sendo desempenhando com muito trabalho e esforço de todos os colaboradores que vêm tornando realidade o sonho de muitos jovens e adultos negros e LGBT que desejam se capacitar e aumentar as chances para ingressarem no mercado de trabalho”, declarou a secretária executiva de Micro e Pequena Empresa e Fomento ao Empreendedorismo, Adriana Queiroz.