BH recebe Mini Feira da HQ


Nos próximos dias 14/12 (16:00H às 20:00H) e 15/12 (14:00H às 18:00H), será realizada na Casa dos Quadrinhos, a segunda edição Mini Feira da HQ BH. O evento é gratuito e consta como parte da Temporada FIQ 2019.

A Mini Feira conta com a presença de quadrinistas e ilustradores mineiros, com o intuito de divulgar suas obras e permitir que o público conheça o trabalho local e possa comprar direto dos próprios autores. Além de quadrinhos, estarão disponíveis prints, scketbooks, pôsteres e originais.Nuna-Universe

Artistas e lançamentos confirmados para venda e autógrafos:

Vitor Cafaggi: Com o Jogo do Valente, na sexta, dia 14;

Eddie Vieira: Estátuas do Universo dos Quadrinhos;

Cristiano Seixas, André Melo, Cristiano Bolson e Júlio Ferreira: Quadrinho Os Caras do Fahrenheit, no sábado dia 15;

Flávia Carvalho: “O Monstruário, a apavorante coleção de selos” e o quadrinho “Sereinha”;

Alexandre Tso: Quadrinhos  “CURVA DE RIO” e “EMBATE”;

Nuna Universe: Com o Card Game Sashira;

Felipe Assumpção: Gibi – Genô vs Gertrú #01, Sketchbook Eu Desenho Vacas #01, hqs e coletânea de tiras do Bota e prints autorais;

Júlia Oliveira: HQ “DOR”;

Alec Drummond: Quadrinho “Pela Última Vez”;

Ryot: Hq “EMBATE”;

Jane Oliveira: Zine “Memórias de Acesso Remoto” e o quadrinho “Antologia Grimório”;

Senhoritas de Patins: Quadrinhos “Ada e Love” , “DiAHrio de Viagem” e “Gibi de Menininha”;

Valdo Alves: Hq “My Soul 2”;

Bella Santana: Hq “Francisco”;

Carol Cunha e Nanako Nagase: Quadrinho “Catrinomicon”;

Bruna Lima e Bruno Wolf, do Studio Mootant: Livro de tirinhas “O Aprendiz e o Feiticeiro”;

Droom: Quadrinho de mesmo nome “Droom”;

Lucas Libanio,

Ivo Esteves e mais convidados a serem divulgados

 Entrada franca. Sujeito à lotação do espaço.

Dias: 14 e 15 de dezembro de 2018 Horário:  14/12 (16:00H às 20:00H) e 15/12 (14:00H às 18:00H)

Local: Espaço Cultural Casa dos Quadrinhos – Av. João Pinheiro, 277 – Funcionários Informações: 31- 3224 0040

Site: http://www.casadosquadrinhos.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/escoladeartesvisuais/

Anatel vai cobrar R$ 500 por celular importado


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai cobrar R$ 500 de cada celular importado por empresas via Correios. Segundo a agência reguladora, o valor se refere à homologação do aparelho para revenda. Mas o uso pessoal de produtos eletrônicos importados também é passível de cobrança. Neste caso, o pagamento será de R$ 200.

A Anatel explica, no entanto, que a importação, via Correios, de celulares para uso próprio não é permitida. Os aparelhos podem ser trazidos quando o cidadão retorna de viagem ao exterior, mas não pode ser remetido em correspondência.celular-importado-

Além dos celulares, não podem ser homologados para uso próprio “tablets, TV boxes, roteadores sem fio e demais equipamentos emissores de sinais eletromagnéticos”, de acordo com a agência. Nestes casos, diz, o produto é devolvido para o país de origem.

Procurada, a agência explicou que “o uso de aparelhos homologados previne acidentes como explosões de baterias, exposição do usuário a radiações nocivas à saúde e interferências em outros serviços de telecomunicações” e que, por isso “realiza ações de fiscalização a fim de coibir a venda e o uso de produtos irregulares”.

Perguntado sobre quantos celulares são enviados para o país via Correios, a empresa respondeu que “não possui conhecimento prévio das mercadorias que serão requisitadas para análise e nem realiza o registro do tipo de produto retido”.

A respeito do papel de seu papel no novo processo da Anatel, a estatal explicou que é “o de encaminhar, para análise do instituição anuente, as mercadorias identificadas no fluxo postal de importação que atendem aos requisitos estabelecidos pelo órgão”.

Cartões de crédito e crediário são os que mais provocam inadimplência


Os principais responsáveis pela inadimplência no país são o crediário (65%) e o cartão de crédito (63%), segundo estudo divulgado hoje (3) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Outros tipos de dívidas que levaram ao registro do nome em entidades de proteção ao crédito são empréstimo pessoal em bancos ou financeiras (61%), crédito consignado (60%), cheque especial (57%), financiamento de automóvel (45%), mensalidades escolares (26%), conta de telefone (20%), boletos de TV por assinatura e internet (18%), conta de água e luz (11%), aluguel (10%) e condomínio (8%).

As contas em atraso que não levam à negativação, segundo o levantamento, são empréstimos com parentes e amigos (38%), parcelas do cartão de crédito (20%), crediário (20%) e cheque especial (20%).

Quando falta dinheiro para honrar todos os compromissos, o brasileiro prioriza o plano de saúde (89%), o boleto do condomínio (86%), o aluguel (82%), as contas de água e luz (79%), a televisão por assinatura e internet (75%), a conta de telefone fixo e celular (65%) e a mensalidade escolar (58%).

Itapé: sessão de autógrafos reunirá mais de 176 escritores mirins


Evento marcará o lançamento dos livros de crianças que participam da plataforma Estante Mágica

No próximo dia 30 de novembro, das 10h às 11h30 e das 14h às 15h30, 176 meninos e meninas da Escola Pingo de Gente Itapé, em Itapé, Bahia, vão lançar seus livros – produzidos com base em seu imaginário, memórias e vivências – em uma sessão de autógrafos que vai reunir pais, responsáveis e a equipe pedagógica do colégio. Os pequenos, cuja faixa etária vai de 3 a 10 anos, foram incentivados a escrever suas próprias obras pela equipe pedagógica da instituição de ensino, que encontrou na plataforma Estante Mágica a ferramenta ideal à motivação de leitura e produção textual.

Para os fundadores da plataforma educacional Pedro Concy e Robson Melo, a metodologia baseada em projetos é mais desafiadora para os alunos e também ajuda a desenvolver a inteligência socioemocional. Dessa forma, servir como exemplo para um novo modelo de educação é a aspiração da Estante Mágica. “Queremos despertar nas crianças competências para o mundo moderno, os chamados 5Cs – comunicação, criatividade, colaboração, curiosidade e criticidade (pensamento crítico). Trabalhar essas aptidões por meio de projetos educacionais é o ideal, pois os alunos se tornam protagonistas do próprio aprendizado”, diz Robson.

Criada em 2012 como uma plataforma de projetos educacionais que transforma alunos em escritores, a Estante Mágica surgiu com o sonho de transformar o mundo pela educação. Com parcerias com escolas públicas e particulares em todo o Brasil, está conseguindo. Até o momento, já transformou mais de 240 mil crianças e jovens em autores de livros.

Voltados a crianças de 3 a 10 anos de idade, os projetos da Estante Mágica são implementados sem custos pelas escolas. O processo é simples: o colégio se cadastra na plataforma, escolhe o projeto que quer adotar em sala de aula e cada aluno cria a sua própria história, com textos e desenhos, que vão resultar em um e-book gratuito. Transformados em escritores, os alunos têm até direito a um evento de sessões de autógrafos, organizado pela escola, no qual recebem amigos e familiares.

Serviço:

Sessão de autógrafos dos alunos escola Pingo de Gente Itapé

Local: Colégio Pingo de Gente Itapé
Endereço: Rua Feliciano Fontes, 101, Centro, Itapé, Bahia
Data: 30 de novembro
Horário: de 10h ás 11h30; 14h ás 15h30
Classificação: Livre

Ilhéus: mutirão do Dezembro Laranja será no próximo sábado


Pelo quinto ano consecutivo a Clínica AMO, em Ilhéus, será um dos postos que receberá o mutirão do Dezembro Laranja – iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia, que tem como objetivo alertar a população sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de pele, o mais comum no país.

Esta é uma ação nacional, que acontece com médicos dermatologistas voluntários que realizam atendimento gratuito em busca de lesões suspeitas de câncer de pele, assim como prestam esclarecimentos sobre as medidas preventivas. Este ano serão 132 postos de atendimento em diversos estados do Brasil.

Em Ilhéus, serão realizados 100 atendimentos gratuitos e as fichas serão distribuídas por ordem de chegada. A clínica AMO, na Avenida Soares Lopes, 1266, posto do mutirão na cidade, funcionará das 8h às 13h. De acordo com a dermatologista Thaís Saback, coordenadora local da campanha, “quando iniciamos a campanha, em 2014, foram pouco mais de 30 atendimentos. Ao longo dos anos, o evento cresceu, a população aderiu, a conscientização sobre o câncer de pele e o entendimento das atitudes preventivas mudou visivelmente”.

Dicas de prevenção – evitar a exposição solar entre as 10h e 16h, usar chapéus de abas largas, óculos escuros e roupas com filtro UV, preferir locais com sombra, usar o filtro solar em quantidade adequada, FPS 30 no mínimo e reaplicar a cada 2h, são medidas que evitam as queimaduras solares e reduzem o risco do câncer de pele. “Se exponha, mas não se queime”, é o tema da campanha Dezembro Laranja.

ABB promove 42º Campeonato Brasileiro de Coquetelaria


A Associação Brasileira de Bartenders promovera o 42º Campeonato Brasileiro de Coquetelaria – CBC 2018. O evento será realizado  no próximo dia 26 de novembro e contará com a participação de Bartenders de todo o Brasil. Este ano a categoria será de Cocktails Digestivos – After Dinner e o Campeão Brasileiro estará classificado para disputar o Word Cocktail Competition – WWC em Chengdon China em 2019.
A disputa será realizada  a partir das 17h00, no Hotel Leques do Brasil, localizado à Rua São Joaquim, Liberdade – São Paulo, com  entrada é franca.

Niterói


Hoje Niterói faz 445 anos. A cidade já foi capital do Estado do Rio de Janeiro, antes da fusão do Rio com o então estado da Guanabara, atual cidade do Rio de Janeiro. Niterói foi fundada no ano de 1573 quando o governador Estácio de Sá (1520-1567) presenteou às terras à direita da entrada da Baía de Guanabara ao chefe indígena dos temiminós, Araribóia.

A terra de Araribóia possui aproximadamente 600.000.00 habitantes. Já foi considerado o quarto município do Brasil em qualidade de vida. Atualmente, como toda grande cidade, enfrenta problemas como desemprego, altos índices de violência e uma sensação de insegurança crescente.

Mas nem isso é capaz de ofuscar o brilho desse maravilhoso lugar. Em Niterói você tem muitas opções de entretenimento. Entre eles, o Teatro Oscar Niemeier, o Museu de Arte Contemporânea (MAC), o Parque da Cidade de Niterói, passear e comer na orla de São Francisco, visitar a Praia de Itacoatiara, almoçar frutos do mar fresquinhos no Mercado São Pedro. Parabéns NIterói!

MPF quer evitar ações arbitrárias contra professores


Ações arbitrárias contra professores estão com os dias contados. É o que garante o Ministério Público Federal (MPF). De acordo com o órgão, procuradores dos Direitos do Cidadão nas cinco regiões do Brasil instauraram procedimentos administrativos para acompanhar práticas que possam representar assédio moral ou outras formas de ação arbitrária contra professores.

O MPF diz que foram expedidas recomendações a pelo menos 24 instituições públicas de educação básica e superior com pedido para que se abstenham de qualquer atuação abusiva em relação a docentes. Recentemente, apoiadores do movimento Escola sem Partido têm incentivado gravações e denúncias de professores em sala de aula.

Além de advertir para que não atuem de forma arbitrária junto a seus docentes, as recomendações expedidas pelo Ministério Público Federal pedem que essas instituições adotem as medidas cabíveis e necessárias para que não haja qualquer forma de assédio moral em face desses profissionais – seja por parte de servidores, estudantes, familiares ou responsáveis.

O objetivo da ação, segundo o MPF, é assegurar atuação unificada para garantir os princípios constitucionais e demais normas que regem a educação no Brasil, em especial quanto à liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber, bem como o pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas.

A iniciativa integra uma ação coordenada pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, órgão do MPF, e tem a colaboração de Procuradorias Regionais dos Direitos do Cidadão, Núcleos de Apoio Operacional à Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, além de instituições parceiras como ministérios públicos estaduais, Defensoria Pública da União, defensorias públicas do Estado e seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Contrato com Fies deve ser renovado até o dia 23


Se você pretende renovar o seu contrato com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) deve se apressar. Os estudantes beneficiados pelo programa devem renovar os contratos até o dia 23 de novembro. Devem fazer o aditamento aqueles que contrataram o Fies até 31 de dezembro de 2017. Neste semestre, cerca de 890 mil contratos devem ser renovados, de acordo com o FNDE.

A renovação do contrato é feita pelo sistema SisFies. Segundo o FNDE, o prazo foi estendido para que nenhum estudante com contrato a ser renovado fique de fora. “Em virtude do feriado, decidimos dar mais prazo para que todos consigam concluir o processo de aditamento no sistema”, diz o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro, em nota enviada pela autarquia.

O FNDE ressalta ainda na nota que é “fundamental que os alunos acessem o SisFies o quanto antes e não deixem para a última hora”.

Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre. O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino para, depois, as informações serem validadas pelos estudantes no sistema.

Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro, que é o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal, para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Contratos de 2018

Os estudantes que aderiram ao Novo Fies e contrataram o financiamento em 2018 devem seguir o cronograma da Caixa, que é o Agente Operador do Novo Fies.. Segundo a Caixa, aproximadamente 50 mil estudantes assinaram contratos do Novo Fies no primeiro semestre de 2018. O prazo para esses estudantes vai até 30 de novembro. O aditamento é feito no site da Caixa. O novo Fies, lançado no ano passado, tem modalidades de acordo com a renda familiar.

A modalidade Fies têm juro zero para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é de 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é de R$ 42 mil e é bancado pelo governo.

A modalidade chamada de P-Fies é para candidatos com renda familiar per capitaentre 3 e 5 salários mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito, que pode ser um banco privado ou fundos constitucionais e de desenvolvimento.

Mineiro com ELA cria aplicativo para pessoas com distúrbios na fala


Um brasileiro criou um aplicativo voltado para pessoas com distúrbios na fala. Diagnosticado com ELA (esclerose lateral amiotrófica), em 2013, José Afonso Braga chegou a experimentar outros aplicativos similares. O problema é que a maioria a maioria das opções encontradas no mercado estava limitada ao idioma inglês, possuía dicionários fixos e uma interface confusa.

Com formação em tecnologia da informação, o mineiro, de 47 anos, pai de três filhos, traçou uma espécie de luta contra o tempo para desenvolver uma forma alternativa de se comunicar. Daí surgiu surgiu o WeCanSpeak.e seu lançamento ocorreu no último dia 3. Em menos de dez dias, foram mais de 300 downloads. A ferramenta pode ser utilizada em computadores e tablets e é sendo disponibilizada de forma gratuita. Uma versão paga é oferecida a “usuários mais exigentes”, como o próprio Zé classifica.

José Afonso Braga criador do WeCanSpeak Foto: José Cruz
José Afonso Braga criador do WeCanSpeak Foto: José Cruz

Entre as premissas básicas fixadas para o desenvolvimento do aplicativo estavam: ser universal; ser configurável (o usuário pode criar seu próprio dicionário com palavras e frases completas adequadas ao seu cotidiano); ser simples, prático e intuitivo (o usuário não precisa passar por vários comandos para falar uma simples frase); e ser acessível (pessoas com todo tipo de poder aquisitivo podem ter acesso à ferramenta).

De acordo com o inventor, o aplicativo permite até mesmo que ele receba os amigos em casa às quintas-feiras para uma partida de pôquer. A jogatina, segundo a esposa, Valéria Braga, segue madrugada adentro. “A comunicação é a base da socialização e perder essa capacidade de socializar é, talvez, a maior dor causada pela doença”, acredita ela.