Ilhéus: show de Jorge Vercillo reúne 15 mil pessoas


Nem a forte chuva que caiu em Ilhéus, a partir das 23 horas, na noite desta sexta-feira, 25, afastou o grande público que prestigiou o show do cantor Jorge Vercillo, um dos mais esperados da terceira edição do Aleluia Ilhéus Festival, e de artistas locais, durante o evento realizado na avenida Soares Lopes. Por volta das 23h20min, o violonista e compositor Jorge Vercillo entrou no palco do Festival para apresentar o primeiro show dessa turnê, cantando músicas de seu novo trabalho, denominado “Vida é Arte”, como as belas “Pra Valer”, “Muamba” e “Talismã Sem Par”.

Durante o show, o artista carioca, que já vendeu mais de 1 milhão de CDs e DVDs, elogiou o Aleluia Festival e afirmou: “É um prazer começar esse trabalho, que deve rodar todo o país, em uma cidade tão bonita”. Segundo ele, o novo trabalho marca uma fase diferente na sua carreira. “E isso acontece porque estão presentes neste espetáculo os velhos sucessos. No entanto, pela primeira vez, estarei apresentando em um show várias músicas de um novo CD”, explicou o cantor. Segundo os organizadores da terceira edição do ‘Aleluia Festival’, cerca de 15 mil pessoas foram à avenida Soares Lopes na noite de 25 de março.

Jorge Vercillo lembrou que trazer para o palco músicas novas, que foram sendo lançadas na Internet desde o ano passado, é um risco. “Apesar disso, felizmente, já na passagem de som, que aconteceu horas antes do show, deu pra perceber a generosidade e a musicalidade do público ilheense”, reconheceu, e acrescentou: “o CD e a turnê trazem uma canção chamada ‘Noite dos Jangadeiros’, que fala da Festa de Iemanjá, celebração que tem tudo a ver com Ilhéus, a Bahia e Jorge Amado”.

Ao se referir ao evento, Vercillo comentou que o Aleluia Ilhéus Festival dinamiza diversos aspectos da vida cotidiana das pessoas. “Contudo, uma das coisas que mais me chamaram atenção foi o plano espiritual. Fico muito feliz cada vez que a igreja e os órgãos públicos se colocam como instrumentos de renovação, de estar junto da sociedade e de relembrar os bons valores. Então, uma festa dessa, na minha opinião, promove e reforça tudo isso”, avaliou. Durante o show, como Jorge Vercillo já havia anunciado, o público pôde cantar e se emocionar com seus velhos sucessos, como “Que Nem Maré”, “Homem Aranha” e “Encontro das Águas”.

Tributo à MPB – Antes do show de Jorge Vercillo, o Ilhéus Aleluia Festival abriu espaço para os talentos musicais do Sul da Bahia através de um grande tributo à Música Popular Brasileira (MPB). Pelo palco da Soares Lopes, passaram Jane Poeta, Keketa, Itassucy, Robson Carvalho, Nado, Leonardo Léo, Bebeto, Djalma Assis e Anne de Cidra. Para este sábado, 26, último dia do Aleluia Ilhéus Festival 2016, o evento reserva um belo Tributo ao Pop Rock e um grande e aguardado show com o Paralamas do Sucesso.

Acompanhando a passagem de som de Jorge Vercillo, o ilheense Moisés Vieira, que possui 32 anos e mora no Outeiro de São Sebastião, elogiou bastante a festa. “Evento fantástico, estrutura maravilhosa e atrações ainda melhores. Tudo lindo”, opinou, parabenizando o governo municipal pela realização, que, segundo ele, não só possibilita opções importantes de lazer e de cultura para o povo, como, também, auxilia o turismo.

Aleluia – Além de grandes nomes da música nacional, como Jorge Vercillo e Paralamas do Sucesso, o Aleluia Ilhéus Festival, que acontece na avenida Soares Lopes até este sábado, dia 26, também é marcado por uma série de atividades, como exposições literárias, pavilhão de marcas de chocolate, vernissages de artistas plásticos baianos, e exposição de agricultura familiar e de artes e feiras de economia criativa.

O Aleluia Ilhéus Festival, maior evento de artes integradas do Estado da Bahia, é uma realização da Prefeitura Municipal de Ilhéus, do Convention Bureau Costa do Cacau e Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), com o patrocínio do Governo do Estado, através da, Secretaria de Turismo da Bahia, Bahiatursa, Bahiagás, Bahiapesca, Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (Car), Sebrae, Supermercados Meira, entre outros parceiros institucionais. (Fotos: Alfredo Filho)

Ilhéus: encenação da Paixão de Cristo nas escadarias da Catedral emociona


Um dos momentos mais belos, reflexivos e emocionantes do Aleluia Ilhéus Festival, considerado como o maior evento da Semana Santa na Bahia, aconteceu na noite desta última sexta-feira, dia 25. Na oportunidade, a praça Dom Eduardo, na avenida Soares Lopes, ficou lotada para a encenação da Paixão de Cristo, espetáculo realizado há 27 anos pelo Grupo Jovens em Cristo, de Itabuna. A apresentação do espetáculo teatral foi um compromisso do prefeito Jabes Ribeiro, ao final da última edição do Aleluia Ilhéus.

“Em 2014, durante a segunda edição do evento, sentimos a necessidade de termos um produto que aproximasse ainda mais o Aleluia de toda a religiosidade que caracteriza a Semana Santa. Além disso, o espetáculo representa um resgate das nossas tradições cristãs e espirituais”, comentou o prefeito ilheense, que assistiu ao espetáculo ao lado da primeira dama Adryana Ribeiro, da filha Bárbara e outros familiares, além do vice-prefeito Carlos Machado, que também esteve acompanhado de sua esposa, Dean Machado.

O diretor do espetáculo, Márcio Oliveira, informou que a encenação da Paixão de Cristo já passou por diversas cidades baianas, como Itajuípe, Una e Canavieiras. Segundo ele, “para participarmos do Aleluia Ilhéus Festival, reunimos 98 pessoas, sendo 30 atores e 68 figurantes”, disse. Ele acrescentou que a encenação ao ar livre dura cerca de 1 hora e meia e retrata as últimas 12 horas da vida de Jesus, incluindo o  nascimento, a vida, a pregação pública, os milagres, a morte e, por fim, a ressurreição.

Ao falar sobre a encenação da Paixão de Cristo no âmbito do Aleluia Ilhéus Festival, Márcio Oliveira elogiou a festa e a iniciativa do prefeito Jabes Ribeiro. “É um belo evento, mas que também mostra a sua preocupação com o plano espiritual. Afinal de contas, ainda estamos na quaresma, período que marca os 40 dias de sofrimento de Jesus no deserto e todas as dores que Ele suportou na cruz do calvário”, lembrou o diretor.

Opiniões – Na opinião do ator Edelvan de Jesus, que interpretou Pôncio Pilatos e o Rei Herodes, o espetáculo simboliza o amor de Cristo pelos seres humanos e, sobretudo, a sua imensa misericórdia pela humanidade. “Por isso, é fundamental que trabalhos como esse estejam presentes em todo o mundo. As novas gerações precisam conhecer o sacrifício expiatório e redentor de Jesus”, enfatizou Edelvan.

Bastante emocionada, a dona de casa Valdecy Aragão, de 67 anos, que reside no bairro Conquista, declarou que a encenação da Paixão de Cristo foi uma das coisas mais bonitas que ela já viu em Ilhéus. “A juventude precisa se divertir. Mas também precisa conhecer a história do homem mais importante que já veio a este mundo”, salientou.

Aleluia – Além de grandes nomes da música nacional, como Jorge Vercillo e Paralamas do Sucesso, o Aleluia Ilhéus Festival, que acontece na avenida Soares Lopes até este sábado, dia 26, também é marcado por uma série de atividades, como exposições literárias, pavilhão de marcas de chocolate, vernissages de artistas plásticos         baianos, e exposição de agricultura familiar e de artes e feiras de economia criativa.

O Aleluia Ilhéus Festival, maior evento de artes integradas do Estado da Bahia, é uma realização da Prefeitura Municipal de Ilhéus, do Convention Bureau Costa do Cacau e Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), com o patrocínio do Governo do Estado, através da, Secretaria de Turismo da Bahia, Bahiatursa, Bahiagás, Bahiapesca, Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (Car), Sebrae, Supermercados Meira, entre outros parceiros institucionais. (Fotos: Alfredo Filho)

Polícia Militar apreende 3.300 explosivos no município de Ibitiara


 

2

Quatro guarnições da 29ª Companhia Independente da Polícia Militar da cidade de Seabra, após denúncia anônima, apreenderam no povoado de Aguada, no município de Ibitiara, 3.300 artefatos explosivos. As “bananas de dinamite” foram encontradas na residência de Lildenir Vieira de Macedo da Silva, 42 anos. Durante depoimento, a mulher indicou que o material pertence a seu irmão José Vieira de Macedo, mais conhecido com “Zé Baiano” e a um homem de prenome Rogério. Ambos não estavam na residência na hora da ação policial.

A grande quantidade de explosivos estavam divididos em 81 sacos com artefatos granulados, 47 sacos emulsificados (cada um contendo mais ou menos 70 explosivos), além de 11 rolos de cordel (utilizado como estopim) e uma caixa com 1.000 espoletas de detonação. Lildenir e todo o material foram apresentados na 13ª Coordenadoria de Polícia do Interior (13ª Coorpin), com sede em Seabra.

“Agradecemos a população pela confiança na polícia, através da denúncia anônima. A questão da segurança pública é um dever de todos. Investigamos diuturnamente as quadrilhas especializadas na prática de roubos a bancos e chegaremos ao verdadeiros donos desses explosivos”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) auxiliará a 13ª Coorpin nas investigações, juntamente com a Superintendência de Inteligência da SSP. Outras informações podem ser transmitidas através do Disque-Denúncia (3235-0000).

 

Brasil quer derrubar Uruguai nas eliminatórias


Juntos, eles já fizeram 47 gols pelo Barcelona no atual Campeonato Espanhol. Uma parceria de sucesso que passou por cima da rivalidade entre Brasil e Uruguai e não limitou-se às quatro linhas. Na festa do retorno de Suárez à Celeste após quase dois anos de suspensão, às 21h45, em Recife, o amigo Neymar será anfitrião, mas não pretende fazer as honras da casa.

O camisa 10 da Seleção só pensa em encerrar o jejum com a Amarelinha. Ele ficou de fora dos dois primeiros jogos das Eliminatórias para a Copa de 2018 por conta da suspensão que recebeu na Copa América do ano passado e passou em branco nas partidas contra Argentina e Peru.

copa america
Foto: divulgação

O craque não balança as redes pela seleção brasileira desde o dia 8 de setembro, quando entrou no segundo tempo e guardou dois no amistoso contra os EUA.

Se Neymar não marca há mais de seis meses com a Amarelinha, Suárez sequer veste a Celeste há quase dois anos. A fatídica mordida no italiano Chiellini, na última partida da primeira fase pelo Grupo D da Copa de 2014, rendeu um gancho de nove jogos com seleção hermana, pela qual ele não atua desde 24 de junho de 2014.

De lá para cá, Súarez foi contratado pelo Barcelona e passou a formar o mais poderoso trio de ataque do mundo, juntamente com Neymar e Messi. Os dois primeiros ganharam mais prestígio na Espanha depois de conseguirem manter o time no caminho das vitórias enquanto Messi ficou afastado por lesão.

Logo mais, o entrosamento da dupla terá que ficar fora do campo e a rivalidade entre Brasil e Uruguai voltará a permear o relacionamento entre eles. Tudo, porém, na medida certa e sem mordidas.

“Estávamos falando que um sentiria falta do outro durante o aquecimento. Formamos uma grande amizade, eu, o Suárez e o Messi. Além de dar certo dentro de campo, demos certo fora também. Dentro de campo as coisas fluem, um quer ajudar o outro. Respeito muito meu amigo Suárez, mas quero vencê-lo e vou fazer de tudo para que minha equipe possa vencer”, disse Neymar, logo após o treinamento na Arena Pernambuco.

Curiosamente, a Seleção fará sua estreia no estádio, enquanto os uruguaios já atuaram lá duas vezes durante a Copa das Confederações de 2013.

Manutenção de blindados e helicópteros não está garantida para as Olimpíadas


Faltando pouco mais de quatro meses para as Olimpíadas, o uso de helicópteros e dos mais modernos blindados da Polícia Civil ainda não está garantido durante a realização dos Jogos, em agosto. Por conta da crise financeira do estado, a corporação ainda não sabe como vai pagar a manutenção das duas aeronaves usadas pelo Serviço Aeropolicial (Saer) após o fim do contrato atual, custeado pela Casa Civil. Já os dois caveirões Maverick, comprados pela Secretaria de Segurança em 2013 para os grandes eventos que o Rio iria sediar, terão a garantia expirada também até o fim do semestre. A Polícia Civil ainda não encontrou mecânicos capacitados para fazer a manutenção dos veículos, de fabricação sul-africana.

No último dia 10, o governador Luiz Fernando Pezão publicou, no Diário Oficial, um despacho transferindo da Casa Civil para a polícia a “responsabilidade pela execução da manutenção de todas as aeronaves que integram a sua frota”. Entretanto, segundo Rodrigo Oliveira, delegado da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) — à qual o Saer é subordinado — a Polícia Civil não tem condições financeiras de manter o contrato.

carro2
Contrato de manutenção de aeronaves vai passar a ser custeado pela Polícia Civil Foto: Fernando Quevedo / Agencia O Globo

— Sem manutenção, as aeronaves não voam. Até o fim do semestre, com o contrato atual, os voos estão garantidos. Depois disso, será a Polícia Civil que vai ter que arcar as despesas, mas não temos verba — afirma Oliveira.

Já a manutenção dos blindados é feita por mecânicos sul-africanos, que vão morar no Rio até acabar o prazo da garantia. Depois, voltam para seu país. Enquanto a corporação não encontra uma saída, os blindados, que são os mais modernos da polícia, seguem na garagem, enquanto os mais antigos são usados.
A Polícia Civil possui dois helicópteros operacionais: um Huey ll blindado e outro do modelo Esquilo. Segundo agentes ouvidos pelo EXTRA, as aeronaves são as únicas no estado que fazem voos baixos, fundamentais em grandes operações. “Sem os helicópteros, vamos cancelar 90% das nossas operações. Não vou colocar meus homens em risco”, afirma o delegado Ronaldo Oliveira, diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada.
Já os caveirões Maverick custaram R$ 6,65 milhões, ou R$ 831 mil por unidade, à Secretaria de Segurança. Ao todo, oito foram comprados em 2013: quatro para o Batalhão de Operações Especiais (Bope), dois para o Batalhão de Choque (BPChq) — com torre com jato de água, para controle de distúrbios — e dois para a Core. É capaz de transportar 12 homens e resiste a disparos de metralhadoras calibre ponto 30 e fuzis 7.62 mm.

 

Napoli renova com Higuaín até 2020 e estabelece multa de R$ 433 milhões


napoli
Foto: divulgação

Ao ver o argentino Gonzalo Higuaín virar alvo de gigantes do futebol europeu, o Napoli tratou de se apressar para segurar o argentino. Para não perder o atacante, clube italiano renovou seu contrato até 30 de junho de 2020, com direito a novo salário e uma multa contratual pesada. A informação é do jornal Corriere dello Sport.

Agora, Higuaín passará a receber 7,5 milhões de euros por temporada (R$ 30,9 milhões). Já a multa rescisória do contrato pulou para 105 milhões de euros (R$ 432,9 milhões).

A temporada 2015/2016 tem sido boa para Higuaín. Ele é um dos líderes do Napoli, vice-líder do Campeonato Italiano. Com 29 gols, é o artilheiro da competição, um destaque que o colocou na mira do Bayern de Munique e do Manchester United.

 

Você sabe o significado da Páscoa?


A Páscoa é uma importante celebração da igreja cristã em homenagem a ressurreição de Jesus Cristo. De acordo com o calendário cristão, o evento consiste no encerramento da chamada Semana Santa. As comemorações referentes à Páscoa começam na “Sexta Feira Santa”, onde é celebrada a crucificação de Jesus, terminando no “Domingo de Páscoa”, que celebra a sua ressurreição e o primeiro aparecimento aos seus discípulos.

A Semana Santa é a última semana da Quaresma, período em que os fiéis cristãos devem permanecer por 40 dias em constante jejum e penitências.

O dia da Páscoa foi estabelecido por decreto do Primeiro Concílio de Niceia (ano de 325 d.C.), devendo ser celebrado sempre ao domingo após a primeira lua cheia do equinócio da primavera (no Hemisfério Norte) e outono (no Hemisfério Sul).

A Páscoa é classificada como uma festa móvel, assim como todas as demais festividades que estão relacionadas a esta data, como o Carnaval, por exemplo. Sua  comemoração no entanto, costuma ser entre os dias 22 de março a 25 de abril.

A Páscoa é celebrada em vários países, principalmente aqueles com fortes influências do cristianismo. Os espanhóis chamam a data de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.  Etimologicamente, o termo Páscoa se originou a partir do latim Pascha, que por sua vez, deriva do hebraico Pessach Pesach, que significa “a passagem”.

Páscoa Judáica

Para os judeus, a Páscoa (Pessach ou Pesach) é uma antiga festa realizada para celebrar a libertação do povo hebreu do cativeiro no Egito, aproximadamente em 1280 a.C.  As festividades começavam na tarde do dia 14 do mês lunar de Nisan. Era servida uma refeição semelhante a que os hebreus fizeram ao sair apressadamente do Egito (o Sêder de Pessach).

Os símbolos da Páscoa

Os Símbolos da Páscoa são representações que fazem parte dos rituais da Semana Santa. Conheça o significado de alguns dos símbolos dessa festa.

As folhas de palmeira

A Semana Santa começa com o Domingo de Ramos, que lembra a entrada de Jesus em Jerusalém, ocasião em que as pessoas cobriam a estrada com folhas de palmeira, para comemorar sua chegada. Atualmente, as folhas de palmeiras são usadas na decoração das Igrejas durante as comemorações da Semana Santa, como um sinal de “boas-vindas a Cristo”.

O cordeiro

Este é um dos símbolos mais antigos da Páscoa, lembrando a aliança que Deus teria feito com o povo judeu no Antigo Testamento. Naquela época, a Páscoa era celebrada com o sacrifício de um cordeiro. Para os cristãos, Jesus Cristo é o “cordeiro de Deus que tirou os pecados do mundo”.

O Círio Pascal

O Círio Pascal é uma grande vela, decorada com as letras gregas alfa e ômega, que significam “início” e “fim”, respectivamente, e usada durante as missas da Semana Santa. Durante a Vigília Pascal é inserido na vela os cinco pontos das chagas de Cristo na cruz. É acesa no Sábado de Aleluia e sua Luz representa a Ressurreição de Cristo.

O peixe

O peixe é um símbolo trazido dos apóstolos que eram pescadores. É um símbolo de vida, usado pelos primeiros cristãos, no acróstico IXTUS – peixe em grego. As letras são as iniciais de “Iesus Xristos Theos Huios, Sopter”, que significa “Jesus Cristo, Filho de Deus, o Salvador”. Faz parte do ritual da Semana Santa comer peixe na Sexta Feira Santa, para lembrar o ritual dos 40 dias de jejum de carne, seguidos pelos cristãos durante a Quaresma.

O ovo de Páscoa

Por representar o nascimento e a vida, presentear com ovos era um costume antigo entre os povos do Mediterrâneo. Durante as festividades para comemorar o início da primavera e a época de plantio, os ovos eram cozidos, pintados e presenteados, para representar a fertilidade e a vida.

O costume passou a ser seguido durante as festividades dos cristãos, onde eram pintados com imagens de Jesus e Maria, representando simbolicamente o nascimento do Messias. Muitas culturas mantêm até hoje esse costume. No mundo moderno, o ovo fabricado com chocolate virou uma tradição de presente no Domingo de Páscoa.

O coelho da Páscoa

O coelho de Páscoa tornou-se o símbolo da fertilidade e da vida, devido a particularidade deste animal de se reproduzir em grandes ninhadas.

Está relacionado com a Páscoa por representar a esperança de vida na Ressurreição de Jesus Cristo. Vários povos da antiguidade já consideravam o coelho como símbolo da fertilidade, pois com a chegada da primavera, eram os primeiros animais a saírem de suas tocas.

Com o passar dos tempos, os coelhinhos de chocolate entraram para os costumes das festividades da Semana da Páscoa. Assim como os ovos de chocolate, os coelhinhos viraram tradição de presente no Domingo de Páscoa. O Blog Carvalho News deseja a todos uma Feliz Páscoa!

EUA: professor dá aula com bebê no colo


Um professor da Universidade de Baylor, no Texas (EUA), está sendo muito elogiado por internautas pelo seu ato de gentileza com uma aluna. No início deste mês, a babá da filha de Katy Humphrey, de 33 anos, cancelou um dia de serviço. A mulher, então, se viu obrigada a levar a a pequena Millie, de 4 meses, para a faculdade de Psicologia. Durante a aula, a menina começou a se agitar e, para a surpresa de todos, o professor Darryn Willoughby decidiu pegá-la e seguir suas explicações com ela no colo.

“Eu cheguei para a aula um pouco atrasada e, além disso, Millie começou a se agitar e fazer uma bagunça em sua cadeirinha”, contou Katy. “O Dr. Willoughby me viu tentar acalmá-la, então se aproximou e a pegou para mim”. Segundo a mãe, instantaneamente a menina ficou quietinha no colo do professor.

professor-3
Katy Humphrey ao lado do marido e da filha Foto: Reprodução / Facebook

“Ele falou em aula que um dos grandes presentes da vida é a habilidade de segurar um bebê. Ele contou que sentia falta de segurar suas duas meninas no colo quando eram pequenas. Um delas está no Ensino Médio agora e a outra é universitária”, acrescentou Katy. A estudante disse que a filha ficou “perfeitamente contente” durante todo o tempo de aula, de cerca de uma hora, enquanto foi embalada no colo do professor. A americana disse ainda que se sente muito agradecida pelo carinho do professor e dos colegas de classe que não se incomodaram com a presença do bebê na sala de aula.

Na internet, claro, Willoughby foi elogiado por internautas, que destacam ação do professor como um “belo ato de compaixão”.

As informações são do jornal “ABC News”.

 

Itapé: mais 40 unidades do Minha Casa Minha Vida


Uma grande notícia para os moradores de Itapé. O prefeito Pedro Jackson Brandão (Pedrão) conseguiu que o município fosse contemplado com a construção de 40 unidades habitacionais através do Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’.
Em viagem a Salvador, que acontece em breve, Pedrão irá tratar dos últimos detalhes para o início das construções que deve acontecer até no segundo semestre deste ano.

minha
Segundo informações do prefeito, nos informou que Itapé já conta com os recursos em conta e o próximo passo é a escolha do terreno, além de outros processos burocráticas para dar início às obras. Pedrão também destacou que o objetivo das obras, é reduzir o déficit habitacional do município e atender as pessoas que necessitam de condições dignas de moradia.
“Foram anos de tentativas mas graças a Deus, deu tudo certo e vamos em breve dar início às construções. Falta muito pouco e o próximo passo é definir o terreno e a assinatura das ordens de serviços” disse e completou “enquanto a eterna oposição só critica e nunca trouxe, se quer, nenhum investimento para Itapé, continuo buscando e conquistando melhorias para o nosso município e o nosso povo” completou.
A empresa responsável pelas construções das casas ainda será oficialmente anunciada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Governo do Estado da Bahia – SEDUR que será conhecida por meio de licitação realizada pelo próprio órgão.

Competência aliada à sensibilidade


1000-petalas-de-rosas-cor-rosa-artificiais-

O Dia Internacional da Mulher é comemorado em oito de março, essa celebração é estendida por todo esse mês, sendo uma ótima oportunidade para refletirmos sobre as conquistas femininas ao longo das décadas, seus sonhos, dificuldades etc. A data não poderia passar em branco aqui no Blog Carvalho News. Por isso, decidimos comemorar de uma forma diferente. Ouvimos algumas itapeenses que fazem a diferença para essa cidade. Conheça-as um pouco melhor, lendo a matéria a seguir. Parabéns mulheres!

Durante um longo período, ser mulher era sinônimo de submissão e poucas perspectivas na vida. Uma grande parcela delas não podia nem mesmo estudar ou escolher o futuro marido. Felizmente, todo esse panorama mudou e as mulheres, atualmente, possuem mais opções.

A Filha do Tempo
A filha do tempo

Na opinião da especialista em Educação Física Escolar e Psicomotricidade, Crystiane Ferreira (foto 5), o Dia Internacional da Mulher representa uma oportunidade de reflexão. “Devemos pensar nos direitos das mulheres e na condição feminina na sociedade”, afirma.

“Um reconhecimento da nossa incansável luta pelos nossos direitos e também é uma data específica para promovermos palestras e discutirmos melhorias para nossa classe feminina.” É assim que a universitária de Psicologia e pastora da Igreja Batista Missionária da Paz, Renilda Santos (foto 2) a data de homenagem às mulheres.  “Significa uma conquista merecida para todas nós, independente de fatores sociais, culturais, econômicos e familiares”, ressalta.

A escritora Maria Emanuelle Felix Miranda ‘Manu’ -( foto1) defende que são muitos os obstáculos a superar. “No meu caso, fazer as pessoas me aceitarem como uma escritora foi um desafio. Tem gente que não reconhece a profissão de escritora como séria”, acredita. Manu avalia que há um grande preconceito por profissões ligadas ao ramo das artes. “Escritores e artistas precisam se superar constantemente para obter reconhecimento e aceitação”, aconselha.

A professora e ex-secretária de Educação de Itapé, Leila Carine Trindade Carlos (foto 3) também lembra dos desafios ao longo da carreira. “Meu grande teste foi liderar uma equipe de Gestão em Educação aqui em Itapé em 2011”, revela. Carine atribui o fato de entender a grande responsabilidade em atuar no cenário educacional na cidade onde cursou toda a educação básica. “Sempre tive em mente que a responsabilidade e o comprometimento com as políticas públicas educacionais deveriam estar acima de qualquer partidarismo. Vale ressaltar que no percurso encontrei parceiros que compartilharam do mesmo ideal me motivando e colaborando a cumprir o desafio e por isso, sou eternamente grata”, garante.

A professora aposentada, Eunice Trindade (foto 4 D), também se lembra dos muitos desafios que teve de superar ao longo da carreira. “Andei muito a pé até o Entroncamento para estudar todos os dias, pois não havia ônibus direto para Itabuna. Mais tarde, comecei a lecionar na Estiva e também ia a pé. Sem falar nas perseguições políticas e a falta de material didático e de apoio”, declara a também ex-diretora.

Richie
Richie do Alma Sacra “mulheres merecem nosso respeito”

O produtor cultural e idealizador do Alma Sacra Project, Richie Harald defende que as mulheres já demonstraram sua inteligência ao longo da história, através de seus feitos seja na arte, nos negócios e continuam sendo fonte de inspiração para nós homens com sua versatilidade. “Da habilidade com a família ao sucesso nos negócios, quebrando a estigma de sexo fraco. As mulheres comprovam diariamente que merecem o nosso total respeito”.

A professora Aurea Maria Menezes Pinto aconselha as mulheres a se valorizarem. “Nós podemos tudo, somos tão competentes quanto os homens”, afirma ela, que durante décadas ministrou cursos de datilografia, decoração, corte costura, entre outros, para jovens de Itapé, Itabuna, Itapetinga e outras cidades. “Até curso de graça já cheguei a dar, pois sempre me preocupei com a aprendizagem dos jovens”, conta ela, que ainda guarda na lembrança as festas que organizava com seu buffet, “eram maravilhosas e todos gostavam muito”, garante.

Elenita Rodrigues Souza, a Dona Bezinha (foto 4 E), como é carinhosamente conhecida, acredita que atualmente as mulheres se sentem mais valorizadas. “Hoje temos mais oportunidades”, acredita a aposentada, que já atuou como doméstica e também cuidadora de idosos.  Muito religiosa, Dona Bezinha é ministra da Eucaristia e participa de quase todas as pastorais e grupos da Igreja Católica.

Às vezes, os veículos de comunicação veiculam casos de discriminação e assedio moral contra mulheres. Crystiane Ferreira (foto 5) lamenta por essa realidade. “A discriminação é muito frequente, principalmente, no universo esportivo onde as mulheres tiveram que lutar para participar dos jogos olímpicos como o grande exemplo de Maria Lenk, primeira mulher Sul americana a competir na Olimpíada de Los Angeles, em 1932. Com apenas 17 anos, ela já era uma atleta da Natação de nível internacional”, ressalta a educadora.

Leila Carine culpa o machismo pelos preconceitos que as mulheres vêm enfrentando. “Isso fica evidente tanto que os manifestos e mobilizações feministas acontecem constantemente, buscando erradicação histórica do machismo”, acredita.

A pastora Renilda está otimista em relação ao futuro feminino, independente do ranço do machismo. “Temos insistido e mostrado que possuímos potencial, somos fortes e com plenas condições para assumirmos o nosso papel dentro da sociedade tanto no poder Legislativo e Executivo, Igrejas como Líderes Espirituais, Saúde, Educação etc”, garante a líder religiosa e revela: “já me sentir discriminada no meu chamado quando fui consagrada ao Senhor Jesus à pastora nesse tempo só havia pastores e foi muito difícil para mim” Mas a Graças a Deus vencemos e estamos trabalhando para o Reino de Deus com muita diligência e hoje rompemos com os paradigmas impostos pela sociedade.rosas000

Discussões a respeito de licença-maternidade, aposentadoria, aborto e saúde da mulher, entre outros temas, passam a fazer parte das agendas políticas. Em relação à escolaridade, as pesquisas apontam que as mulheres estão com mais anos de estudo que os homens, o que possibilitaria credenciá-las a melhores vagas no mercado  trabalho.

Áurea aconselha as moças que invistam em aperfeiçoamento profissional e tenham projetos de vida. Dona Bezinha também compartilha da opinião. “Elas precisam manter o foco  e sempre serem responsáveis com suas vidas e com suas obrigações”, aconselha a religiosa.

Na opinião de Eunice é importante ter coragem, discernimento e flexibilidade. “Esse é o caminho do sucesso profissional, mas sem esquecer-se da família”.

Se por algum motivo bater um desânimo ao longo da caminhada, a professora Crystiane aconselha a não se abater. “A tática é utilizar erros e insucessos como fonte de aprendizado e batalhar sempre”, garante.

Para Manu as mulheres que estão no mercado de trabalho devem ser fortes e não aceitar o estigma de serem fracas e de não aguentarem a pressão.  “A mulher não nasceu só para ter filhos e cuidar de casa, pois tem uma grande importância. Temos que reconhecer a nossa natureza de sermos mais sensíveis e utilizar isso a nosso favor”, orienta a autora dos livros ‘A Filha do Tempo e Elementar’.

Saiba mais: http://carvalhonews.com.br/homenagem-surgiu-nos-eua/