Ilhéus disponibiliza telefone para denúncias sobre possíveis focos do aedes aegypti


A Prefeitura de Ilhéus, por meio da coordenação do Programa de Prevenção à Dengue, da Secretaria de Saúde, disponibilizou telefones para a população informar quais os bairros e localidades do município que ainda tenham possíveis focos do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. As denúncias podem ser feitas para os números 98881-4586 e 3634-2031. O objetivo é identificar imóveis e outros locais que tenham larvas do Aedes aegypti, para que a força-tarefa retire os entulhos.

O titular da Sesau, Antonio Ocké, afirmou que a equipe plantonista irá executar 40 horas de trabalhos semanais, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 11h30min e das 13h30min às 17 horas. “E em relação às denúncias, a população pode ficar despreocupada que temos equipe de colaborares que atende a ligação telefônica o mais rápido possível”.

Sec-de-Saude-de-Ilhéus Foto-Secom-Ilheus
Sec-de-Saude-de-Ilhéus Foto-Secom-Ilheus

A coordenadora do Programa de Prevenção à Dengue da Sesau, Daiana Moscozo, ressaltou que os números funcionam normalmente, apesar de o serviço da operadora telefônica ter apresentado instabilidade nos últimos dias. Moscozo lembra que todos os agentes de endemias passaram por treinamento especializado para encontrar, tratar e eliminar os focos e possíveis criadouros, além de orientar a comunidade, tendo como base o que é estabelecido pelo Ministério da Saúde.

“O mosquito transmissor da dengue se combate o ano todo, e a melhor estratégia para exterminar essa arbovirose  é realizar todos os dias o trabalho de prevenção, por isso a importância de a população colaborar realizando denúncias”, finaliza a coordenadora Daiana Moscozo.

 

Empresas sediadas em Ilhéus devem renovar alvarás de funcionamento


Essencial para o funcionamento regular de empresas, indústrias e prestadores de serviços com sede em Ilhéus, a Taxa de Fiscalização (Alvará de Funcionamento) já está disponível para pagamento. O Documento de Arrecadação Municipal (Dam) pode ser retirado para quitação no Setor de Tributos da Secretaria da Fazenda (Sefaz), que funciona no térreo do Palácio Paranaguá, centro da cidade, e também está sendo entregue nos estabelecimentos. O titular da Sefaz, Raimundo Ferreira, chama atenção para o fato de que todas as pessoas jurídicas devem estar em dia com esta taxa para seguir funcionando.

O gerente da Administração Tributária da Secretaria da Fazenda (Sefaz), Fernando Fernandes, lembra que, nos casos mais graves e após esgotados todos prazos oferecidos pelo Poder Público, as sanções podem chegar à inscrição do débito na Dívida Ativa, execução judicial e a própria interdição do estabelecimento”, enfatiza, salientando que o Setor de Tributos atende das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h.

Apesar da distribuição dos carnês, Fernandes explica que “quem quiser antecipar o pagamento ou não receber o boleto, deve procurar o Setor de Tributos para fazer a retirada do documento”, reitera. Ainda segundo ele, o Alvará de Funcionamento pode ser pago em cota única, o que garante a imediata regularidade durante todo o ano de 2016. “Também estamos oferecendo, sem quaisquer cobranças de juros e multas, o parcelamento do valor da taxa em até três vezes”, completa.

Alvará – O gerente Fernando Fernandes explica que, calculado com base na atividade e na categoria da empresa, o Alvará é uma licença concedida pelas prefeituras que permite a localização e o funcionamento de estabelecimentos comerciais, industriais e agrícolas, além de prestadores de serviços, sociedades, instituições e associações de qualquer natureza, vinculadas a pessoas físicas ou jurídicas.

“É importante ratificar que, com a aprovação do Código Tributário Municipal, em 26 de dezembro de 2014, cerca de seis mil microempreendedores (MEIs) ficaram isentos do Alvará”, lembra.

Por fim, o gerente de Administração Tributária da Sefaz destaca que a não renovação do Alvará de Funcionamento também pode ocasionar a exclusão do nome da respectiva empresa do Simples Nacional, regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicável às Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP), previsto na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.

Setor de tributos - Foto Alfredo Filho
Setor de tributos – Foto Alfredo Filho

Eucaliptos são erradicados para garantir segurança à população


segurança eucalipitos

Garantir a segurança da população é a finalidade de algumas intervenções realizadas pela Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Uma delas é a erradicação preventiva de eucaliptos em diversos pontos da cidade.

O trabalho foi iniciado após estudos técnicos que apontaram a necessidade de retirada de algumas árvores por apresentarem sinais de envelhecimento, apodrecimento e doenças causadas por parasitas e fungos. Desde 2015 até o momento, foram erradicados 600 eucaliptos, lembrando que esta não é uma espécie nativa da região.

As equipes da secretaria trabalham principalmente nos bosques da Paquera e da Rua 10 de Novembro, além de áreas localizadas no Inocoop II e Estádio Lomanto Júnior.

Após a retirada dos eucaliptos, que estão sendo usados para construção de cercas e bancos para serem colocados em praças e áreas verdes, a Secretaria de Meio Ambiente realizará o plantio de espécies de menor porte e, portanto, mais adequadas para áreas urbanas.

Vila América, Terras do Remanso e Senhorinha Cairo receberam melhorias


No Vila América, quem passa pela Avenida Juscelino Kubitschek – via por onde passam os ônibus que trafegam pelo bairro – e olha para a esquerda, percebe que o trabalho de pavimentação já foi concluído pela Prefeitura em quase todas as ruas transversais. E, nas que ainda não foram, os operários e as máquinas seguem a ação, aplicando no solo o asfalto ainda quente, recém-saído da usina da Prefeitura de Vitória da Conquista.

Uma dessas ruas é a Inácio José de Alvarenga, onde a doméstica Maria José Bonfim mora há onze anos. Enquanto o trabalho era feito em frente à sua casa, na tarde desta quinta-feira, 18, ela relembrava antigos problemas e comemorava o fato de estarem superados.

“Uma das primeiras etapas foi na nossa rua. Graças a Deus, tem esgoto, e agora estão passando o asfalto aí para a gente”, relatou. “Agora, está bom. E vai melhorar bastante, mesmo”.

O Vila América foi incluído pela Prefeitura em dois convênios com o Governo Federal, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Os recursos das duas etapas somam R$ 13,8 milhões e contemplam 107 vias do bairro.

Terras do Remanso – Enquanto a equipe trabalhava no Vila América, outros servidores também faziam avançar o serviço de pavimentação no loteamento Terras do Remanso, situado no bairro Bateias. Nesta quinta-feira, o trabalho se concentrou nas ruas T e M, atualmente na fase de terraplanagem e imprimação. Enquanto a máquina motoniveladora nivelava a via, os rolos completavam o serviço, compactando a terra.

No Terras do Remanso, estão sendo investidos pouco mais de R$ 3,4 milhões na pavimentação de 19 vias, serviço que inclui também a colocação de 1,2 quilômetro de manilha.

Senhorinha Cairo – Simultaneamente, operários faziam o mesmo trabalho de terraplanagem na Rua das Lavandas, no bairro Senhorinha Cairo. E, na Alto da Serra, outra equipe rebaixava a rede de abastecimento de água, para, posteriormente, passar para a terraplanagem, a imprimação e, finalmente, a aplicação do asfalto.

No Senhorinha Cairo, o convênio firmado na primeira etapa do PAC 2 previa serviços de pavimentação e drenagem em 48 vias. Na segunda, em andamento, estão inscritas mais 36 vias.

Em todos esses serviços de pavimentação, a chegada do asfalto é acompanhada de drenagem, sinalização e implantação de meios-fios e passeios.

Foto: SCVC
Foto: SCVC

Ex-alunos surdos do Caic são selecionados para cursar Ensino Técnico no Ifba


Quatro ex-alunos do Centro Educacional Professor Paulo Freire (Caic), de Vitória da Conquista, receberam uma boa notícia. Eles foram selecionados para cursar o Ensino Técnico no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba), que une Ensino Médio e capacitação profissional.

Os estudantes Mateus Amorim, Luciano Henrique Cipriano foram aprovados para o curso de Eletromecânica. Já Ruth Veloso e Warley Cabral vão cursar Informática. Todos eles estudaram no Caic durante o Ensino Fundamental II e frequentaram a sala de aula regular. No turno oposto ao das aulas regulares, eles participaram de atividades, recursos de acessibilidade e pedagógicos, que caracterizam o Atendimento Educacional Especializado (AEE) organizado e planejado para cada tipo de deficiência.

“É importante o aluno ter esse suporte, porque eles precisam de apoio específico. O AEE complementa e suplementa o que acontece na sala de aula”, destacou Milania Bonfim, professora de libras do Caic. Apoio reconhecido pelos alunos. “Gosto bastante dessa escola, aqui aprendi bastante. Eu me desenvolvi muito em todos os aspectos”, afirmou Luciano.

Para a intérprete Mary Christian Soares, o acompanhamento aos alunos faz a diferença. “O importante é a escola se adaptar a esses alunos, e não o contrário. É importante também acreditar neles, que são capazes. A visão de mundo deles é tremenda. Por isso, a inclusão é tão relevante”.

Os quatro vencedores
Os quatro vencedores

 

Segundo Mateus, a escola foi fundamental para sua aprovação. “Quando a intérprete chegou ao Caic eu fui começando a absorver os conteúdos e também a ter dúvidas. Aí a Mary foi me auxiliando e tudo foi melhorando. Eu me desenvolvi nos estudos e fiquei muito feliz quando vi que passei no Ifba”. A dona de casa Luci Dias Amorim, mãe de Mateus, concorda. “Ele teve todo o apoio. Não tenho nem explicação para o tamanho da felicidade que senti ao vê-lo aprovado”.

Warley, único deficiente auditivo do grupo, também falou sobre o papel da escola em seu aprendizado. “Foi muito importante para mim. Aqui aprendi a me desenvolver porque o professor ensina e aconselha”. “Foi muito bom estudar no Caic. Eu tinha dúvidas dentro da sala de aula, mas eu perguntava muito e depois ficava feliz quando conseguia responder”, complementou Ruth.

Fonte: SCVC

Desemprego no pais chega a 9%


Uma notícia ruim. A taxa de desemprego no país atingiu 9% no trimestre encerrado em novembro de 2015, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada hoje (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O percentual supera os registrados nos trimestres encerrados em agosto de 2015 (8,7%) e em novembro de 2014 (6,5%).

A população desocupada chegou a 9,1 milhões de pessoas em novembro de 2015, 3,7% a mais do que em agosto e 41,5% a mais do que em novembro do ano anterior. Já a população ocupada (92,2 milhões) ficou estável ante agosto e caiu 0,6% em relação a novembro de 2014.

Os empregos com carteira assinada (35,4 milhões) se mantiveram estáveis ante agosto e recuaram 3,1% em relação a novembro do ano anterior.

00desemprego

Hoje é o Dia Nacional de Mobilização contra o Zika em escolas


Escolas de todo o país vão receber hoje (19), Dia Nacional de Mobilização da Educação contra o Zika, a visita da presidenta Dilma Rousseff e de ministros. As atividades nas escolas buscam conscientizar e mobilizar os estudantes para o combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus Zika.

Dilma participará de atividade com alunos do Colégio Alfredo Vianna, no município baiano de Juazeiro. Pelo menos 25 ministros viajam pelo país para visitar escolas. O vice-presidente Michel Temer participa da mobilização em Rio Branco (AC), cidade onde também terá agenda partidária.

Ao longo do dia serão desenvolvidas atividades específicas nas escolas como palestras, distribuição de panfletos e vistoria para combater possíveis criadouros do mosquito. As atividades envolverão ainda professores, diretores, reitores de universidades e de institutos federais, agentes de saúde e da vigilância sanitária e militares das Forças Armadas.

campanha zika

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, destacou que a prevenção é a melhor alternativa contra o Aedes aegypti e que a mobilização das redes pública e privada de educação fará a diferença no combate ao mosquito. A intenção é que jovens e crianças levem para casa informações sobre a prevenção ao Aedes. Segundo Mercadante, a orientação para o combate aos criadouros do mosquito vai continuar durante todo o ano nas redes educacionais do país.

“Só na rede pública são mais de 200 mil escolas. Por meio da sala de aula podemos manter informadas a juventude, as crianças, e elas levarem para dentro de casa uma nova atitude. O dia é para todo mundo parar e refletir, mas vai ter que ser uma campanha permanente. Todo mundo tem que gastar 15 minutos por semana para não deixar nada de água parada dentro de casa”, disse Mercadante ao participar da edição dessa quinta-feira (18) do programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços.

A campanha é uma ação semelhante à ocorrida no último sábado (13), quando a presidenta e ministros viajaram pelo país no Dia Nacional de Mobilização contra o Aedes aegypti.

A mobilização de hoje dá prosseguimento ao proposto no Pacto da Educação Brasilleira contra o Zika, firmando no início do mês entre o Ministério da Educação, demais representantes do governo federal, de estados e municípios, além de instituições e organizações públicas e particulares.

Fonte: Agência Brasil

Prefeito de Itabuna concorre a prêmio do Sebrae


O prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, é finalista da 9ª edição do Prêmio “Prefeito Empreendedor da Bahia”, promovido pelo Sebrae. O anúncio foi feito no último dia 16, em Salvador. O município foi escolhido para disputar a final da Categoria “Empreendedorismo Itinerante”. Um dos primeiros municípios da Bahia a incrementar a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, Itabuna tem obtido importantes avanços no apoio e estímulo ao empreendedorismo.

Prefeito Claudevane Leite - Foto Pedro Augusto
Prefeito Claudevane Leite – Foto Pedro Augusto

 

Itabuna pleiteia a liberação de verbas para Pacão


O secretário de Planejamento e Tecnologia de Itabuna, Wenceslau Júnior, reuniu-se com ministro das Cidades, Gilberto Kassab, em Brasília, na terça-feira, 17, para negociar a liberação de verbas para obras nos bairros da zona oeste. As obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foram interrompidas no início deste ano após atraso nos repasses pela União.

Além de Gilberto Kassab, o secretário Wenceslau Júnior se encontrou com técnicos do Ministério das Cidades após um pedido do prefeito Claudevane Leite, que está preocupado com o andamento das obras que vão beneficiar moradores dos bairros Jorge Amado, Maria Matos (Rua de Palha), Lomanto, Santa Catarina, Sinval Palmeira, Campo Formoso, Nova Itabuna, além da Bananeira. “Assumimos um compromisso com os moradores de concluir as obras saneamento básico e estamos trabalhando para que isso ocorra”, afirma o prefeito.

Vane lembra que no bairro Sinval Palmeira as obras já foram concluídas, e os trabalhos estão avançados no Nova Itabuna, Jorge Amado e Campo Formoso. No Nova Itabuna, por exemplo, foram concluídos cerca de 80% dos serviços de rede esgotamento sanitário, mais de 40% da rede de drenagem pluvial, além de ligações domiciliares e construção de galerias. Para a segunda etapa das obras estão previstos terraplanagem, meio-fio, construção de calçadas e pavimentação asfáltica das ruas.

Andamento

No Maria Matos as obras estão no estágio de implantação das redes de esgotamento sanitário e pluvial. Além dos serviços de urbanização, o bairro será contemplado com uma estação de tratamento de esgoto, implantação de meio-fio, calçada e pavimentação asfáltica. “As obras foram aceleradas também nos bairros Campo Formosa e Jorge Amado, cuja pavimentação foi iniciada em algumas ruas”, diz Wenceslau Júnior.

Itabuna discute em Brasília a liberação de verbas para Pacão 

 

O secretário de Planejamento e Tecnologia explica que a expectativa é que até a próxima semana sejam definidos um cronograma para liberação dos recursos e data para a retomadas das obras, que estão orçadas em cerca de R$ 30 milhões. ” O atraso nas obras prejudica a população, atrapalha o planejamento da prefeitura e encarece os serviços. Tivemos uma grande luta para viabilizar a execução das obras e a sua conclusão é questão de honra para o governo municipal”, diz Wenceslau.

Nesta quarta-feira, o secretário voltou a se reunir com os técnicos do Ministério das Cidades para discutir um cronograma de liberação dos recursos. Ele afirma que a atuação do deputado federal Davidson Magalhães está tendo um papel muito importante nesse processo que visa a liberação dos repasses para as obras em Itabuna.

Grupo IFÁ Afrobeat estará no Caravana da Música


O projeto Caravana da Música chega a Ilhéus no próximo dia 21 de fevereiro, com o grupo IFÁ Afrobeat, um dos nomes mais interessantes da música contemporânea na Bahia. Segundo o secretário de Cultura do Município, Paulo Atto, a apresentação pública do grupo acontecerá na Praça Castro Alves, no centro da cidade, a partir das 17h.

Realizado pela Maré Produções Culturais, o projeto Caravana da Música conta com patrocínio da Vivo, através do FAZCULTURA, numa parceria entre as secretarias de Cultura e da Fazenda do governo da Bahia. Nas cidades onde já se apresentou, o grupo IFÁ Afrobeat tem atraído grande público proporcionando um espetáculo que mostra a riqueza da produção cultural baiana, a diversidade do cenário e a potência de nossa música.

O secretário Paulo Atto expressa a satisfação em receber um projeto desse porte, com o show de uma banda conceituada no cenário atual da música baiana. “Ao inserir Ilhéus no Caravana da Música e trazer à cidade um show da banda IFÁ, proporcionamos à nossa população ilheense a oportunidade de conhecer melhor a produção musical baiana contemporânea e, assim, difundir o trabalho do grupo para além da capital”.caravana da musica

A Caravana da Música já passou por Mata de São João, Madre de Deus, Amargosa, Senhor do Bomfim, Itabuna e Vitória da Conquista, apresentando nomes como Manuela Rodrigues, Scambo, Larissa Luz, CAIM, Lívia Mattos, KamaphewTawa e Banda Aspiral do Reggae e Vivendo do Ócio.

De acordo com Fernanda Bezerra, idealizadora do projeto, a ideia é promover a interiorização da música baiana contemporânea, através da realização de um total de 10 shows gratuitos em diferentes cidades. “O Caravana da Música pretende atingir um público de 30 mil espectadores, distribuídos em dez cidades. A ação almeja se tornar um dos principais circuitos de difusão da música contemporânea da Bahia, por meio da ocupação de espaços públicos de forma criativa, buscando mobilizar a cidade para as apresentações musicais”, acrescenta.

Para Fabrício Mota, integrante do IFÁ Afrobeat, o show traduz a oportunidade de levar a sonoridade rica do grupo para outras paisagens baianas: “É uma alegria fazer parte desse projeto de circulação. Expectativa é das melhores e levar a nossa mistura de afrobeat, ijexá, dub, funk e reggae para além de Salvador, transcender os espaços da capital. Esse tipo de iniciativa é tudo o que nós do cenário independente precisamos nesse momento, mostrar um show ao vivo e trocar experiências com as pessoas, usando o poder intermediador que a música tem, uma das coisas mais valiosas”.

Afrobeat baiano – O IFÁ apresenta um repertório inspirado na diversidade musical de matriz africana e sua presença no cenário contemporâneo. Com os ouvidos no mundo, a banda navega pelas rotas sonoras do Atlântico negro, mergulhando no universo do Afrobeat, dub, reggae, funk, e no ritmo do Ijexá, dos blocos afro e afoxés da Bahia, fazendo da sua música um verdadeiro manifesto de afirmação estética e musical.

Com esses elementos sonoros, o IFÁ afirma a importância da música como elo histórico entre as culturas negras da diáspora. Além do repertório autoral, o IFÁ faz releituras de FelaKuti e Tony Allen, criadores do Afrobeat. O grupo é formado por músicos/pesquisadores envolvidos desde os anos 90 com diversos artistas e grupos alternativos que circulam nacidade.