O ilusionista Klauss Durães


 O ilusionismo ou prestidigitação é a arte performativa que continua encantando e despertando muita curiosidade! O campeão brasileiro, vice campeão colombiano e bicampeão argentino de mágica Klauss Durães recebeu gentilmente a reportagem do Blog Carvalho News para falar um pouco sobre esse interessante mundo das ilusões. Boa leitura e abracadabra.

Klauss Duraes5
O ilusionista Klauss Duraes em uma apresentaçao Foto: divulgaçao

Blog Carvalho News – Como um técnico de Engenharia Civil e administrador de empresas se torna um ilusionista?

Klauss Durães – Paixão pela arte, poder fazer aquilo que eu realmente amo e sinto prazer fazendo.

CN – Como você se preparou para atuar nessa área?

Klauss Durães Nos primeiros anos era apenas um hobbie, aprendia em kits de magica, vídeos e livros, depois a brincadeira se tornou maior. Busquei um curso em Belo Horizonte, me profissionalizei e comecei a participar de congressos e competições no Brasil e no exterior.

CN – Você sofreu alguma influência de outros profissionais da ilusão?

Klauss Durães – Com certeza, Jeff McBride, David Copperfield, Franz Harary, Lance Burton, etc.

CN – Como e o seu dia a dia?

Klauss Durães – Antes, eu era mais fissurado com treinamentos e novas magicas, mas hoje o dia requer uma maior atenção à empresa e aos negócios que também envolvem a mágica. Controlo a venda de shows, marketing etc.

CN – Existe alguma diferença entre um magico e um ilusionista?

Klauss Durães – Nenhuma. O termo foi criado mais por questão de marketing, para reposicionar a arte mágica em um patamar de grandes shows de Las Vegas. Afinal, essa categoria é chamada de “Grandes Ilusões”.

Klaus Duraes6

CN – Como o ilusionismo pode auxiliar as pessoas?

Klauss Durães – Como uma ferramenta de comunicação(ajudando empresas a repassar e fixar informações de forma criativa), como atividade fisioterapêutica(desenvolvimento de habilidades manuais), como atividade para desenvolver o raciocínio(é preciso treinar a comunicação e pensar rapidamente para conseguir conduzir bem a atenção das pessoas) e como tratamento ocupacional(é um dos principais hobbies nos EUA e no mundo).

CN – Você possui mais de uma década de experiência, sendo praticamente figura cativa de programas de televisão como Domingão do Faustão, Silvio Santos entre outros. Houve algum momento constrangedor que foi obrigado a enfrentar durante essa caminhada?

Klauss Durães  – Errar a mágica é sempre complicado, mas com treino e ensaio vamos aprendendo a sair de situações inusitadas, afinal, o final da mágica nunca é revelado e com isso podemos inventar um novo final caso algo saia de controle.

CN – O que é necessário para se tornar um bom ilusionista?

Klauss Durães  – Muito ensaio, estudo e dedicação. O interessante da mágica é que ela te dá liberdade para trabalhar outros conhecimentos como dança, música, artes cênicas, humor, até mesmo a engenharia. Hoje eu mesmo projeto meus equipamento  e ilusões tudo em AutoCad.

CN – Qual o recado que gostaria de deixar para seus fãs?

Klauss Durães  – Acredito que independente da área que vamos nos posicionar temos que ser empreendedores. Quando digo empreendedor NÃO é no sentido de ser dono de um negócio, mas sim em relação à atitude e ao comportamento, de planejarmos nossa vida, desenvolvermos metas, administrarmos bem nosso dinheiro e trabalhar para gerar valor e não por ser obrigado.

 

Concurso Itapé Minha Gente, Minha Cidade, Meu Lugar já tem vencedores


Estreitar o vínculo entre os estudantes e sua cidade, resgatando neles orgulho e amor pelo local. Este é um dos objetivos do Projeto Itapé Minha Gente, Minha Cidade, Meu Lugar, elaborado pelo professor e jornalista Marcelo Carvalho. A iniciativa contou com a participação de estudantes das turmas de Artes, da EJA e do 1º ano do Ensino Médio do noturno. Os trabalhos produzidos pelos educandos disputaram um concurso em duas categorias: Fotografia e Vídeo. “Através de passeios fotográficos, os alunos expressam seus sentimentos por Itapé, através de fotografias e vídeos” explica o educador.

A avaliação dos trabalhos produzidos ficou por conta do fotografo e Mestre em Artes, Paulo Batelli. Também fizeram parte da comissão julgadora o presidente do Conselho Municipal da Educação (CME Itapé), Sandro Lyra, a secretária da Educação, Luzinete Miranda, além dos professores Eliana Trindade, Álvaro Neto, Maria Raimunda Silva, Andrea Mendonça, Adriano Barreto, Adriana Araújo e Sidele Batista. “Através de passeios fotográficos, os alunos expressam seus sentimentos por Itapé, através de fotografias e vídeos” explica o educador.

WhatsApp Image 2017-11-30 at 14.49.35
Exposição reuniu estudantes e familiares no CCAMS

A culminância do projeto foi realizada na noite do dia 29 de novembro, no CCAMS. Todas as fotografias e vídeos feitos pelos alunos foram apresentadas em uma exposição. Entre as surpresas da noite, estava o documentário, elaborado por Maria Lavínia Silva. Estudante da Eja 1/2, Lavínia, contou a história do Distrito de Entroncamento onde reside com sua família. “Queria mostrar o lugar para as pessoas da forma como eu o vejo. Aqui é um lugar com problemas, mas também um lugar cheio de amor” garante. O primeiro colocado em fotografia, Daniel Reis nem acreditou quando ouviu seu nome ser anunciado. “Estou muito feliz… O projeto foi maravilhoso e que venha o próximo” comentou. (Foto da capa: Kalyana Santana)

Os premiados na noite foram:

Fotografia                                                                            Vídeo (The Best)

1º  Daniel Reis (1º ano do Ensino Médio)                           Josevânia Rosa (Eja 3)

2º  Taíze Santos (Eja 3)                                                       Documentário

3º  Luciene Fernandes (Eja 1/2)                                          Maria Lavínia Silva

 

COP23 “fracassa”


A Conferência do Clima da ONU (COP23) se encerrou com ar de resignação pela decisão dos Estados Unidos de abandonar as conversas, e com inúmeras questões a serem resolvidas para lutar contra as mudanças climáticas, que ficarão em aberto até 2018.

O objetivo principal dos quase 200 países, reunidos em Bonn durante duas semanas, era começar a redigir o regulamento do histórico Acordo de Paris, para impedir que a temperatura do planeta aumente mais de 2ºC em relação aos níveis pré-industriais.

Mas outros aspectos provocaram, mais uma vez, divergências entre países ricos e em desenvolvimento. Em 2020, os signatários do Acordo de Paris devem ter revisado, principalmente, seus compromissos de redução de gases de efeito estufa e, ainda mais importante, seus compromissos financeiros para a luta contra as mudanças climáticas.

controle-de-mudancas-climaticas-17

Sem dinheiro, sua contribuição à luta contra o aquecimento global será escassa, lembram os países pobres como Fiji, que presidiu esta COP23.

As decisões de fundo sobre esses temas foram adiadas até a COP24, que será realizada em dezembro de 2018 em Katowice (Polônia), segundo todas as fontes negociadoras e ONGs que participaram do evento.

E o trabalho complexo sobre o regulamento do Acordo de Paris, que define os critérios de controle mútuo de emissões, os prazos de ajuda técnica, o financiamento a longo prazo, entre outras coisas, foi apenas esboçado, com um rascunho que pode chegar a centenas de páginas.

Os negociadores já reconhecem abertamente que precisarão de no mínimo outra sessão para diminuir o texto, antes de dezembro de 2018.

Jovem morre após ser picada por escorpião


Uma jovem de 18 anos, de nome Beatriz Jesus dos Santos, morreu ontem (17/11) após sentir uma picada e ficar três dias beatrizinternada no Hospital de Base de São José do Rio Preto, em São Paulo. A suspeita é que ela tenha sido picada por um escorpião.

Segundo reportagem da TV TEM, afiliada da TV Globo, Beatriz  estava em casa quando sentiu uma picada no pescoço. Depois disso, a menina começou a passar mal e com a piora do seu estado acabou sendo internada. O animal não foi encontrado pela família.

Com base nas características do quadro da vítima, os médicos acreditam que a menina tenha sido picada por um escorpião. Um boletim de ocorrência foi registrado pelo hospital e o corpo da vítima foi levado ao IML (Instituto Médico Legal), que irá apontar as causas da morte.

Pouco após a internação, o quadro evoluiu para com dor e parestesias (sensações como formigamento, pressão, frio ou queimação) em membros superiores. O quadro piorou e Beatriz teve uma parada cardiorrespiratória e acabou morrendo.

 

Ilhéus: Jabes Ribeiro vai recorrer da rejeição das contas de 2016


O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em sessão realizada nessa quinta-feira, dia 16, aprovou parecer contrário à aprovação das contas do município de Ilhéus, referente ao ano de 2016, sob responsabilidade do ex-prefeito Jabes Ribeiro.

GEDSC DIGITAL CAMERA
Jabes Ribeiro Foto: Andrei Sansil

 Da decisão cabe recurso, oportunidade em que a área técnica, representada pela empresa PI Contabilidade, analisará o voto e apresentará os dados e argumentos que permitirão novo julgamento da egrégia Corte de Contas.

 Vale ressaltar, no entanto, que, mesmo considerando o voto do TCM, ficam claro os avanços conquistados pela gestão, tanto na redução da dívida pública municipal, em R$ 48.435.212,08, e do Limite de Pessoal, que caiu 14,43% nos últimos quatro anos, como demonstrado no quadro ao fim desta nota.

 A decisão do tribunal será contestada na fase de recursos do julgamento, sobretudo quanto ao descumprimento do Artigo 42 da LRF, e dos investimentos em Educação e Saúde. O ex-prefeito apresentará também recurso quanto às multas e ressarcimentos imputadas pelo TCM no parecer prévio desta quinta-feira.

Biometria para emitir passaportes


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Polícia Federal (PF) assinaram hoje (16/11) um convênio para troca de informações dos bancos de dados das duas instituições. Com a medida, a PF vai utilizar o cadastro biométrico de eleitores na emissão de passaportes. Dessa forma, o cidadão que fez a biometria nos postos eleitorais não precisará fazer novamente a leitura das digitais ao comparecer aos postos da PF para obter o documento. Os dados também serão usados nas investigações da corporação.

De acordo com o diretor-geral da PF, Fernando Segovia, o compartilhamento poderá reduzir o tempo de atendimento nos postos em até 60%. A data para início da comodidade não foi definida.novo-passaporte-brasileiro

“O que a gente busca é facilitar a vida do cidadão brasileiro. Quando ele [o cidadão] já estiver na base de dados da Polícia Federal e estiver na base de dados do TSE, em qualquer processo de renovação de passaporte, ele vai reduzir esse tempo de atendimento em até 60%. Com isso, a gente espera que o cidadão não precise mais ficar fazendo colheita de impressões digitais”, disse Segovia.

Na avaliação do presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, a troca de informações também será usada para identificação de fraudes e falsificações nas eleições.

“Já temos algum trabalho no sentido de identificação desses casos de duplicidade ou de falsificação [de títulos]. A polícia nos tem ajudado na questão de prestação de contas e de identificação dos desvios, práticas que determinadas pessoas costumam desenvolver. Em suma, temos tido parceria bastante intensa e isso vai continuar”, disse Mendes.

A Justiça Eleitoral já identificou 46,43% do total de eleitores brasileiros por meio da biometria, o equivalente a 68 milhões de brasileiros. A expectativa é que 100% dos eleitores sejam cadastrados pelas digitais até 2022.

Gasolina e diesel mais baratos


Em comunidade oficial, a Petrobras anunciou hoje (16/11), no Rio de Janeiro, que a partir da zero hora de amanhã (17/11), reduzirá os preços da gasolina e do diesel nas refinarias em todo o país. Segundo nota divulgada pela empresa, o diesel terá redução de 1,3%, enquanto a gasolina cairá 0,38%.

No sobe e desce dos preços dos dois produtos nas refinarias, em sintonia com a nova política da estatal de acompanhar as oscilações dos preços das duas commodities no mercado internacional – onde os aumentos e redução são quase que diários – esta é a sexta queda de preços anunciada pela Petrobras somente este mês para o óleo diesel.

Desde o último dia 1º, o diesel cobrado nas refinarias fecha os primeiros 17 dias do mês com queda acumulada de preços de 1,3%.

Com quatro reduções e sete altas desde o último dia 1º, a gasolina, com a queda anunciada para amanhã, fecha o mesmo período com alta acumulada de 3,7% nas refinarias.

Flávio Campello


Ele é o atual campeão do Carnaval Paulista, pela Acadêmicos do Tatuapé. Em março, último, mudou-se para a Acadêmicos do Tucuruvi. Flávio foi reverenciado com o prêmio do troféu nota 10 do ‘Diário de SP’ como o melhor carnavalesco do ano. Ele possui vasta experiência em carnavais das cidades do Rio de Janeiro, Vitória, Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo. Para 2018, o carnavalesco prepara o enredo “Uma noite no museu” e garante “o enredo é uma aposta, um sonho de uns 5 anos, e a Tucuruvi me deu a chance de transformar em realidade”. Flávio recebeu gentilmente a reportagem do Blog Carvalho News e falou sobre carnaval, a profissão de carnavalesco, seu dia a dia e muito mais! Que tal conhecer melhor esse grande vencedor?

IMG-20170525-WA0004
Flávio Campello Fotos: divulgação
Blog Carvalho News – Como iniciou a sua relação com o carnaval?
Flávio Campello – Tudo começou ainda na infância, quando eu acompanhava meus pais na quadra e barracão da Imperatriz, pois ambos sempre foram fascinados pelo carnaval e pelo desfile das escolas de samba, e eram envolvidos no carnaval. Eram foliões natos… verdadeiros apaixonados pelo carnaval.
Blog Carvalho News – Há alguma diferença entre o carnaval do Rio de Janeiro e o de São Paulo?
Flávio Campello – Hoje não consigo enxergar uma diferença… ambos apresentam belíssimos espetáculos…
CN – Qual a sua formação acadêmica?
Flávio Campelo – Sou formado em artes cênicas, e história. Duas paixões realizadas.
CN – O que é necessário para se tornar um carnavalesco de sucesso?
Flávio Campelo – Sem dúvidas, ser um apaixonado pelo carnaval, viver o carnaval o ano inteiro, sempre buscando inspirações em todas as manifestações de arte. Precisa amar o que faz…
CN – Qual a sua inspiração para a criação de um enredo?
Flávio Campelo – As inspirações surgem assistindo um filme, documentário, lendo algum livro, revistas, jornais, às vezes até ouvindo uma música. Tudo em nossa vida pode ser carnavalizado…
flaviodivulgação
CN – Qual a função de um carnavalesco numa escola de samba?
Flávio Campelo – Hoje a maior função de um carnavalesco é a de um diretor e produtor de espetáculo. Precisamos ter noção do roteiro, criação, execução e produção e coordenação de equipes que fazem parte da produção desse espetáculo… Considero o carnavalesco um diretor geral e produtor dessa maior festa popular do mundo…
CN – O que mudou em sua vida, após a conquista do Carnaval de São Paulo de 2017?
Flávio Campelo – O título é a maior de todas as realizações. Pois todos nós trabalhamos o ano inteiro em busca do resultado, da perfeição… o titulo coroa o nosso trabalho e nos inspira a continuar.
CN – Como é o dia a dia de um carnavalesco?
Flávio Campelo – Acordar e dormir pensando no projeto, no barracão, no atelier… pois essa é a missão! Vivemos 24 horas por dia em prol desse sonho, e buscando maneiras de realizarmos esse sonho…
CN – Quais os profissionais que influenciaram seu trabalho ao longo dos anos?
Flávio Campelo – Sem dúvidas, a professora Rosa Magalhães. Lembro do desfile do Salgueiro, de 1990, e achei aquele desfile lindo. E a partir desse desfile eu passei a acompanhar o trabalho da Rosa, e ficava torcendo para um dia vê-la na Imperatriz, e não demorou muito, em 1992, aconteceu. Desde então, passei a me inspirar no trabalho da mestra. Além da Rosa, temos tantas outras referências… Renato Lage, Max Lopes, Joaozinho 30, Ney Ayan, Fernando Pinto, Viriato Ferreira… na atualidade, Alex de Souza, Paulo Menezes, Paulo Barros, Alexandre Louzada…Todos profissionais que merecem o nosso respeito!
IMG-20170525-WA0001
CNPode adiantar algo sobre a Acadêmicos do Tucuruvi em 2018?
Flávio Campelo -Pra começar, a realização de um sonho… o enredo é uma aposta, um sonho de uns 5 anos, e a Tucuruvi me deu a chance de transformar em realidade.
Já estamos a todo vapor no barracão das alegorias e no atelier das fantasias… tudo está fluindo de uma forma feliz e natural. Acredito num desfile imponente, pois é um enredo muito rico em possibilidades. E isso me fascina! Estou numa fase muito feliz…
CN – O que costuma fazer nos períodos de folga?
Flávio Campelo – Gosto muito de ir ao cinema, teatro, museus… nas férias, uma boa viagem para renovar as energias e voltar 100%….

Concurso oferece 3,6 mil vagas para professores e educadores na Bahia


As inscrições para 3.096 vagas de professor e 664 vagas de coordenador pedagógico da rede estadual de ensino serão abertas a partir das 10h de terça-feira (14). O edital foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado desta sexta- feira (10). O concurso será regionalizado, como forma de fidelizar os professores na região escolhida na inscrição. Ou seja, o candidato terá que, ao se inscrever,  informar em qual cidade quer trabalhar sem possibilidade de transferências (confira abaixo o número de vagas por cidade).

De acordo com o edital, do total de vagas que vierem a ser oferecidas durante o prazo de validade do Concurso Público, 30%  serão reservadas aos candidatos negros. Às pessoas com deficiência é assegurado o percentual de 5%  das vagas.  A inscrição poderá ser feita até as 14h do dia 12 de dezembro.

A seleção para os cargos de professor e coordenador pedagógico será composta por três etapas: provas objetivas (etapa habilitatória e classificatória), prova discursiva (etapa habilitatória e classificatória realizada juntamente com as provas objetivas) e prova de títulos para os candidatos habilitados na prova discursiva.

Para o cargo de professor, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 2.145,36, acrescido de Gratificação de Estímulo às Atividades de classe, no percentual de 31,18% incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 668,92 num total de R$ 2.814,28. A carga horária semanal é de 40 horas.

Para o cargo de coordenador pedagógico, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 2.145,36, acrescido de Gratificação por Condições Especiais de Trabalho, no percentual de 34,75%, incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 745,51, num total de R$ 2.890,87. A carga horária semanal é de também 40 horas.

550x289xgovernador-rui-costa

A aplicação da 1ª etapa (provas objetivas) e da 2ª etapa (prova discursiva) para todos os cargos está prevista para o dia 25 de fevereiro de 2018 e será realizada nas cidades de Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista.

O resultado final do concurso deve ser divulgado em 12 de junho de 2018. As inscrições, no valor de R$ 100 para ambos os cargos, serão feitas exclusivamente, via internet, pelo site da Fundação Carlos Chagas, empresa responsável pela aplicação das provas (www.concursosfcc.com.br).

Encceja: locais das provas podem ser conhecidos a partir de hoje


Os candidatos que vão fazer o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) poderão consultar o local de prova a partir das 14h de hoje, na página do participante. O exame será aplicado no dia 19 de novembro.

Neste ano, 1,5 milhão de pessoas se inscreveram para fazer o Encceja, que é direcionado aos jovens e adultos que não concluíram os estudos em idade própria. Dessas, 301 mil farão provas para o ensino fundamental e 1,2 milhão para o ensino médio. O exame será aplicado em 564 municípios em todos os estados.

Os participantes precisam ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame, para quem busca a certificação do ensino fundamental. Quem busca a certificação do ensino médio tem que ter, no mínimo, 18 anos completos na data de realização do exame.

As provas serão aplicadas pela manhã e à tarde. No turno matutino, os portões abrem às 8h e fecham às 8h45 e as provas serão realizadas das 9h às 13h. No turno vespertino, a abertura dos portões será às 14h30, com fechamento às 15h15 e prova das 15h30 às 20h30.

imagem-alunos-fazendo-prova-2

Os alunos do ensino fundamental vão fazer provas de ciências naturais, história e geografia pela manhã e de língua portuguesa, língua estrangeira, artes, matemática, educação física e redação à tarde. Candidatos do ensino médio vão fazer provas de ciências da natureza e ciências humanas pela manhã e de linguagens e códigos, redação e matemática à tarde.

A partir deste ano, a certificação de conclusão do ensino médio só poderá ser feita por meio do Encceja. Até o ano passado, os estudantes com mais de 18 anos poderiam usar o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para receber o diploma do ensino médio.

O Encceja para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa (Encceja PPL) será aplicado nos dias 21 e 22 de novembro.