Uma parceria entre a Secretaria do Trabalho e o IFPE disponibiliza mais de mil vagas para novos cursos


As inscrições para os cursos lançados pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, em parceria com a Secretaria de Turismo estadual e o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), uma instituição centenária e ao mesmo tempo moderna, estão quase encerrando. O último dia para se inscrever é 25 de junho, com aulas de ensino a distância bem atualizadas e construídas para atender a demandas exigidas pelo mercado de trabalho. Os cursos beneficiam quem quer trabalhar no ramo do turismo, na oferta de serviços ou em empresas. São 1.080 vagas para Assistente Administrativo (240 vagas); Agente de Informações Turísticas (60 vagas); Assistente Financeiro (240 vagas); Assistente de Recursos Humanos (240 vagas); Cuidador de Idoso (100 vagas) e Balconista de Farmácia (200 vagas).
O Secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, comentou que a qualificação muda a vida das pessoas e relembra que começou a se qualificar cedo para que pudesse puder gerir melhor o seu próprio negócio.  “Nesse período de pandemia do Covid-19, é de extrema importância se qualificar para o mercado de trabalho. Então, as pessoas que se qualificam têm mais chances no mercado de trabalho. Algumas conseguem até abrir seu próprio negócio, isso muda a vida das pessoas, faz com que elas aumentem a autoestima, melhore os relacionamentos, melhore a renda e também avance nos sonhos. A qualificação é transformadora,  por isso, é importante que se busque um curso que você sabe que vai aproveitar bem”, ressaltou Alberes.
As inscrições seguem até as 12h do dia 25 e podem ser feitas através do site http://selecoes.dead.ifpe.edu.br. As vagas serão realizadas por sorteio, às 17h do dia 25, num link que será divulgado no site selecoes.dead.ifpe.edu.br. O resultado será divulgado no dia 26 de junho no site do IFPE.
As exigências para se inscrever no curso da SETEQ em parceria com o IFPE são: o candidato precisa ter Ensino Fundamental completo e idade mínima de 18 anos. No entanto, para a qualificação de  Balconista de Farmácia, é exigida a idade mínima de 16 anos.

Planos de saúde são obrigados a cobrir custos com teste rápido para Covid-19


Uma excelente notícia. Os planos de saúde passam a ser obrigados a partir desta segunda-feira a cobrir a realização de teste sorológico para o novo coronavírus, de acordo com resolução publicada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

O exame sorológico, também conhecido como teste rápido, detecta a presença de anticorpos produzidos pelo organismo após exposição ao vírus, sendo indicado a partir do oitavo dia de início dos sintomas.

Antes desse período, o teste recomendo é o feito através de biologia molecular, o chamado RT-PCR, que detecta se o vírus está agindo no organismo do paciente. Esse exame já tinha cobertura obrigatória determinada pela ANS quando o paciente se enquadra na definição de caso suspeito ou provável de Covid-19 definido pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a ANS, o teste rápido terá cobertura obrigatória dos planos de saúde nos casos em que o paciente apresente ou tenha apresentado quadros clínicos condizentes com casos de síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave.

A decisão foi tomada na última quinta-feira, em reunião da Diretoria Colegiada da ANS, e passa a valer a partir desta segunda, informou a agência em comunicado, acrescentando que a medida atende decisão judicial relativa a uma ação civil pública.

O Brasil é o segundo país do mundo com o maior número de casos confirmados da doença respiratória provada pelo novo coronavírus, com mais de 1,3 milhão de infecções, e também o segundo com mais mortes, com 57.622 óbitos registrados até domingo. Apenas os Estados Unidos têm mais casos e mortes por Covid-19.

Sesi Bahia prorroga inscrições para cursos gratuitos da Educação de Jovens e Adultos


As inscrições para os cursos gratuitos do Sesi para Educação de Jovens e Adultos (EJA) em sete municípios da Bahia, foram prorrogadas para 31 de julho.

As inscrições devem ser feitas pelo site o site do Sesi Bahia. As vagas são voltadas para pessoas a partir de 18 anos, que não concluíram os ensinos fundamental (6º ao 9º ano) ou médio (1º ao 3º ano).

Não será cobrada qualquer taxa de inscrição, matrícula ou mensalidade para cursar a EJA do Sesi. Os cursos são realizados na modalidade a Distância (EaD), e as vagas são para as cidades de Juazeiro, Luís Eduardo Magalhães, Brumado, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Ilhéus e Salvador.

No ato da inscrição, o candidato deverá anexar os seguintes documentos:

  • 1 Foto 3×4 atualizada
  • RG e CPF
  • Histórico escolar original
  • Comprovante de residência atualizado com CEP válido
  • Comprovante de vínculo empregatício (em caso de trabalhador formal)

Covid-19: Prefeitura de Ilhéus testa profissionais das emissoras de rádio da cidade


Atendendo a uma solicitação feita pelo Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, a  Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) iniciou a aplicação de testes rápidos em profissionais das emissoras de rádio da cidade para detectar a Covid -19, doença causada pelo novo coronavírus. A Sesau aplicou os testes rápidos (in loco), em 41 colaboradores, das rádios Bahiana, Santa Cruz, Gabriela, Cultura e Ilhéus FM.

“Redobramos os cuidados com a saúde dos profissionais, especialmente daqueles que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus. A testagem do grupo indica se as medidas de proteção adotadas têm sido eficazes, pois sabemos a importância do trabalho exercido por eles, em um momento no qual a boa informação é aliada crucial para conscientização da população e combate às fake news”, pontuou o prefeito Mário Alexandre.

“Queremos agradecer ao prefeito Mário Alexandre por atender prontamente ao nosso pedido. Isso demonstra o cuidado, a sensibilidade e o apoio que ele tem tem dado à nossa classe”, destacou Manoelito Puentes, presidente do Sindicato dos Radialistas. Todos os testes deram negativos para a Covid-19.

Ilhéus: município comemora 486 com live solidária


A cidade de Ilhéus (BA) completou 486 anos de fundação no último dia 28 de junho. Para comemorar, a prefeitura do município organizou uma Live Solidária Viva Ilhéus. A ideia era seguir as recomendações para combate a pandemia de Covid-19 que aflige o mundo e, ao mesmo tempo, angariar alimentos em prol da classe artística e de comunidades em situação de vulnerabilidade socioeconômica do município.

A comemoração foi transmitida, no domingo (28), através do canal oficial da Prefeitura de Ilhéus, no YouTube. O prefeito Mário Alexandre expressou o contentamento em ter promovido mais uma edição do Viva Ilhéus, que fomenta e valoriza a cultura local.

“O evento se transformou em uma rede de solidariedade. Embora o momento seja desafiador, vamos atravessar essa crise com a força do trabalho, que sempre impulsionou o desenvolvimento da nossa cidade. Continuarei lutando diuturnamente para que nossa terra seja referência na Bahia e no Brasil”.

A edição especial reuniu artistas locais em um palco montado no Morro de Pernambuco e levou entretenimento, descontração e alegria ao público que acompanhou a programação de casa, devido às recomendações para manter o isolamento social, medida de prevenção ao coronavírus. Além das apresentações, foi disponibilizada uma plataforma virtual para o recebimento das doações.

A transmissão contou com a apresentação de Michele Docio; Top Gan; Tony Canabrava; Xote Apimentado; Via de Acesso; Lê Bandê; Beto Villaça e Neto LX.

Governo divulga calendário de pagament da terceira parcela do Auxilio Emergencial


O governo publicou na noite desta quinta-feira (25), em edição extraordinária do Diário Oficial, portaria com o calendário de pagamento da terceira parcela de R$ 600 do auxílio emergencial instituído em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Pelo texto do decreto, os pagamentos serão disponibilizados a partir de sábado (27) e vão até setembro.

Assim como as parcelas anteriores, os pagamentos serão escalonados pela data de nascimento do beneficiário.

Para quem recebe por meio de crédito na poupança social digital da Caixa aberta em seu nome, os pagamentos vão deste sábado (27) até o próximo (4).

Os nascidos em janeiro e fevereiro recebem no dia 27; março e abril, na terça (30); maio e junho, na quarta (1º); julho e agosto, na quinta (2); setembro e outubro, na sexta (3); e novembro e dezembro, no sábado (4).

“Nas datas indicadas, os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual ou QR Code”, afirma a portaria.

O calendário para saque em dinheiro e transferências bancárias vai de 18 de julho a 19 de setembro, também a depender da data de nascimento do beneficiário.

Nessas datas, serão pagos também lotes das primeiras e segundas parcelas do auxílio, para quem ainda não as recebeu.

Abaixo as datas para saque em dinheiro:

Nascidos em

Saque em dinheiro a partir de

Janeiro

18 de julho

Fevereiro

25 de julho

Março

1º de agosto

Abril

8 de agosto

Maio

15 de agosto

Junho

29 de agosto

Julho

1º de setembro

Agosto

8 de setembro

Setembro

10 de setembro

Outubro

12 de setembro

Novembro

15 de setembro

Dezembro

19 de setembro

Oscar Pilagallo da Folha de São Paulo ministra curso sobre a Ditadura Brasileira


Muito se fala sobre a o período de Ditadura que ocorreu em nosso país. Entretanto, ainda há uma parcela da população que, erroneamente, afirma que a mesma não ocorreu. Tal fato só comprova o quando nossos cidadãos ignoram a própria história. Tentando reverter esse quando o Jornal A Folha de São Paulo, lançará no próximo domingo (28) um curso online gratuito com quatro aulas, de uma hora de duração cada, sobre a ditadura brasileira. As aulas serão ministradas peloo jornalista e escritor Oscar Pilagallo.

Segundo informações do veículo, o objetivo é explicar didaticamente as várias fases do período autoritário de 1964-85, dos antecedentes do golpe de 31 de março de 1964 até a transição para a democracia. As inscrições podem ser feitas em oquefoiaditadura.folha.uol.com.br.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 54,2% da população brasileira nasceu após o ano de 1985, quando o regime militar terminou. Somando os que eram crianças de até 10 anos nessa data, o percentual sobe para 69,4%.

Ou seja, 7 em cada 10 brasileiros não viveram a ditadura, ou eram muito jovens para terem fixado na experiência o que foi aquele momento.

Jornalista e escritor Oscar Pilagallo. Foto|:divulgação
Jornalista e escritor Oscar Pilagallo. Foto:divulgação

Em quatro aulas, Pilagallo falará sobre a armação do golpe, a escalada autoritária, o endurecimento do regime a partir do Ato Institucional nº 5 (1968) e a retomada da democracia (1985).

Ele explicará ao que significou a ausência de eleições presidenciais diretas, a interferência do regime nos Poderes Legislativo e Judiciário, a censura e repressão violenta à oposição, com assassinatos e tortura como políticas de Estado. A semente para hiperinflação, o aumento da desigualdade e endividamento externo, o caminho Da corrupção em grandes obras públicas.

Segundo o jornalista, o discurso de justificar o golpe e a repressão da ditadura para evitar um mal maior, no caso uma suposta ameaça comunista, tem crescido nos últimos anos, propagado sobretudo por Jair Bolsonaro e seus aliados.

 

Professor Carlos Alberto Decotelli é o novo ministro da Educação


O professor Carlos Alberto Decotelli da Silva é o novo ministro da Educação. Ele sucederá Abraham Weintraub, que, após 14 meses no cargo, anunciou demissão na semana passada para assumir um posto de diretor representante do Brasil no Banco Mundial, em Washington (EUA). Decotelli será o terceiro ministro da Educação no governo Bolsonaro. Antes de Weintraub, Ricardo Vélez Rodríguez permaneceu pouco mais de três meses no comando da pasta.

Carlos Alberto Decotelli da Silva presidiu o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) entre fevereiro e agosto do ano passado. Depois, passou para a Secretaria de Modalidades Especializadas do Ministério da Educação.

Decotelli é bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), mestre pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), doutor pela Universidade de Rosário (Argentina) e pós-doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha.

Ele sucederá Abraham Weintraub, que, após 14 meses no cargo, anunciou demissão na semana passada para assumir um posto de diretor representante do Brasil no Banco Mundial, em Washington (EUA). Decotelli será o terceiro ministro da Educação no governo Bolsonaro. Antes de Weintraub, Ricardo Vélez Rodríguez permaneceu pouco mais de três meses no comando da pasta.

Carlos Alberto Decotelli da Silva presidiu o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) entre fevereiro e agosto do ano passado. Depois, passou para a Secretaria de Modalidades Especializadas do Ministério da Educação.

Decotelli é bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), mestre pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), doutor pela Universidade de Rosário (Argentina) e pós-doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha.

 

Denúncia das “rachadinas” podem envolver mais um político


As primeiras denúncias do Ministério Público estadual (MP-RJ) contra os envolvidos no esquema da rachadinha da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) devem atingir mais de um político. Para evitar críticas a um eventual direcionamento de investigações, as acusações a serem encaminhadas ao Judiciário, para abertura de ação criminal, vão focar em pelo menos dois gabinetes: o do ex-deputado e hoje senador Flávio Bolsonaro Republicanos-RJ), incluindo o seu suposto operador, Fabrício Queiroz, e de um outro deputado que figura na lista original do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), cujos relatórios de inteligência deram início às investigações em 2018.

As denúncias, aguardadas para os próximos dias, terão como principal fundamento o suposto crime de peculato, uma vez que os favorecidos teriam se apropriado de dinheiro público ao obrigar os servidores da Alerj a transferirem parte de seus vencimentos. Outros crimes tipificados deverão ser o de organização criminosa e de lavagem de dinheiro. No caso de Fabrício Queiroz e sua mulher, Márcia, também estará incluída a obstrução de Justiça, razão da prisão preventiva do casal .

Nuvem de gafanhotos se aproxima e pode chegar no Brasil


A nuvem de gafanhotos que se movimenta em território argentino já está a apenas 130 km de distância do Brasil e do Uruguai, informou o país vizinho nesta quarta-feira.
O chefe do serviço de monitoramento da Argentina, Héctor Medina, publicou em seu Twitter um mapa que mostra a região ameaçada pela nuvem. De acordo com um estudo do governo argentino, os insetos podem viajar até 150 km por dia – logo, podem chegar no Brasil ainda próximas 24 horas.
Segundo Medina, “neblina e baixas temperaturas” podem influenciar na velocidade de chegada dos insetos.