Ilhéus: turnê d’O grande encontro chega a cidade em abril


trio_nordestino2
Alceu, Elba e Geraldo farão show em Ilhéus Fotos: divulgação

Elba Ramalho, Geraldo Azevedo e Alceu Valença vão se apresentar na Concha Acústica de Ilhéus, para celebrar a turnê d’O grande encontro. O show acontece no dia 13 de abril, em comemoração às duas décadas do projeto encabeçado pelos artistas nordestinos. Em entrevista a um programa de rádio local, o ex-secretário de Turismo de Ilhéus e produtor de eventos, Roberto Lobão, disse o show será um grande presente não apenas para Ilhéus, mas para todo o sul da Bahia. “Este evento tem um porte que a cidade há muito tempo não recebe. Quando esses três artistas se reúnem é garantia de sucesso”, elogia.

O produtor frisa ainda que “quando fizemos o lançamento do show durante o carnaval deste ano através das redes sociais, a procura foi muito grande. Ilhéus realmente abraça quando o produto é de qualidade. Intensificamos a divulgação, as parcerias, os planos de mídia, de maneira que o primeiro lote está todo vendido”, comemora. Lobão ressalta que para a realização do evento, a organização vai trabalhar o conceito de sustentabilidade, com a utilização de equipamentos que não emitem gases poluentes, por meio de produção e parceria com catadores de latinhas que farão a destinação correta das mesmas.

Queridas pelo público – Durante os anos da turnê, o cancioneiro, por exemplo, era apresentado de forma mais acústica, característica mudada na nova fase, tida como mais “elétrica” e “percussiva”. Entre as músicas mais queridas pelo público: “Anunciação”, “Banho de Cheiro”, “Dia Branco”, “Tropicana”, “Moça Bonita”, “Caravana”, “Belle de Jour”, “Canção da Despedida”, “Coração Bobo”, “Táxi Lunar” e “Bicho de Sete Cabeças”. Dentre as surpresas estão “Papagaio do Futuro” (apresentada por Alceu, Geraldo e Jackson do Pandeiro no Festival Internacional da Canção de 72) e “Me Dá um Beijo”, parceria de Alceu e Geraldo, do primeiro disco da dupla, recriada com Elba no vocais.

Itabuna: inscrições de cursos profissionalizantes para beneficiários do Bolsa Família reabrem


Os beneficiários do Programa Bolsa Família têm uma ótima oportunidade de qualificação. Serão reabertas, a partir da próxima terça-feira (20/3), as inscrições para os cursos profissionalizantes gratuitos. A iniciativa da Prefeitura de Itabuna, através da Divisão do Bolsa Família da Secretaria Municipal de Assistência Social busca desenvolver a política de geração de emprego e renda no município. Os cursos, que serão ministrados e certificados pelo SENAI / FIEB, têm previsão de início para o próximo dia 04 de abril.

Para realizar a matrícula, é necessário que o beneficiário apresente os documentos: RG e CPF (original e xerox); comprovante de residência (original e xerox), número de identificação social (NIS); comprovante de escolaridade (original e xerox) – de acordo com o pré-requisito do curso desejado, e ficha de inscrição devidamente preenchida. As inscrições serão realizadas na sede da Secretaria de Assistência Social, localizada na praça do bairro Góes Calmon. A programação completa com os dias, horários e pré-requisitos para matrícula em cada curso pode ser conferida abaixo:

 

Dia 20/03 (das 14 às 17h)

Customização em Sandálias Emborrachadas – Idade mínima: 15 anos / Ensino fundamental completo

Dia 21/03 (das 14 às 17h)

Aplicação de Revestimento em Cerâmica – Idade mínima: 18 anos / Ensino Fundamental I Completo, 5º ano completo

Confecção de lingerie e Moda Praia – Idade mínima: 18 anos / Ensino Fundamental I Completo, 5º ano completo.

Dia 22/03 (das 14 às 17h)

Confeccionador de Bolsa em Couro e material Sintético – Idade mínima: 18 anos / Ensino Fundamental II Completo

Confecção de Puff – Idade mínima 17 anos / Ensino Fundamental I Completo, 5º ano completo.

Foto: Pedro Augusto

Rio recebe o Japan Festival Rio Matsuri


Um festival de cultura japonesa, que já passou por São Paulo, Distrito Federal e Paraná, acontece pela primeira vez no Rio de Janeiro neste fim de semana. O Japan Festival Rio Matsuri terá stands de gastronomia, exposição de artes marciais e objetos de decoração, concurso de miss, apresentação de cantores e desfiles de cosplay.

O evento ocorre no Pavilhão 4 do Riocentro, na Barra da Tijuca, e a entrada custa R$ 25. O evento se estende até as 23h hoje (10), e começa amanhã às 10h, com encerramento às 21h.riojapao

Uma das grandes atrações deste sábado foi a palestra de Eduardo Miranda, considerado “o pai dos animes no Brasil”. Está prevista para 16h uma palestra com o chef Shin Koike, embaixador da culinária japonesa no Brasil pelo governo Japonês. Às 18h, será realizado o concurso Miss Nikey Rio 2018.

Para amanhã (11), está previsto o show de Rodrigo Rossi, cantor oficial dos animes famosos no Brasil Dragon Ball Cavaleiros do Zodíaco. Às 16h30 está previsto um desfile de cosplay e a cantora Pamela Yuri se apresenta logo depois.

Além de comida japonesa, nos stands também é possível encontrar produtos típicos como quimonos, porcelanas e artigos de decoração.

Fonte: Vinicius Lisboa/Agência Brasil

Presidência e STF discutem segurança pública e intervenção federal


O presidente Michel Temer fez uma visita neste sábado (10) à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia. Durante o encontro, eles conversaram sobre segurança pública e a intervenção federal decretada no estado do Rio de Janeiro há algumas semanas.

O encontro ocorreu no início da tarde de hoje na residência da presidente do STF e não constava na agenda oficial do presidente. Ao sair da casa de Cármen Lúcia, Temer disse que ela se comprometeu em colaborar nos assuntos de segurança, tanto no Rio como em outros estados. A situação dos presídios brasileiros também foi discutida entre os dois, segundo a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.

Após a reunião, o presidente recebeu no Palácio do Jaburu os ministros da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, e da Fazenda, Henrique Meirelles. A pauta do encontro, no entanto, ainda não foi divulgada.

Itabuna: Emasa promove curso e treinamento para operadores das estações


A Emasa promoveu um encontro entre seus trabalhadores, no último 06/03, no auditório que fica na sede da (ETA) Estação de Tratamento de Água, no Bairro São Lourenço. A palestra ficou a cargo de Márcio Antônio Borba, responsável pela Empresa Produtos Químicos Aracruz S/A. Borba falou sobre a importância e necessidade do uso do EPI, (Equipamentos de Proteção Individual) em uma companhia, citando as luvas de PVC, bota e avental, conjunto com calça e blusão, capuz com óculos e respirador entre outros.

O palestrante mostrou gráficos e estatísticas referentes a acidentes de trabalho, assegurando que o uso responsável dos equipamentos de segurança é capaz de diminuir o número dessas ocorrências com vítimas.

Ele acrescentou que as empresas fiscalizam o uso de EPI’s, mas que a consciência dos trabalhadores é mais importante que qualquer modo de repreender um trabalhador desatento com sua própria segurança.

Esta parte do curso foi pela manhã, já na parte da tarde o outro palestrante do curso foi Luiz Carlos Lima, que fez a apresentação dos equipamentos e mostrou como usá-los corretamente, tendo cada um dos presentes a oportunidade de manusear os equipamentos de segurança.

O Diretor Técnico da Emasa, João Batista Bitencourtt, disse que o curso tem o objetivo de capacitar os empregados em instalação de equipamentos, manuseio, e intervenção em caso de ocorrência de acidentes, e que este tipo de treinamento será periódico na Emasa, afirmando ainda que o segundo módulo deste curso terá como foco, Práticas em Operação dos Laboratórios, e será já nos próximos dias.

Professores e Sintepe contra a retirada do espanhol da Matriz Curricular


Pernambuco – No próximo dia 14 de março, às 9h, a Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa promoverá uma audiência pública para discutir a retira da obrigatoriedade do ensino de Espanhol da Matriz Curricular das Escolas de Referência e Escolas Técnicas Estaduais. O Sintepe vem denunciando na imprensa e entre a comunidade escolar esse retrocesso que afeta tanto estudantes quando professores.

No último sábado (03), O Sindicato realizou uma plenária com representantes dos professores e professoras de espanhol, estudantes, acadêmicos para discutir estratégias para reverter a Portaria SEE 637, de 29 de janeiro de 2018, que trata do tema.

O clima da plenária era de indignação, pois a medida é uma contradição com os últimos investimentos na língua feitos pelos/as trabalhadores/as em educação da rede estadual e com o crescente interesse pelo idioma, falado por todos os países que fazem fronteira com o Brasil (exceto Suriname e Guianas). “Muitos dos presentes se emocionaram, pois anos de dedicação e investimento podem ser destruídos com apenas uma canetada do governador”, lembrou o presidente do Sintepe, Fernando Melo.

Fernando Melo também confirmou que o tema será colocado na Mesa com o Governo do Estado, em negociação marcada para 8 de março entre o Sintepe e as secretarias de Educação e de Administração. “Passa a fazer parte da pauta de reivindicações e passa a ser uma questão coletiva de interesse de toda a categoria”, disse.

Para Imara Benfica, coordenadora do Curso de Espanhol da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), a retirada o idioma da Matriz Curricular é uma ação ideológica e contrária a integração dos povos da América Latina. “Existe o reconhecimento da relevância do nosso trabalho, se não fosse importante, não seríamos alvo de ataque. Trata-se de uma reforma de cunho político, não se trata de novas concepções pedagógicas, mas concepções de mundo, retirar a formação crítica para gerar mão-de-obra barata”, disse. “Levar o Espanhol para as escolas não é só levar o idioma, mas uma perspectiva mais ampla de integração”, concluiu a professora.

PLENARIA1
Fotos: Agência JCMazella / Tempus Comunicação

Janaina Vanina, professora de espanhol da Escola de Referência Porto Digital, já teve parte de sua carga horária preenchida com aulas de Empreendedorismo e Direitos Humanos e Cidadania. Para ela, “uma frustração”, pois não é especialista nas disciplinas. Janaina é uma das organizadoras do movimento de professores de espanhol e acredita que os docentes participarão mais ativamente das próximas atividades. “Eu não me sinto uma derrotada. Sinto-me mais forte para buscar aquilo no que acreditamos, investimos e nos dedicamos. Não adianta apenas reclamar, e sim, clamar. Desesperar jamais, acreditar na esperança que não vem do ‘esperar’, mas sim do ‘esperançar'”, disse, referindo a célebre frase do educador Paulo Freire.

Estiveram presentes representantes dos cursos de Espanhol da UFPE, do Departamento de Letras da UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco), do Conselho Estadual de Educação, da Associação dos Professores de Espanhol, da UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas), Sinpro (Sindicato dos Professores), dentre outras instituições.

Ao final da reunião, os presentes deliberaram por crescer as mobilizações nas escolas envolvendo toda a comunidade escolar; participar da reunião do Conselho Estadual de Educação em 12 de março, buscando um diálogo com os conselheiros; buscar formas jurídicas de se contrapor à portaria; denunciar o sucateamento do Núcleo de Idiomas e participar da audiência pública. Após essas atividades, outra plenária será convocada para avaliação de resultados.

PLENARIA2

Executiva do Magazine Luiza ministra palestra


Na Semana do Dia Internacional da Mulher, o Recife recebe uma das mais influentes executivas do Brasil a presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, que ministra a palestra magna na segunda edição do evento Olhar Feminino – O poder da mulher nos negócios do futuro. O encontro acontecerá no dia 9 de março, no Mar Hotel, em Boa Viagem, com realização da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing (ADVB-PE), patrocínio da VitaDerm, da Marie Mercié e Facipe. As inscrições custam R$ 70 e terão parte da renda revertida para o Instituto Sarepta, que beneficia 160 crianças no bairro da Imbiribeira.

São esperados 150 empreendedores e empresários. O evento terá um painel no formato talk show com a diretora geral da Faculdade Integrada de Pernambuco, Vanessa Piasson, a diretora da Marie Mercié, Mércia Moura, e o presidente da Vitaderm (SP), Marcelo Schulman. Após a palestra magna com Luiza Helena Trajano, haverá um desfile da Marie Mercié.

O evento marca também as comemorações dos 20 anos da ADVB-PE. “É com imenso respeito e admiração que trazemos Luiza Helena Trajano e os demais palestrantes para um dia de reflexão sobre o potencial e o papel da mulher nos negócios do futuro. A mulher, com sua visão sistêmica, multi-tarefa, além da sensibilidade e tantas outras características que a diferenciam no mercado de trabalho, hoje lidera nas mais variadas empresas e segmentos de atividade”, acredita a presidente da ADVB-PE, Verônica Dantas.

Dr.Marcelo (foto pequena)
Marcelo Schulman, da Vita Derm Fotos: divulgação

A palestra do Dr. Marcelo Schulman, presidente da Vita Derm, abordará sobre a Omni Era, Omni Mulher, Omni Profissional e Omni Consumidora. “Isso tudo é para falar da beleza, da mulher, da evolução, expansão, ciência e tecnologia. Falarei da mulher como o centro de tudo, destacando o empoderamento, a garra, o dinamismo e, principalmente, a mulher que vem crescendo e alcançando cada vez mais espaço no mercado de trabalho. Sem esquecer da mulher administradora da família, que trabalha e produz”, acrescenta.

Com 34 anos, a Vita Derm é reconhecida em todo o Brasil por associar tecnologia e pesquisas científicas ao desenvolvimento de seus produtos hipoalergênicos e dermatologicamente testados por meio da Bioengenharia Cutânea, atendendo aos rigorosos padrões de qualidade. A marca oferece várias opções de produtos faciais, corporais e capilares não testados em animais, para uso profissional e home care, que proporcionam resultados eficazes para os que buscam rejuvenescer com saúde, com as mais modernas fórmulas e princípios ativos.

Luiza Helena Trajano - Foto oficial
Luíza Trajano, do Magazine Luiza

Já a empresária Mércia Moura, 59 anos, contará como ergueu uma empresa com mais de 30 anos de mercado ainda nas terras do Engenho Pangauá, em Itambé, a 89,5km distância de Recife. Hoje, a Marie Mercié possui lojas nos Shoppings Recife e RioMar e em São Paulo. “Falarei sobre como percebi que podia mudar a minharealidade e a realidade de todas aquelas pessoas (da sua cidade)”, afirma. Mércia promete comentar ainda sobre como venceu o desafio de tirar as mulheres de casa para trabalhar. Atualmente, a MM emprega majoritariamente mulheres.

“Chegamos até aqui, queremos mais, podemos sonhar mais, realizar mais, ser o agente multiplicador de pessoas e instituições dedicadas a construir, para este país e sua gente, o futuro que merecem”, afirma a diretora-geral da Faculdade Integrada de Pernambuco (Facipe) e da Faculdade Tiradentes (Fits), Vanessa Piasson.

Programação

8h: Welcome Coffee e Networking

8h45: Talk Show

Vanessa Piasson – Diretora geral Faculdade Integrada de PE

Marcelo Schulman – Presidente Vitaderm / SP

Mercia Moura – Diretora Marie Mercié

10h15: Intervalo

10h30: Palestra Magna – Luiza Helena Trajano – Magazine Luiza

11h: Bate-papo com a platéia

11h30: Desfile Marie Mercié com renda revertida para o projeto Sarepta

Inscrições: https://www.sympla.com.br/olhar-feminino-advb-pe-2018__246612

Sérgio Cabral é condenado mais uma vez


O juiz federal Marcelo Bretas considerou  o ex-governador do Estado do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB)culpado de cinco crimes de lavagem de dinheiro através da compra de joias, que serviriam para ocultar valores obtidos nos esquemas criminosos de Cabral. Foi a quinta condenação do político em processos da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Com a nova sentença – a 13 anos e 4 meses de detenção – as penas contra Cabral já chegam a um total de 100 anos de prisão. O valor dos recursos lavados através da compra de joias chega a 4,5 milhões de reais, segundo a sentença de Bretas, e teriam origem em pagamentos de propina feitos pela empreiteira Andrade Gutierrez. O emedebista também deverá pagar uma multa no valor de 308.424 reais.

A empreiteira teria pago ao ex-governador por vantagens indevidas na expansão do Metrô, na reforma do Estádio do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014, na urbanização do Complexo de Manguinhos e na construção do Arco Metropolitano. Segundo uma das delatoras do processo, cerca de 1,2 milhão de reais foram pagos em dinheiro vivo, em seis parcelas de 200.000 reais.

adriana_ancelmo_presa
Adriana Ancelmo, ex-primeira dama do Rio Foto: divulgação

Na sentença, o juiz Marcelo Bretas retomou um momento tenso do depoimento de Sérgio Cabral neste processo, quando o ex-governador citou os negócios da família do magistrado no ramo de bijuterias para argumentar que este deveria saber que “não se lava dinheiro comprando joias”. Para o juiz da Lava Jato no Rio, “fato é que se trata de modalidade clássica de lavagem de dinheiro, afinal joias são bens valiosos, pequenos e de fácil ocultação”.

Bretas também respondeu que, como sustentou o Ministério Público Federal (MPF), o processo não apura como os réus gastaram os valores frutos do esquema criminoso, mas como agiram para ocultá-los. “Ressalto que não se está aqui a punir o uso do produto do crime ou o ‘gastar o dinheiro do crime’, diferente do que querem fazer crer as defesas de Adriana Ancelmo, Sergio Cabral e Carlos Miranda, mas, sim, a compra dissimulada de objetos de luxo com recursos ilícitos, com o fim de ocultar sua origem criminosa”, argumentou.

O juiz relembrou o fato de Cabral ter tido altas votações para os cargos públicos que disputou ao longo de sua trajetória política como um fato negativo para aumentar sua pena no processo, uma vez que ele “optou por agir contra a moralidade e o patrimônio públicos, a despeito de tamanha responsabilidade social”. Ele também questionou os “motivos do crime”, criticando o fato do ex-governador “visava a desfrutar de vida regalada e nababesca, o que vai muito além da mera busca por dinheiro fácil”.

Com a nova condenação, a situação de Cabral não se altera: o ex-governador continua preso preventivamente em Curitiba, depois que o MPF acusou favorecimentos a ele na Cadeia Pública de Benfica, no Rio de Janeiro, e poderá recorrer ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2).

Além do emedebista, foram condenados no processo a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo (dez anos e oito meses de prisão, multa de 308.424 reais) e os operadores financeiros do esquema Carlos Miranda (oito anos e dez meses, multa de 256.296 reais) e Luiz Carlos Bezerra (quatro anos, multa de 86.880 reais).

Itabuna: projeto visa envolver a comunidade acadêmica na gestão do município


O prefeito Fernando Gomes discutiu, no último dia 26, em seu gabinete, a implementação de uma Fundação de Amparo à Pesquisa, Ensino e Extensão de Itabuna (FAPEXI).  O projeto, pensado após Itabuna ter ganhado o título de cidade universitária, visa envolver a comunidade acadêmica na gestão do município. A ideia sugerida é convida-los a estudar a população e os bairros do município a fim de traçar um diagnóstico científico e, na sequência, trabalhar soluções para uma melhor qualidade de vida dos itabunenses. 

Para o Prefeito Fernando Gomes, esta será uma excelente oportunidade em benefício do município. “Se implementada, será a primeira Fundação deste gênero a ser fomentada por uma gestão municipal. E o mais importante é que os alunos passarão a ser um instrumento de políticas públicas voltadas para a melhoria da qualidade de vida dos itabunenses”, comentou. Para tanto, será nomeada, neste momento inicial, uma comissão para estuda-la.

Fizeram parte da reunião, além do Juiz Antônio Hygino Filho, o professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Fernando Soares, o vereador Robinho Sá, o Secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente Jorge Vasconcelos, o diretor do Departamento de Agricultura, Erlon Botelho e o Procurador Geral do Município, Luiz Fernando Guarnieri.