Ilhéus: Cipá lançará candidatura a deputado estadual


Amanhã, 24, às 19h30 min, Paulo Roberto, mais conhecido como Cipá, lançará sua candidatura a deputado estadual. O evento será realizado, na sede da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal (APCEF), localizada na Rodovia Ilhéus-Olivença, KM 0, zona sul da cidade.

O ato de lançamento será aberto ao público e contará também com a participação de pessoas interessadas em conhecer as propostas do candidato, também de lideranças, simpatizantes, amigos e apoiadores de Cipá.

Cipá – É ex-vereador do município de Ilhéus, foi servidor da Previdência Social e atualmente é auditor fiscal aposentado da Receita Federal. No legislativo ilheense elaborou diversos projetos, ainda reivindicou a implantação de um hospital na zona sul ilheense e obteve como resultado, a implantação do Centro de Saúde Avançado no bairro Hernani Sá, hoje ainda em funcionamento.

Folclore brasileiro


A homenagem de Fabrício Gomes e do Carvalho News aos Folcloristas que tanto fazem por amor e com muita garra, valorizando nossa cultura.

 

Julgamento da médica Kátia Vargas é anulado


A 2ª Turma da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) realizou uma análise  do julgamento que absolveu a médica Kátia Vargas Leal Pereira, na tarde do último dia 16. Por 2 votos a 1, o órgão optou pela anulação do Tribunal do Júri realizado em dezembro do ano passado.

Votaram com a acusação do Ministério Público da Bahia (MP-BA) o relator e o revisor do processo, os desembargadores José Alfredo Cerqueira da Silva e João Bosco de Oliveira Seixas. O voto oposto foi do desembargador Mário Alberto Hirs.

A defesa poderá entrar ainda com recurso no próprio TJBA. Apesar de cinco desembargadores integrarem a 2ª Câmara Criminal, apenas três deles participam do rito de apelação. Desta maneira, as desembargadoras Nágila Maria Sales Brito e Inez Maria Brito Santos Miranda não participaram do julgamento desta tarde.

 

LDO 2019 recebe vetos do governo


A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019, que havia sido aprovada pelo Congresso Nacional, sofreu veto do governo em 18 dos seus dispositivos. Entre os trechos vetados está o que corrigia despesas da educação pela inflação e da saúde, pela inflação e evolução da população. Também ficou de fora um parágrafo que tratava de gastos de instituições de ensino com fontes próprias de recursos e o trecho que cobrava um Projeto de Emenda à Constituição (PEC) para alterar a regra de ouro.

Entre os vetos estão os trechos que previam que despesas do Ministério da Educação e gastos com assistência social deveriam ser corrigidos conforme a inflação. Também foi vetado trecho que previa que ações e serviços públicos de saúde deveriam ser atualizados em 2019 pela inflação acrescida da taxa de crescimento populacional estimada pelo IBGE para o ano de 2018.

Outro veto está no polêmico trecho da LDO que poderia cortar recursos de programas com financiamento próprio de instituições de ensino. Na prática, isso permitira que as universidades públicas usassem receitas próprias para bancar gastos fora do teto.

Nesse tema, o trecho vetado diz que “não serão consideradas” as “despesas financiadas por meio de receitas próprias, de convênios ou de doações, quando forem relacionadas à execução de projetos ou atividades, contratos ou convênios direcionados ao apoio e desenvolvimento de pesquisa científica e tecnológica; à manutenção e ao desenvolvimento do ensino; a programas de pós-graduação e extensão; à realização de exames educacionais; bem como à avaliação, ao monitoramento e à realização de estudos e pesquisas para o desenvolvimento de políticas educacionais”.

O governo também vetou a exigência de que seja enviada uma PEC para ser alterada a regra de ouro. Na Câmara, já existe uma PEC em tramitação, apresentada pelo deputado Pedro Paulo (DEM-RJ), sobre o tema.

Itacaré: prefeitura discute com Funasa sobre PMSB


No último dia 14, representantes da Prefeitura de Itacaré se reuniram com o presidente da Fundação Nacional de Saúde, Rodrigo Sérgio Dias, em Brasília, para tratar da conclusão do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) e convalidação do convênio entre o município e Funasa. Na ocasião, os secretários municipais de Administração e Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Itacaré, Júnior Andrade e Ademar Sá, respectivamente, solicitaram não somente a prorrogação do prazo para a conclusão do PMSB, como também o apoio técnico e financeiro da Funasa para a finalização do plano. A audiência contou ainda com a presença do deputado federal Márcio Marinho (PRB).

No ofício protocolado na Funasa os representantes da Prefeitura de Itacaré destacaram a importância do município concluir seu PMSB como instrumento fundamental para seu desenvolvimento sustentável e ressaltaram os reflexos positivos que a implementação do plano trará para a saúde pública do município. Também confirmaram o compromisso do prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, de concluir e ampliar o PMSB para garantir muito mais saúde para os itacareenses e turistas.

O Plano municipal está sendo elaborado pelas prefeituras de todos os municípios do país e aprovado pelo Governo Federal para que eles possam receber recursos para obras de saneamento. Além disso, o PMSB abrange quatro áreas: serviços de água, esgotos, resíduos sólidos e drenagem das águas pluviais urbanas. O Plano municipal deve garantir a promoção da segurança hídrica, prevenção de doenças, redução das desigualdades sociais, preservação do meio ambiente, desenvolvimento econômico do município, ocupação adequada do solo, e a prevenção de acidentes ambientais e eventos como enchentes, falta de água e poluição.

Itabuna: área externa do Centro Comercial recebera nova ordenação


A Prefeitura Municipal de Itabuna transferiu todas as barracas da área externa para um novo espaço dentro do Centro. O objetivo é melhorar o visual da área externa do Centro Comercial e ao mesmo tempo oferecer melhores condições de trabalho para os comerciantes que possuíam barracas no local. De acordo com o Diretor de Indústria e Comércio, Tarciso Soares, a ideia foi aproveitar muitos boxes que estavam abandonados no interior do Centro Comercial.

Califórnia

Dando continuidade ao trabalho de implementação de melhorias nas feiras livres de Itabuna, a Prefeitura Municipal está realizando uma série de ações na feira do bairro Califórnia. A ideia é melhorar a estrutura do local realizando serviços, como reforma dos banheiros, de acessibilidade e melhorias das vias de acesso.

Tenor Emanuele Servidio se apresentará em São Paulo


O tenor se apresentará no dia 18 de agosto de 2018, sábado, às 20h, no Teatro Gamaro (Rua Dr. Almeida Lima, 1176) localizado na Mooca, um dos bairros com a maior concentração de imigrantes italianos de São Paulo.  O programa do espetáculo Dall’Itália con Amore traz um repertório com músicas do cancioneiro popular. Entre elas: El dia que me Quieras e Por una Cabeza;  as líricas  Santa Lucia e La Bohème, até as aguardadas, Nessun Dorma e Granada, entre outras.

Emanuele Servidio, jovem tenor de 34 anos, durante a sua carreira protagonizou três grandes concertos Verdianos, na Guatemala e na Nicarágua. Estreou o papel de Rodolfo no Teatro Nacional da China. E, há cinco anos, realizou o recital Nessum Dorma, em sua primeira vez no Brasil, trazido pelo SESC Ribeirão Preto, interior do Estado.  “Há muito tempo o Teatro Gamaro espera uma oportunidade como esta. Trazer para São Paulo, a terceira maior cidade do mundo, um dos mais importantes tenores da atualidade. Emanuele Servidio será muito bem recebido pelo público em geral, mas, principalmente, pela comunidade italiana no Brasil que preza o talento de seus patrícios e vai se emocionar com o repertório escolhido de forma primorosa por este artista singular que domina a técnica do canto lírico em sua plenitude unido a um jeito de ser simples e carismático”, comenta Monize Sanches Bueno, coordenadora artística do Teatro Gamaro.

Enquanto o tenor se prepara para trazer um show inesquecível em São Paulo, seus fãs podem ter acesso e garantir ingressos pelo site:  http://bit.ly/dall-italia-con-amore; ou na bilheteria do Teatro Gamaro, de quarta a domingo, das 14h às 19h. Ingressos R$ 160,00 e R$ R$ 80,00.

Brasil consome mais gás natural


O consumo de gás natural no Brasil durante o primeiro semestre de 2018 cresceu 6% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) e foram divulgados hoje (14).

O levantamento reúne informações de concessionárias em 20 estados e mostram que foram consumidos 61,2 milhões de metros cúbicos por dia (m³/dia) na média do acumulado do semestre ante 57,7 milhões m³/dia no mesmo período de 2017.

O levantamento estatístico traz dados em diversos segmentos: residencial, comercial e automotivo, entre outros. Segundo o levantamento, a indústria apresentou crescimento de 3,8% no primeiro semestre do ano na comparação com 2017, com consumo médio de 27,6 milhões de m³/dia.

Já no segmento automotivo, o uso de Gás Natural Veicular (GNV) registrou alta de 10,8% no primeiro semestre. O consumo residencial cresceu 7,5% no primeiro semestre. Já o segmento comercial manteve a trajetória de recuperação no primeiro semestre, com aumento de 7,5% no consumo.

Com o início do período de seco, houve um incremento na utilização de usinas termelétricas. Com isso, a geração elétrica teve um “aumento no despacho termelétrico de 100% em junho na comparação com o mesmo mês de 2017; e alta de 18,2% no acumulado do primeiro semestre”, disse a Abegás.

Caixa promete dividir lucros com FGTS


Os investimentos feitos com recursos do FGTS resultaram em um lucro de R$ 12,46 bilhões em 2017. Metade deste valor (R$ 6,23 bilhões) será dividida proporcionalmente entre todos os trabalhadores que estavam com saldo positivo na conta vinculada em 31 de dezembro de 2017. O anúncio foi feito hoje (14) por representantes da Caixa.

A previsão é de que todos os 90 milhões de trabalhadores beneficiados tenham os valores depositados em suas contas até o dia 31 de agosto.

“A outra metade do lucro será incorporada ao patrimônio líquido do fundo, que é usado em aplicações como financiamentos de obras de saneamento, habitação e infraestrutura”, informou o secretário executivo do Conselho Curador do FGTS, Bolivar Moura Neto.

Fonte: Agência Brasil

Itabuna: cidade vai ampliar EJA em 2019


Atualmente, a Educação para Jovens e Adultos atende a cerca de 1.700 alunos em toda a cidade. O número, no entanto, ainda é pequeno, levando em consideração a quantidade de pessoas em situação de analfabetismo ou analfabetismo funcional (que reconhecem desenhos de letras e palavras, mas não conseguem interpretar um texto).

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade de Itabuna tem, em 2018, uma população de pouco mais de 15 mil pessoas nestas situações, lembrando que a população que pode ser atendida por essa modalidade de ensino são estudantes com idade a partir dos 14 anos.

Para diminuir os índices de analfabetismo, a atual gestão tem se esforçado muito. Entre 2017 e 2018, a quantidade de estudantes matriculados na EJA era de cerca de 1.300 alunos. Em 2018, esse número foi ampliado para 1.700 e, para 2019, a perspectiva da SME é de trazer para dentro da sala de aula, em 2019, 2 mil alunos. Para conseguir isso, no entanto, os desafios são muitos, pois quaisquer problemas do cotidiano transformam-se em motivo para o estudante desistir da escola: desemprego, dificuldades no trabalho, dificuldades na família, problemas no casamento, falta de recursos e de apoio, etc.

Para a assessora de Educação de Jovens e Adultos da Secretaria da Educação de Itabuna, Janaína de Oliveira Menezes, a tendência é de que o índice de analfabetismo caia já no ano que vem, isso devido ao aumento na quantidade de matrículas. Para ela, a quantidade crescente de estudantes matriculados é o resultado direto de uma série de ações articuladas, entre as quais a informatização de matrículas, adoção de postos específicos para atender a EJA, funcionamento dos postos de matrículas no turno Noturno, preocupação da prefeitura na qualificação profissional dos educadores e ampliação da quantidade de escolas aptas para a EJA.

Entre as ações complementares de fortalecimento da EJA, a secretária faz um destaque especial para os cursos de formação, especialmente os que abordam a nova Base Nacional do Currículo Comum, proposta pelo Ministério da Educação. “Os encontros acontecem pelo menos uma vez por mês e, neste momento, há que se fazer um debate sobre mudanças de currículo que melhorem também a EJA e, infelizmente, pelo menos em nível nacional, esse debate ainda é muito superficial”, disse a professora Nilmecy.

Em Itabuna, a Educação de Jovens e Adultos prevê conclusão do Ensino Fundamental num período de até seis anos. Pessoas que ainda não frequentam sala de aula ou que desejam retomar os estudos em 2019 podem buscar informações completas através do telefone (73) 3214 1402, de segunda à sexta, das 8h às 12h e das 14h às 16h.