Concurso para professores e um pregão de R$ 90 milhões na Bahia


Com o objetivo de recuperar e garantir a manutenção de prédios escolares, o Governo da Bahia está lançando um pregão eletrônico no valor de R$ 90 milhões, na área de engenharia e serviços, para a recuperação e manutenção de prédios escolares. Além disso, também serão realizados concursos públicos para professores da educação básica e da educação profissional. O objetivo é reforçar as condições pedagógicas e materiais da rede escolar, de modo que, até o final deste ano, todas as escolas da rede tenham coordenadores pedagógicos. A informação foi dada pelo governador Rui Costa, durante a abertura dos trabalhos legislativos da Assembleia Legislativa, ontem (3) pela manhã.

“Para reforçar as condições pedagógicas e materiais da nossa rede escolar, vamos fazer concurso para professores que vão atuar na educação básica e na educação profissional. É nossa meta que, até o final do ano, todas as escolas da rede tenham coordenadores pedagógicos e para isso vamos relocar os nossos profissionais especializados. Acabamos de lançar um pregão eletrônico no valor de R$ 90 milhões, na área de engenharia e serviços, para assegurar a recuperação e a manutenção dos nossos prédios escolar”, disse.

governador da Bahia Rui Costa
Governador da Bahia Rui Costa Foto: divulgação

Costa destacou, durante a mensagem, o lançamento do Programa Mais Futuro, direcionado aos jovens cadastrados nos programas sociais do governo federal por meio do CadÚnico, cuja renda familiar é baixa, e que estão nas universidades estaduais da Bahia. “Nós identificamos que havia uma evasão grande desses alunos simplesmente pela dificuldade de assegurar a sua manutenção material”, disse Rui. A bolsa tem valor de R$ 300 para aluno que mora até 100 Km de distância da instituição de ensino, e de R$ 600 para aquele que mora a mais de 100 km da unidade de ensino.

A Poderosa Ísis merece uma releitura


Momento Retrô (2)

Os Segredos de Isis ou A Poderosa Isis, como foi batizado aqui, era um seriado de TV que foi ao ar originalmente entre 1975 e 1976. Com 22 capítulos, produzidos pela Filmation, teve como protagonista, a atriz Joanna Cameron.

De acordo com o enredo, Andrea Thomas (Cameron) é uma professora de Ciências e arqueóloga amadora que encontra um amuleto que teria pertencido a uma rainha egípcia. Para se transformar em heroína bastava estar de posse do artefato e pronunciar as palavras mágicas “Poderosa Isis”, e pronto ganhava superpoderes.

Habilidades especiais

A heroína apresenta uma vasta gama de poderes, normalmente invocados através de encantamentos.  Ela pode voar recitando “O zephyr ventos que sopram em alto / Levante-me agora para que eu possa voar.”; força sobre-humana, comando dos elementos (terra, ar, fogo e água) e controle do tempo.

Também pode controlar a densidade molecular de seu corpo e outras matérias, passando-se através das paredes, e em um exemplo, fazendo com que um carro passe ileso através de um graduador de estrada. Isis pode adivinhar o passado recente, que se manifesta para o espectador na jóia de seu diadema. A heroína pode influenciar coisas vivas, incluindo árvores e animais, para aparecer e desaparecer à vontade. Ela pode aumentar a gravidade local, e parar e inverter o fluxo de tempo.

As habilidades super-humanas de Isis são limitadas quando em sua forma Andrea Thomas. Ela ainda é capaz de se comunicar telepaticamente com seu pássaro de estimação, Tut, e em um exemplo, o reflexo da luz fora de seu amuleto restaurou uma memória esquecida para uma pessoa.

Joanna Cameron encerrou sua carreira como atriz em 1980, depois produzir e dirigir o longa-metragem Blue Angels in Razor Sharp (1982). Ela se tornou enfermeira, atuando durante muitos anos na profissão. Em seguida, passou a trabalhar com Marketing para vários hotéis no Havaí.

 

Emenda pode reduzir a idade mínima para aposentadoria


As regras para a aposentadoria podem sofrer uma importante reviravolta. A base aliada do presidente Michel Temer na Câmara está finalizando um texto alternativo ao apresentado pelo Executivo, flexibilizando consideravelmente a Reforma da Previdência. Na contramão do que quer o governo, a emenda reduz a idade mínima para aposentadoria, mantém o pagamento integral das pensões e acaba com a regra de transição. Encabeçada pelo deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o texto tem o apoio de parlamentares do PSD, PR, PP e PTB, que integram a base de Temer no Congresso, além do PCdoB, que é oposição.

O texto reduz a idade mínima de 65 anos para 60 anos aos homens e 58 anos para as mulheres. A adoção de 65 anos para aposentadoria na iniciativa privada e no serviço público vem sendo tratada como “elemento-chave” pelo governo, em especial, pelo ministro Eliseu Padilha (Casa Civil), que coordenou a proposta apresentada ao Congresso.

Outra mudança que está sendo feita pelos deputados é quanto ao pagamento de pensões. A proposta do governo acaba com o repasse integral às viúvas. O valor mínimo previsto é de 60% do benefício calculado e aumenta a depender do número de dependentes, até atingir os 100%. Na emenda dos parlamentares, a pensão se manterá integral, não podendo, entretanto, ultrapassar o teto.

previdenciaJBA_64933

Os deputados querem, ainda, acabar com a regra de transição estabelecida. Pela proposta original, homens acima de 50 anos e mulheres acima dos 45 anos entrariam na regra, pagando um pedágio para se aposentar: aplica-se acréscimo de 50% sobre o tempo de contribuição que resta com base na regra antiga. Por exemplo, se faltam 10 anos para se aposentar, esse trabalhador teria que trabalhar 15 anos. Na emenda liderada por Paulinho, o pedágio passa a ser de 30% sobre a idade ou tempo de contribuição, o que for melhor para o trabalhador. Esta transição vale para todos os empregados que já estão no mercado de trabalho, sem o corte de idade, como estabelece o texto do governo.

A emenda substitutiva ao texto está sendo construída por 20 deputados. Além de Paulinho, são autores da proposta os deputados Aelton de Freitas (PR-MG), Rogério Rosso (PSD-DF), Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), Orlando Silva (PCdoB-SP), entre outros.

O presidente Michel Temer já foi avisado por parlamentares sobre as mudanças. Tentou manter a idade mínima em 65 anos ou, ao menos, garantir uma redução menor do que a que está sendo proposta pelos deputados. Por enquanto, no entanto, não houve acordo. Em meio às negociações para a eleição do presidente da Câmara, estão sendo coletadas assinaturas para protocolar o texto.

SSP e Saeb promoverão pesquisa sobre sensação de segurança


Uma parceria firmada entre as secretarias da Segurança Pública (SSP) e da Administração (Saeb), juntamente com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (Sei), realizará uma pesquisa domiciliar para saber a visão da população sobre a sensação de segurança no estado e a confiabilidade na polícia baiana. A ideia é entrevistar cerca de 2.300 residências começando pela capital e Região Metropolitana de Salvador, e em seguida chegar ao interior do estado.

O ouvidor-geral da SSP, Edmundo Assemany, explicou que a pesquisa visa a preencher os quatro indicadores firmados pelo Plano Estadual de Segurança Pública (Planesp) (credibilidade, confiabilidade, satisfação e sensação de segurança). “Nós estamos convocando os cidadãos para participarem da segurança, fazer com que eles tenham voz e que possam nortear as melhorias que estamos buscando”, informou.

seguranca_publica_casal_160712
Foto: divulgação

O formulário apresentará cerca de 20 perguntas e, além de questionamentos sobre a segurança pública, também buscará informações sobre faixa etária e questões socioeconômicas. O coordenador de Pesquisas Sistemáticas Especiais da Sei, Jônatas do Espírito Santo, explica que a casa sorteada para a realização do estudo receberá uma carta informando que foi escolhida. Em seguida, um profissional capacitado e devidamente identificado fará a entrevista. “Ouvir o cidadão e entender sua percepção em relação aos serviços da segurança são de extrema importância, por isso, buscaremos realizar essa pesquisa da melhor forma possível”, destacou.

A Saeb, através do Conselho de Qualidade do Serviço Público (Conquali), que tem como principal foco a qualidade do serviço público, vai gerir a realização da pesquisa. A diretora de Gestão de Qualidade, Juliana Cavalcante, acredita que essa parceria vai trazer ótimos resultados para a segurança pública. “Esse tratado vai fundamentar melhorias para a população. É nosso dever trazer as pessoas para mais perto do estado e buscar soluções para as suas necessidades”, afirmou.

Ilhéus: Jornada Pedagógica será na primeira semana de fevereiro


“Educação: desafios, compromisso e possibilidades para a vida” será o tema da Jornada Pedagógica 2017 de Ilhéus. O evento será realizado pela Secretaria de Educação (Seduc) de Ilhéus, de quarta-feira (01), até sexta-feira, dia 03 de fevereiro. A Jornada Pedagógica 2017 reúne todos os profissionais da rede de ensino do município. A abertura oficial do evento acontece na manhã desta quarta-feira, a partir das 9 horas, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães.

O prefeito Mário Alexandre e o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal, participam do primeiro dia da Jornada. Segundo informação da secretária de Educação, Eliane Oliveira, nos dias 02 e 03 de fevereiro, as atividades prosseguem nas próprias escolas da rede municipal, sempre no horário das 8h30min às 12 horas e das 13h30min às 17 horas.

jornanda pedagógica (1)
Jornada Pedagógica 2016 Foto: Ascom Ilhéus

O objetivo do evento é partilhar ideias, ensinar e aprender de forma coletiva, promovendo o fortalecimento do processo educativo, voltado para professores, orientadores pedagógicos, supervisores educacionais, diretores e vice-diretores, secretários e colegiados escolares. A programação prevê ciclo de palestras, orientações pedagógicas, momento cultural e apresentação do cronograma pedagógico do ano letivo e da nova equipe diretiva da Seduc.

Destaque– A palestra de abertura, sobre o tema central “Educação: desafios, compromisso e possibilidades para a vida”, será proferida pelo professor Claudio Castro Sanches, na manhã do dia 01 de fevereiro, no Centro de Convenções.

Record decide que Cidade Alerta não terá mais exibição obrigatória


Cidade-Alerta-record

A Record decidiu acatar um pedido das afiliadas em todo o Brasil. Em um comunicado emitido internamente às emissoras que retransmitem seu sinal, foi anunciado que a partir de agora o “Cidade Alerta”, apresentado por Marcelo Rezende, não é mais um programa de rede.

Automaticamente a exibição nacional e obrigatória por suas afiliadas não é mais necessária. Porém, a Record fez isso impondo uma condição. Todas as emissoras que decidirem não exibir o policialesco terão de criar uma versão própria do programa.

A emissora dos bispos só ouviu os apelos de suas emissoras devido as constantes baixas na audiência. As reclamações existiam aos montantes, já que era alegado que a atração só dava importâncias para as notícias de São Paulo, e que isto prejudicava o restante das praças, que perdiam com facilidade para as novelas da tarde do SBT. Com a decisão, assim como acontece com as versões do “Balanço Geral SP”, a exibição não é mais uma exigência.

Aproximadamente 1,2% das contas do FGTS detém 50% do saldo inativo


Quem possui uma ou mais contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviços (FGTS) aguarda atentamente a determinação do Governo Federal para sacar esse valor. O banco Santander elaborou estudo, com base em dados do FGTS e outros indicadores econômicos. Segundo essa pesquisa, apenas 1,2% das contas inativas do FGTS – cerca de 100 mil cotistas – têm saldo superior a R$ 17,6 mil que, somados, respondem pela grande parcela de R$ 20 bilhões depositados. O montante é praticamente a metade de todo o saldo inativo do Fundo, que soma R$ 41,4 bilhões.

Ao mesmo tempo, outros 94% dos cotistas têm saldo entre zero e R$ 3,5 mil. Somado, esse grupo majoritário em número de trabalhadores responde pela parcela minoritária de 17% dos depósitos. Essa grande concentração de recursos na mão de poucos trabalhadores limita o impacto da liberação dos recursos sobre a demanda e o pagamento de dívidas, diz o banco espanhol: “Essa distribuição é ainda mais heterogênea que a observada na renda real. Em 2015, 1% do topo recebeu cerca de 10% do rendimento total do trabalho, Previdência e transferências sociais.”.

Para o Santander, o grupo de trabalhadores mais rico que possui metade do fundo não deve usar o dinheiro majoritariamente no consumo. “Eles parecem menos inclinados a usar os recursos seja para consumo ou redução da dívida. Ao invés disso, parece mais provável que simplesmente direcionem esses recursos para opções mais vantajosas de investimento”, dizem os analistas do banco.

saques-das-contas-inativas-do-fgts-devem-ser-liberadas-a-partir-do-mes-de-marco

Dívidas

O uso do dinheiro das contas inativas do FGTS para pagar dívidas deverá ter efeito “desprezível” sobre o comprometimento da renda e inadimplência. A previsão é do banco Santander. Mesmo na hipótese altamente improvável de que todos os recursos sejam destinados ao pagamento de dívidas, o impacto seria “limitado”. Um das razões é a concentração do saldo das contas na mão de poucos trabalhadores: 1% tem praticamente 50% do que será liberado. A concentração limita o impacto sobre demanda e endividamento, cita o banco.

Além de avaliar o impacto sobre o consumo, a equipe de economistas do Santander também projeto o impacto da liberação de R$ 41,4 bilhões das contas inativas do FGTS sobre o endividamento das famílias.

No caso extremo e improvável em que trabalhadores usassem todo o dinheiro inativo para quitar dívidas, o comprometimento da renda das famílias cairia até 0,60 ponto porcentual e a inadimplência diminuiria até 0,15 ponto.

“Dado que o efeito máximo é tão limitado, o impacto efetivo seria bem pequeno e definitivamente não mudaria o cenário”, dizem os analistas do Santander liderados pela economista Adriana Dupita. Para o banco espanhol, o possível impacto do uso do FGTS para quitar dívidas é “desprezível”. “Mesmo com a premissa extrema, o efeito máximo ficaria longe de ser considerado significativo”, dizem os analistas.

Nesse cenário improvável, o comprometimento da renda das famílias com dívidas cairia de 22,2% em novembro para algo próximo de 21,6%. Já a inadimplência cairia do patamar de 4,1% para 3,95%.

Fonte: O Estado de S. Paulo.

Itabuna: Jovem de 12 anos é espancado e pai é o principal suspeito


Mais um caso de violência contra menor. O pedreiro Ivanildo de Jesus da Silva, de 43 anos, foi preso no último domingo (29), suspeito de espancar o próprio filho de 12 anos, com uma mangueira de nível, no município de Itabuna, sul da Bahia.

De acordo com informações da Polícia Militar, o adolescente sofreu diversas lesões no corpo e foi socorrido com cortes nas costas, nos braços e no pescoço ao Hospital Pediátrico Manoel Novaes, no mesmo município, onde ficou internado.

paiespanca
Menor é espancado em Itabuna (BA) Foto: divulgação

Ainda segundo a polícia, na manhã desta segunda-feira (30), o jovem teve alta da unidade de saúde e realizou exame de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região.

A mãe do menino disse que  o marido a mandou lavar os pratos, “mas estava com cólicas, sentindo muitas dores, então mandei o menino, mas ele demorou, estava assistindo televisão, por isso, pai não gostou e começou a bater no menino”, revelou a esposa em depoimento.

O pai do adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Itabuna, onde foi autuado por crime de tortura, e está à disposição da Justiça. Não há informações sobre o que teria levado o suspeito a agredir o filho. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Seleção do REDA oferece 7.665 vagas para professores na Bahia


A Secretaria da Educação da Bahia e o Instituto Brasil de Educação (IBRAE) firmaram contrato para a execução de um novo processo seletivo para Professor do Estado, pelo Regime Especial de Direito Administrativo – REDA.

O IBRAE será o responsável pela prestação dos serviços técnicos especializados para planejamento, desenvolvimento, execução, aplicação  e entrega de resultados desta nova seleção, que ofertará 7.665 vagas de Professor.

O Instituto receberá pelos serviços prestados o valor referente à taxa de inscrição: cada candidato que concorrer às vagas de nível superior pagará R$ 38,00 e os de nível médio, R$ 29,00. A vigência do contrato será de 180 dias a contar da data de sua assinatura.

O vencimento básico para Professor da Educação Básica e da Educação Profissional (nível superior) na época foi de R$ 962,98, acrescido da Gratificação da Função Temporária, no valor de R$ 300,25, totalizando uma remuneração de R$ 1.263,23. A função de Professor Indígena tem subsídio de R$ 986,61.

Para todas as funções ainda estava previsto o acréscimo, por dia útil trabalhado, de auxílio transporte e, de forma facultativa, a assistência médica do Estado somente para o titular, mediante contribuição mensal. A carga horária semanal dos profissionais será de 20 horas.

A seleção consistiu em prova objetiva, prova discursiva (para as funções de nível superior e de caráter apenas classificatório para a função de nível médio) e prova de títulos (para as funções de nível superior). O prazo de validade do processo foi de um ano, podendo ser prorrogado uma vez.

processoprofessor

Sobre o IBRAE

O Instituto Brasil de Educação (IBRAE) é uma instituição sem fins lucrativos, cujas finalidades e objetivos sociais são a educação, o ensino, o conhecimento e o trabalho ganham significativa importância. Atua na realização de concursos, tanto públicos quanto privados, além de processos seletivos em diversas áreas.

Três seleções públicas realizadas pelo IBRAE nos últimos dois anos constituem sua experiência atual: o concurso em andamento do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá – IFAP, o concurso para o quadro da UEG e o processo seletivo de residência médica do Hospital Santa Marta.

Também atua no recrutamento de estagiários, por ter se credenciado nos órgãos competentes, e na graduação, uma vez que aguarda autorização do MEC para oferecer três cursos: Administração de Empresas, Relações Internacionais e Gestão Ambiental. Nessa perspectiva, o IBRAE também planeja oferecer cursos de pós-graduação. Saiba mais em: http://www.ibrae.com.br

As informações constam no Diário Oficial do Estado da Bahia, em 28 de janeiro de 2017, seção de “Licitações”: http://diarios.egba.ba.gov.br/html/_DODia/DO_frm0.html .

São Paulo: Mostra “As Cores do Sagrado” está na Caixa Cultural


A exposição As Cores do Sagrado traz para a capital paulista 50 aquarelas inspiradas nas tradições e na religiosidade do candomblé, feitas pelo pintor Carybé. A mostra expõe registros de vivências pessoais do artista nos terreiros que frequentou na Bahia.

Carybé nasceu na Argentina, mas viveu no Rio de Janeiro e tinha uma ligação especial com a Bahia. Foi um dos mais produtivos e inquietos artistas que viveram no Brasil. Além de pintor, foi escultor, ilustrador, desenhista, cenografista, ceramista, historiador, pesquisador e jornalista. Morreu em 1997.candomble3

Uma de suas principais obras, que faz parte da mostra em São Paulo, é Mãe Senhora, sobre a famosa mãe de santo baiana, de quem Carybé foi amigo. Na imagem, são retratadas também a religião e os rituais.

camdomblé2
Imagens da internet

No geral, a seleção de aquarelas privilegia a sintonia entre a técnica e as fases do artista. As obras foram produzidas por Carybé entre 1950 e 1980. A curadoria da exposição é assinada pela filha do artista, Solange Bernabó.

As Cores do Sagrado passou por Salvador, Recife e Rio de Janeiro. A mostra fica em cartaz na Caixa Cultural, Praça da Sé, no centro, até 28 de fevereiro. Funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 19h. A entrada é gratuita.