Criador do Capitão R.E.D., lança novos projetos em quadrinhos nacionais


Reunião de super-heróis brasileiros e superequipe sombria estão entre os planos futuros.

14284862_1377306838965251_574432211_o

O roteirista Elenildo Lopes não para. Depois de criar o herói brasileiro Capitão R.E.D. em 2012 e lançar neste ano o projeto inédito Protocolo: A Ordem, que reúne mais de 20 super-heróis nacionais numa mesma história, o autor lança novos projetos para balançar o mercado nacional de quadrinhos.

Lopes aproveitou as Olimpíadas realizadas no Rio de Janeiro para anunciar seu mais novo super-herói, Velox, que também é um atleta olímpico. A novidade no personagem é que ele é o primeiro personagem solo assumidamente homossexual nos quadrinhos brasileiros. Passado o furor esportivo, o criador arregaça as mangas e anuncia seus planos futuros.

Para começar, ele retoma o antigo projeto A Ordem, que esteve em captação de recursos no Catarse no ano de 2014, mas não alcançou o valor estipulado. “Mesmo não atingindo a quantia proposta, tivemos um bom alcance midiático em todo o Brasil. Por isso, o projeto foi reformulado e relançado em 2015 como a HQ Protocolo: A Ordem. Desta vez, superamos a meta”, relembra Lopes.

Com a boa aceitação da revista, o autor decidiu tirar sua ideia original da gaveta, rebatizando-a como A Primeira Ordem. “Novamente, a revista trará a reunião dos maiores e mais clássicos super-heróis brasileiros atuando em conjunto numa novíssima saga cósmica. Mas a história se passará após os eventos em Protocolo: A Ordem” explica ele. Inicialmente, a publicação terá 80 páginas, mas esse número pode subir para 100, dependendo da arrecadação atingida.

A revista será impressa em formato americano (16 cm x 25 cm), capa cartonada com brilho e papel com gramatura de 170g. Dependendo do valor arrecadado, o miolo pode ser colorido ou em preto e branco. O editor e idealizador do projeto será o próprio Elenildo Lopes e contará com diversos autores e seus respectivos personagens (Veja lista em anexo).

A previsão é que A Primeira Ordem seja lançada para captação de recursos em novembro deste ano no site Catarse (www.catarse.me) e, caso a meta seja atingida, a distribuição acontecerá no segundo semestre de 2017. Em um segundo momento, também estão previstos o lançamento de um jogo RPG (Role-playing Game) de A Primeira Ordem, bem como a tradução da HQ para a língua inglesa.

Um segundo projeto do autor é o lançamento da superequipe Liga Apocalíptica, que reúne alguns dos maiores e mais clássicos super-heróis sobrenaturais brasileiros. “Seria algo semelhante à Primeira Ordem, mas bem mais sombria e sobrenatural. São projetos diferentes”, define Lopes. A Liga Apocalíptica está prevista para 2017.

 

Autores participantes da HQ A Primeira Ordem com seus respectivos personagens

A seguir, uma lista dos autores confirmados no projeto A Primeira Ordem e suas respectivas criações (lista sujeita a alterações):

Rodrigo Dos Santos e Alan Pavan – Anjo Urbano
Denilson Reis – Bruce
Pedro Campos – Capitão 7
Gian Danton – Capitão Gralha
Elenildo Lopes – Capitão R.E.D
Jorge Araujo – Ciclone
Alcivan Gameleira – Corcel Negro
Daniell Abrew – Corrupião
Eloyr Pacheco – Escorpião de Prata
Mike Deodato Jr. – Flama
Heraldo Wilson – Ginasta
João Luiz Vital – Homem Trator
Altemar Domingos – Jaguara
Lincoln Nery – Jou Ventania
Gabriel Rocha – Lagarto Negro
Alan Yango – Maximus

Gedeone Malagola – Raio Negro
Luís Carlos Nunes – Supraion
Emir Ribeiro – Velta
Wellington Santos – Vulto
Equipe técnica:
Editor: Elenildo Lopes

Selo editorial: MeuHerói
Argumentos: Elenildo Lopes e Gian Danton
Roteiristas: Gian Danton e Alexandre Magno
Desenhista: Marcio Abreu

Cores: Daniel de Oliveira

Programa Criança Feliz tem orçamento de R$ 300 milhões


Em seu primeiro discurso como embaixadora do Programa Criança Feliz, a primeira-dama Marcela Temer disse hoje (5), durante lançamento no Palácio do Planalto, que os cuidados a serem dirigidos às crianças brasileiras serão importantes para o desenvolvimento do país, e que atuará de forma a mobilizar grupos com o objetivo de melhorar a vida das pessoas. Com orçamento inicial de R$ 300 milhões, o Criança Feliz foi criado pelo Ministério do Desenvolvimento Social Agrário (MDS), tendo como foco o desenvolvimento integral da criança.

Brasília - O presidente Michel Temer preside a cerimônia de lançamento do Programa Criança Feliz, no Palácio do Planalto (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Michel Temer no lançamento do Programa Criança Feliz Fotos: Antonio Cruz/Agência Brasil

Entre os seus objetivos está o de apoiar e acompanhar o desenvolvimento infantil na primeira infância até os 3 anos. No caso de crianças em situação de vulnerabilidade ou de necessidades especiais, esse apoio poderá se estender até os 6 anos de idade. O Criança Feliz ajudará também as mães e a família na preparação para o nascimento da criança, ainda na fase de gestação, e, posteriormente, com o desenvolvimento de atividades lúdicas envolvendo outros membros da família.

“Cada brasileiro, desde a gestação, importa para o desenvolvimento do Brasil. Meu trabalho será voluntário para sensibilizar e mobilizar setores da sociedade em torno de ações que possam garantir a melhoria na vida das pessoas”, disse Marcela Temer durante a cerimônia de lançamento do programa. Segundo ela, a bandeira mais relevante do Criança Feliz está voltada aos cuidados e ao estímulo ao desenvolvimento da criança durante a primeira infância, “o momento mais importante para o desenvolvimento das habilidades humanas”.

“O que nós mães percebemos instintivamente tem sido comprovado pela ciência: nós influenciamos a crianças nos seus primeiros anos de vida. Cercada de carinho, uma criança terá mais possibilidade de aprendizado quando chegar à escola e será um adolescente mais preparado para a vida”, acrescentou.

De acordo com o MDS, o Criança Feliz tem como público-alvo gestantes, crianças de até 3 anos e suas famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família; crianças de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e suas famílias; e crianças de até 6 anos afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medidas de proteção.

Brasília - O presidente Michel Temer preside a cerimônia de lançamento do Programa Criança Feliz, no Palácio do Planalto (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Cerimônia de lançamento do Programa Criança Feliz 

A participação das famílias no programa está condicionada à manutenção atualizada do cadastro único, principalmente quando há grávidas e crianças de até 3 anos na família. As ações do programa serão executadas de forma descentralizada e integrada. Será, portanto, necessária a adesão também das unidades federativas – estados, municípios e o Distrito Federal. Um comitê gestor ficará responsável por estruturar, elaborar e implementar as estratégias de promoção do desenvolvimento infantil integrado.

O acompanhamento pelas equipes do Criança Feliz será feito por meio de visitas domiciliares às famílias participantes do Programa Bolsa Família. Formada por profissionais de áreas como saúde, educação, serviço social, direitos humanos e cultura, essas equipes ficarão encarregadas de dar aos beneficiários orientações visando ao fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

Fonte: Agência Brasil

Itapé: Eliana Trindade lança livro que ensina você a reconhecer sua própria beleza


O objetivo da obra é ajudar as pessoas, principalmente as cristãs, a se perceberem bonitas em suas singularidades.

elianalivrofoto
A autora Eliana Trindade     Foto: divulgação

O livro “Sou uma pessoa bonita” nasceu da necessidade de comunicar as pessoas o quanto elas são bonitas em suas particularidades. Nele, a autora Eliana Trindade destaca que a certeza da própria beleza se apresenta como um desafio na atualidade, pois a sociedade prega o contrário.

Um dos grandes diferenciais desta bela obra é sua abordagem diferenciada (toda baseada na Bíblia). Sou uma pessoa bonita é composto por oito capítulos baseados em versículos bíblicos que tratam de imagem, aparência, corpo, beleza, satisfação pessoal e comparação, dentre outros.

De acordo com Eliana Trindade, o objetivo é ajudar, principalmente aos cristãos, a se perceberem bonitos em suas singularidades. “Não escrevo para pessoas que se acham belas por uma questão de simetria, peso, tamanho ou cor, mas para as que são bonitas, de fato, porque são filhas amadas de Deus”, garante.

Sou uma pessoa bonita

Lançamento: dia 08 de outubro

Horário: 15h às 17h

Local: Câmara de Vereadores de Itapé

Entrada: um quilo de alimento não perecível

Brasil é o quarto maior produtor de resíduos


A quantidade de resíduos sólidos urbanos gerada no país em 2015 totalizou 79,9 milhões de toneladas, 1,7% a mais do que no ano anterior. No período, foi registrado também aumento de 0,8% na produção per capita de resíduos sólidos: de 1,06 quilo (kg) ao dia em 2014, para 1,07 kg ao dia em 2105. Os dados foram divulgados hoje (4) pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe).

“O resultado coloca o Brasil como o quarto maior gerador de resíduos sólidos no mundo, é muita coisa, e o que nós percebemos é uma rota ascendente, que tem vindo dessa forma na última década, e que ainda não demonstrou uma linha de reversão. É um dado preocupante”, disse o diretor presidente da Abrelpe, Carlos Roberto Vieira.

residuos

De acordo com o levantamento, houve uma leve melhora nos números sobre a destinação final dos resíduos sólidos. Em 2015, 58,7% do lixo produzido foi destinado para locais adequados, como aterros sanitários. Em 2014, esse índice foi 58,4%. No entanto, os dados mostram que cerca de 60% das cidades brasileiras ainda destinam seu lixo inadequadamente, ou seja, para lixões ou para os chamados aterros controlados.

“Uma das pistas que temos para explicar esse problema, essa nossa deficiência e porque temos levado tanto tempo para avançar, está no volume de recursos aplicados no setor de resíduos sólidos, que em 2015 foi de R$ 10 por habitante por mês para fazer frente a todos os serviços de limpeza urbana”, ressaltou Vieira.

Os serviços de coleta mantiveram o alto índice observado nacionalmente nos anos anteriores, de 90,8%. No entanto, ainda persistem as diferenças regionais: no Sudeste, 97,4% do lixo produzido é coletado; em seguida vêm as regiões Sul (94,3%); Centro-Oeste (93,7%); Norte (80,6%); e Nordeste (78,5%).

Neta e avô são um casal


Uma recém-casada de 24 anos, que mora em Miami, na Florida, Estados Unidos, descobriu três meses depois de casar que o homem de 68 anos com quem havia se unido é seu avô paterno. A descoberta ocorreu ao olhar álbuns da família do marido e “dar de cara” com o próprio pai nas fotos, segundo o “The Sun”.

O casal se conheceu através de um site de namoro. O homem, que não quis se identificar, é milionário e buscava uma companheira. “Eu senti algo estranho quando vi as fotos. Foi como um deja vu, mas naquele momento não identifiquei por que ela parecia tão familiar”, disse ele ao “Florida Sun Post”.

hqdefault
Imagem da internet

Segundo o homem, os dois não pretendem se separar, mas fazer a relação dar certo, já que ele “fracassou” em outros dois casamentos.

Ele contou que perdeu o contato com os filhos do primeiro casamento após a separação. Já no segundo casamento, teve outros herdeiros, mas se separou em 2009 depois de ganhar na loteria.

 

Indignação de educadores em audiência da MP do Ensino Médio


A Medida Provisória (MP) do Novo Ensino Médio sofreu resistência na primeira audiência pública na Comissão de Educação na Câmara dos Deputados. Entidades da sociedade civil presentes pediram a rejeição da MP, tanto pela falta de discussão quanto pelo conteúdo.

Entre os pontos mais polêmicos estão a falta de formação de professores para se adequar à nova estrutura e a incapcidade das redes de ensino, sem recursos adicionais, oferecerem várias opções a seus estudantes, o que poderá restringir a formação a algumas opções técnicas. Além da possível retirada da obrigatoriedade das disciplinas de artes, sociologia, filosofia e educação física.

Apresentada pelo presidente Michel Temer no último dia 22, a MP do ensino médio flexibiliza os currículos e amplia progressivamente a jornada escolar. A reformulação da etapa já estava em discussão na Casa, no Projeto de Lei 6480/2013, e agora volta em formato de MP, com o prazo de 120 dias para ser votada.

A previsão é que a comissão mista que ficará encarregada de emitir parecer sobre a medida seja criada amanhã. Ao todo, a MP recebeu 568 emendas, que foram consolidadas em 566.

Presentes na audiência, professores e sindicalistas interromperam diversas vezes os discursos de representantes do Ministério da Educação e dos secretários estaduais de educação. “É mentira”, “Professores não foram ouvidos”, “Não há nenhum professor ou estudante na mesa” foram alguns dos gritos. As interrupções foram pontuais e não impediram o prosseguimento da audiência.

“Estamos perplexos ao receber uma MP para tratar desse tema. E a perplexidade é tanto quanto ao método de apresentação quanto no conteúdo, por isso as pessoas lá atrás estão muito inquietas”, diz a secretária-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Marta Vanelli. A CNTE foi uma das entidades que pediu a rejeição da MP.

1048611-041016pzzb000654
Foto: Fabio Pozzebom

Também contrário à MP, o coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, apresentou dados de pesquisas de opinião dos estudantes que apontam que os alunos querem no ensino médio justamente os conteúdos que a MP retira, como artes e educação física. Cara ressaltou ainda que a MP não prevê recursos sufientes para a ampliação da jornada.

“Em meio à crise econômica e arrecadatória, isso acaba sendo um problema que cria expectativa que não pode cumprir. A MP altera a lei do Fundeb [Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação], concentrando recursos para estados e redes estaduais, prejudicando o ensino infantil e fundamental, o orçamento dos municípios”, acrescenta.

O deputado Danilo Cabral (PSB-PE) chegou a citar a proposta de emenda à Constituição (PEC 241/16), que limita o crescimento do gasto público à inflação. “A MP [do ensino médio] diz que a União vai transferir recursos para estados em até quatro anos. Até quatro anos é o que? Pode ser um? E depois? A PEC 241 vai colocar uma trava. Como conciliar colocar um teto de gasto e o Plano Nacional de Educação?”, diz.

Novo Ensino Médio

De acordo com a medida provisória, cerca de 1,2 mil horas, metade do tempo total do ensino médio, serão destinadas ao conteúdo obrigatório definido pela Base Nacional. No restante da formação, os alunos poderão escolher entre cinco trajetórias: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas – modelo usado também na divisão das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – e formação técnica e profissional.

A medida também amplia gradualmente a carga horária do ensino médio para 7h por dia ou 1,4 mil horas por ano.

Urgência

A secretária-executiva do MEC, Maria Helena Guimarães, defendeu a urgência de uma reforma como justificativa para a edição de uma MP e ressaltou que a questão é discutida há anos. “A ideia de MP foi no sentido de coroar o processo de debate intenso que há muito se arrasta no Brasil”. Ela destacou também a importância de aprimorar a MP com o debate no Congresso.

Maria Helena diz que as disciplinas não foram excluídas e sim que a MP transferiu para a Base Nacional Comum Curricular – que está atualmente em discussão – o que deverá ser ensinado nas escolas. De acordo com o MEC, não há sinalização que os conteúdos deixarão de fazer parte do ensino médio ou que serão retirados da Base, que definirá também as diretrizes da formação dos professores.

Mais cedo, em coletiva de imprensa, Maria Helena ressaltou que a MP só será colocada em prática a partir de 2018, que isso só ocorrerá após a aprovação da Base.

Fonte: Agência Brasil

Itapé: Naeliton Rosa é o novo prefeito


Foi uma das disputas mais emocionantes dos últimos anos. Assim podemos definir a eleição para Prefeitura de Itapé (BA) de 2016. Dois candidatos fortes concorreram: Naeliton Rosa Pinto (Partido Progressita) e o delegado Humberto Matos (Partido Democrático Trabalhista). Naeliton Rosa saiu vitorioso, com 52,11% dos votos. Já Humberto Matos obteve 47,89%. Foi a vitória do “11”, como afirmaram os eleitores do novo chefe municipal, que assumira as rédeas da cidade, no primeiro dia do próximo ano. O blog dá os parabéns a Naeliton Rosa e deseja sucesso neste novo desafio.

marreta
Naeliton, prefeito eleito de Itapé durante passeata Foto: arquivo pessoal

Eli Alcântara deixa Cobra Kriada


A notícia pegou de surpresa boa parte dos fãs do grupo! O cantor Eli Alcântara, um dos vocalistas, da banda de forró Cobra Kriada, decidiu após um ano e meio dar outros rumos em sua vida profissional e partirá para carreira solo. O músico fará seus últimos shows ao lado de seus companheiros de Cobra Kriada durante o mês de outubro.

Eli Alcantara
Eli Alcântara        Foto: divulgação

Juri popular vai decidir o destino de acusados pela morte de cinegrafista


Lembra do caso do cinegrafista da TV Band morto após ser atingido por um rojão enquanto realizava a cobertura de um protesto, no Rio de Janeiro, em 2014? Pois é,  o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, no fim da tarde desta terça-feira (27), que Caio Souza e Fábio Raposo, acusados pela morte de Santiago Andrade, vão a júri popular.

De acordo com o órgão, “há indícios de dolo eventual, quando o agente, mesmo sem querer efetivamente o resultado, assume o risco” de matar. Os suspeitos, de 24 anos, estão soltos desde o ano passado, após o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) entender que eles não tiveram intenção de participar da morte. No entanto, a decisão do STJ contraria essa decisão.

Santiago Andrade
Fotos: divulgação

Eles estão respondendo por homicídio qualificado e, caso sejam condenados, podem ter que cumprir de 12 a 30 anos de prisão. Filha de Santiago, Vanessa Andrade acompanhou o julgamento em plenário na tarde desta terça-feira.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) havia pedido para a pena aumentar pelo uso de explosivo, por motivo torpe e pela impossibilidade de defesa de Santiago. No entanto, o STJ manteve apenas o uso de explosivo.