Maria da Penha marca presença em lançamento de campanha


À frente Olívia Santana e Maria da Penha Fernandes (à direita)          Fotos: Secom Bahia
À frente Olívia Santana e Maria da Penha Fernandes (à direita) Fotos: Secom Bahia
“Vá na moral ou vai se dar mal”.  Este é o nome da campanha de enfrentamento à violência contra as mulheres do Carnaval 2016, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA), que contou com a presença da madrinha Maria da Penha Fernandes. O evento, que foi realizado no Sheraton da Bahia Hotel, contou também com a presença da Secretária de Políticas para as Mulheres da Bahia, Maria Olívia Santana; da Promotora e Coordenadora do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher do Ministério Público, Márcia Teixeira; do Diretor-presidente da Bahiagás, Luís Gavazza; do Coronel Admar Fontes, Superintendente de Prevenção à vida da Secretaria de Segurança Pública; da cantora Margareth Menezes e do músico Armandinho.
Maria Olívia Santana agradeceu ao público presente e a todas/os envolvidas/os que apoiam não apenas esta campanha, mas a causa do enfrentamento à violência contra as mulheres. Ela também realizou um agradecimento especial à Maria da Penha, por ter aceitado o convite para ser madrinha da campanha, e ter vindo primeiramente à Bahia, para celebrar os 10 anos da Lei Maria da Penha.
A gestora apresentou a campanha que está em sua segunda edição, com o mesmo slogan, por ter sido incorporada e bem sucedida em 2015. Ela explicou que o objetivo é conscientizar a população sobre os tipos de violência que ocorrem durante a festa de rua e os direitos das mulheres, proporcionando um carnaval de paz.
A madrinha, Maria da Penha, elogiou o trabalho que é desenvolvido na Bahia, e afirmou estar lisonjeada em participar da campanha. Em relação à comemoração dos 10 anos da Lei 11.340, ela ressaltou que a implementação da Ronda Maria da Penha no estado é a prova de esta legislação contribuiu para mudanças reais.
O evento foi encerrado com a execução de uma Marchinha alusiva ao Ligue 180, importante ferramenta da rede de proteção às mulheres; e com uma contagiante apresentação da Banda Didá, formada apenas por mulheres, que junto à Margareth Menezes, Larissa Luz e Ludmillah Anjos, fecharam o evento em clima de carnaval e de paz.
O encontro contou com o apoio da Bahiagás, da Comissão dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa da Bahia e da Comissão de Defesa dos Direitos das Mulheres da Câmara de Vereadores.
A ação contou com a adesão de, entre outros, Margareth Menezes e Armandinho
A ação contou com a adesão de, entre outros, Margareth Menezes e Armandinho

Concurso de HQs “Belém 400 Anos” está com inscrições abertas


Durante a abertura da Semana do Quadrinho Nacional, na tarde de segunda-feira, 25, a Fundação Cultural do Pará (FCP) lançou o Concurso de HQ “Belém 400 Anos” em que serão selecionadas cinco histórias em quadrinhos que contemplem o tema de aniversário da capital paraense. As inscrições são gratuitas e estarão abertas até o dia 25 de fevereiro.

As inscrições podem ser efetuadas de segunda a sexta (exceto feriados), das 10h às 18h, no 2º andar da FCP (Centur). O regulamento completo e ficha de inscrição estão no site da fundação (clique aqui).

“A maior importância do evento é divulgar o espaço da Gibiteca, para que seja mais conhecido e visitado por pessoas apaixonadas pelos quadrinhos. Que este se torne ainda mais um espaço de convivência e troca entre eles, como sempre cocorre durante a Semana do Quadrinho”, afirma Ruth Selma, coordenadora da Biblioteca Pública Arthur Vianna.

A programação da Semana do Quadrinho ocorre até a sexta-feira, 29, com diversos workshops, palestra, mesão gráfico e exposição. Quanto ao concurso, seu objetivo é estimular a produção de quadrinhistas iniciantes que moram no Pará e homenagear os 400 anos da cidade de Belém. Esta é a primeira vez em que a instituição promove o concurso.

Um dos coordenadores do evento, o animador e quadrinista Andrei Miralha, diz que o primeiro dia superou todas as suas expectativas. “O workshop com o quadrinhista Otoniel Oliveira teve um ótimo público e para encerrar o primeiro dia teve um bate-papo com quadrinhistas conhecidos da cidade. Queremos divulgar e fazer o público voltar a ter o interesse na arte do quadrinho”, declarou.

Semana do Quadrinho Nacional de 25 a 29 de janeiro Foto: Ascom
Semana do Quadrinho Nacional de 25 a 29 de janeiro Foto: Ascom

 

Profissão Desenhista

Ainda na Semana do Quadrinho, ocorrem nesta quinta e sexta, respectivamente, os workshops “Edição e Produção Independente de Quadrinhos”, com Alan Yango; e “Finalização e Colorização Digital”, com Eliezer França. Ambos serão na Gibiteca, 2º andar da Biblioteca Arthur Vianna (Centur), das 15h às 17h. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas cerca de 30 minutos antes de cada oficina.

Ainda na sexta-feira, 29, último dia de programação da Semana do Quadrinho, outra turma de quadrinhistas participa do bate-papo “Profissão Quadrinhista”. O encontro será a partir das 18h30, no Hall do 2º Andar da Biblioteca Arthur Vianna (Centur). Estão convidados os quadrinhistas Eliezer França, Samantha Rany, Yone Barbosa e Rosinaldo Pinheiro que vão falar um pouco dos caminhos e vivencias de quem trabalha com desenho, animação, quadrinho, ilustração e suas vertentes.

Serviço:

Semana do Quadrinho Nacional| 25 a 29 de janeiro

Workshops| 28 e 29 de janeiro| 15h às 17h (Gratuito)

Bate-papo “Profissão Quadrinhista”| 29 de janeiro (Sexta)| 18h30

Concurso de HQs “Belém 400 Anos”| Inscrições até 25/02, no site da FCP: Clique aqui.

 

 

 

 

 

 

Lavagem de Itapuã terá segurança garantida


O policiamento no percurso da tradicional Lavagem de Itapuã, realizada em louvor a Nossa Senhora da Conceição de Itapuã, padroeira do bairro, que acontece nesta quinta-feira (28), foi reforçado pela Secretária da Segurança Pública, com o apoio das Policias Militar e Civil.

Durante todo o trajeto – o cortejo sai de Piatã, percorre parte da Avenida Octávio Mangabeira e finaliza na Praça Dorival Caymmi – baianos e turistas poderão contar com o patrulhamento a de quase 500 policiais militares, além do reforço no efetivo da 12ª Delegacia Territorial (Itapuã) e de uma Delegacia Especial de Área (DEA), montada próxima à escultura da Sereia.

O policiamento no percurso da tradicional Lavagem de Itapuã, realizada em louvor a Nossa Senhora da Conceição de Itapuã, padroeira do bairro, que acontece nesta quinta-feira (28), foi reforçado pela Secretária da Segurança Pública, com o apoio das Policias Militar e Civil.

Durante todo o trajeto – o cortejo sai de Piatã, percorre parte da Avenida Octávio Mangabeira e finaliza na Praça Dorival Caymmi – baianos e turistas poderão contar com o patrulhamento a de quase 500 policiais militares, além do reforço no efetivo da 12ª Delegacia Territorial (Itapuã) e de uma Delegacia Especial de Área (DEA), montada próxima à escultura da Sereia.

Segurança na Lavagem de Itapuã 2011 Na foto: Foto: Mateus Pereira/AGECOM
Segurança na Lavagem de Itapuã 2011  Foto: Mateus Pereira/AGECOM

Netflix está incomodando as tvs por assinatura


Será que a tv por assinatura está com os dias contados? Nos últimos dois anos, as operadoras já perderam cerca de 1 milhão de usuários e esse cenário vem deixando as companhias bastante revoltadas. Principalmente porque a responsável por essa queda vertiginosa tem um nome bem conhecido por todos: Netflix. O serviço de streaming já se tornou tão referência no setor que virou o alvo das empresas de televisão, que agora querem atacar a concorrente.

Segundo o UOL, o plano das operadoras é realizar um enorme processo de lobby em Brasília para mudar a regulamentação e forçar o governo a cobrar novas taxas, além de obrigar mudanças em algumas políticas. Em outras palavras, a ideia é dificultar as coisas para a companhia de modo que a mensalidade cobrada tenha um aumento significativo, o que afastaria os usuários e (supostamente) os levaria de volta à TV a cabo.

Entre as propostas, estão algumas bem absurdas, como o pagamento de uma taxa à Agência Nacional do Cinema (Ancine) para cada título em seu catálogo. O ponto é que esse imposto é de algo próximo de R$ 3 mil para cada produção em sua biblioteca. E nem é preciso pegar uma calculadora para saber que o valor seria estratosférico e inviável para qualquer empresa. Na melhor das hipóteses, isso faria com a Netflix tivesse que aumentar consideravelmente o valor de sua assinatura.

netflix

Além disso, as operadoras sugerem que os Estados cobrem o valor do ICMS. Esse é um tributo que está embutindo no preço de praticamente tudo o que a gente consome e, caso passe a valer também para o serviço, vai pesar mais no bolso do consumidor. Mas os ataques não param por aí. Elas ainda estudam uma maneira de fazer com que a Netflix ou os próprios assinantes paguem uma espécie de taxa adicional quando a pessoa usar algum serviço de streaming, sob a alegação de que esse formato de conteúdo consome muita banda larga. No entanto, fica claro que a ideia é apenas atacar a concorrente.

O pior é que, como o UOL aponta, a pior das medidas não é o encarecimento do serviço, mas a proporção entre conteúdo nacional e estrangeiro. Isso porque muitas das emissoras brasileiras já se negam a trabalhar em conjunto com a Netflix, como a Band e a Globo, que possui vários canais na TV paga e, por isso, está mais do que interessada em ver a influência do streaming diminuir por aqui. Isso sem falar que essa proporcionalidade iria reduzir a quantidade de filmes e séries estrangeiros, o que forçaria a companhia a reduzir seu acervo geral para se adequar a essas regras.

Fonte: Canaltech, Uol

Veja a programação do Expresso Empreendedor


OS CURSOS, OFICINAS E PALESTRAS E SERVIÇOS DESTA  SEMANA

UNIDADE RECIFE*

*Endereço: Avenida República do Líbano, 251, piso G1 (Expresso Cidadão Shopping RioMar). Fone: (81) 3182-2801 ou 3184-7879 (agendamento)

26/01/2016 (terça-feira)

15 às 19h

OFICINA SEI FORMAR PREÇO (Máx. 25 pessoas).

A oficina sei formar preço é voltada para o microempreendedor individual para compreender a maneira mais adequada de formar preços para seu negócio, reconhecer a importância da formação de preços e empregar a formação de preços mais adequada.

27/01/2016 (quarta-feira)

16h às 18h

PALESTRA DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (Máx.: 50 pessoas)

A palestra tem por objetivo sensibilizar o potencial empresário sobre os benefícios e obrigações do MEI, legislação existente, oportunidades geradas com a formalização, produtos e serviços desenvolvidos para esse público alvo.

28/01/2016 (quinta-feira)

15h às 17h

PALESTRA GERENCIAL: COMO UTILIZAR O MARKETING DIGITAL A FAVOR DA SUA EMPRESA (Máx.: 30 pessoas)

Esta palestra tem o objetivo de facilitar o entendimento da internet como uma ferramenta fundamental a ser utilizada pelo empreendedor com o objetivo de ampliar o sucesso de seu negócio.

29/01/2016 (sexta-feira)

9h às 19h

CONSULTORIA EMPRESARIAL (GENERALISTA)

Orientação empresarial sobre gestão de negócios de modo geral, com tira-dúvidas.

30/01/2016 (sábado)

9h às 11h

PALESTRA DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (Máx.: 50 pessoas)

CARUARU*

*Endereço: Rua Armando da Fonte, 15, Térreo, Maurício de Nassau, Caruaru – PE (térreo da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru – ACIC). Fone: (81) 3725-7600

27/01/2016 (quarta-feira)

16h às 18h

PALESTRA DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (Máx.: 50 pessoas)

A palestra tem por objetivo sensibilizar o potencial empresário sobre os benefícios e obrigações do MEI, legislação existente, oportunidades geradas com a formalização, produtos e serviços desenvolvidos para esse público alvo.

28/01/2016 (quinta-feira)

9h às 12h e 14h às 17h

CONSULTORIA EMPRESARIAL (GENERALISTA)

Orientação empresarial sobre gestão de negócios de modo geral, com tira-dúvidas.

Soldado bombeiro morre salvando uma família


Com honras militares, o enterro do soldado bombeiro militar Eduardo Santos Goes, 32 anos, será às 16 horas deste domingo, no Cemitério Jardim Celestial, em Feira de Santana. Lotado no 2º Grupamento de Bombeiros Militares, ele trabalhava no salvamento de pessoas ilhadas pela enchente do rio Jacuípe, próximo ao povoado de Três Riachos, quando ficou retido no percurso entre as margens.

Eduardo chegou a realizar a retirada de duas pessoas de uma mesma família e, na tentativa de salvar as demais, acabou preso no percurso. Resgatado pelos colegas, recebeu os primeiros socorros, foi transferido, através do helicóptero do Grupamento Aéreo da PM, para o Hospital Emec, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na tarde de sábado.

Profissional altamente capacitado e destaque pelo profissionalismo e dedicação, Eduardo integrava o quadro do Corpo de Bombeiros há cinco anos. “Toda a Segurança Pública está de luto pela perda de um herói dedicado e que nos deixa de uma forma tão prematura, realizando o que fazia de melhor: salvar vidas” ,lamentou o secretário Maurício Teles Barbosa, ressaltando que toda a Secretaria da Segurança Pública está solidária à dor dos familiares e amigos do bombeiro militar.

Bombeiro à direita
Soldado Eduardo Santos, à direita, em serviço Foto: SSP

Oito detentos custodiados do Pará conquistam primeiro lugar no vestibular


Oito internos custodiados pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) conseguiram o que muitos não conseguem, apesar de se esforçarem bastante. Por incrível que possa parecer, as condições pouco favoráveis foram apenas um incentivo para conquistar a tão sonhada vaga no ensino superior. E, como prêmio, pela dedicação três internos do Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I) conquistaram o tão sonhado primeiro lugar a três internos do Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I).

A notícia veio com o resultado do Sistema de Seleção Unificada, o Sisu, um programa do governo federal, que seleciona estudantes para instituições federais, estaduais e institutos federais de educação de ensino superior, com base nas notas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Divulgado nos dias 18 e 19 de janeiro, os candidatos puderam escolher até duas opções de curso e alternar as opções durante as inscrições.

Alan Kleiton Piteira, de 30 anos, é um desses vitoriosos. “Comecei a estudar em 2009, passei por muitas adversidades, mas nunca parei de me dedicar. Quanto mais as pessoas diziam que eu não iria conseguir, mais eu lutava por aquilo. E foi no presídio que eu terminei o ensino fundamental e o médio. Vi a educação como a única chance para recomeçar a minha vida”, revelou o detento.

O interno Alan Piteira é um dos aprovados no vestibular em primeiro lugar FOTO: THIAGO GOMES / ASCOM SUSIPE – MARITUBA – PARÁ

 

Até mesmo a família de Piteira chegou a duvidar de sua aprovação no exame. “Ouvi muito que eu iria sair daqui pior, por eu ter uma ficha de assaltante de banco e envolvimento com o tráfico. Meus familiares acreditavam que por eu já estar há nove anos cumprindo pena não teria chances. Agora eu já estou indo para o regime semiaberto, com uma classificação no vestibular e em primeiro lugar. Tudo está dando certo, eu estou muito feliz”, comemorou. O interno garantiu uma vaga no Instituto Federal do Pará (IFPA), em primeiro lugar para o curso de Saneamento Ambiental.

“Eu não pretendo parar os estudos e por isso continuei, mesmo estando no cárcere. Tenho muita esperança de voltar para uma sala de aula e acredito que tenho muitas chances. Já vi condenados há dezenas de anos de reclusão conseguirem a autorização do juiz para estudar, então porque eu não conseguiria? Tenho muita fé de que também vou ter essa oportunidade”, disse Carvalho.

Além de Piteira e Carvalho, outros seis detentos também passaram em universidades públicas da capital e do interior do Estado, sendo quatro internos do PEM I, que conseguiram aprovação no IFPA e na UFRA. Os outros quatro detentos estão custodiados em casas penais de Marabá (Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes e Central de Triagem Masculina de Marabá) e foram aprovados na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa).

Dentre as vagas nos cursos conquistados estão Saneamento Ambiental, Engenharia de Pesca, Letras/Inglês, Geografia, Ciências Sociais e Licenciatura em Física. Os aprovados terão até o dia 26 de janeiro para efetuar a matrícula.

“A gente já esperava esses resultados pelo desempenho que vínhamos acompanhando no segundo semestre de 2015, desses internos. Estamos muito satisfeitos, felizes e sempre em busca de alcançar mais, porém só o fato de termos internos que passaram em primeiro lugar mostra que o nosso trabalho está surtindo efeito. A nossa meta agora é duplicar o número de aprovados de 2015 e, em 2017 triplicar este número. A cada ano fazer uma formação melhor para mudar a realidade desses homens e mulheres que querem seguir a vida longe do crime”, afirmou a titular da Coordenadoria de Educação Prisional (CEP) da Susipe, Aline Mesquita.

Educação – Em 2015, a Susipe teve cerca de 400 participantes na prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) Para Pessoas Privadas de Liberdade (PLL). Valendo mil pontos e com o peso três, a prova de redação, considerada a mais difícil pela maioria dos alunos e professores, foi a de maior destaque para os internos, que chegaram a marcar até 920 pontos.

A preparação específica para o exame foi realizada em parceria entre a CEP da Susipe e o Pro Paz, que conseguiu cumprir o objetivo de aumentar o número de aprovados no Enem. Em média, 100 alunos de unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém participaram das aulas do Pro Paz Enem.

A expectativa é de que o número de detentos aprovados cresça ainda mais com o resultado do Programa Universidade para Todos (ProUni), do governo federal, que oferece bolsas de estudos em faculdades particulares para estudantes de baixa renda que ainda não tenham um diploma de nível superior. O resultado deve sair já na próxima semana e em seguida ocorrerá também a segunda chamada do Sisu, com mais oportunidades de aprovação.

Fonte: Lais Menezes – Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará

Incêndio na Boate Kiss completa três anos


Palavras como tristeza,  aflição e desanimo podem descrever com perfeição o sentimento dos  parentes das vítimas do desastre na Boate Kiss, em Santa Maria (RS).  Nesta semana, mas especificamente no dia 27/01, a tragédia gaúcha faz aniversário: são três anos. A maior expectativa dos parentes das vítimas é em relação à Justiça. Entretanto, poucos imaginam que os processos judiciais resultarão em penas altas para os réus. A maioria critica  a ausência de autoridades entre os processados.

Nesse longo período, apenas dois episódios parecem ter dado a sensação de consolo e esperança de justiça aos parentes das vítimas:

  • Dois meses depois do acidente, quando a Polícia Civil responsabilizou 35 pessoas por falhas que levaram ao incêndio – do total, 16 delas por crimes comuns (incluindo homicídio), 10 por crimes previstos no Código Militar e o restante por omissões, que caracterizam improbidade administrativa.
  • Nos quatro meses seguintes à tragédia, quatro réus do processo criminal – Elisandro Spohr, o Kiko, Mauro Hoffmann (donos da boate), Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha de Leão (integrantes da banda Gurizada Fandangueira) – estiveram presos.
boite-de-santa-maria
Incêndio na Boate Kiss                                                                           Foto: divulgação

 

A partir daí, familiares dos mortos e feridos acumulam decepções. Na denúncia dos promotores de Justiça, foram incriminados os donos da boate, os músicos e alguns bombeiros. Funcionário municipal algum foi denunciado, nem o promotor que vistoriou a danceteria. A surpresa foi grande, já que o inquérito policial tinha atribuído culpa a muita gente: fiscais municipais, bombeiros, donos da boate, músicos e até para o MP, por falta de fiscalização do estabelecimento.

O Ministério Público (MP) reduziu o número de responsabilizados de 35 para apenas oito (quatro por homicídio doloso qualificado, dois por fraude processual e dois por falso testemunho). E ainda há processos tramitando lentamente ou parados. A lentidão nas punições é um dos grandes desânimos para os parentes das vítimas.  Mesmo com a agilidade da polícia em apontar responsabilidades de mais de três dezenas de pessoas dois meses após o incêndio, até agora apenas três – bombeiros – foram condenadas.

Caminhada Raízes da Bahia será realizada no dia 24


A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia promoverá no próximo domingo (24) a “Caminhada Raízes da Bahia”. O evento será promovido no Dique do Tororó, em Salvador. Segundo a secretaria de Políticas para as Muheres da Bahia, Olívia Santana, o objetivo é as mulheres brasileiras que são referências na luta pelos direitos e igualdade das mulheres e contra o preconceito racial e de gênero.

A mobilização pretende levar para o público da caminhada um pouco da história de luta das brasileiras Maria da Penha, Lélia Gonzales e Margarida Alves, e das baianas Dona Canô e Mãe Filhinha.

Olívia Santana marcará presença no evento, que contará com ações de outras secretarias do Governo da Bahia. A programação de atividades terá início no turno da tarde, antes da caminhada, marcada para as 16h.

raizes_da_bahia_logo_site

Brasil cai no ranking das democracias no mundo


Quando o assunto é democracia, a imagem do nosso país no exterior não é das melhores sabia? Segundo informações da revista “The Economist”, o Brasil ocupa atualmente a 51ª posição no rankingde países mais democráticos do mundo da Economist Intelligence Unit , consultoria ligada à publicação.

Somos considerados uma “Democracia com Falhas”, recebendo nota média 6,96. Para se ter uma ideia, somos bem avaliados no quesito processo eleitoral e pluralismo com 9,58, porém amargamos um 4,4 em participação política.

O primeiro relatório sobre democracia global foi divulgado em 2006, e de lá para cá é a primeira vez que o Brasil obtém uma nota inferior a 7. Em 2014, conquistamos nota 7,38.

O estudo avalia que o problema com o Brasil também é compartilhado por toda América Latina: a incapacidade de igualar “avanços da extraordinários na democracia eleitoral” a melhoras na efetividade da política e na cultura política. Esse descompasso alimenta a insatisfação popular, especialmente em países marcados pela corrupção. “O caso mais relevante de 2015, de longe, é o do Brasil, onde a presidente Dilma Rousseff enfrenta a ameaça de impeachment”, diz o estudo. Apesar de indicar que o problema é regional, o Brasil, o México e o Equador foram os únicos países da região que caíram no ranking internacional de democracias.

A crise econômica, sob o ponto de vista dos analistas internacionais, é outro ponto que afeta a democracia brasileira. Países da América Latina no passado toleraram níveis mais baixos de democracia em troca de progresso econômico, o que torna a democracia da região ainda mais frágil, explica.

democracia

Mas nem tudo são más notícias. Apesar da piora em relação às avaliações de anos anteriores, o Brasil é destaque no relatório por conta dos esforços realizados para combater a corrupção no país. “Em 2015, uma grande reação popular contra a corrupção se consolidou na América Latina – onde a criminalidade, a violência e o tráfico de drogas, assim como a corrupção, têm tido um impacto corrosivo na democracia. Isso levou a investigações e prisões nos níveis mais altos de governos e em empresas de países como o Brasil e a Guatemala”, destaca o estudo.

O relatório de 2015 sobre democracia global é chamado “Democracia em uma era de ansiedade”, refletindo “o ano em que a democracia foi testada por guerras, terrorismo, migração em massa e outras crises”.

O estudo é um panorama do estado da democracia em todo o mundo, avaliando a situação em 165 estados independentes e dois territórios. Ele leva em consideração cinco categorias: Processos Eleitoral, Liberdades Civis, Funcionamento do Governo, Participação Política e Cultura Política. Cada país recebe uma nota por item, para em seguida ser categorizado como “Democracia Completa”, “Democracia com Falhas”, “Regime Híbrido” ou “Regime Autoritário”.

Apenas 20 países do mundo são considerados democracias completas, enquanto 51 são considerados regimes autoritários. A Noruega, a Islândia e a Suécia lideram o ranking, enquanto Chade, Síria e Coreia do Norte aparecem em últimos lugares.