Jair Bolsonaro vira réu no STF por denúncia de incitação ao estupro


Por quatro votos a um, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou, na tarde desta terça-feira, denúncia encaminhada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC/RJ) por incitação ao estupro. O caso faz menção à declaração de Bolsonaro no fim de 2014, quando disse que não estupraria a deputada fedaral Maria do Rosário (PT/RS), pois ela “não merecia”.

Com a decisão tomada pelos ministros, Bolsonaro agora é réu no Supremo em duas ações sobre o mesmo caso: uma feita pela vice-procuradora Ela Wiecko e outra elaborada pela própria Maria do Rosário, deputada federal do PT do Rio Grande do Sul que, em dezembro de 2014, ouviu de Bolsonaro que ela não seria estuprada por ele porque “não merecia”.

A ofensa foi o ponto de partida para a denúncia. No STF, o caso vem correndo sob a relatoria do ministro Luiz Fux. O parlamentar vai responder por apologia ao crime e injúria.

jairjairbolsonaro
Jair Bolsonaro Foto: divulgação

Entenda o caso

Em dezembro de 2014, em entrevista ao jornal gaúcho “Zero Hora”, Bolsonaro afirmou que Rosário era “muito ruim” e “muito feia”, por isso “não merecia” ser estuprada por ele. À época a petista entrou com duas queixas-crime no STF: uma por injúria e outra por calúnia, sendo que a segunda foi rejeitada. Na ocasião, a PGR denunciou Bolsonaro por apologia ao crime.

Como defesa, o deputado se armou com a imunidade parlamentar, a qual lhe possibilitaria a proteção de não ser responsabilizado civil ou penalmente por suas declarações.

Além do relator do caso, Luiz Fux, outros três ministros acompanharam o voto que aceitou a denúncia a Bolsonaro: Edson Fachin, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso. Somente Marco Aurélio Mello, sob o argumento da imunidade parlamentar, votou contra. Segundo Fux, o fato da entrevista de Bolsonaro ao “Zero Hora” ter sido feita em seu gabinete, por telefone, é “incidental” e nada tem a ver com seu mandato, o que inviabilizaria a proteção via imunidade.

 

Camacã ganha Centro de Referência de Atendimento à Mulher


A Secretária Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, marcou presença no ato, que também contou com a participação do Prefeito de Camacã, Arildo Evangelista, da Secretária de Ação Social, Amanda Evangelista, da Vereadora Maria Conceição Muniz Barbosa, da Coordenadora do CRAM, Maria  Ângela Ferreira, e do Prefeito de Mascote, Washington Santana.
A Secretária Olívia Santana destacou que a inauguração do equipamento em Camacã é mais uma conquista do governo do estado para as mulheres baianas. “Que esse espaço se transforme em um local de acolhimento, apoio e fortalecimento para as mulheres fragilizadas pela violência”, explicou.
A gestora aproveitou também para dar um recado aos moradores da região: “É preciso que todas as mulheres abram os olhos e não deixem a violência acontecer. Todo homem nasceu do ventre de uma mulher, e deve sua vida a esta mulher, que durante nove meses o carregou em seu ventre”, finalizou Olívia.
O Prefeito de Camacã, Arildo Evangelista, também destacou em sua fala a importância do equipamento no município para o enfrentamento à violência contra as mulheres da região.
EntregadoCRAMdeCamaca_200616_CreditoMaisaAmaral_005
Fotos: Maisa Amaral
CRAM
O novo equipamento, localizado na Rua Carlos Gomes, nº88, no Centro de Camacã, fortalecerá  a rede de enfrentamento à violência contra a mulher da região, que já conta com Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Casa Abrigo e Promotoria.
O CRAM será um espaço de atendimento, acolhimento psicológico e social, de orientação e encaminhamento jurídico para mulheres em situação de violência.
Para seu funcionamento, o Governo da Bahia, através da SPM-BA, e em parceria com o Governo Federal, realizou a entrega de dois veículos, equipamentos e mobiliários, além de realizar também a capacitação para todos os profissionais que atuarão no equipamento.

Segurança nas Olimpíadas foi pauta de reunião da Coesge


A Comissão Estadual de Segurança para Grandes Eventos (Coesge), definiu, na manhã desta terça-feira (21), no auditório da Secretaria da Segurança Pública, as atividades que irá desempenhar durante os Jogos Olímpicos 2016 na Bahia, no período de 4 a 13 de agosto.

Serão ministrados exercícios em conjunto com os três eixos da comissão (inteligência, segurança publica e defesa) e, para colocar em prática situações que poderão acontecer, haverá simulados, treinamentos e ensaios de campo, com o objetivo degarantir um ambiente pacifico e seguro para a realização dos jogos.

Fazem parte da Coesge representantes das principais frentes de trabalho da Secretaria da Segurança Pública, como as polícias Militar, Civil e Técnica e o Corpo de Bombeiros, além de efetivos das Forças Armadas, Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e guardas municipais.

A reunião, que contou com a presença da segurança viária e de ordenamento urbano das esferas federal, estadual e municipal e das forças de segurança pública de defesa civil, foi classificada pelo tenente-coronel Marcos Oliveira, superintendente de Gestão Tecnológica e Organizacional da SSP e coordenador estadual de Segurança para Grandes Eventos como “muito proveitosa”.

“Ali, estiveram presentes os eixos de segurança, oportunidade em que ficaram definidos o nível de responsabilidade e o papel a ser assumido pelos governos federal, estadual e municipal”, afirmou, observando a necessidade de todos estarem integrados, para que se alcance um resultado positivo.

2 (3)

“A expectativa para a segurança dos Jogos Olímpicos”, disse ele, “é repetir o sucesso do policiamento executado quando da Copa do Mundo de 2014”.

As principais áreas de atuação em Salvador durante as Olimpíadas serão o Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, a Arena Fonte Nova, os estádios de Pituaçu e Barradão, o Gran Hotel Stella Maris, onde ficarão alojadas as delegações, e o Sheraton, o Golden Tulip e o Ibis, que receberão as famílias olímpicas e a imprensa nacional e internacional.

Enfrentamento à violência contra as mulheres na Bahia: conheça o roteiro das Unidades Móveis no mês de junho


UnidadeMovel_LaurodeFreitas_130416_CreditoDanieleSilva_05Durante o mês de junho, as Unidades Móveis seguem realizando atendimentos no estado da Bahia. Após marcar presença nos municípios de Ibirapitanga, Valença, Itacaré e Gandú, será a vez de atender mulheres de Ubaitaba e Presidente Tancredo Neves.

O município de Ubaitaba, que está localizado a 172 Km de Salvador, receberá as Unidades Móveis nos próximos dias 15, 16 e 17 de junho. Já a cidade de Presidente Tancredo Neves, que está a 170 Km da capital baiana, contará com o atendimento nos dias 16 a 18 de junho.

As Unidades Móveis

Fazem parte do Programa “Mulher, Viver sem Violência”, lançado em 2013, fruto de uma parceria entre o Governo Federal e o Governo da Bahia, e integram as ações de implementação do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres.

Os ônibus têm como objetivo ampliar o acesso das mulheres do campo aos serviços da rede de atendimento às mulheres em situação de violência, através do trabalho de uma equipe multidisciplinar, composta por profissionais das áreas de Serviço Social, Psicologia e Direito.

A ação busca promover a interação efetiva dos diversos serviços de proteção à mulher e prestar orientação adequada e humanizada àquelas vítimas de violência, visando fomentar e consolidar as medidas previstas na Lei Maria da Penha (Lei n° 11.340/06).

Conselho de Ética aprova cassação de Eduardo Cunha


O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou por 11 votos a 9 a cassação do presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O pedido ainda será analisado pelo plenário, em voto aberto.

Considerada voto decisivo, a deputada Tia Eron (PRB-BA) votou pela cassação. O deputado Wladimir Costa (SD-PA) surpreendeu e também votou por cassar Cunha.

O processo segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde há prazo de cinco dias para recursos. Se não houver impedimentos, o texto segue para o plenário, onde precisa de 257 votos, em votação aberta, para dar fim definitivo ao mandato do peemedebista.

Réu por corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava Jato, Cunha é acusado de mentir à CPI da Petrobras ao negar ter contas no exterior. As contas foram comprovadas pelas investigações do Ministério Público e da Polícia Federal.

Em seu relatório, o deputado Marcos Rogério (DEM-RO) crava que Cunha mentiu à CPI e diz que é “cristalina” a violação do Código de Ética da Casa. Para o relator, “fica evidente o uso de instrumentos jurídicos pelo representado para a prática de fraudes e com o único objetivo de mascarar a existência de patrimônio no exterior”.

Nesta terça-feira, Rogério descartou o pedido de aditamento com novas provas contra o peemedebista. “Regimentalmente não me parece adequado”, afirmou. Na prática, o acréscimo atrasaria o processo.

DF - CUNHA/JORNALISTAS - POLÍTICA - O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), concede entrevista aos jornalistas setoristas da Câmara fazendo um balanço do primeiro semestre do ano, em uma café da manhã oferecido no anexo IV na Câmara dos Deputados, em Brasília. 16/07/2015 - Foto: ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO CONTEÚDO

Tia Eron

Voto decisivo e ausente na última sessão do conselho, a deputada Tia Eron, fez questão de se explicar antes da votação. O deputado Nelson Marchezan (PSDB-RS) chegou a questionar, ironicamente, se ele havia sido abduzida na semana passada.

“Hoje não me procuraram, nem sequer citaram meu nome porque entenderam que de fato não mandam nessa nega aqui. Eu estava (na semana passada) nessa Casa aqui e a imprensa sabe disso. Estava assistindo no que Platão chamou de mito da caverna, pela TV, para poder olhar nos olhos de cada um. Porque os olhos refletem muito mais do que a boca não tem coragem de dizer. (…) Por isso chamaram Tia Eron pra resolver o problema que os homens não conseguiram resolver.”

De acordo com ela, o presidente licenciado do PRB e ministro do Desenvolvimento, Marcos Pereira, “deu liberdade e paz para fazer esse julgamento”. “Ele chegou a ser ministro não por negociar cargos e barganhas. Vossas excelências julgam por aquilo que são”, defendeu.

Tia Eron negou qualquer influência do que chamou de “política pontual Rio e São Paulo” de Marcelo Crivella e Celso Russomano, ambos do PRB e candidatos às prefeituras carioca e paulista, respectivamente. Ambos se declararam contra Cunha.

Manobras

O pedido de cassação foi apresentado pelo PSOL e pela Rede em outubro e o processo foi instaurado em 3 de novembro, se tornando o caso mais longo no Conselho. Nesse período, aliados do peemedebista fizeram uma série de manobras regimentais para postegar o processo, que se tornou o mais longo da história do colegiado.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) adiou na tarde desta terça-feira relatório do deputado Arthur Lira (PP-AL) que tenta reverter o resultado no plenário.

Em resposta a uma consulta encaminhada pelo deputado Waldir Maranhão (PP-MA), em nome da Mesa, Lira determinou que podem ser apresentadas emendas ao projeto de resolução feito a partir do parecer de Rogério a fim de abrandar a pena de Cunha.

 

Ilhéus: Projeto Estação Rio do Braço está a pleno vapor


Praça Junina da Estação Rio do Braço atraiu grande público em sua primeira edição. Foto Secom Ilhéus (6)A Praça Junina Rio do Braço estreou com sucesso na zona rural de Ilhéus, no último fim de semana. O evento, nos dias 11 e 12 de junho, marcou a estreia do Projeto Estação Rio do Braço, idealizado pelo agricultor Lucas Kruschewsky, que decidiu lutar pela recuperação histórica, arquitetônica e cultural do distrito de Rio do Braço, que já serviu de cenário para a novela Renascer, da Rede Globo.

A realização da Praça Junina simboliza como a arrancada desse projeto que está chamando a atenção de muita gente, pelo seu ineditismo e pela coragem do agricultor que é herdeiro e responsável por uma parte das fazendas de cacau da família. No último fim de semana, a Estação da antiga estrada de ferro de Ilhéus, agora totalmente recuperada, foi palco de apresentações artísticas, grupos de forró, como Trio Iracema, Forró Xote Atrivido e os violeiros Adolfo Neto e Kalin Sá, além de muita dança e alegria. No local, também está funcionando um restaurante baseado na gastronomia local.

Famílias de várias partes da região compareceram à praça junina curiosas com a ideia de revitalização daquele sítio histórico, que teve grande importância econômica nas primeiras décadas do século passado. O prefeito de Ilhéus em exercício, Carlos Machado (Cacá), prestigiou a estreia da praça junina e disse que a iniciativa de Lucas Kruschewsky é importante para a valorização da cidadania, da história e do futuro de Rio do Braço.

Cacá garantiu que a Prefeitura apoiará o Projeto Estação Rio do Braço naquilo que for possível. Ele esteve acompanhado pelos secretários municipais de Indústria e Comércio, Roberto Garcia, Agricultura e Pesca, Sebastião Vivas, de Comunicação, Valério de Magalhães, e pelo superintendente municipal de Obras, Hermano Fannhing. Também estavam presentes profissionais de imprensa, empresários da área de turismo, a comunidade local e muitos visitantes.

Praça Junina da Estação Rio do Braço atraiu grande público em sua primeira edição. Foto Alfredo Filho Secom Ilhéus (3)
Fotos: Alfredo Filho

Estrada – A estrada vicinal de acesso ao Rio do Braço foi recuperada pela Coordenação de Ação Regional do Município, o que facilitou bastante a chegada ao local. O distrito de Rio do Braço fica a seis quilômetros da Rodovia BA – 262 (Ilhéus-Uruçuca), na altura do km 19. A Vila também ganhou reforço na iluminação. Colaboradores dos projetos Hernani Sá Criativo e Pontal Criativo se integraram em apoio ao projeto.

A estação ferroviária foi inaugurada em 1911, por investidores ingleses, para integrar o projeto da ferrovia Ilhéus-Conquista. Além da importância historiográfica daquela região, que foi berço da produção cacaueira no sul da Bahia, o agricultor e empresário Lucas Kruschewsky optou por estrear o projeto turístico-cultural com a tradição dos festejos juninos. A programação da Praça Junina prosseguirá aos sábados e domingos, 18-19 e 24-25 de junho, com elementos de gastronomia, moda, cultura, artesanato, chocolates, parque infantil, passeios a cavalo, fogueira junina com violeiro, trios de sanfoneiros e outras atrações.

A empresária do setor de turismo, Zaira Morelli, afirmou estar encantada com a proposta da Estação Rio do Braço. “Precisamos todos apoiar essa iniciativa. Precisamos acreditar em nosso potencial, arregaçar as mangas e se alegrar com essa riqueza histórica e cultural que dispomos”, afirmou, entusiasmada.

Itapé: exposição AVE Avis Rara recebe visita de estudantes do CCAMS


AVE Avis Rara é a exposição, do artista plástico Antônio Carlos Moura, que está em cartaz até o próximo dia 10 de junho, no Campus da UFSB (Universidade Federal do Sul da Bahia), em Itabuna. Moura apresenta suas telas produzidas através da técnica de colagem sobre tela. No local também se pode contemplar algumas das peças que compunham a exposição anterior do artista : “Faces da Beleza Negra e Mestiça”.

De acordo com Moura, AVE Avis Rara está em latin e significa salve aves raras. “Em minha cidade, Camacan, estou envolvido em causas ambientais , em recuperação da natureza que esta sendo degradada pela ação do homem, me inspirei para fazer essa exposição enaltecendo a beleza das aves da fauna brasileira, alertando que se continuarmos degradando o meio ambiente, vamos destruir o habitat natural destas criaturas e eles vão se perder, e no futuro o  mesmo acontecerá com a gente, pois sem o meio ambiente o homem não irá sobreviver”, explica o artista plástico.

exposição

Nos dias 6 e 7, os alunos da EJA3 e EJA 1/2, respectivamente, do Colégio Comunitário Alzair Martins Silva (CCAMS) de Itapé (BA), puderam conferir de perto o trabalho do artista plástico. “O Antônio nos recebeu muito bem e sua arte é uma forma de reciclagem, que é muito bom para nosso meio ambiente que já está tão devastado”, declara a estudante da EJA3 Kaliane Alves Ribeiro, que afirma ter ficado fascinada pelas obras que retratam a beleza negra e mestiça. “São muito interessantes e uma forma de nos valorizar de ter orgulho da nossa raça”, justifica. Veja um pouco da exposição

O também aluno da EJA3, Kaio Henrique Souza Alves, aprovou a iniciativa do CCAMS. “Achei muito bom poder visitar uma exposição. Nunca tinha tido essa oportunidade”, comemora. Já Sara Santos, da mesma classe, se sentiu agraciada por ter um contato mais próximo com a arte. “Deu para ver os quadros de perto, entender como são feitos e tirar algumas duvidas com o próprio autor, que demonstrou ser uma pessoa bem gentil”, explica. Conheça um pouco da exposição

Para a professora de Língua Portuguesa, Adriana Araújo, o contato dos estudantes com quem produz arte é sempre benéfico e enriquecedor.  “Minha turma da EJA1/2 ficou eufórica, quando avisei que faríamos essa visita à exposição AVE Aves Rara. E esse encontro veio bem a calhar, pois estou trabalhando poesias com eles”, revela a educadora. Conheça algumas das obras do artista

 

Saiba mais: AC Moura (73)99113-2709/98843-4678  e-mail: [email protected]

Traição: um dos flagelos de toda relação


Ah, o amor está no ar! E, principalmente quando o Dia dos Namorados está próximo. Sentir-se apaixonado (a) é mesmo uma das melhores sensações da vida. Tanto que, quem ainda não está geralmente sonha em ficar. Mas, nem tudo são flores numa relação, pois existem alguns flagelos que podem ofuscar seu brilho. A traição talvez seja um dos mais cruéis. E como podemos evitar que ela ocorra? Se comprovada como devemos agir? Trair e ser traído (a) é normal? Muitos são os questionamentos.

A traição é mesmo um assunto atemporal.  Segundo especialistas em relacionamentos, 60% dos casais atravessam uma crise que podem estimular uma famosa “pulada de cerca” de um deles ou até de ambos. Essa situação é um tanto complicada. Afinal, quem trai uma vez pode gostar experiência e decidir incluí-la em suas atividades rotineiras.

Enganar o parceiro (a) é uma ação pouco louvável, para a maioria das pessoas. Entretanto, dificilmente tenta-se descobrir o que leva uma alguém a ser infiel. Normalmente, as justificativas são, perdoe-me a sinceridade, um tanto absurdas. Entre elas, destaca-se: curiosidade, busca por aventura, autoafirmação, oportunidade, impulso, carência, para dar o troco, variar e chamar a atenção.

Além dos prejuízos à relação, uma “pulada de cerca” também pode trazer consequências negativas à saúde. Há muitos casos de contaminação com (DST) doenças sexualmente transmissíveis originados por encontros extraconjugais. Sem falar nos crimes passionais motivados pela desconfiança ou pela comprovação de traições.

Portrait of young woman and man outdoor on street having relationship problems

Fui traído (a) e agora?

O importante é manter a calma. Não dá para imaginar qual o impacto que tal acontecimento causará a sua relação. Há casos que a união pode ficar tão desgastada que o único remédio seja realmente cada um seguir o seu caminho. Há quem garanta que tal descoberta pode servir de incentivo para que a relação melhore.

Uma coisa é certa: o casal precisa conversar francamente sobre o ocorrido. Quem errou precisa assumir o engano e a outra parte perdoar se for do seu interesse. Sem isso, não é possível seguir em frente.

Algumas dicas para quem decidiu superar uma traição

  • Não jogue a culpa no outro;
  • Questione a responsabilidade;
  • Descarte a amnésia;
  • Não se vitimize;
  • Filtre a opinião dos amigos;
  • Fuja do efeito chiclete;
  • Evite a paranoia;
  • Fuja de filmes românticos;
  • Preserve-se;
  • Não se baseie em experiências alheias;
  • Cuide da própria vida;
  • Aposte em mudanças;
  • Invista na autoestima,
  • Acredite no amor.

Traicao

Lembre-se que perdoar pode não ser o suficiente para superar uma traição. Entretanto, talvez seja o ponto de partida para virar a página, elevando seu relacionamento para um patamar ainda mais digno e feliz. Cabe a vocês decidirem se vale a pena tentar.

Fotos: divulgação

PTN confirma coronel Santana como candidato a prefeito de Itabuna


CORONEL_GILBERTO_SANTANA_DEP_ESTADUAL_19456
Coronel Gilberto Santana Foto: divulgação

O PTN (Partido Trabalhista Nacional) lançou o ex-deputado estadual Coronel Gilberto Santana como pré-candidato a prefeito de Itabuna, região sul, na noite desta sexta-feira (3), no Colégio Ação Fraternal. O evento contou com a presença do presidente do partido na Bahia, deputado federal Bacelar, do atual e do ex-diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes e Maurício Bacelar, respectivamente, e dos pré-candidatos da sigla a prefeito de Ibicaraí, Ibirapitanga, São José da Vitória, Una, Aurelino Leal, Itapé, Buerarema e Camamu.

Coronel Santana se manifestou contrário à privatização da Empresa Municipal de Águas e Saneamento ( Emasa) e defendeu a reestruturação do órgão para acabar com a crise hídrica na cidade. ” O que falta na Emasa é uma gestão séria e competente. Os adversários falam em privatizar, quando a solução está na construção de uma adutora para captar água da barragem do Funil, um projeto mais barato e eficaz. Itabuna cansou de incompetentes na prefeitura”, disparou.

 

Para o deputado federal Bacelar, a presença no ato de oito pré-candidatos a prefeito do sul do estado mostrou que eles apostam em Gilberto Santana como o líder da luta na defesa dos interesses da região. “Temos na disputa em Itabuna, candidatos da velha política e aventureiros. Escolhemos o Coronel Santana pela sua seriedade e propostas inovadoras. O município precisa resgatar o seu papel de liderança na região, pelas mãos de quem tem capacidade para enfrentar os desafios”, disse o presidente do PTN.

Cantora Anitta pode estar com Zika


A cantora Anitta está internada em hospital do Rio com suspeita de Zika. A coluna entrou em contato com Renan, irmão da cantora, por volta da 1 da manhã deste sábado.

Ela começou a passar mal às 23h,  foi levada a um hospital e teve que desmarcar um show que faria na cidade de Ourinhos, em São Paulo. A apresentação foi remarcada para o dia 9.

A agenda de sábado e domingo está bloqueada e não haverá necessidade de novos cancelamentos. A família da cantora não quis revelar em qual hospital ela está internada.

anitta
Foto: divulgação