Um talento baiano


A emoção de dançar ao lado de Áquila Silva

“Foi meio que por acaso… Áquila é uma menina que nasceu normal, mas em fase de crescimento pegou uma virose que a deixou com uma série de sequelas… inclusive um coágulo no cérebro. Ela é assistida pelo CRAS local e, ano passado, uma amiga em comum me convidou para realizarmos uma festa de aniversário para ela. Como toda menina gosta.. e teria uma dança.. então um dos facilitadores do CRAS seria o parceiro de dança de Áquila… mas ele faltou.. e de última hora me colocaram.. já que eu havia dançado eu um espetáculo. Topei por que Áquila é muito especial cativante. Fizemos tanto sucesso, que depois fomos convidados a nos apresentarmos em diversos eventos, inclusive em municípios vizinhos.. foram umas seis apresentações e esse ano já fizemos duas! O que a gente passa com nossa apresentação é que tudo pode ser superado.. você pode romper limitações com amor, carinho e dedicação”, Antônio Carlos Moura.

Conheça as estreias cinematográficas desta semana


Veja as estreias cinematográficas desta semana:

Invasão a Londres

invasao

Com a morte misteriosa do primeiro-ministro britânico, a presença dos líderes mundiais no seu funeral é indispensável, tornando o evento uma ótima oportunidade para destruir grandes monumentos e assassinar os governantes mundiais. É o que acontece, mas, com sorte e a ajuda de Mike Banning (Gerard Butler), o presidente dos EUA Benjamin Asher (Aaron Eckhart) consegue escapar. Responsável pelo ataque, um dos terroristas mais procurados do mundo não se dá por vencido e, enquanto Benjamin luta pela sobrevivência, o vice-presidente Trumbull (Morgan Freeman) se esforça para derrotar o criminoso.

Deus não está morto 2

deus

Grace Wesley (Melissa Joan Hart) é uma professora católica que, ao responder uma pergunta feita por uma de suas alunas, Brooke (Hayley Orrantia), acaba falando sobre Jesus Cristo em plena sala de aula. Tal situação logo lhe traz problemas de ordem legal, devido à devoção do advogado Pete Kane (Ray Wise) em impedi-la de falar sobre o assunto em um ambiente estudantil.

Rua Cloverfield, 10

rua

Uma jovem (Mary Elizabeth Winstead) sofre um grave acidente de carro e acorda no porão de um desconhecido. O homem (John Goodman) diz ter salvado sua vida de um ataque químico que deixou o mundo inabitável, motivo pelo qual eles devem permanecer protegidos no local. Desconfiada da história, ela tenta descobrir um modo de se libertar — sob o risco de descobrir uma verdade muito mais perigosa do que seguir trancafiada no bunker.

De onde eu te vejo

eu te vejo

Ana Lúcia (Denise Fraga) e Fábio (Domingos Montagner) decidem se separar após vinte anos de casamento e ele se muda para um apartamento do outro lado da rua. Além da separação, eles passam por uma crise no trabalho e precisam enfrentar a iminente mudança de cidade da filha. Com todas essas mudanças, eles precisam aprender a viver essa nova realidade e reinventar o amor.

Asterix e o domínio dos deuses

asterix

 

O imperador romano Júlio César sempre quis derrotar os irredutíveis gauleses, mas jamais teve sucesso em seus planos de conquista. Até que, um dia, ele resolve mudar de estratégia. Ao invés de atacá-los, passa a oferecer os prazeres da civilização aos gauleses. Desta forma, Júlio César ordena a construção da Terra dos Deuses ao redor da vila gaulesa, de forma a impressioná-los e, assim, convencê-los a se unir ao império romano. Só que a dupla Asterix e Obelix não está nem um pouco disposta a cooperar com os planos de César.

Decisão de risco

decisao

O encontro de três perigosos terroristas em Nairobi, no Quênia, faz com que uma elaborada operação seja coordenada diretamente da Inglaterra. É lá que a coronel Katherine Powell (Helen Mirren) e o general Frank Benson (Alan Rickman) acompanham os movimentos dos alvos, através de um avião-drone estrategicamente posicionado para que não seja detectado por radares inimigos. Inicialmente a operação seria para capturá-los, mas a descoberta de dois homens-bomba faz com que o objetivo mude para eliminá-los a qualquer custo. Inicia então um debate interno, envolvendo o lado militar e também o político, sobre como agir causando o mínimo possível de danos colaterais.

Barbie e as agentes secretas

barbie

Barbie e suas duas melhores amigas, Teresa e Renee, são ótimas atletas. Suas habilidades de ginástica acabam chamando a atenção de uma super-secreta agência de espionagem que as convidam para entrar no caso se um roubo de pedras preciosas, As atletas se transforman em agentes secretas. Cheias de equipamentos tecnológicos e disfarces, elas precisam provar serem capazes de solucionar o problema.

A senhora da van

senhora da van

Camden Town, bairro de Londres, 1970. Mary Shepherd (Maggie Smith) é uma senhora idosa, que mora dentro de uma van. Devido aos seus hábitos pouco higiênicos, os moradores não gostam nem um pouco quando ela decide estacionar o carro próximo à sua casa. O único que a tolera é o escritor Alan Bennett (Alex Jennings), que permite que ela use seu banheiro de vez em quando. Após algum tempo, os moradores conseguem que a prefeitura proíba que qualquer carro fique estacionado no bairro. A intenção era que a sra. Shepherd deixasse o local, mas ela encontra uma saída quando Alan oferece que estacione na vaga existente em sua própria casa.

Mais forte que bombas

mais forte

Anos após a morte da mãe (Isabelle Huppert) em um acidente de carro, Jonah (Jesse Eisenberg) volta para casa para uma retrospectiva de seu premiado trabalho como fotógrafa de guerra e reencontra o pai (Gabriel Byrne) e o irmão caçula (Devin Druid) ainda abalados pelo trauma. Com mágoas não superadas, os três buscam uma conexão através das lembranças completamente diferentes que têm da mulher.

Yorimatã

yorimata

Luhli e Lucina são duas mulheres brasileiras que buscam liberdade no movimento hippie, nos anos 1970. Elas desenvolvem composições musicais experimentando instrumentos e são pioneiras da música independente brasileira. Luhli e Lucina vivem um relacionamento a três com o fotógrafo Luiz Fernando Borges da Fonseca, que registra a vida deles em filmes 8mm.

A bruta flôr do querer

a bruta

Quando ainda estava na faculdade de cinema, Diego se destacava como um dos alunos mais promissores, dirigindo pequenos trabalhos de sucesso. No entanto, chegando ao mercado de trabalho, ele não consegue se firmar como cineasta, sendo forçado a filmar cerimônias de casamento. Em meio a essa crise, Diego ainda tem que enfrentar sua complicada relação com as mulheres, que despertam nele o desejo e o medo.

Quem você quer ser nesta história?

quem

Um retrato sobre o autismo que busca eliminar o preconceito em torno do tema, sendo narrado por indivíduos que, de uma forma ou de outra, vivem e convivem com o autismo todos os dias como os próprios portadores da síndrome, ois familiares dos mesmos e também profissionais especialistas na questão.

Encontro discute sobre violência contra mulher


A Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) marcou presença em encontro realizado no último dia 07, em Brasília, pela Secretaria de Políticas para as Mulheres do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, para tratar sobre o projeto “Casa da Mulher Brasileira”.
A Secretária de Políticas para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, esteve presente na reunião, que tratou inclusive da homologação da empresa vencedora da Licitação da Casa da Mulher Brasileira da Bahia, a WJC Construções.
Para a Secretária Olívia, este é um equipamento estratégico para o atendimento das mulheres em situação de violência e para o fortalecimento da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres da Bahia.
Encontro_CasadaMulherBrasileira_SP_070416
Foto: SPM-BA
Casa da Mulher Brasileira
A Casa da Mulher Brasileira é uma inovação no atendimento humanizado das mulheres.  Integra no mesmo espaço diferentes serviços especializados que atendem aos mais diversos tipos de violência contra as mulheres: acolhimento e triagem; apoio psicossocial; delegacia; juizado especializado em violência doméstica e familiar contra as mulheres; Ministério Público, Defensoria Pública; serviço de promoção de autonomia econômica; espaço de cuidado das crianças – brinquedoteca; alojamento de passagem e central de transportes.

Mãe e filho que se apaixonaram podem ser condenados à prisão por incesto


Édipo e Jocasta do século 21. A mãe e o filho que chocaram o mundo ao anunciar que estão apaixonados e pretendem se casar estão agora tendo que se esconder para escapar de uma possível condenação a 15 anos de prisão por incesto. Kim West, de 52 anos, entregou Ben Ford, de 32, para adoção e os dois se re-encontraram em 2014.newday

Kim falou abertamente sobre o namoro com o filho a um tabloide britânico, e chamou atenção do mundo inteiro. Mas eles podem pagar um preço alto pela exposição. Os dois moram em Michigan, nos Estados Unidos, onde a pena por crime de incesto pode chegar a 15 anos. Agora, o estranho casal está fugindo das autoridades, segundo o jornal The Mirror.

A legislação do estado de Michigan define que há conduta sexual criminosa quando “a pessoa está relacionada ao acusado por afinidade ou parentesco até o terceiro grau”. Esse é o caso de Kim e Ben. Se condenados, eles podem cumprir pena de até 15 anos e ter os nomes incluídos definitivamente na lista de criminosos sexuais.

Na última sexta-feira, o caso entre mãe e filho foi capa do jornal The New Day. À publicação, Kim, que é inglesa, contou que engravidou de um namorado na Califórnia e abriu mão do bebê quando ele tinha uma semana de vida. Em 2014, 30 anos depois, ela recebeu uma carta de Ben e eles se reaproximaram.

Segundo Ben, os dois se apaixonaram e ele, que era casado com uma mulher chamada Victoria, se separou para viver o romance com a mãe. Ele contou à News Day que disse à ex: “Toda vez que estou tendo relações com você, desde que conheci Kim, eu imagino que é ela quem estou beijando. Caso contrário, não conseguiria”.

Kim disse que o sexo com o Ben é incrível e que deseja ter um filho com ele

Risp/Sul tem maior redução de crimes violentos em números absolutos


De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, a  Região Integrada de Segurança Pública do sul (Risp/Sul) alcançou o maior índice de redução nos Crimes Violentos Letais Intencionais em 2015, em comparação com o ano de 2014, em números absolutos.  No total, 117 vidas foram poupadas no ano passado, quando o número de mortes caiu de 1201 para 1084, uma redução de 9,7%, ultrapassando a meta estabelecida de 6%. Em porcentagem, a Risp/Sul teve a segunda maior redução do estado.

O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, apresentou os índices estatísticos da região na manhã desta sexta-feira (8), durante reunião realizada em Ilhéus, com a participação de comandantes e delegados responsáveis pelos municípios envolvidos.

Foto: SSPB
Foto: SSPB

Barbosa parabenizou as equipes que conseguiram ultrapassar a meta de redução no número de CVLIs e cobrou mais esforços aos profissionais das Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisps) que não conseguiram reduzir os índices dentro do esperado.

Policiais integrantes das Aisps da Rips/Sul que conseguiram atingir a meta receberão o Prêmio por Desempenho Policial (gratificação destinada aos profissionais pelo alcance da redução de CVLIs). No sul, as Aisps de Ilhéus, Itabuna, Eunápolis alcançaram as reduções.

No total, 9884 servidores receberão a premiação em todo o estado, um investimento de R$15 milhões. O secretário da SSP acredita que a gratificação funciona como um grande estímulo para os profissionais da área.  Ainda durante a reunião da Risp/Sul, Barbosa chamou a atenção sobre a dinâmica da criminalidade e a necessidade de o policiamento trabalhar com a prevenção de crimes.

 “É uma disputa que não tem trégua. Mesmo com o resultado positivo, temos que continuar trabalhando para melhorar ainda mais o panorama atual e encerrarmos 2016 com índices de redução ainda maiores”, ressaltou. Outro destaque do policiamento realizado na região foi o aumento no número de mandados cumpridos, que cresceu de 558 em 2014 para 719 em 2015.

Schwarzenegger simpatiza com mulher de Belo


Gracyanne Barbosa, a mulher fortona de Belo, foi à feira fitness Arnold Classic Brasil e se encontrou com Arnold Schwarzenegger.gracyanne-barbosa

Ela disse durante o evento:

“Eu estava na fila quando ele pediu para o agente dele me pegar e me levar antes para fazer a foto. Posamos e, em um dos registros, ele virou para mim e disse que eu sou bonita e forte. Que deveria, assim como ele, viajar pelo mundo”.

O musculoso se identificou com ela, claro. Mas será que rolou uma invejinha do ator ao ver uma mulher mais musculosa que ele?

Ainda na feira, Gracyrambo negou que use anabolizante para cavalo. E ficou irritada com os boatos de que estaria usando isso para ficar mais bombada ainda.

 

Entrevista no Documentário é destaque na Casa das Artes


No mês de abril, encerrando o “Modulo I – Documentário Contemporâneo”, o Núcleo de Produção Digital do Pará (NPD) oferece a oficina“A Entrevista no Cinema Documentário: Olhar, Técnica e Circunstâncias”.  Ministrada por Felipe Cortez, jornalista e produtor audiovisual, e por André Mardock, repórter cinematográfico; ambos profissionais da TV Cultura do Pará, a oficina aborda aspectos práticos e teóricos de um dos principais recursos do cinema documentário: a entrevista.

A oficina ocorre ao longo desta semana – dias 4, 6, 8 e 11 de abril, das 9h às 12h e das 14h às 18h –, na Casa das Artes da Fundação Cultural do Pará. Por meia dela serão abordados os três pilares fundamentais para a entrevista em documentários: a técnica, como a relação e os procedimentos mais objetivos do documentário; o olhar, como a questão subjetiva, que é a sensibilidade, a experiência pessoal, a vivencia; e a circunstância, como condição de tempo, lugar ou modo que acompanha um fato.

_MG_0564
A entrevista no cinema documentário

 

A oficina possui um caráter mais prático do que teórico, buscando resgatar experiências do fazer profissional dos instrutores. “Foi um excelente convite do Felipe Pamplona (coordenador do NPD-Pará). Acho que ele está dando a oportunidade da gente dividir, trocar com as pessoas o que temos na nossa rotina, enquanto trabalhadores da comunicação”, afirma André Mardock. Os instrutores propõem ainda levar os alunos para conhecer um pouco da realidade de produção da TV Cultura.

“Não vai ser só a gente ensinando, vai ser a gente tentando trocar com eles, tentando buscar a experiência prévia deles com o audiovisual”, comenta Felipe Cortez. O objetivo é chegar a produto audiovisual que reúna tudo o que foi aprendido ao longo da oficina. Além disso, “esse tipo de oficina é tanto para sensibilizar, falar sobre técnica, mas para falar sobre linguagem, mostrar o documentário como um dos campos mais férteis da experimentação que existem no audiovisual”, destaca Felipe Pamplona.

Oficina “A Entrevista no Cinema Documentário

Quando: Dias 4, 6, 8 e 11 de abril, das 9h às 12h e das 14h às 18h;

Onde: Casa das Artes (ao lado da Basílica de Nazaré).

Inscrições: Encerradas.

Informações: (91) 4006-2924/4006-2904

Corretor de imóveis: saiba escolher o seu


Apesar a crise econômica  que afeta o nosso país, o número de pessoas em busca da casa própria cresce cada vez mais. Mesmo com todas as estatísticas positivas, a compra de um imóvel é uma realização que, na maioria das vezes, acontece apenas uma vez na vida de um brasileiro, e para que este momento tão sonhado não se transforme em pesadelo, é necessário tomar uma série de cuidados antes de fechar um negócio.

Vários fatores influenciam na escolha do imóvel no momento da compra. Preço, região e tamanho são algumas das preocupações da maioria da população, mas todas elas podem ser compartilhadas e facilitadas com uma ajuda fundamental: do corretor de imóveis.

Escolher o profissional que vai acompanhar esse momento é importante para ter a melhor assistência e evitar transtornos com os trâmites das negociações. Um bom corretor vai além do processo de compra e venda do imóvel: ele defende o interesse do comprador, facilita a negociação e oferece a maior tranquilidade para que este importante momento seja o mais prazeroso possível.

problemas-imoveis-novos

Ao buscar pelo profissional ideal neste processo, tenha em mente alguns requisitos:

  • Especialista na região: um corretor que conhece profundamente a região onde o imóvel está localizado estará apto a esclarecer todas as questões relevantes, tanto sobre o preço de mercado da região, a arquitetura do prédio e localização de pontos estratégicos, como mercados, farmácias e hospitais;
  • Disponibilidade e experiência: cada pessoa tem necessidades diferentes. É dever do corretor entendê-las e ter disponibilidade para ajudar em qualquer dúvida. Um bom corretor irá perguntar, por exemplo: Porque você precisa vender seu imóvel? Qual o seu tempo para a negociação? Quanto você tem para investir? O que está motivando a locar um imóvel?;
  • Acesso a tecnologias avançadas: um software de gestão oferece organização, agilidade e estatísticas, que otimizam as tarefas do bom corretor de imóveis e influenciam diretamente na qualidade de seu trabalho. Quanto mais recursos o profissional tiver, melhores serviços serão oferecidos aos seus clientes;
  • Certificação e referências: o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) promove cursos que certificam os profissionais. Educação e experiência são recomendações preciosas. Se informe se o profissional possui o número de inscrição do Creci e busque referências;
  • Relação de confiança: transparência das informações, tanto sobre os imóveis tanto quanto sobre a metodologia de seu trabalho, é a palavra chave para conduzir o processo sem estresse e ter certeza que as boas decisões serão tomadas;
  • Consultoria completa: um bom profissional dever ter a capacidade de fornecer atendimento personalizado, envio de feedbacks, produtos financeiros e apoio jurídico, entre outros;
  • Atendimento pós-venda: a função de um bom consultor é de também obter a certeza que seus negócios acontecem de uma maneira eficaz, desde o primeiro contato até a conclusão da venda. É importante que o corretor esteja disponível para ajudar com detalhes sobre como e onde encontrar determinados serviços após a mudança.

 

Tomar certos cuidados pode reduzir e muito as chances de ter dores de cabeças e prejuízos futuros com a contratação de uma pessoa mal intencionada para auxiliá-lo na sua transação imobiliária. Boa sorte!

 

 

Tabloide garante que Angelina Jolie está anorexica


A atriz Angelina Jolie está enfrentando uma séria crise de anorexia, segundo o tabloide “National Enquirer”. Na última tercei-feira, a publicação afirmou em sua capa que a atriz sofre de “câncer, anorexia e paranoia”.

Ainda de acordo com o tabloide, Angelina estaria pesando apenas 35kg. A situação teria feito o marido da atriz, Brad Pitt, interná-la em uma clínica. Pitt ainda teria ameaçado pedir o divórcio caso ela não voltasse a se alimentar. Angelina Jolie e Brad Pitt têm seis filhos.

Vale lembrar que há duas semanas Angelina Jolie viajou para Atenas, na Grécia, para visitar um campo de refugiados. Como sempre, a atriz parecia estar bastante magra, mas não apresentava sinais de que não estivesse bem de saúde.

jolie
Foto: reprodução

Entenda como a vacina contra a gripe funciona


O Ministério da Saúde iniciou o envio aos estados da vacina contra a influenza no início deste mês. Nas três primeiras remessas (1º a 15 de abril), os estados recebem 25,6 milhões de doses, que corresponde a 48% do total a ser enviado para a campanha deste ano. Desse montante, serão entregues 5,7 milhões de doses somente para São Paulo.

De acordo com o órgão, a entrega das vacinas aos municípios, por sua vez, é responsabilidade dos estados. A campanha de vacinação acontece em todo o país do dia 30 de abril (com mobilização especial em todo o país) até 20 de maio. A campanha será mantida para esse período, quando os estoques estarão abastecidos para a realização da estratégia nacional.

Até o momento, foram registrados 444 casos de síndrome aguda respiratória grave por influenza A (H1N1) em todo o Brasil, sendo 71 mortes, de acordo com o Ministério da Saúde. O maior número de casos foi registrado em São Paulo, com 55 óbitos. A síndrome se caracteriza por febre, tosse e desconforto respiratório. No ano passado inteiro, foram 36 mortes por H1N1 no país. Vacinação contra influenza é a intervenção mais importante na redução do impacto da doença. De acordo com o Ministério da Saúde, a ação é uma resposta da Organização Mundial da Saúde (OMS) para controlar a circulação de amostras dos vírus. Segundo a pasta, a constante mudança dos vírus influenza requer monitoramento global e frequente reformulação da vacina.

Em novembro de 2015, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, endossou a orientação da OMS e adotou a vacina trivalente, que contém os vírus determinados pela OMS. Ela é produzida pelo Instituto Butantan de São Paulo. A vacina disponível nas clínicas particulares é a tetravalente, que protege contra uma variação a mais do vírus da gripe.

vacina

Quais são os tipos de vacina de gripe?

A vacina contra a gripe protege contra a influenza A, incluindo a prevenção contra a cepa H1N1, e a influenza B. Mas, dentro dessa característica em comum, pode haver variações.

Como a vacina é elaborada?

Anualmente, a OMS convoca duas consultas técnicas, em fevereiro e setembro, para recomendação das amostras vacinais candidatas que irão compor as vacinas contra influenza sazonal dos hemisférios norte e sul. Uma amostra vacinal candidata é um vírus influenza que o Centro de Controle de Doenças CDC (ou um dos colaboradores da OMS) seleciona e prepara para uso na produção de vacinas. Amostras vacinais candidatas são tipicamente escolhidas com base na similaridade com os vírus influenza que estão se disseminando e causando infecções em humanos, assim como na sua habilidade de multiplicação em ovos de galinha, onde os vírus vacinais são cultivados.

Por que a vacina muda todo ano?

Devido a essa mutação dos vírus, é necessário se vacinar anualmente contra influenza. Grupos prioritários podem receber gratuitamente a vacinação nos postos de saúde.

Quais vacinas existem contra a gripe?

Há duas vacinas disponíveis a trivalente e a tetravalente (ou quadrivalente). São os seguintes os vírus nelas contidos:

Trivalente: A (H1N1); A (H3N2); Influenza B do subtipo Brisbane

Tetra ou Quadrivalente: A (H1N1); A (H3N2); 2 vírus Influenza B, que são os subtipos Brisbane e Phuket.

A proteção contra o H1N1 está contida nas duas.

Estão indicadas para todas as pessoas, exceto para bebês com menos de 6 meses de idade. Dependendo do fabricante da vacina, um dos tipos da tetra só pode ser dado para crianças maiores de 3 anos de idade. A Trivalente pode ser dada para todos acima de 6 meses. Crianças de 6 meses a 1 ano tem que tomar duas doses com intervalo de 1 mês.

Qual é a vacina oferecida pelo SUS?

A vacina oferecida pelo SUS nos postos de saúde e centros de vacinação é a trivalente.

E a vacina da clínica particular?

Clínicas particulares costumam oferecer, além da vacina trivalente, a vacina tetravalente. Essa vacina também pode ser chamada de quadrivalente e já é oferecida pelo sistema público de saúde dos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália.

Qual deve ser o preço da vacina? Como denunciar preços abusivos?

Segundo o Procon, caso seja constatado reajuste abusivo, as empresas poderão ser autuadas. O órgão não informou quantos hospitais foram notificados e se são da capital ou de outras cidades do estado.

O Procon investiga a informação de que houve hospitais e laboratórios privados que reajustaram o preço da vacina de R$ 120 para até R$ 215. No ano passado, segundo o órgão, o preço médio do imunizante era R$ 45.

Quanto tempo leva para a vacina fazer efeito?

Uma média de 2 a 3 semanas.

Quem tem prioridade para se vacinar gratuitamente?

– Crianças de 6 meses a menores de 5 anos;

– Gestantes;

-Trabalhador de saúde;

-Povos indígenas;

-Indivíduos com 60 anos ou mais de idade;

-População privada de liberdade;

-Funcionários do sistema prisional;

-Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis;

-Pessoas portadoras de outras condições clínicas especiais (doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e portadores de trissomias).

Qual é o calendário de vacinação na rede pública?

A campanha nacional de vacinação contra gripe está marcada para começar no dia 30 de abril e vai até o dia 20 de maio. Alguns estados, como São Paulo, podem antecipar a vacinação pelo SUS devido ao aumento precoce de casos da infecção. O Ministério da Saúde anunciou que começaria a enviar as doses aos estados a partir desta sexta-feira (1º).

04/04: vacinação gratuita dos profissionais de saúde.

11/04: podem ser vacinadas as crianças de 6 meses a 5 anos de idade, idosos, gestantes e portadores de doenças crônicas.

30/04: além dos grupos anteriores, podem receber a vacina puérperas de até 45 dias, detentos, funcionários da rede prisional e indígenas.

Quais são as contraindicações para a vacina?

De acordo com o Portal da Saúde, pessoas com alergia comprovada e importante ao ovo não devem receber a vacina. Quem está com imunodepressão, natural ou medicamentosa, deve receber orientações específicas do próprio médico.

  • Informações do Ministério do Trabalho