Governo convoca profissionais de saúde para combater avanço do coronavírus


O Ministério da Saúde publicou portaria hoje (2) instituindo o programa “Brasil Conta Comigo”. A iniciativa vai organizar a atuação de trabalhadores da área da saúde em ações de apoio à prevenção e ao combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19).
São abarcados no conceito de “profissionais de saúde” os trabalhadores das seguintes carreiras: serviço social, biologia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia e terapia ocupacional, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, psicologia e técnicos em radiologia.

Profissionais dessas áreas serão colocados em um cadastro geral, que poderá ser consultado pelas autoridades de saúde para o planejamento de suas iniciativas. A informação sobre esses trabalhadores deverá ser repassada pelos respectivos conselhos profissionais. Essas entidades também deverão orientá-los a preencher o formulário do programa.

Eles serão capacitados nos protocolos clínicos do ministério da Saúde, e vão contribuir nas ações de combate ao novo coronavírus. A capacitação será realizada por meio de atividades de educação a distância (EAD).

O programa ficará ativo durante o todo o período de estado de emergência em saúde pública. A portaria, contudo, não deixa claro como esses profissionais atuarão e como será garantida a qualificação profissional necessária para o atendimento adequado às demandas do sistema de saúde.

Fonte: Agência Brasil

Filipino que violar quarentena por conta do coronavírus será fuzilado, garante Duterte


O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, autorizou as Forças Armadas e as autoridades policiais a matarem as pessoas que violarem a quarentena imposta pelo governo por conta da pandemia de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. O anúncio foi feito durante um pronunciamento na televisão nesta quinta-feira, 2, pelo líder filipino, cujo perfil autoritário e contrário aos direitos humanos já foi atestado em outros episódios.

“Morto. No lugar de causar problemas, te enviaremos à tumba”, disse Duterte, que culpou grupos de esquerda por protestos realizados sem a permissão da polícia em Manilla, a capital do país, no qual os manifestantes pediam por ajuda do governo. “Minhas ordens para a polícia e os militares são que, se houver problemas e houver um momento em que suas vidas estiverem em perigo, atirem para matar”.

O país se encontra em estado de calamidade por conta da pandemia. Cidadãos mais pobres foram os mais prejudicados pelas regras de confinamento impostas pelo governo. Apesar de ter aprovado um programa para enviar dinheiro para essas pessoas, como vários países pelo mundo, inclusive o Brasil, estão fazendo, a proposta ainda não entrou em vigor. Por isso, os cidadãos vão às ruas protestar e pedir agilidade das autoridades e acabam por contrariar as regras de quarentena do país.

Duterte, presidente da Filipinas promete rigor extremo com quem violar quarentena Foto: divulgação
Duterte, presidente da Filipinas promete rigor extremo com quem violar quarentena Foto: divulgação

No pronunciamento, Duterte afirmou sobre a importância de que todo mundo coopere com as normas de confinamento para frear a propagação do vírus e evitar o colapso do sistema de saúde do país. “A situação está piorando. Por mais alertos para a seriedade do problema, todos devem escutar”, disse. As Filipinas tem 2.633 casos confirmados de Covid-19 e 107 mortes. Cerca de 50 milhões de pessoas estão em quarentena.

O projeto aprovado pelo Congresso visa distribuir cerca de quatro milhões de dólares para 18 milhões de famílias. O governo, porém, segura a entrada em vigor da proposta até elaborar “uma base de dados consolidada” sobre os beneficiários. Duterte também recebeu dos parlamentares novos poderes para lidar com a crise, como controle sobre hospitais privados e meios de transportes e de realocar partes do orçamento.

O presidente é conhecido por seu autoritarismo e falas que não teriam lugar em outros países pelo mundo. Duterte já assumiu ter realizado um assassinato, ter agredido sexualmente uma mulher e ter encorajado a morte de bispos católicos, além de prometer renunciar caso alguém fizesse uma “selfie” com Deus.

 

Estudo revela que coronavírus é facilmente transmitido em fase inicial da doença


O coronavírus é transmitido com muita facilidade na fase inicial da doença, quando os sintomas são leves e às vezes nem incluem febre. Foi que constatou um estudo detalhado realizado com nove pacientes alemães que se infectaram com o novo vírus.

Essa análise acaba de ser publicada no site da revista cientifica Nature, reforçando a necessidade de evitar o contato entre pessoas com quaisquer sintomas e a população em geral para retardar o avanço da doença.

O estudo foi coordenado por Christian Drosten, do Charité Universitätsmedizin Berlin, um dos mais importantes hospitais universitários da Europa. Drosten e seus colegas acompanharam os pacientes a partir do fim de janeiro de 2020, quando a primeira onda de casos da covid-19 foi detectada em Munique. Todos os doentes foram acompanhados no mesmo hospital da cidade, capital do estado da Baviera (sul da Alemanha).

De modo geral, o grupo de pacientes teve manifestações brandas da doença, com sintomas como febre, tosse, dor de cabeça e, mais raramente, sinusite e diarreia. Um deles não manifestou sintoma algum, enquanto dois chegaram a ficar com pneumonia.

O resultado principal dessa bateria de análises foi a constatação de que há um pico de produção do vírus no organismo nos primeiros cinco dias de sintomas, com uma concentração do parasita nas vias respiratórias superiores (nariz e garganta). Também havia grande quantidade do vírus em amostras de escarro, o que significa que ele também é capaz de “descer” rumo aos pulmões, conforme indicado pelos casos de pneumonia desencadeados pelo Sars-CoV-2, causador da doença.

Uma possível boa notícia oriunda das análises é que o grupo não conseguiu detectar o Sars-CoV-2 no sangue e na urina dos pacientes alemães, e as fezes, embora contivessem grandes quantidades de material genético viral, não abrigavam a forma do vírus com capacidade de replicação (reprodução). Dos nove pacientes, quatro também tiveram perda temporária do olfato e do paladar, outro efeito relativamente comum da covid-19, conforme têm mostrado outros relatos.

Além de reforçar a importância do confinamento, os dados trazem indicações importantes para o trabalho dos hospitais e para o desenvolvimento de vacinas. Numa situação em que os sistemas de saúde do mundo ameaçam colapsar, a análise dos pacientes alemães sugere que, no décimo dia após o início dos sintomas, quase não há mais potencial para a transmissão do vírus, o que permitiria a liberação desses pacientes com relativa segurança (desde que não sofram complicações).

Além disso, foi possível acompanhar passo a passo a formação de anticorpos contra o vírus. Metade dos pacientes tinham desenvolvido boa quantidade de anticorpos no sétimo dia após o início da doença, e todos tinham chegado a esse estágio 14 dias após as primeiras febres e episódios de tosse.

 

Mensalidades de escolas particulares devem ser pagas durante suspensão de aulas orienta o Procon


Em período de suspensão de aulas em virtude da quarentena, um dos principais questionamentos dos pais de estudantes de escolas públicas é referente à cobrança de mensalidades. De acordo com o superintendente do Procon da Bahia, Filipe Vieira, durante o período sem aulas, os pagamentos das mensalidades da rede privada de ensino devem permanecer. Segundo Vieira, é importante que os responsáveis e as instituições particulares busquem uma forma de negociação das mensalidades, caso não haja o desejo de pagamento integral.

“Nós estimulamos que o contrato seja mantido em sua natureza, tanto na parte do aprendizado, quanto na parte da preservação das mensalidades, mas recomendamos a negociação em qualquer caso”, afirmou o superintendente.

No entanto, mesmo com os serviços de aulas presenciais suspensos, o Procon-BA recomenda a regularidade no pagamento das mensalidades uma vez que não há supressão no serviço ofertado pela escola, mas, sim, um ajuste de cronograma.

Os estabelecimentos poderão realizar a reposição das aulas posteriormente ou ministrar aulas de forma virtual, como foi autorizado pelo Ministério da Educação para o ensino superior. “Esses contratos de escolas e universidades são de lido continuado, ou seja, são quando perduram por um certo tempo. Então, um serviço que porventura não puder ser prestado nesse momento, deve ser prestado em um outro momento, através de reposição de aulas ou, segundo autorização do MEC para o ensino superior para a substituição de aulas presenciais para online”, disse.

Outra dúvida frequente no meio acadêmico particular é: com a mudança para aula online, automaticamente não reduziria o valor da mensalidade, por não estar usufruindo do espaço físico da instituição? O superintendente do Procon explica que não, pois há, nesse momento, também, um investimento por parte das escolas e universidades em plataformas digitais para manutenção das aulas, além dos custos com salário de professores e contas da unidade, que continuam sendo cobradas, mesmo fechadas.

“Os pagamentos devem ser mantidos na normalidade possível, pois as instituições precisam manter o fluxo de caixa, pagar salários de funcionários, que é um ponto que preocupa muito esse momento”, disse.

Comunicado 
Em comunicado que será encaminhado aos pais  e mães de alunos de aproximadamente 40 escolas  de Salvador, o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado da Bahia (Sinepe-BA) diz que  o  decreto municipal (que suspende as aulas por mais 15 dias)  não significa que as escolas estejam nem ficarão sem atividades.

“Ao contrário, para a manutenção de um ensino de qualidade que nos fez merecer a escolha de milhares de pais, professores e o corpo funcional, é preciso que estes tenham seus salários mantidos e estejam a postos para executar todo o planejamento para que as aulas sejam retomadas assim que houver autorização das autoridades”, diz a nota.

A entidade lembra ainda que a depender das características de cada instituição, muitas escolas estão oferecendo esquemas alternativos não presencias de geração de conteúdos disciplinares para seus alunos, que vão do ensino à distância até a recomendações de formatos e módulos para que os alunos prossigam estudando de suas casas.calculando gastos

“As escolas particulares estão perfeitamente afinadas com as diretrizes definidas pelo Procon-BA a respeito da necessidade de que as mensalidades dos alunos sejam pagas em sua integralidade dentro das datas acordadas nos contratos”, diz o comunicado.

O que dizem as instituições
O diretor presidente da Associação Baiana de Mantenedoras do Ensino Superior (ABAMES), Carlos Joel, concorda com o superintendente do Procon. Segundo ele, a entidade era a favor da suspensão das aulas desde o início da chegada da pandemia em Salvador.

“Achamos que, enquanto durar essa situação de indefinição, dos riscos que a sociedade pode correr, devem continuar suspensas as atividades nas instituições, pois é um local propício para aglomerações. Concordamos com o decreto inicial e com a prorrogação. Muitas escolas estão ofertando as aulas remotamente, isso gera custos”, explicou.

Carlos disse que entende o caso comece a surgir reclamações por parte de alunos e pedidos de descontos ou redução de mensalidades, mas garantiu que as entidades estão se esforçando para ofertar o mesmo serviço de antes aos alunos.

“Nesse momento, não há necessidade de redução de mensalidades, nem de ofertas de descontos, até porque muitas delas estão ofertando os serviços por plataformas na internet. Toda a parte teórica está sendo ofertada online, com monitoria de professores. Todas as instituições de ensino estão atuando conforme sua sobrevivência, as despesas não pararam, pelo contrário, elas continuam, são os mesmos custos”, pontuou o diretor.

Coronavírus faz terceira vítima fatal na Bahia


Um idoso de 88 anos é a terceira vítima fatal do coronavírus no Estado da Bahia. A informação foi confirmada, hoje, (02). O homem estava internado no Hospital da Bahia e segundo informações da unidade de saúde, o paciente estava internado em unidade de terapia intensiva desde o dia 23 de março. 

Ainda segundo o hospital, o paciente apresentava diversas comorbidades. Era diabético e cardiopata, com uso de marca-passo além de ter sido fumante por 40 anos. Além do idoso, outros dois pacientes já morreram por conta do coronavírus no estado. Um homem de 74 anos, também internado no Hospital da Bahia e um paciente de 64 anos que estava em tratamento no Hospital Aliança. As mortes aconteceram no inicio desta semana.

Ministério da Saúde disponibilizará manual para produção de máscaras de pano reutilizáveis


O jeito é improvisar! O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou ontem que disponibilizará na internet um manual para a produção de máscaras de pano reutilizáveis. Segundo ele, há um problema de fornecimento do equipamento, em razão da alta demanda surgida com o novo coronavírus. Assim, o conselho é: faça sua própria máscara e deixe as feitas pela indústria para os profissionais de saúde. O principal fabricante é a China, mas vários países estão competindo entre si para ter acesso à produção. Mandetta também pediu que as pessoas que têm máscaras produzidas pela indústria estocadas em casa as doem para unidade de saúde.

O seu protetorado nerd é aqui


Cinema, quadrinhos, desenhos e séries… O mercado nerd e geek vem crescendo a cada ano atraindo mais e mais adeptos. Não é à toa que esses consumidores ganharam um dia exclusivo, o Dia do Orgulho Nerd, comemorado no dia 25 de maio.

Temas como Star Wars, Marvel, DC Comics, Pókemon, alguns filmes da década de 80, cultura pop, entre outros, estão estampados nos mais variados produtos vendidos, on-line ou em lojas físicas.

E já que falamos de cultura pop, que tal conhecer um novo canal também focado no universo nerd? Estamos nos referindo ao RGU Renew Geek Update. Lá você tem informações sobre personagens dos quadrinhos, quadrinhos, cinema, séries atuais e antigas, desenhos e muito mais. Quer conhecer o RGU, é só clicar no link abaixo!

Alguns mitos e verdades sobre o coronavírus


O Coronavírus tem modificado o dia a dia da população mundial. A falta de informações precisas, bem como, a subestimação do poder letal do vírus trouxe prejuízos até certo ponto irreparáveis como a perda de vidas. Muito tem se falado sobre o coronavírus, mas ainda há muitas dúvidas sobre a moléstia. Para esclarecer dúvidas e orientar a população, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) enumerou 10 perguntas e respostas que envolvem pele, cabelos e unhas e informa o que é  mito ou verdade.

 

Confira dúvidas frequentes relativas à prevenção e contaminação pelo novo coronavírus:

Água e sabão diminui o tempo de vida do novo coronavírus? – É VERDADE

Essa é a principal forma de desinfectar a pele em geral. Portanto, intensifique a lavagem, principalmente, do rosto, mãos e braços.

 

É necessário retirar toda a barba? – É MITO

Retirar a barba facilita a limpeza e higiene na região, no entanto, não é preciso raspá-la. O importante é redobrar a limpeza e higiene da pele e pelo da área com água e sabão.

 

O álcool em gel 70% é um importante aliado na prevenção? – É VERDADE

Sim, porém, apesar da eficácia, seu uso em excesso resseca a pele. Faça uso apenas quando não for possível lavar as mãos e o braço com água e sabão.

 

Pode-se usar qualquer tipo de álcool na pele para a prevenção? – É MITO

A SBD orienta utilizar o álcool em gel 70% medicinal e nunca o de limpeza doméstica. Receitas caseiras também não funcionam.

 

Existe uma ordem para passar os produtos de cuidados com a pele? – É VERDADE

Siga o passo a passo: 1- álcool em gel 70% medicinal; 2- hidratante; 3- protetor solar; 4- repelente; 5- cosméticos.

 

A vacina da gripe previne contra a Covid-19? – É MITO

A campanha de vacinação contra a gripe foi antecipada, mas ela não previne contra o novo coronavírus. Mas a vacinação evita que mais de uma epidemia aconteça ao mesmo tempo no país e garante que menos casos necessitem de cuidados intensivos, aumentando os leitos para quem contrair a doença. No entanto, a recomendação é manter as vacinas em dia.

 

Tratamento com isotretinoína oral para acne grave não deve ser suspenso? – É VERDADE

Não há, até o momento, relação de uso do medicamento em pacientes com acne e riscos de infecção ou de alteração na evolução do microorganismo causador da Covid-19. Portanto, atualmente, orienta-se a manutenção do tratamento em curso.

 

Devo cortar o cabelo ou andar sempre de cabelo preso? – É MITO

Essa é uma orientação válida para os médicos que, geralmente, colocam a mão no cabelo e, após, na máscara. Para a população a medida não possui eficácia. O importante é manter os fios limpos.

 

Pacientes com hanseníase não precisam parar protocolo de tratamento? – É VERDADE

A orientação da SBD é que o protocolo de tratamento do Programa de Saúde Pública, sob responsabilidade do Ministério da Saúde (MS), seja mantido. Até o momento, não existem conhecimentos científicos disponíveis de interações do coronavírus com os protocolos clínicos da doença.

 

Manter as unhas curtas não previne a contaminação? – É MITO

Cortar as unhas, pelo menos neste momento, facilitará a limpeza, principalmente na parte de baixo, onde é difícil de higienizar adequadamente. Unhas muito longas, sejam naturais ou artificiais, comprometem a limpeza total das mãos, umas das principais regiões do corpo que entram em contato com superfícies.

 

Já são 6.836 casos confirmados de coronavírus no Brasil e 241 mortes


A informação é do Ministério da Saúde. O total de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus no Brasil subiu para 6.836 e o total de mortes chega a 241. No último balanço do governo, na última terça-feira, o número de infectados chegava a 5,717 e 201 mortes confirmadas.

Em relação a ontem, houve uma queda no número de casos diagnosticados, passando de 1.138 por dia para 1.119. O crescimento na quantidade de mortes pela doença também foi menor. Enquanto na terça foram 42 óbitos, hoje são 40. A taxa de letalidade, comparação entre o número de casos diagnosticados em relação às mortes, permanece a mesma: 3,5%.

A redução da velocidade no aumento do número de casos foi sentida em São Paulo, estado que concentra a maior quantidade de pessoas infectados pela Covid-19: 2.981. Ontem o crescimento no índice foi de 61%, enquanto hoje foi de 27%. A evolução no número de mortes, no entanto, manteve a velocidade do dia anterior: 20% ao dia. O estado tem agora 164 óbitos registrados, em decorrência da infecção.

O Rio de Janeiro vem em seguida, com 832 casos e 28 mortes. Na terceira posição em relação ao número de casos está o Ceará, com 444 doentes confirmados e 8 mortes. Depois vem o Distrito Federal com 355 casos e três mortes.

Quando levada em conta as regiões, o Sudeste permanece na frente no número de casos, com 4.223, equivalente a 62% do total. Em seguida vem o Nordeste, puxado pelo Ceará, com 1.007 infectados. Depois vem o Sul (765) e o Centro-Oeste (504). Já a região Norte é a com menos casos da doença até o momento: 337.

Confira o número de casos por região:

Nordeste

Alagoas – 18

Bahia – 246

Ceará – 444

Maranhão – 54

Paraíba – 20

Pernambuco – 95

Piauí – 18

Rio Grande do Norte- 92

Norte

Acre – 43

Amapá – 11

Amazonas – 200

Pará – 40

Rondônia – 9

Roraima – 22

Tocantins – 12

Centro-Oeste

Distrito Federal – 355

Goiás – 71

Mato Grosso – 27

Mato Grosso do Sul – 51

Sudeste

Espírito Santo – 96

Minas Gerais – 314

Rio de Janeiro – 832

São Paulo – 2.981

Sul

Paraná – 224

Rio Grande do Sul – 306

Santa Catarina – 235

Serviço de transporte intermunicipal suspenso em 34 cidades baianas


Agora são 34 cidades baianas com o serviço de transporte intermunicipal suspenso temporariamente. A partir de hoje, (1º), os municípios de Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca e Dias d’Ávila também vão ter restrições na operação, até o dia 5 de abril. A medida foi divulgada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (31).

Com a divulgação no DOE, portanto, fica suspensa a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans dos municípios no decreto, nos 34 municípios. Os ônibus interestaduais também não podem circular na Bahia até 5 de abril.

A suspensão afeta, principalmente, cidades com casos de coronavírus ou cidades que estão integradas a municípios com registro da doença. As primeiras cidades a entrarem no decreto foram: Salvador, Itaparica, Feira de Santana, Lauro de Freitas, Simões Filho e Porto Seguro.

Conforme o último boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o total de casos confirmados da Covid-19 na Bahia é de 176. Além disso, o estado já registrou duas mortes pela doença.

Confira abaixo a lista das cidades:

Transporte intermunicipal suspenso em:

  1. Salvador
  2. Feira de Santana
  3. Porto Seguro
  4. Prado
  5. Lauro de Freitas
  6. Simões Filho
  7. Vera Cruz
  8. Itaparica
  9. Itabuna
  10. Ilhéus
  11. Itacaré
  12. Camaçari
  13. Luís Eduardo Magalhães
  14. Barreiras
  15. Bom Jesus da Lapa
  16. Guanambi
  17. Vitória da Conquista
  18. Santa Maria da Vitória
  19. Correntina
  20. Entre Rios
  21. Jequié
  22. Brumado
  23. Conceição do Jacuípe
  24. Juazeiro
  25. Teixeira de Freitas
  26. Nova Soure
  27. São Domingos
  28. Canarana
  29. Ipiaú
  30. Itagibá
  31. Itamaraju
  32. Itororó
  33. Pojuca
  34. Dias d’Ávila