Denúncias de assédio moral e sexual no Governo Bolsonaro bate recorde de registros em sua ouvidoria


Ouvidoria registrou 704 denúncias relacionadas a conteúdos sexual e moral. Esses dados foram divulgados através do painel da Controladoria-Geral da União

William Gama

Clique para ouvir a matéria.

Nos primeiros seis meses do governo federal, foram recebidas inúmeras denúncias de assédio moral ou sexual registradas nas ouvidorias de órgãos públicos vinculadas ao governo.

Segundo reportagem do site Metrópoles, esse número praticamente dobrou nos primeiros meses desse ano. Recentemente, o site divulgou uma série de denúncias reveladas por funcionários contra o agora ex-presidente da Caixa, Pedro Guimarães. Ele é acusado de assédio moral e sexual por um grupo de funcionárias do banco, o que culminou em sua demissão. 

Segundo informações do Metrópoles, entre 1º de janeiro e a última quarta-feira (29/6), a ouvidoria registrou 704 denúncias relacionadas a conteúdos sexual e moral. Esses dados foram divulgados através do painel da Controladoria-Geral da União (CGU).

Problema que merece atenção

De acordo com a CGU, são registradas em média quatro queixas por dia. Desse total de registros, 545 equivalem a assédio moral e 85 relacionados ao assédio sexual. Em 2022, esse percentual corresponde a 93% do total de casos. Esse número foi maior do que o registrado nesse mesmo período do ano passado, onde foram feitas 364 denúncias. 

Desde 2015, nunca foram realizadas tantas denúncias relacionadas ao assédio moral e sexual, de acordo com o histórico da controladoria, desde o início da gestão do então Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). Desde 1º de janeiro de 2019, foram registrados até agora 2,7 mil manifestações de assédio sexual ou moral.

Desse total, 2,3 mil queixas foram respondidas, 106 estão sob tratamento de análise, 2 foram encaminhadas para órgão externos e 250 foram arquivadas. Durante esse período, o Ministério da Economia liderou o número de manifestações recebidas, com um total de 260 denúncias. No ranking, aparece o CGU com (105), o Ministério da Educação (103), a Universidade Federal de Goiás (81), Ministério da Justiça e Segurança Pública (65) e por último o Ministério da Saúde (62).

 

Em relação a Caixa Econômica Federal, não houve indícios de registros durante esse período. As denúncias recentes vieram à tona, e o resultado dessas queixas, culminou na renúncia do ex-presidente da Instituição, Pedro Guimarães.

De acordo com o colunista Rodrigo Rangel, do Metrópoles, a CGU e o banco foram procurados para esclarecer essa falta de dados, que segue em aberto. Ele afirmou, que Pedro Guimarães foi exonerado do cargo de presidente da Caixa Econômica Federal na última quarta-feira (29/6), após denúncias por assédio sexual. Segundo Rangel, um grupo de funcionárias resolveu romper o silencio e denunciar o que elas passaram com o ex-presidente da Caixa. Todas as funcionárias trabalhavam diretamente no gabinete de Pedro Guimarães. 

As servidoras da Caixa relataram que Guimarães realizavam toques íntimos sem a devida permissão, com abordagens invasivas e inadequadas. Fazia convites incompatíveis com as funções das funcionárias, sendo arbitrário em situações não correspondente as atribuições do cargo que as mulheres exerciam. Com as denúncias formalizadas, foi possível a abertura de uma comissão, que está em andamento para investigar as denúncias de assédio sexual sofridas por essas funcionárias. As investigações segue sob sigilo,  com o comando do Ministério Público Federal (MPF). 

Fonte: Site Metrópoles

William Gama é formado em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e Mestrando em História (UNICAP). Gosta de produzir matérias de diferentes nichos em Mídias e Redes Sociais. Instagram: williamgama.J

Fernando de Noronha disponibiliza oportunidades na área da Construção Civil


No quadro geral existem 477 vagas de emprego nesta segunda-feira (4)

Murillo Torres

As Agências do Trabalho de Pernambuco oferecem 477  vagas de emprego nesta segunda-feira (4), sendo 45 para pessoas com deficiência, 15 vagas temporárias, 10 para jovem aprendiz e duas de estágio.  As oportunidades estão sendo disponibilizadas por 18 municípios.

Também há vagas para quem pretende trabalhar e morar na Ilha de Fernando de Noronha, onde existem 16 oportunidades no setor da construção civil, para sete funções: carpinteiro de obras (1), encanador (5), encarregado de obras (2), ferreiro armador (1), mestre de obras (1), pedreiro (5) e pintor de obras (1). Pede seis meses de experiência com carteira assinada e o ensino fundamental incompleto, o salário não foi informado.   

O município do Cabo de Santo Agostinho lidera o ranking, com 111 ofertas de emprego, depois está Recife, com 97 vagas e na sequência Nazaré da Mata, com 74 opções de emprego.  No quadro desta segunda-feira (4) aparecem em destaque as funções de auxiliar operacional de logística, com 40 opções, para conferente de logística também há 40 vagas e 24 oportunidades de emprego para vendedor.  

Além das cidades mencionadas acima também há vagas em Arcoverde (8), Bezerros (3), Caruaru (25), Garanhuns (12), Goiana (6), Igarassu (18), Ipojuca (30), Paudalho (11), Paulista (10), Pesqueira (3), Petrolina (35), Salgueiro (4), Serra Talhada (12), São Lourenço da Mata (1) e Santa Cruz do Capibaribe (16).

Serviço – Na maioria das Agências do Trabalho de Pernambuco, o trabalhador não precisa agendar o atendimento, com exceção do Recife, de Vitória de Santo Antão e Salgueiro. O quadro de vagas completo está no site www.seteq.pe.gov.br. Todas as novidades sobre cursos de capacitação também estão neste mesmo endereço eletrônico e no Instagram da SETEQ @seteqgovpe.

Aparições de OVNIs e ETs para além do susto


Quais os efeitos que a crença na existência de discos voadores deixam para trás?

João Pedro Neri

Clique para ouvir a matéria.

Indo de filmes, livros e até mesmo teorias da conspiração passadas boca-a-boca, os extraterrestres são algo que sempre mexeu com a cabeça da humanidade. Perguntas como “será que estamos sozinhos?” e “existe vida fora da terra?” são frequentes e, no momento, ainda não há resposta oficial de órgãos que monitoram possível vida espacial. De toda forma, a FAB, Força Aérea Brasileira, guarda relatos, áudios, fotos e vídeos de Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) feitos por civis e militares. Esses documentos são enviados para o Arquivo Nacional (AN), órgão que os arquiva, preserva e deixa os registros disponíveis ao público.

Esse arquivo possuía, até 2018, cerca de 750 registros de aparição de OVNIs somente no Brasil. É importante deixar claro, aqui, a definição de OVNI como qualquer objeto voador não identificado, não necessariamente discos voadores. Partindo desse pressuposto, um OVNI pode ser um balão meteorológico, um satélite ou até mesmo um fenômeno natural.

Casal de ETs recepcionam visitantes em Jardinópolis (SP) Foto: Marco Aurélio Esparza

Casos famosos no Brasil

O primeiro registro de aparição de objetos voadores não identificados no Brasil foi em 1952, quando, na Barra da Tijuca, foi avistado e fotografado no céu um objeto similar a uma aeronave, porém que em alguns ângulos se assemelhava bastante ao formato de um disco, lembrando um prato.

Um dos mais famosos acontecimentos referentes ao assunto no país foi a “Noite dos Discos Voadores”, quando, em 1986, mais de 21 objetos voadores não identificados forma avistados no céu do estado de São Paulo. 5 caças da Força Aérea Brasileira foram mobilizados para persegui-los, porém nenhum teve sucesso.

O aspecto econômico

Praça do Disco Voador, em Morro do Chapéu (Chapada Diamantina) Foto: divulgação

Dentro do ciclo de entusiastas de OVNIs e extraterrestres, se criou um grande aspecto econômico da coisa. Em cidades com aparições noticiadas de ETs e discos voadores, como São José dos Campos, Morro do Chapéu e Varginha, o mercado de “lembrancinhas”, artesanato e até turístico é bastante guiado pelo misticismo ao redor dos seres de outro planeta.

No Morro do Chapéu, inclusive, há uma “Praça do Disco Voador”, fundada em junho desse ano e que é um dos principais pontos turísticos da pequena cidade baiana, contando com mais de 6 mil visitantes no seu primeiro mês, segundo dados da prefeitura. Ainda em Varginha, em Minas Gerais, uma pesquisa feita pelo G1 em 2016

constatou que mais de 70% dos moradores da cidade mineira gostam que a cidade seja associada ao famoso aparecimento de extraterrestres por lá, e mais 62% dos que estavam vivos durante o acontecimento citam que o aparecimento gerou, na época, aspectos financeiros positivos em suas vidas.

João Pedro Nieri é paulista de Mogi Mirim, tem 20 anos e é graduando em jornalismo pela UNESP. Ele ama escrever, além de ser fã de futebol, basquete e tênis de mesa. Instagram: joaopnieri

Planejando uma viagem da maneira correta


João Pedro Neri

Clique para ouvir a notícia.

As férias! Esperado momento que, depois de meses de trabalho, vem como um prêmio para descansar, pôr as atividades pessoais em dia ou simplesmente passear. Porém, planejar uma viagem não é tarefa fácil. Escolher o destino, a agência, qual hotel ficar, ver se cabe no bolso… As vezes até parece mais atrativo ficar em casa.

Definindo o destino

A viagem começa antes mesmo da compra das passagens. Ler sobre os destinos, conhecer as cidades e países que são parte da sua excursão e entender mais sobre a cultura e língua são parte importante do processo, te preparando para suas próximas férias mesmo que elas não aconteçam imediatamente.

Uma técnica bastante usada é fazer uma lista de lugares que gostaria de conhecer, e aí então pesquisar sobre eles, com direito a marcar possíveis pontos turísticos que te interessam, checar se o lugar é seguro e, obviamente, ver qual cabe melhor no seu bolso. Aí então, fazer um balanço de qual compensa mais baseando-se em preço, conforto e, é claro, diversão durante a viagem.

Fernando de Noronha. Foto: divulgação

Planejando a viagem

Com o destino já escolhido, se deve definir quanto tempo ficará fora. Se há disponibilidade de vários dias, é interessante ir para lugares com catálogo turístico extenso, visto que não irão “se esgotar” as atividades legais daquela viagem. Já se for uma excursão de poucos dias, deve se embarcar já com os pontos turísticos em mente, para não perder tempo ou ficar em dúvida de qual visitar.

O orçamento de ninguém é ilimitado e muitas vezes precisamos adiar viagens dos sonhos devido ao alto custo. Ter ideia do quanto você poderá gastar ajudará a eliminar alguns destinos da sua lista de prioridade. Pesquisar sobre cada roteiro turístico, avaliar preços de passeios, passagens aéreas, alimentação e hospedagem também é fundamental para ter ideia do que é possível dentro do orçamento.

A agência

A escolha da agência certa é tarefa importante, principalmente para evitar estresse devido a letras miúdas no contrato. As mais famosas no mercado são confiáveis, porém têm um preço mais salgado, enquanto as desconhecidas podem se tornar reais dores de cabeça no que diz sentido a confiabilidade, com golpes e falcatruas. O ideal é encontrar o meio termo. Hoje, há alguns indexadores de busca, como o Hurb, que te sugere o melhor pacote de agência com base no seu destino.

Documentação e vacinas

Passaporte e visto são fatores que limitam a escolha de destinos de muita gente. Tirar o passaporte é bem fácil e não há mistério nisso. Já o visto, dependendo do destino, pode ser um processo extenso, trabalho e até mesmo as vezes difícil. De toda forma, caso seus objetivos sejam claros, o visto deve conseguir ser adquirido para então prosseguir a viagem.

Alguns destinos do mundo exigem dos viajantes, além da documentação, algumas vacinas. Verifique se esse é o caso, garanta já a vacina e lembre-se de levar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) no dia da viagem.

E aí, bora viajar?

Como se pode ver, planejar uma viagem definitivamente não é tão fácil assim. É claro que podem acontecer imprevistos, mas seguir os passos acima deve poupar bastante dor de cabeça, principalmente em relação à documentação e problemas com agência. De toda forma, ainda é algo que vale a pena, visto que podemos relaxar, colecionar memórias e ainda conhecer lugares lindos mundo afora. E você, já decidiu onde serão suas próximas férias?

João Pedro Nieri é paulista de Mogi Mirim, tem 20 anos e é graduando em jornalismo pela UNESP. Ele ama escrever, além de ser fã de futebol, basquete e tênis de mesa. Instagram: joaopnieri

O papa e sua importância dentro e fora da Igreja


João Pedro Nieri

Clique para ouvir a matéria!

Liderar nunca é tarefa fácil, especialmente quando se trata de uma comunidade que conta com mais de 1 bilhão de membros, como a Igreja Católica Romana. O papa, figura que é mandatário da religião durante sua posse, é adorado pelos seus seguidores e respeitado pelo mundo todo, agindo como representante da Igreja e da paz.

Oficialmente, os requisitos para ser papa são simples: ser praticante batizado do catolicismo e estar em pleno uso de razões mentais. Na prática, porém, o eleito é quase sempre um cardeal. Durante o processo de votação para escolha do papa, é necessário que algum dos candidatos tenha dois terços dos votos para, então, ser declarado Bispo de Roma – o Papa.

João XXIII, o Papa Bom Foto: divulgação

Os papas mais importantes para a igreja

O primeiro papa foi São Pedro, que governou a igreja por 37 anos. Um homem pecador que decidiu seguir Jesus e foi, por Ele, declarado edificador da Igreja Católica. Já Melquíades I, que governou durante os anos 300, foi o primeiro papa de origem africana, foi responsável pelo processo que trouxe paz à igreja após anos de perseguição pelo império romano. O papa Pio IX, já dentro da era moderna, nos anos 1800, foi o responsável pela criação da infalibilidade papal, medida que afirma que o papa está sempre certo, uma vez que age amparado pelo Espirito Santo.

Lembrado como “papa bom”, João XXIII teve um papado curto, devido a sua idade avançada, porém implementou uma série de reformas que modernizaram a igreja para o século XX. Abandonou o latim em cultos, se aproximou de religiões como o judaísmo e o islamismo e pregou a tolerância. João Paulo II, que teve um papado de 26 anos, pregou a religião pelos quatro cantos do mundo e, mesmo tendo sido baleado em 1981, na Turquia, só veio a falecer em 2005. O papa atual, Francisco, é o primeiro papa latino-americano da história, e possui uma relação pública muito boa com o seu antecessor, Bento XVI, que entregou o cargo, se tornando somente o quarto papa da história a encerrar seu papado antes da morte.

João Paulo II e Irmã Dulce em Salvador. Foto: divulgação.

Estrutura da Igreja

Para o controle e difusão da liturgia serem aplicados de forma correta, o Vaticano possui uma estrutura de governo hierarquizada. A Igreja Católica prevê a existência de três poderes: o de ensinar, santificar e o de governar. O poder de ensinar é o mais importante, visto que é necessário para a difusão da palavra do catolicismo, contando com diversos padres e bispos preparados para isso. Já na esfera da santificação são aplicados os sete sacramentos: batismo, crisma, eucaristia, unção dos enfermos, penitência, matrimônio e ordem.

A esfera de governo é onde pode ser notada mais facilmente a hierarquia da ordem. Na base da pirâmide, os diáconos, seguidos pelos presbíteros, bispos e, finalmente, a figura que é sagrada na Igreja Católica, o Papa. A última figura de poder dentro da igreja, os cardeais não se encontram na pirâmide pois é um título dado exclusivamente pelo papa para bispos que têm o dever de auxiliá-lo na estância superior de tomada de decisões e também participar do processo de escolha de futuros papas.

Tendo grande responsabilidade, o papa é uma figura sagrada dentro da igreja e, durante o último século, passou a ser importante até mesmo em termos diplomatistas, aumentando ainda mais sua representatividade e importância. Uma das figuras mais importantes da história, é inegável que, mesmo sem praticar catolicismo, todos conhecem, respeitam e admiram a personalidade que exerce o papado.

João Pedro Nieri é paulista de Mogi Mirim, tem 20 anos e é graduando em jornalismo pela UNESP. Ele ama escrever, além de ser fã de futebol, basquete e tênis de mesa. Instagram: joaopnieri

Empreendedor negro teve perdas durante a pandemia e possui dificuldades na hora de solicitar um novo crédito


William Gama

Esses dados foram obtidos nos meses de abril e maio e foram ouvidos microempreendedores individuais e donos de micro e pequenas empresas de todo o país.

A pandemia do covid-19, trouxe efeitos econômicos catastróficos para os empreendedores negros. Quem garante é uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Segundo o estudo houve uma queda de 62% no faturamento desse grupo, relacionados ao período pré-pandemia.

Esse número foi maior em relação ao registrado dos empreendedores brancos, que girou em torno de 56%. Os empreendedores negros foram os que mais sofreram com os efeitos negativos provocados por essa crise, pois nos últimos anos, esse público teve perdas significativas em seu faturamento. 

Outro fator que agravou essa situação, foi os poucos recursos de acesso ao crédito, para que eles pudessem recorrer e assim tentar sanar os prejuízos que foram acometidos e contornar a situação de seus empreendimentos. Todos esses dados foram revelados através da 14ª edição em uma pesquisa realizada sobre o impacto da pandemia de coronavírus nos pequenos negócios no Brasil. Esse resultado também foi comparado ao mês de abril de 2021, onde também teve uma queda.

Os empresários negros tiveram perdas de 43%, e, o grupo de empreendedores brancos, o percentual foi de 37%. Esses dados foram obtidos nos meses de abril e maio, em que foram ouvidos microempreendedores individuais e donos de micro e pequenas empresas de todo o país.  

“Os dados mostram o que já observamos, muitas vezes, no dia a dia. Demorando para recuperar o faturamento e sem conseguir crédito, é mais difícil para o negro ser empreendedor no Brasil e a pandemia deixou ainda mais clara essa desigualdade social.

Empreendedores negros são os mais endividados

É preciso intensificar a concessão de crédito para essa parcela da população e o Sebrae tem atuado para promover políticas eficientes para alavancar os pequenos negócios brasileiros”, frisou o presidente da instituição, Carlos Melles, em entrevista à Agência ASN.

A pesquisa ainda divulgou, que o aumento de custo, a falta de clientes e dívidas com empréstimos, são as principais queixas tanto dos empresários negros quanto de empresários brancos. Desses entrevistados, os negros lideram o ranking de empreendedores com muitas dívidas e empréstimos atrasados, com um percentual de 35%. Já entre os brancos, esse índice é de aproximadamente 27%.

Além desses dados, outros fatores foram mencionados nas análises das entrevistas. A pesquisa revelou que entre esses empreendedores endividados, os negros possuem mais dificuldades. Pois, um terço da renda deles é comprometida para quitar dívidas, ou seja, 64% deles a quitação de débitos supera os 30% dos custos mensais. Já entre os empresários brancos, esse número cai para 54%, do total de empreendedores. 

Assim que começou a pandemia em 2020, 51% dos empresários negros procuraram obter algum tipo de empréstimo. Esse índice segundo o estudo, comprova que o número de empreendedores brancos que recorreram algum tipo de crédito nos bancos foi de 49%.

Desses, que procuraram as instituições financeiras cujo objetivo era a conquista de um empréstimo bancário para quitar seus débitos e ajustar as suas empresas financeiramente, 47% dos empreendedores negros tiveram seus pedidos negados pelos bancos. Em relação aos pedidos solicitados pelos empresários brancos, apenas um grupo de 34% não teve êxito em suas solicitações de créditos.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias (ASN)

William Gama é formado em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e Mestrando em História (UNICAP). Gosta de produzir matérias de diferentes nichos em Mídias e Redes Sociais. Instagram: williamgama.J

Entenda a treta entre Antônia Fontenelle e Klara Castanho


Andie Carolina

Clique aqui para ouvir,

E a Rainha das Polêmicas ataca novamente! É isso mesmo. A atriz, youtuber, influenciadora digital e empresária Antônia Fontenelle se envolveu em mais um escândalo. E tudo começou na última terça-feira (23), quando a loira abriu uma live em seu canal Na Lata, para comentar sobre o caso da menina de 11 anos que teve um aborto legal após abuso sexual negado por uma juíza de Florianópolis.

            Até aí, tudo bem. O problema, no entanto, é que Antônia decidiu comentar sobre uma entrevista do jornalista Léo Dias ao apresentador Danilo Gentili, onde o carioca comentou sobre uma história pesada envolvendo uma atriz da Globo e da Netflix de 21 anos, que havia engravidado, escondido a gestação do público e entregado o bebê para adoção após o nascimento. No entanto, Dias não citou nenhum nome em específico durante sua passagem pelo programa do SBT.

Impulsiva e sem papas na língua, Antônia Fontenelle se envolve em mais uma polêmica. Foto: divulgação

            Como é de costume, Fontenelle decidiu expressar sua opinião também sobre este caso, que segundo ela, chegou em seu conhecimento através de Léo, com quem mantinha uma amizade próxima até então. Sem citar o nome da jovem, a viúva de Marcos Paulo fez comentários agressivos sobre o caso, revelando detalhes bastante íntimos sobre a situação enfrentada pela atriz. E isso foi o suficiente para que uma onda de posts invadissem as redes sociais. Os internautas, claro, começaram a sugerir vários nomes, até que o de Klara Castanho passou a ser o mais cogitado como o personagem principal desta polêmica.

Destruindo a falsa narrativa

            No sábado, veio a confirmação por parte da estrela em suas redes sociais. A artista de fato, afirmou ser a pessoa citada por Léo e Antônia, mas que todo esse episódio trágico em sua vida se deu também após ser vítima de estupro. Sem entrar em detalhes sobre as datas ou nomes de pessoas envolvidas, a eterna Paulinha da novela Amor à Vida publicou uma carta aberta em seu Instagram onde disse ter entregado a criança por não ter condições mentais e emocionais de criá-la após sofrer a violência sexual. E que agora, se sentia novamente violentada, mas desta vez, pela mídia e pelas figuras públicas que revelaram a história, que, até então, era sigilosa. Desde então, a jovem ganhou um apoio massivo nas redes sociais por parte do público e artistas em todo o Brasil.

Maju Coutinho e Poliana Britta abordaram o caso durante o Fantástico. Foto: divulgação

            Mas se engana quem pensa que Antônia se calou após Klara revelar ter sido vítima de um estupro. Sem papas na língua, ela causou revolta na internet ao chamar a escolha de entregar a criança para adoção de “desova de bebês”. A fala da artista deixou até mesmo os seus seguidores indignados e após uma avalanche de críticas, unfollows e publicações de perfis e sites de entretenimento afirmando que não mais publicariam notícias que envolvessem o seu nome, Fontenelle gravou um vídeo afirmando que não sabia do drama enfrentado por Klara. Além disso, ofereceu ajuda para tentar encontrar o homem que violentou a jovem. Mas obviamente, essa “retratação” não agradou em nada aos internautas, que passaram a classificá-la como “oportunista”. Chamada de “subcelebridade” por alguns meios de comunicação, ela bloqueou os comentários em sua rede social.

Tentando mudar o foco

            Para colocar ainda mais lenha na fogueira, no último domingo (26), o programa Fantástico divulgou uma matéria falando do caso, e fez duras críticas à atriz, por ter revelado informações de cunho confidencial. Após a exibição da atração comandada por Maju Coutinho e Poliana Abritta, Antônia voltou às redes sociais para criticar a produção global, afirmando que estão colocando nela, uma culpa que não a pertence, e que deveriam, ao invés de torná-la a vilã da história, tentar encontrar o agressor. A loira fez uma sequência de storys comentando que, inclusive, pedirá ajuda ao jornalista Roberto Cabrini, da Record TV, para tentar solucionar essa questão.

            Mas, como toda polêmica é pouca quando o assunto é Antônia Fontenelle, ela, que é dona de uma ótica e uma linha de cosméticos, afirmou nesta segunda-feira (27), em tom de deboche que, após toda essa repercussão de suas falas sobre Castanho, as vendas de seus produtos aumentaram, o que só multiplicou o seu faturamento. Para ela, apesar de todo esse escândalo, o bom desempenho de seus negócios só demonstra uma coisa: respeito e credibilidade.

            Será? Agora, só nos resta continuar acompanhando para saber qual será o próximo passo das Rainhas das Polêmicas.

Andie Carolina é graduada em Publicidade e Propaganda. E, apaixonada por música, séries, televisão e cinema. Instagram: @AndieCarolinaP

Caso Klara Castanho: vale tudo por um furo de reportagem?


Klara Castanho sofre com o trauma de ser estuprada e também pelo ataque de jornalistas querendo furos e influenciadores que buscam curtidas.

Marcelo Carvalho

Clique aqui e ouça o artigo.

Já repararam como o Brasil, nos últimos anos, tem se tornado um verdadeiro caldeirão lotado de injustiças, de escândalos e outras barbaridades. São tantas ocorrências estranhas sobre os mais diversos temas, que se eu fosse listar aqui, esse artigo seria imenso e talvez você não teria paciência para ler.

Entretanto, há um caso que tem mobilizado as redes sociais, emissoras de rádio e televisão e também jornais. Sim, me refiro ao estupro, gravidez secreta e doação do bebe para adoção da atriz da Rede Globo, Klara Castanho.

A atriz Klara Castanho, intimidade exposta e julgada. Foto: divulgação.

Essa história envolvendo essa jovem é tão dura, cruel, bizarra, que por si só já deveria chocar a todos. Entretanto, o mais triste é se dar conta que isso acontece diariamente com outras mulheres pelo mundo e nem nos damos conta.

Porém, nada não é tão ruim que não possa piorar. E Léo Dias, Antônia Fontenelle, Matheus Baldi e Danillo Gentille provaram que isso é verdade.

Léo, no Programa do Danillo Gentille, informou por alto sobre o fato sem citar o nome de Klara e que a mesma havia sido vítima de um estupro. Dias depois, Matheus Baldi deu a notícia em primeira mão citando o nome de Klara, sem mencionar a violência que a atriz sofrerá. Depois retirou a postagem com a informação, mas já era tarde pois a notícia já havia caído na boca do povo, que já criticava a atriz.

Antônia Fontenelle e Léo Dias, envolvidos em outra polêmica. Foto: divulgação

A participação de Antônia Fontenelle talvez tenha sido a mais tóxica nesse processo lamentável. A atriz, empresária e influencer atacou Klara, sem citar seu nome, acusando-a de ter abandonado o filho pelo fato deste ser negro e pela mesma desejar encobrir um erro. Fontenelle chegou a ameaçar expor a atriz. Simplesmente sinistro e desnecessário.

Mas, pensando bem… Lady Fontenelle geralmente age assim mesmo. Não é à toa que volta e meia responde a processos. Sendo, inclusive, condenada a 1 ano de prisão por associar os irmãos Felipe e Lucas Neto a pedofilia. A pena foi convertida em serviços comunitários. Além disso, ela teve de pagar multa de R$ 8 mil.

Analisando a situação

Matheus Baldi foi o primeiro a divulgar a notícia sobre Klara. Foto: divulgação

Matheus Baldi afirma que desejava apenas conseguir um furo, quando divulgou a notícia de que Klara Castanho havia dado à luz secretamente e entregaria o bebe a adoção. “Após ser procurado pela assessoria da atriz e soube da história completa removi a notícia”, justifica.

Léo Dias também veio a público pedir desculpas, reconhecendo que errou ao também publicar a notícia.

Já Antônia Fontenelle manteve sua postura e mesmo tomando conhecimento da violência sexual que Klara sofrera, ainda a acusou de abandono de incapaz. O que não era verdade pois a atriz havia entregue seu bebe para adoção seguindo os transmites legais.

Falta empatia

Me pergunto, o que leva essas pessoas a agirem de forma tão pouco empáticas com os outros? E, não é o meu lugar de fala, mas por que mulheres vítimas de estupro são quase sempre “responsabilizadas” pelo ocorrido. Inclusive por outras mulheres como a Antônia por exemplo.

Léo quando teve seu problema com drogas foi “protegido” pela maioria de seus colegas. Que não ficaram expondo ocorrido. Entretanto, o jornalista costuma não pensar duas vezes antes de jogar os segredos do povo no fogo. Anitta que o diga.

Algumas perguntas não querem calar. Até que ponto é liberdade de expressão expor fatos misteriosos alheios? Vale tudo para conseguir um furo de reportagem? Léo e Matheus são jornalistas. Por que então não checaram as fontes, incluindo a própria família da atriz?

Tudo bem, eles pediram desculpas, mas isso não ajuda muito, não é? Klara teve sua intimidade exposta. Foi julgada e condenada por muitos que não sabiam do que realmente havia ocorrido. Sem falar, que teve que reviver todo o horror que havia sofrido.

E não podemos esquecer da tal enfermeira do Hospital e Maternidade Brasil e do seu marido que tentaram vender as informações dobre o nascimento da criança para a Rede Record, que não aceitou. Esperamos que o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) apure o caso e puna os envolvidos.

A nós resta tentar aprender com toda essa situação. É importante ter um pouco de empatia e também não comprar de cara certas versões que este ou aquele influencer nos apresenta. Afinal toda história tem dois lados.

Thiago Brava substitui Safadão e Prefeitura de Ilhéus anuncia atração surpresa para terça (28)


Marcelo Carvalho

O Viva Ilhéus terá uma grande atração nesta terça-feira (28), data em que se comemora o aniversário da cidade. O cantor Wesley Safadão, que faria sua apresentação nesta segunda-feira (27) será substituído pelo sertanejo Thiago Brava. O motivo do cancelamento deve-se a problemas de saúde, de acordo com informações da produção de Safadão. Conforme a Prefeitura, a segunda alteração refere-se ao show de Thullio Milionário, que também sobe ao palco nesta segunda, antecipando sua apresentação.

A atração surpresa será divulgada durante os shows desta segunda-feira e já gerou grande expectativa por parte da população. A organização adianta que os foliões podem aguardar, pois uma coisa é certa: a Avenida Soares Lopes ficará pequena para tanta festa.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a grade de atrações desta segunda-feira está mantida, com shows da dupla Maiara & Maraisa; Canários do Reino; Cris Mel; Caviar com Rapadura e Donas do Bar.

Celebrando os 488 anos de Ilhéus, sobem ao palco na próxima terça-feira (28), Geraldo Azevedo; Harmonia do Samba; Thiago Aquino; Trio da Huanna e Neto LX.