Seminário on-line discute “Novos caminhos para a Cultura de Vitória”


Marcelo Carvalho

A Secretaria de Cultura de Vitória (Semc) e o Conselho Municipal de Política Cultural de Vitória realizam, nos próximos dias 27, 28 e 29 de abril, o seminário “Novos caminhos para a Cultura de Vitória”.

O evento, que será 100% virtual, por meio da plataforma Google Meet, tem o objetivo de discutir e propor, a partir de um conjunto de políticas nacionais, estaduais e municipais da área, ações para o setor na capital. 

“Este é o momento de acolhimento, união, proposição e também de ouvir e debater diferentes propostas para fazermos da capital, que já é um ambiente que transpira cultura, um local de crescimento, desenvolvimento e igualdade de oportunidades de formação, acesso e valorização da cultura local. Hoje, encontramos muito apoio na gestão do prefeito Lorenzo Pazolini, que tem incentivado fortemente o setor e acompanhado todas as nossas ações de perto, o que nos dá tranquilidade e segurança para seguirmos avançando nas nossas propostas e projetos”, afirmou o secretário municipal de Cultura, Luciano Gagno.

Inscrições

As inscrições para o seminário, que são gratuitas e limitadas, começam nesta sexta-feira (16), a partir das 9 horas, e poderão ser feitas até as 23h50 da próxima quinta-feira (22), por meio do link https://forms.gle/CrokxMH5p9AFw8YX8

Os encontros ocorrem sempre das 18 às 21 horas. Todos os participantes receberão certificação.

Comissão

A comissão organizadora do seminário é composta pelos agentes culturais Antônio Carlos Cordeiro dos Santos, José Roberto Santos Neves e Ricardo Salles de Sá, representando o Conselho Municipal de Política Cultural. Integram ainda o grupo o secretário municipal de Cultura, Luciano Gagno, e os servidores da Semc Lilian Pereira Menenguci e Sebastião Ribeiro Filho.

Programação

A abertura do evento, no dia 27, contará com a participação do prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, do secretário de Cultura de Vitória, Luciano Gagno, do secretário de Estado da Cultura, Fabrício Noronha, do vereador de Vitória Anderson Goggi, da superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) do Espírito Santo, Elisa Machado Taveira, e do presidente do Conselho Municipal de Política Cultural, Sebastião Ribeiro Filho.

Logo após a solenidade de abertura, a gestora cultural Cláudia Leitão, que já foi secretária nacional da economia criativa do Ministério da Cultura e secretária de Cultura do Ceará, falará sobre o tema “A economia criativa e a cultura das cidades”, além de dialogar com os participantes.

Abrindo a segunda noite, no dia 28, o escritor, produtor e ativista Stel Miranda, da Fraternidade Periférica, abordará o tema “Fundamentos e Tecnologias de Arte, Cultura e Assistência”. A seguir, os participantes serão divididos em três grupos de trabalhos (GTs) para discutir os temas “Direito à Cultura”, “Financiamento da Cultura” e “Economia Criativa”. Ao término, todos se reúnem para plenária e apresentação de proposições.

Encerrando o seminário, no dia 29, a professora, pesquisadora e coordenadora do Projeto Motirõ em Redes – Memória, Cultura e Patrimônio, Geovana Tabachi Silva, do Coletivo BR Cidades, falará sobre “Cultura urbana e a experiência do BR Cidades”. Em seguida, os GTs serão formados, desta vez para debater “Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural”, “Espaços Culturais” e “Promoção, Produção, Difusão e Formação Artística e Cultural”.  A plenária com novas proposições encerra os três dias de evento.

Relatório

Após o seminário, a comissão organizadora produzirá e divulgará um relatório com as proposições resultantes dos trabalhos realizados. A intenção é que esse documento, intitulado “Novos Caminhos para a Cultura de Vitória”, somado a outros, seja utilizado como base para o fortalecimento das políticas públicas da área e gestão cultural do município.

Fonte: Pedro Vargas e Matheus Thebaldi (Prefeitura Municipal de Vitória).

Ilhéus tem drive-thru apenas para 2ª dose nos dias 16, 19 e 20 de abril


Marcelo Carvalho

 As pessoas que já receberam a primeira dose do imunizante da CoronaVac e estão dentro do prazo de agendamento para a aplicação da segunda dose deverão procurar os pontos montados na Avenida Soares Lopes e na Praça São João Batista, no Pontal. Nesta sexta-feira (16), o serviço será ofertado das 8h às 13h. Já na próxima segunda (19) e terça-feira (20), além dos pontos de drive-thru, as pessoas poderão comparecer às unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e à Cruzada do Bem pelo Bem, das 8h às 14h.

É indispensável a apresentação do CPF e do cartão de vacinação constando o intervalo mínimo de 28 dias entre as aplicações. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) reitera a necessidade de completar o esquema vacinal no intervalo recomendado pelo fabricante para garantir a proteção contra a doença.

Vacinação de 1ª dose 

De acordo com a Sesau, o município aguarda a chegada de nova remessa para dar sequência à vacinação de primeira dose para idosos. À medida que novos lotes forem entregues, um novo cronograma será divulgado.

Serviço

Drive-thru de vacinação contra a Covid-19 (2ª dose)

Público-alvo: pessoas que já receberam a 1ª dose da CoronaVac

Data: 16 de abril de 2021- Das 8h às 13h

          19 e 20 de abril de 2021 – Das 8h às 14h

Pontos de drive-thru

– Avenida Soares Lopes – próximo ao Centro de Convenções

– Praça São João Batista, Pontal – ao lado da Igreja São João Batista

Pontos fixos

CRAS Norte

Endereço: Avenida Raimundo Sá Barreto, 539 – Jardim Savoia

CRAS Sul

Endereço: Avenida Dr Arnoldo Neves – Nossa Senhora da Vitória

CRAS Vilela

Endereço: Avenida Governador Paulo Souto (perto da Associação de Moradores), 625 – Teotônio Vilela

CRAS Oeste

Endereço: Rua Duque de Caxias, 154 – Banco da Vitória

CRAS Olivença

Endereço: Rua Almerindo Sarmento, 8 – Olivença

Cruzada do Bem pelo Bem

Endereço: Rua Teodoro Sampaio, Boa Vista – próximo ao Ginásio de Esportes Herval Soledade

Itabuna: município terá hospital materno infantil


Marcelo Carvalho

Uma excelente notícia para Itabuna e região! O município vai ganhar um hospital materno-infantil. A novidade foi confirmada na última quarta-feira, dia 14, pelo secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, durante a celebração dos 100 dias de governo municipal, em solenidade de ocorreu no Teatro Municipal Candinha Dórea. A unidade já havia sido anunciada pelo prefeito Augusto Castro (PSD).

Vilas-Boas afirmou também que o governador Rui Costa já está ciente do projeto e garantiu integral apoio na construção da unidade hospitalar, cujo projeto ainda não tem data para ser iniciado.

100 dias de gestão

O prefeito Augusto Castro realizou diversas melhorias na cidade, entre elas na área da saúde. Itabuna recebeu novos leitos de UTI Covid, que foram instalados no Hospital de Base, na Santa Casa de Misericórdia e o Hospital de Campanha.

Vilas-Boas lembrou que no enfrentamento a esta pandemia, considera por ele a maior do século, a Prefeitura de Itabuna concretizou ações importantes. “A primeira de grande impacto foi a criação do Hospital de Campanha. E, em breve, haverá a solução dos problemas no atendimento materno-infantil”, frisou  o secretário.

O secretário estadual da Saúde também afirmou que em maio será inaugurado um Hospital Materno-Infantil de Ilhéus, com dez de UTIs neonatal, 15 semi-intensivas neonatal, cirurgias ginecológicas e pediátricas. “Teremos um dos maiores complexos materno infantil da Bahia. Haverá um novo cenário da assistência obstétrica do Estado”, disse.

Ilhéus: Seduc segue programação de aulas não presenciais


Marcelo Carvalho

A secretaria municipal de Educação, Esporte e Lazer da Prefeitura de Ilhéus (Seduc) continua com a programação não presencial nas 54 unidades escolares para a prestação educacional aos mais de 22 mil alunos matriculados, conforme a primeira etapa da proposta pedagógica. O planejamento atende a educação infantil, o ensino fundamental, a educação de jovens e adultos (EJA) e a educação especial. 

De acordo com o corpo técnico da pasta, essa primeira etapa acontece de forma não presencial com roteiros de aprendizagens, livros didáticos, atividade permanente de leitura, livros de literatura infanto juvenil e atividades impressas como materiais de apoio aos estudos.

“Nesta semana, os pais se dirigem às unidades escolares apenas para devolver as atividades de todas as disciplinas que os alunos responderam e que foram passadas na última quinzena, quando atividades impressas ou no livro foram entregues. No momento da devolução dessas atividades respondidas, um novo roteiro de aprendizagem é entregue com novas tarefas para os alunos. As escolas repassam o cronograma para os pais pelas redes sociais da escola e via grupos de Whats App, para não aglomerar”, explicou a chefe de Divisão Pedagógica, Cristiane Venturin. 

As atividades estão sendo entregues nas escolas a cada 15 dias. Para facilitar o processo nas escolas do campo, a Seduc disponibiliza o Caminho da Escola, um ônibus escolar para o deslocamento do professor para a zona rural. 

Itabuna: DVE inicia visitas domiciliares para elaborar LIRAa


Marcelo Carvalho

 A Prefeitura de Itabuna, por meio da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde tem início nesta quinta-feira, dia 15, nos bairros e centro da cidade a visitação domiciliar para a execução do Levantamento Rápido de Índices de Infestação Predial do Aedes aegypti (LIRAa). Há um ano, a coleta de larvas que permite a análise amostral estava suspensa em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Nesta semana, pelo menos 100 Agentes de Combate às Endemias visitarão os domicílios para o trabalho, cujo resultado amostral deverá ser divulgado na próxima segunda-feira, dia 19. Com base nas conclusões, as autoridades sanitárias da cidade vão preparar ações mais efetivas para a eliminação de focos do mosquito causador de arboviroses como dengue, chinkungunya e zika.

Segundo o gerente da Divisão de Vigilância Epidemiolólica, Emerson Oliveira, os profissionais da saúde seguirão todos os protocolos de segurança contra o convid-19 determinados pelo Ministério da Saúde, a exemplo do uso de máscara e de álcool em gel. Por isso, ele orienta os moradores a fazerem o mesmo, mas mantendo uma distância de pelo menos dois metros de cada agente no momento da visitação.

Emerson pede a compreensão das famílias para que recebam os profissionais de saúde em suas casas, pela importância do trabalho que realizam em beneficio da coletividade. Segundo informou, o último LIRAa foi feito em fevereiro do ano passado, tendo registrado 6,8% de infestação predial, número considerado alto e muito acima do recomendado pelo Ministério da Saúde que é de 1%.

Émerson diz que as famílias podem colaborar com o trabalho da Prefeitura contra a proliferação do inseto. Par isso, tanques ou caixas d`água devem ser cobertos e água parada em qualquer vasilhame por menor que seja, eliminada. “Precisamos que os criadouros sejam eliminados para evitar que os ovos sejam depositados pela fêmea do mosquito e se transformem em larvas. Porque, se isso acontece, se dará origem a um novo ciclo das arboviroses”.

Fiocruz promete 5 milhões de vacinas contra Covid-19 para esta semana


Marcelo Carvalho

A Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) anunciou que entrega, até a próxima sexta-feira, 5 milhões de vacinas contra a Covid-19 ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Nesta quarta-feira, foram entregues cerca de 2,2 milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford, das quais 215 mil seguirão diretamente para o estado do Rio de Janeiro.

Para a próxima sexta-feira, 16, está prevista a entrega de 2,8 milhões de doses do imunizante, totalizando 5 milhões na semana. Segundo a Fiocruz, o cronograma pactuado com o Ministério da Saúde segue o esquema de entregas semanais e está sujeito à logística de distribuição definida pela pasta.

PF no Amazonas acusa Ricardo Salles de crime ambiental e aciona STF


Marcelo Carvalho

O superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Alexandre Saraiva, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma notícia crime para investigar o ministro Ricardo Salles por três delitos: dificultar a ação fiscalizadora do poder público no meio ambiente, exercer advocacia administrativa e integrar organização criminosa.

O delegado acusa mais duas pessoas, além de Salles: o presidente do Ibama, Eduardo Bim, e o senador Telmário Mota (PROS-RR). Segundo Saraiva, os três praticaram atos no âmbito da Operação Handroanthus que podem constituir crime. Nessa operação, a PF no Amazonas realizou uma apreensão recorde de aproximadamente 200 mil metros cúbicos de madeira extraídos ilegalmente.

O senador Telmário Mota afirmou que é o delegado que está agindo errado e questionou se ele está a serviço de alguma organização não governamental.

“Em razão da magnitude dos resultados, apreensão de madeiras com valor estimado em R$ 129.176.101,60, o setor madeireiro iniciou a formação de parcerias com integrantes do Poder Executivo, podendo-se citar o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles e o parlamentar Telmário Mota (PROS), no intento de causar obstáculos à investigação de crimes ambientais e de buscar patrocínio de interesses privados e ilegítimos perante a Administração Pública”, diz trecho do documento enviado pelo delegado, chamado de “notícia-crime”.

De acordo com o delegado, o principal argumento utilizado por Salles e Mota, de que a documentação da madeira era regular, não se sustenta. O material apreendido, diz ele, é produto de fraude em razão da grilagem de terras.

Saraiva também destacou que, em caso de omissão do órgão ambiental estadual, o Ministério do Meio Ambiente pode convocar o Ibama e o ICMBio, órgãos vinculados à pasta, para exercer o poder de polícia ambiental.

“No entanto, esta atitude não foi adotada pelo Gestor Máximo da Pasta Ambiental, Min. Ricardo Salles, no âmbito da Operação Handrocanthus-GLO. Mesmo amparado por farta investigação conduzida pela Polícia Federal – isto é, órgão de segurança pública vocacionada produzir investigações imparciais –, resolveu adotar posição totalmente oposta, qual seja, de apoiar os alvos, incluindo, dentre eles, pessoa jurídica com 20 (vinte) Autos de Infração Ambiental registrados, cujos valores das multas resultam em aproximadamente R$ 8.372.082,00. Junto a esta, outros alvos foram submetidos ao poder de polícia ambiental, tendo contra eles 18 (dezoito) autos de infração”, escreveu o delegado.

Depois, Saraiva acrescentou: “Com efeito, além de omitir-se de exercer seu poder de polícia ambiental, dificultando ação de fiscalização ambiental, patrocina diretamente interesses privados (de madeireiros investigados) e ilegítimos no âmbito da Administração Pública.”

O delegado afirmou que Salles recebeu proprietários da madeira, os apoiou e ainda “esboçou críticas ferrenhas à investigação a que nem sequer teve acesso.” Assim, disse Saraiva, o ministro deixou de apoiar a investigação, “sinalizou sua preferência ao lado de empresário responsáveis por grave degradação ambiental”, e se comportou como “verdadeiro advogado da causa madeireira (um contrassenso com a função pública por ele exercida)”.

“Além disso, o ministro do Meio Ambiente, na tentativa de pressionar o andamento das investigações, sem ter qualquer poder de gerência sob a Polícia Federal, que se submete à pasta do Ministério da Justiça e Segurança Pública, ‘deu um prazo de uma semana para que os peritos apresentem os laudos em relação à documentação’, desconsiderando a complexidade da atividade, como se tivesse expertise sobre a atuação de um Perito Criminal Federal”, diz trecho do documento.

“Este requerimento veio logo após o Ministro do Meio Ambiente criticar as apreensões realizadas pela Superintendência Regional da Polícia Federal no Amazonas, o que leva a crer ser o ato de comunicação oficial o meio utilizado para ter acesso às investigações e, assim, buscar desacreditá-las. O Ibama, desde o início da operação, manteve-se inerte, desinteressado em exercer seus poderes de polícia ambiental, o que desperta a existência de interesses escusos, provavelmente a mando do Ministro do Meio Ambiente”, anotou Saraiva.

O delegado afirmou ainda que o senador Telmário Mota “defende arduamente” os madeireiros e atua para desqualificar a ação da PF, tendo partido dele a iniciativa de haver uma reunião no Ministério do Meio Ambiente para defender a legalidade da madeira apreendida.

Fonte: Jornal O Globo

Caixa libera pagamento do auxílio emergencial para nascidos em maio


Marcelo Carvalho

A Caixa Econômica realiza nesta quinta-feira mais uma etapa de pagamentos do auxílio emergencial 2021. Beneficiários nascidos em maio irão receber os recursos nas contas poupanças digitais referentes à primeira parcela do programa. Além disso, o banco também libera o benefício para 236 mil pessoas que foram aprovadas na semana passada. Já nesta sexta-feira, o benefício será liberado para as famílias do Bolsa Família. Desses novos beneficiários, o banco libera o pagamento para os nascidos entre janeiro e maio. Os que nasceram depois de maio entram no calendário normal de repasses.

Dilma Rousseff é absolvida por prejuízos na compra da refinaria de Pasadena


Marcelo Carvalho

Na última quarta-feira, 14/04, o Tribunal de Contas da União (TCU) absolveu a ex-presidenta Dilma Rousseff pelos prejuízos provocados à Petrobras na compra da refinaria de Pasadena (EUA).

Na ocasião da transação, Dilma era integrante do conselho de administração da Petrobras e votou favoravelmente à compra da refinaria. À época, a ex-presidenta argumentou que não teve acesso a todas as informações necessárias sobre a aquisição.

Na mesma decisão, o TCU condenou o ex-presidente da companhia, José Sérgio Gabrielli, e os ex-diretores Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró, delatores da Lava-Jato. Pela sentença eles terão que pagar uma multa de R$ 110 milhões, além de ficarem oito anos sem exercer cargos públicos.

“Não há razoabilidade e proporcionalidade em igualar responsabilidades daqueles que agiram com deslealdades com os outros envolvidos, cuja má-fé não ficou demonstrada nesses autos tampouco em outras instâncias nas quais se apura o caso Pasadena”, afirmou o relator do caso, o ministro Vital do Rêgo, em sua decisão.

Caso Tom Veiga parece estar longe do fim


Roberto Cabrini investiga o caso em reportagem do programa Domingo Espetacular, da Rede Record

O ‘Domingo Espetacular’ deste domingo (11), traz detalhes da disputa pela herança de Tom Veiga e os novos elementos que levantaram suspeitas sobre a morte do intérprete do Louro José. O jornalista Roberto Cabrini investiga a relação conturbada de um dos humoristas mais queridos do Brasil com a terceira e última mulher, Cybelle Herminio, e a questiona sobre as denúncias da família e de funcionários de Tom de que o teria agredido. E ainda: uma entrevista exclusiva com Alessandra Veiga, que também foi casada com Tom e é mãe dos dois filhos caçulas do artista. Tom ainda deixou mais dois filhos da união com Cristina Rilco.