As aulas em Vitória retornarão dia 22 de fevereiro


Julia Vitoria

As aulas na capital do Espírito Santo retornará de forma híbrida no dia 22 de fevereiro, na primeira semana o sistema continuará online do que desta vez os professores estarão em sala de aula e os alunos em casa, a partir do dia 1° de Março os estudantes voltarão para o presencial. Contudo mesmo as aulas voltando ao normal, ainda sim terá medidas para não haver contágio, as aulas contarão com um revezamento semanal, gradual e em etapas. Os protocolos de segurança foram feitos junto com a Secretaria de Saúde (Semus), segundo a Secretaria de Educação de Vitória Juliana Rohsner fala que os protocolos foram feitos buscando a segurança dos alunos e profissionais das instituições. 

O revezamento das aulas será feito segundo as normas feitas pela secretaria de educação junto com a secretaria de saúde, e vai funcionar semanalmente com 50% dos alunos presencial e 50% online. O calendário de retorno presencial será assim:

1º de março: retornam às escolas alunos do Ensino Fundamental 2, do 6º ao 9º ano

15 de março: retornam os alunos do Ensino Fundamental 1, do 1º ao 5º ano

29 de março: retornam as turmas de 4 e 5 anos nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis)

Apesar das aulas voltarem sendo presencial o retorno dos alunos nas escolas será facultativo os pais que decidirão se os alunos voltarão ou não para as instituições. A secretaria de educação explicou que fará um teste com o retorno dos alunos maiores para ver como prosseguirá com os pequenos de 0 a 3 anos  enquanto o retorno deles não é confirmado a secretaria ficará responsável por um plataforma unificada que que terá brincadeiras, atividades e dicas semanais. 

Os novos professores receberão um treinamento pedagógico um modelo dinâmico chamado: continuum curricular 2020/2021 que visa a garantia do direito de estudo da criança. A formação para esses jogos profissionais será ofertada de modo online para todos os novos profissionais dos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs), a saber: pedagogos, professores da educação básica, professores dinamizadores de Arte e Educação Física e coordenadores de turno do ensino fundamental. Já para os professores que já estavam nas instituições a formação será do dia 3 a 12 de fevereiro e pela primeira vez não será por unidade escolar e sim junto a secretaria de educação, para reforçar os protocolos de segurança.

Todas as escolas do município serão vistoriadas pela Seme antes de começar as aulas, o mês de fevereiro e início de março será para adaptação dos espaços físicos e protocolos de segurança para fazer as alterações necessárias para os espaços escolares. Os equipamentos de proteção individual (EPI´s), como máscaras, protetor facial e jalecos, além de álcool em gel e sabonete líquido, estão em processo de aquisição pela Seme.