Itabuna: prefeitura divulga lista complementar de beneficiários do Residencial Itapoan


Marcelo Carvalho

A Prefeitura Municipal de Itabuna, através da Secretaria Municipal de Assistência Social/Departamento de Combate à Pobreza/Divisão de Melhoria Habitacional divulga lista complementar com 29 famílias contempladas com apartamento no Residencial Itapoan, bairro Jorge Amado, oriundos de eliminações e/ou desistências, dessas 05 famílias ainda estão em análise pela CEF. As famílias selecionadas participaram do processo de seleção ainda em 2018, mas só foram chamadas agora porque estavam com pendências documentais sendo resolvidas.

Vale ressaltar que ainda existem sete unidades cujos contemplados estão com as documentações sendo analisadas. A Secretaria de Assistência Social está divulgando os nomes, para que seja realizada a vistoria junto a construtora, e posteriormente a assinatura do contrato. Essa semana representantes da SAS entrarão em contato com cada beneficiário, para identificar o dia e horário da vistoria. O Residencial Itapoan tem 748 unidades.

Para ver a lista clique no link ao lado: https://bit.ly/38LpNFw

Rio Branco, Património histórico e cultural brasileiro


Vamos conhecer um pouco dessa cidade rica em história e pontos turísticos

André Lucas

Hoje, 28 de Dezembro, é o aniversário de Rio Branco, capital do Estado do Acre. Atualmente, de acordo com IBGE( Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o município tem uma população de 413.418 pessoas, com extensão territorial de 8 834,942 km², e um PIB de R$8 192 366 milhões, tendo sua Renda Per Capta de R$22 510, 95.  A capital é o centro financeiro, corporativo, político e cultural do estado. Sendo a capital mais ocidental do Brasil, à 3 030 quilômetros de distância de Brasília, capital federal, Rio Branco localiza-se às margens do Rio Acre. 

Um pouco da historia da Cidade

Inicialmente o Acre não fazia parte do Brasil. A Bolívia cedeu a área, em 1867, para o nosso país. O governo brasileiro, por sua vez, cedeu pequenas extensões de terra no Mato Grosso, pagou 2 milhões de libras esterlinas como indenização e se comprometeu a construir uma ferrovia que ligasse o Brasil à Bolívia ( ferrovia Corumbá-Santa Cruz de La Sierra). Foi a partir daí que a cidade de Rio Branco passou a ser território nacional.

O nome Acre origina-se de Aquiri, transcrita pelos exploradores desta região da palavra Uwakuru do dialeto dos índios Apurinã. Fundado pelo cearense Neutel Maia em 28 de dezembro de 1882. A expedição de Gálvez declarou o Acre como uma República independente em 1899. Mas o Brasil reconhecia o Acre como território boliviano, enviou então uma tropa para dissolver a Revolução Acreana que duraria 4 anos. Terminada a Revolução Acreana, após a assinatura do tratado de Petrópolis em 17 de novembro de 1903, e a anexação definitiva do Acre – agora Território Federal do Acre – ao Brasil, Rio Branco foi elevada à categoria de vila, tornando-se sede do departamento do Alto Acre. Somente em 1962, durante o governo do Presidente João Goulart, é que o Acre foi elevado à condição de estado, esse fato ocorreu em razão da região ter atingido o nível de arrecadação fiscal exigido pela constituição de 1946.

O ciclo da borracha foi importantíssimo para a construção do cenário da cidade do Rio Branco. O período em que no mundo despertava a paixão pelos carros, e para existir carros precisava dos pneus que são feitos de borrachas, a borracha vem das seringueiras, e o Acre era rico  dessa matéria prima. Refugiados da seca do nordeste, e outras pessoas que fugiam da fome, em busca de oportunidades, foram para o Nordeste acreditando na promessa de que o grande investimento e o grande mercado de látex, gerariam empregos e riquezas.        

O Rio Branco hoje é a capital do Acre, um estado no Nordeste dentro da República Federal do Brasil. A prefeita Socorro Neri é a chefe do executivo da cidade.

Os pontos turísticos

Rico em história, Rio Branco não podia ser outra se não uma paraíso dos pontos turísticos. Lugares lindos, com contato com a natureza áreas de lazer e muito conteúdo histórico que mostra a origem dessa grande cidade.

Parque Ambiental Chico Mendes – Uma excelente opção para contato com a Floresta Amazônica e com as tradições dos seus povos. Antigo seringal, o Parque Ambiental Chico Mendes, em Rio Branco funciona como um centro de preservação natural, educação ambiental e de convivência. Com uma vegetação exuberante e várias espécies de animais nativas como onças, macacos e serpentes, o Parque oferece também opções de trilhas na mata, mirante, academia ao ar livre e um memorial dedicado ao seu patrono, Chico Mendes.

Praça da revolução coronel Plácido de Castro–  em homenagem os heróis anônimos que lutaram na Revolução Acreana em defesa do Acre, foi construído um monumento de 12 metros de altura, além de uma estátua de Plácido de Castro. A praça está localizada na parte Central de Rio Branco, com cerca de 11.250 m², bastante arborizada com diferentes espécies nativas da região, o cenário é usado também para as apresentações musicais, espetáculos teatrais, feira de animais, feira de artesanato, entre outras manifestações culturais. Lugar onde turistas gostam de tirar fotos.

Passarela Joaquim Macedo – A passarela Governador Joaquim Macedo, em Rio Branco, foi inaugurada há dois anos e hoje é um dos principais cartões-postais da capital do Acre. A obra simboliza as transformações urbanas pela qual a cidade vem passando desde o início dos anos 2000. Outro lugar ótimo para as fotos, A recomendação é que o passeio seja feito em duas vezes: pela manhã e pela noite. São dois momentos diferentes onde a beleza da passarela e seu entorno podem ser admiradas e fotografadas!

Secretárias de Mulheres do Nordeste emitem nota sobre recentes casos de feminicídio


Na tarde desta segunda-feira (28/12), secretárias estaduais de Mulheres do Consórcio Nordeste emitiram nota de repúdio sobre os recentes feminicídio registrados no Brasil no período do Natal. A carta apresenta, ainda, solicitação ao Congresso Nacional na agilidade da aprovação de projetos voltados para o enfrentamento à violência de gênero. Confira: 

“Nós, gestoras de Políticas Públicas para Mulheres do Nordeste do Brasil conclamamos que o feminicídio em nosso país não seja banalizado. Conviver com a violência por razões de gênero é inadmissível. Os feminicídios durante o Natal da juíza Viviane do Amaral (RJ), morta a facadas pelo ex-marido; da cabelereira Anna Paula dos Santos (PE), morta a tiros pelo marido; de Thalia Ferraz (SC), morta a tiros pelo ex-marido na frente da família; e da trabalhadora doméstica Jenilde de Jesus Pinheiro (BA), morta a facadas pelo ex-namorado na frente das filhas, expressam a realidade do nosso país no que se refere à violência de gênero. É uma urgência pública que afeta a vida das mulheres quando não lhes tira a vida pela violência letal, o feminicídio.  

Solicitamos ao Congresso Nacional que agilize a aprovação de projetos relacionados ao enfrentamento à violência contra as mulheres, a exemplo do 4133/20, entre outros, visando uma proteção mais efetiva às mulheres.  

Conclamamos ao Governo Federal a destinação de recursos emergenciais para os estados visando iniciativas voltadas para a sensibilização contra a cultura machista nas escolas e nas comunidades e para o fortalecimento da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres na qual estão incluídos os serviços de atendimento às mulheres em situação de violência, a exemplo dos Centros de Referência de Atendimento às Mulheres e da Casa da Mulher Brasileira.  

Os governos estaduais necessitam que o programa Mulher Viver sem Violência seja reativado, entre outros a serem implementados com destaque para a geração de renda e emprego para as mulheres, voltados para a autonomia econômica e social que contribuem decisivamente para que as mulheres possam romper o ciclo da violência doméstica.  

Os recursos federais para as políticas públicas para as mulheres têm sido retraídos ao longo dos anos, ao passo que a violência contra as mulheres têm aumentado. Conclamamos a sociedade a dar as mãos para enfrentar à violência contra as mulheres. O enfrentamento à violência de gênero deve unir governos e sociedade e é uma ação suprapartidária e interinstitucional.  

As mulheres têm direito a viver sem violência.  

28 de dezembro de 2020  

Julieta Palmeira, secretária de Estado de Políticas para as Mulheres da Bahia;  

Silvia Maria Cordeiro, secretária de Estado da Mulher de Pernambuco;  

Nayra Monteiro, secretária de Estado da Mulher do Maranhão; 

Zenaide Lustosa, coordenadora Estadual de Políticas para as Mulheres do Piauí; 

Eveline Almeida de Souza Macedo, secretária de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos do Rio Grande do Norte;  

Lídia de Moura Cronemberger, secretária de Estado da Mulher e da Diversidade Humana da Paraíba; 

Maria José da Silva, secretária da Mulher e Direitos Humanos de Alagoas;  Lucivanda Nunes Rodrigues, secretária de Estado da Inclusão e Assistência Social”

Europa está em alerta: Nova mutação do covid é registrada no continente


Apesar do medo de um novo surto, os europeus estão esperançosos com o começo da vacinação

André Lucas

Europa vive em alerta com o surgimento de uma nova mutação do vírus covid – 19. Autoridades locais na Inglaterra, França, Áustria, Holanda e Dinamarca aumentaram as restrições para o combate as aglomerações nesse fim de ano, o medo é que tenha um surto da nova mutação. Países vizinhos proíbem voos para os países com a mutação registrada. Na semana passada  o governo do Reino Unido decretou lockdown após muita pressão de médicos e cientistas.

O que sabemos da mutação do covid – 19 até agora?  

Um estudo na London School de Higiene e Medicina Tropical (universidade inglesa)  apontou que o vírus é até 74% mais contagioso. 

“Com base nos dados preliminares disponíveis”, o estudo conclui que a variante do Sars-Cov-2, que suspeita-se estar na origem do forte aumento do número de casos no sudeste da Inglaterra nas últimas semanas, “poderia ser 50% a 74% mais transmissível” do que as formas do vírus até agora em circulação. O recente aumento no número de infecções” em várias regiões “pode continuar e se espalhar para todas as partes do Reino Unido, se não houver uma ação imediata.” afirmou Nick Davies, biólogo que participou da pesquisa.  

Até agora sabemos que 12 países registraram a nova mutação do vírus, são eles; França, Espanha, Inglaterra, Japão, Suécia, Suíça, África do Sul, Alemanha, Canadá, Itália, Dinamarca, Austrália e Holanda.

A Espanha registrou recentemente os casos da mutação do novo Vírus, o  vice conselheiro de Saúde Publica de Madrid afirmou que os casos registrados no país São devidos a vinda de pessoas da Inglaterra para a Espanha.

“A situação dos pacientes confirmados não é grave, sabemos que a cepa é mais transmissível, mas não provoca gravidade. Não se deve tomar a notícia com nenhum tipo de nervosismo”. 

A França também divulgou recentemente que registrou caso da nova mutação do corona Vírus. A boa notícia é que o país já recebeu doses da vacina e começou a distribuir nesse domingo dia 27 de dezembro. Diferente do resto da Europa que optou por vacinar primeiro os trabalhadores da saúde que estão na linha de frente na luta contra o covid-19, a França optou por vacinar primeiro os idosos vulneráveis em grupos de riscos. 

“pessoas mais susceptíveis de adoecerem e de adoecerem com formas graves. Não esquecendo que no pessoal da saúde poderá haver também pessoas vulneráveis, doentes, que necessitem de ser vacinadas na primeira fase”. Afirmou Suzette Fernandes, responsável de utentes no Hospital Henri Mondo de Créteil. 

Vacinação no resto da Europa: 

A União Europeia também começou a vacinação em massa nesse domingo, os países do bloco elaboraram uma campanha de vacinação juntos. Aposentados e idosos foram os primeiros a serem vacinados no continente. O bloco de países europeus fizeram acordos com diversas fabricantes de vacinas contra o Covid-19, como por exemplo a Pfizer, AstraZeneca e a Moderna.  O acordo prevê 2 bilhões de doses da vacina e todos os adultos vacinados até o fim de 2021.  

A vacinação contra o Covid também começou na Noruega, que apesar de não estar no bloco econômico europeu, participa do movimento da UE.

Réveillon: Justiça determina que festas estão proibidas em Porto Seguro


Medida visa prevenir avanço da Covid-19

Thaís Paim

Com o crescimento no número de casos do novo coronavírus, diversos municípios têm adotado medidas para conter o avanço da doença. Já a cidade litorânea de Porto Seguro, na Bahia, não terá festas de Réveillon neste ano, mas por decisão da Justiça. 

Um dos fatores para a decisão é o fato do destino ser um dos mais procurados para a virada do ano no país. Após a decisão, a cidade fica impedida de autorizar e realizar qualquer evento em 31 de dezembro, independente da quantidade de pessoas. 

A liminar veio a pedido do governo da Bahia, e foi concedida pela da juíza substituta de 2º Grau Zandra Anunciação Alvarez Parada, atendendo a uma solicitação da Procuradoria Geral do Estado da Bahia. A decisão foi tomada nesta sexta-feira (25). 

Ainda segundo informações, a multa será de R$ 300 mil para quem descumprir a regra. A juíza também autoriza que o estado da Bahia possa fazer o uso de força policial, se necessário, para o cumprimento da decisão. 

Na ação, o Governo do Estado solicita que as festas sejam proibidas para evitar aglomerações e o consequente aumento do contágio pela Covid-19, principalmente no período mais sensível da epidemia. 

REPIQUE

O Estado vive uma alta nos casos de covid-19, e está com 75% dos leitos ocupados, e 7.811 casos ativos da doença.

O governador Rui Costa (PT) editou um decreto que proíbe a realização de shows, festas, eventos esportivos e religiosos, até o dia 4 de janeiro em todo o território baiano. A decisão foi tomada no início de dezembro. 

O pedido do governo veio após a prefeitura de Porto Seguro indicar que iria realizar a festa. O prefeito eleito de Porto Seguro, Jânio Natal (PRP-BA), que toma posse no dia 1º de janeiro, afirmou em vídeo que iria assinar um decreto ainda no dia 1º, liberando as festas de Ano Novo na cidade.

Você sabia? A critica gosto musical de usuários; veja como usar


Algoritmo avalia informações do Spotify 

Thais Paim

Se você gosta de música e está procurando algo diferente para se distrair, essa novidade pode ser interessante para você. Agora, além de tocar um solo de baixo infinito no YouTube, exibindo todo o seu talento artístico, a inteligência artificial (IA) também está avaliando o gosto musical dos usuários do Spotify. 

Segundo avaliações, apesar de possuir uma forma irônica e até mesmo cruel em alguns momentos, o algoritmo é montado com uma base em comentários de críticos especializados e publicações de música.

Desenvolvido pelo site The Pudding, o algoritmo é intitulado de “How Bad Is Your Spotify?” (algo como “Quão ruim é o seu Spotify?”, em tradução livre) e foi treinado em uma base de dados composta por mais de dois milhões de indicadores de “música objetivamente boa”, segundo informações fornecidas pela própria empresa.

As informações usadas no treinamento da IA foram obtidas de fontes como a plataforma americana Pitchfork e o jornalista, crítico musical e youtuber Anthony Fantano. Ela também se baseou em recomendações de lojas de discos e outras fontes de análises musicais, para produzir combinações e criar as suas próprias avaliações.

Durante a análise das canções e artistas mais tocados das suas playlists, o programa pode fazer algumas perguntas em tom sarcástico, como por exemplo “Você está bem por escutar tal artista?”, sempre zombando das suas preferências. 

Se você não leva críticas muito a sério e gosta de algo divertido e sarcástico, pode ser interessante fazer o teste. Após avaliar suas músicas, gêneros e outros indicadores, a ferramenta apresenta a crítica ao perfil do usuário, com muitas piadas e ironias.

Quão ruim é o seu Spotify?

Apesar de ser em inglês, o serviço é gratuito e qualquer usuário do streaming de música pode entrar na brincadeira e ter as suas preferências sonoras avaliadas pela inteligência artificial. 

Se você ficou curioso e quer testar, basta acessar o site How Bad Is Your Spotify, clicar em “Find Out” e fazer login com os dados do serviço.

Ainda segundo a empresa, o bot terá acesso apenas às informações referentes ao que você ouve na plataforma, sem autorização para publicar e nem fazer qualquer tipo de modificação na conta do usuário.

É válido lembrar que a ferramenta só tem o idioma inglês disponível no momento.

Juíza assassinada no RJ já tinha registrado boletim de ocorrência contra o ex marido


Após registro do boletim a juíza estava com escolta pessoal para sua segurança, porém em novembro ela abriu mão da escolta

André Lucas

Um dos casos mais falados essa semana foi o assassinato da juíza no Rio de Janeiro. Viviane Vieira foi a quinta vítima de feminicídio em uma semana, a juíza de 45 anos foi esfaqueada pelo marido na frente das 3 filhas .

Viviane era juíza dês de 2005 quando começou a atuar na 24° vara criminal da capital. O assassino é seu próprio marido, Paulo José Arronenzi, engenheiro  e desempregado a 6 anos. O s dois se conheceram em 2009, e se casaram e tiveram 3 filhas, após 11 anos juntos, se separaram em agosto desse ano.

Antes do crime, no dia 14 de setembro desse ano, a juíza já tinha feito um boletim de ocorrência contra o marido, na ocasião ele empurrou ela e ameaçou de morte. A partir daí o engenheiro ficou proibido de se encontra com ele, e Viviane passou a ter uma escolta armada fazendo sua segurança.  Porém em novembro abriu mão da segurança pessoal.

Na quinta feira dia 24 de novembro, Viviane foi encontrar o marido cm as três filhas, o casal combinou que as filhas passariam o natal com o pai, então a mãe foi levar as crianças até a casa dele. Paulo José marcou um ponto de encontro em uma rua pacata da Tijuca, quando Viviane chegou ele se aproximou do veículo, quando ela saiu do carro ele já deu a primeira facada, depois ele continuou e no final foram 16 facadas segundo a perícia. 

Foram testemunhas que apontaram o engenheiro como assassino. O ex-marido da vítima foi levado para a Delegacia de Homicídios da capital, que também fica na Barra da Tijuca. Posteriormente, foi encaminhado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, onde foi atendido para tratar um corte na mão, provavelmente se machucou durante o crime. Ele teve alta e foi encaminhado novamente para a delegacia. 

Após ser preso o engenheiro  não quis gravar entrevista, e disse a polícia que só vai falar em juízo. Ele vai responder por crime de feminicídio. Apesar do flagrante a juíza Monique Brandão converteu a prisão em preventiva, na sexta dia 25, em audiência de Custódia.

Uma amiga de Viviane, também juíza, Simone Nacif disse a uma entrevista ao jornal Globo, onde afirma não ter conhecimento de que a vítima precisava de escolta armada, e disse que amiga foi vitima de misoginia. 

 “Ela foi vítima de misoginia. O ex-marido deveria se sentir inferior a ela. Ela sempre foi inteligente, independente e dedicada à carreira e às filhas. Ela tinha um sorriso que a definia, além de ser engraçada e sensata. Logo que passou no concurso, comentou que se incomodava com os protocolos da magistratura, pois preferia que a chamassem de você. Mas entendia que eles eram necessários” afirma a amiga da vítima. 

Renata Gil, presidente da associação de magistrados brasileiros ( AMB) também comentou o caso. 

“A notícia foi devastadora porque já tínhamos uma campanha forte no combate à violência contra a mulher. Fomos pegos de surpresa e estamos absolutamente sem chão”

Após o crime autoridades jurídicas querem mais rigor contra feminicídio

O STF, CNJ, Defensoria publica e o tribunal de justiça do Rio se posicionaram sobre o caso, e exigiram providências contra o feminicídio no país. 

“Tal forma brutal de violência assola mulheres de todas as faixas etárias, níveis e classes sociais, uma triste realidade que precisa ser enfrentada”, disse o ministro Luiz Fux, presidente do STF e do CNJ, em nota assinada hoje em nome das duas entidades. 

Na nota o Ministro Fux ainda assumi o compromisso de buscar a melhor forma de erradicar a violência doméstica contra mulheres. 

“Deve ser redobrada, multiplicada e fortalecida a reflexão sobre quais medidas são necessárias para que essas tragédia não destrua outros lares, não nos envergonhe, não nos faça questionar sobre a efetividade da lei e das ações de enfrentamento à violência contra as mulheres”.

Eustáquio é condenado a pagar multa de R$15 mil a Boulos


O blogueiro que está preso por envolvimento em crimes contra a democracia, agora foi condenado por divulgação de Fake News

André Lucas

O blogueiro Eustáquio foi condenado a pagar uma multa de RS 15 mil por divulgar notícias falsas contra o político Guilherme Boulos.  A defesa ainda pode recorrer. O juiz do caso afirmou que o influenciador Oswaldo Eustáquio usou  sua liberdade de expressão para atacar o político com divulgações de notícias que não coincidem com a verdade.  

O caso foi julgado pelo juiz eleitoral, Migliano Neto. A decisão foi publicada na última quarta dia 23 de dezembro. 

“Verifica-se que se trata de divulgação de Fake News capaz de causar irreparáveis danos à honra do então candidato Boulos perante o eleitorado paulistano”

A defesa do acusado entrou com um pedido de anulação da multa, alegando que o vídeo foi divulgado pelo Oswaldo Eustáquio no dia 11 de novembro, onde ele afirmava que Boulos usava empresas fantasmas para  produzir materiais áudio visuais para a campanha eleitoral, traz informações verdadeiras sobre o caso e por tanto não pode ser considerado Fake News. 

No documento a defesa explica que as pessoas que foram procuradas pelo jornalista confirmam que as empresas não existiam conforme os dados da receita federal, com isso a classificação do caso como Fake News não se aplica. Além de pedir revisão da multa a defesa tambem pede que o vídeo seja divulgado para provar a inocência de Eustáquio, o vídeo foi retirado do ar por determinação da justiça. 

Eustáquio também estar envolvido em crime contra a democracia

Além de crime relacionado a fake News o blogueiro também estar sendo investigado pela operação Lume, inquérito que apura a promoção de atos antidemocráticos favoráveis ao fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF), Eustáquio é um dos influenciadores que integra o núcleo duro da base de apoio ao presidente Jair Bolsonaro na web. Ele estava sendo monitorado devido ao risco de tentar fugir do país. Nas redes sociais — há ainda um canal com 315 mil inscritos no Facebook e uma página com 9,4 mil seguidores no Facebook, pouco ativa. Caso que terminou com o ministro Alexandre determinando a prisão preventiva do blogueiro, decisão acatada pela polícia federal, o blogueiro estar preso 18 de novembro.

Perguntaram ao Oswaldo se ele é a favor de intervenção militar, o blogueiro negou e disse ser a favor de intervenção popular, onde o povo que se fosse acionado quando algo fosse votado, e assim, pessoas que realmente querem mudar a história do país seriam ouvidas dentro do parlamento. 

O acidente na prisão, e o boato de que Eustáquio estar paraplégico  

Na última segunda feira, dia 21 de dezembro, Oswaldo foi  hospitalizado após sofrer um acidente na prisão. O acidente ocorreu quando Oswaldo subiu no vaso sanitário para concertar o chuveiro, foi quando escorregou e caiu batendo a coluna no chão. O blogueiro fraturou a vértebra e faz tratamento médico com uma especialista em coluna. Um boato de que o blogueiro estava paraplégico após o acidente rodou com muita intensidade nas redes sociais , testos e imagens de laudos circulam nas redes sociais dês da notícia do acidente, os posts ainda culpam o Ministro Alexandre De Moraes. O Carvalho News (CN) tem um compromisso com a verdade e esclarece que é Falso que o blogueiro esteja paraplégico.

Enem: Secretaria de Educação da Bahia pede ao MEC que provas sejam adiadas


Aumento no número de casos é principal motivo da solicitação

Thais Paim

Com o cenário de pandemia, diversas alterações precisaram ser feitas no setor da educação e com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não foi diferente. Apesar de já ter tido sua data adiada para 2021, o crescimento no número de casos do novo coronavírus se apresenta como uma grande preocupação para diversas gestões.

Foi pensando nisso que a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) pediu ao Ministério da Educação o adiamento das provas. 

As avaliações, na versão impressa, estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e, na versão digital, para 31 de janeiro e 7 de fevereiro. O governo baiano propôs que as datas sejam prorrogadas para maio de 2021. 

O secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues, destaca o novo aumento de casos e óbitos provocados pela doença, que está em uma segunda onda no Brasil e defende a mudança nas datas previstas. “Entendemos que não é razoável expor milhões de estudantes ao risco de aglomeração e contaminação quando o adiamento das provas – não falamos em cancelamento – terá impactos financeiros e logísticos administráveis e plenamente justificáveis face ao valor incalculável de tantas vidas”, disse o secretário em ofício. 

Segundo informações, esta é a segunda vez que a SEC envia ofício ao MEC e também ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão responsável pela execução do Enem, para que a aplicação do exame seja prorrogada.

“Reiteramos todos os argumentos que apresentamos anteriormente ao INEP e ao MEC, notadamente, o incentivo que o ENEM representa para os estudantes concluintes da escola pública que sonham ingressar no Ensino Superior. Esta geração já vem sofrendo as consequências, no curto prazo, dessa tragédia mundial e não podemos, como gestores de políticas educacionais, comprometer também suas perspectivas de médio e longo prazos”, acrescentou Jerônimo. 

De acordo com ele, o quadro de desigualdade econômica, que se tornou ainda mais evidente pelo contexto de suspensão das aulas, coloca em situação de desvantagem os estudantes com menor acesso aos bens de consumo e de cultura e que precisam de mais tempo para a preparação.

Segundo a pasta, neste ano, apenas na rede estadual de ensino, 67 mil estudantes se inscreveram para fazer o exame. 

Vice-presidente Mourão testa positivo para o coronavírus


Informação foi confirmada pela assessoria

André Lucas

Mais uma personalidade política foi infectada pelo novo coronavírus. Dessa vez, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, 67 anos, que testou positivo para Covid-19. A informação foi confirmada neste domingo (27). 

De acordo com a assessoria, responsável pelo anúncio, Mourão segue em isolamento no Palácio do Jaburu, residência oficial destinada ao vice-presidente, até recuperação da doença. Segundo a GloboNews, foi informado que o vice-presidente está bem.

O resultado do exame foi entregue na tarde deste domingo, segundo a Vice-Presidência. Por sua vez, a nota da assessoria foi divulgada no período da noite, do mesmo dia, mas não contém detalhes sobre o estado de saúde de Mourão e quais sintomas ele apresenta. 

Segundo o levantamento do consórcio de veículos de imprensa, 191.146 pessoas diagnosticadas com Covid-19 morreram no país. Desde o começo da pandemia, 7.481.400 brasileiros já foram contaminados pelo vírus.

Personalidades políticas infectadas

Com o diagnóstico, Mourão passa a integrar uma extensa lista de políticos que contraíram o coronavírus desde o início da pandemia no Brasil. Entre os afetados, o presidente Jair Bolsonaro anunciou o seu resultado positivo em julho, junto com ele, todos os chefes de Poderes que foram contaminados conseguiram se recuperar da doença.

Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado, contraiu a doença em março e, Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, em setembro.

No primeiro escalão do governo, outros ministros infectados foram:

Eduardo Pazuello (Saúde)

Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo)

Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional)

Bento Albuquerque (Minas e Energia)

Milton Ribeiro (Educação)

Onyx Lorenzoni (Cidadania)

Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações)

Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União)

Braga Netto (Casa Civil)

Jorge Oliveira (Secretaria-Geral)

Fábio Faria (Comunicações)

André Mendonça (Justiça)

Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura)

Em outubro, o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) morreu, aos 83 anos, em decorrência da Covid-19, no Rio de Janeiro.

Confira abaixo a nota divulgada pela assessoria do vice-presidente:

Na tarde de hoje, domingo, 27 de dezembro, foi confirmado o teste positivo para Covid-19 do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que permanecerá em isolamento na residência oficial do Jaburu.