2ª Semana do Empreendedorismo Musical começa nesta segunda


Evento será transmitido através do Instagram 

Thais Paim

Um tema que desperta grande interesse das pessoas é como empreender no mundo da música, tão cobiçado e também tão concorrido. Para trazer um debate sobre esse assunto de forma ampla, a 2ª Semana do Empreendedorismo Musical acontecerá do dia 12 a 16 de julho, a partir das 19h. 

Para quem deseja acompanhar os conteúdos, o evento será totalmente online, gratuito e transmitido pelo perfil do Instagram @gugagoncalvesoficial.

Motivação para o projeto 

O organizador do evento, Gustavo Gonçalves, também conhecido como Guga Gonçalves, contou que o objetivo da iniciativa é inspirar estudantes e profissionais a enxergarem a música como um negócio altamente lucrativo. 

De acordo com Gonçalves, a música é um processo intangível, difícil de mensurar se fará sucesso ou não, fazendo com que seja um pouco mais difícil dos profissionais se destacarem. Apesar dessas circunstâncias, é também altamente lucrativo, uma vez que é um espaço onde empresas e marcas conseguem patrocinar e anunciar.

“Por exemplo, no Rock in Rio, há diversas marcas grandes patrocinando, além de fazer a economia girar, gerando empregos para produtores, pessoal da limpeza, segurança, gastronomia, técnicos e etc.”, explica o empreendedor. “Inclusive, no início da pandemia houve um investimento alto na música, laboratórios farmacêuticos, lojas de shopping e outros empreendimentos de campinas e região patrocinaram Lives e até mesmo convidaram músicos para participar das suas próprias Lives”, relata ele. 

Gustavo conta que com o evento, quer mostrar para os profissionais e estudantes de música as várias etapas presentes, desde a pré-produção, produção e pós-produção, além de abordar também assuntos como monetização no mercado musical, principalmente com as tecnologias streaming. Além disso, o organizador também destaca que percebeu uma mudança no cenário atual da música durante a pandemia. 

Confira abaixo as atrações do evento online:

Marcello Pompeu, da banda Korzus; Gustavo Missola, sócio proprietário da SALA V; Daniel Neves, curador e diretor da Conecta+ Música & Mercado; José Celso Rodrigues Guida, sócio fundador da CulturaXchange; Célio Ramos, dono e atual Diretor do IG&T-Instituto de Guitarra e Tecnologia; Marcelo Claret, fundador do Instituto de Áudio e Vídeo; a cantora Feh Simionato; Neila Abrahão, guitarrista e jurada do Reality Canta Comigo da TV Record; Maurício Adorno Cunha, CEO da Odery Drums, Jonas Henrique Campedelli e Silva, diretor da Timbres Instrumentos Musicais e Guga Gonçalves, produtor multimídia e coach personal branding.

Além dos conteúdos apresentados ao longo da semana, no último dia do evento será realizado um sorteio de uma guitarra. Para quem deseja participar, é só seguir o perfil @gugaconcalvesoficial no Instagram ou confirmar presença através do evento criado no Facebook, dessa forma você terá acesso ao link redirecionando para o Instagram no horário da transmissão.

Fonte: A Cidade ON 

Governo oferta curso gratuito para guias de turismo e condutores


As vagas são para quem deseja adquirir conhecimento em idiomas

Thais Paim

Através de uma parceria entre o Ministério do Turismo e Instituto Federal do Tocantins (IFTO), está sendo ofertado um curso gratuito de idiomas para guias de turismo e condutores interessados em adquirir conhecimento nos idiomas inglês ou espanhol. 

Para quem deseja participar é só acessar o site do Ministério do Turismo e realizar a inscrição. Ao todo serão ofertadas 3,8 mil vagas e se o número de inscritos ultrapassar a quantidade de vagas, será realizado um processo seletivo.

O curso conta com uma carga horária total de 200 horas e traz uma matriz curricular inovadora, com temas transversais que serão adaptados aos idiomas, aproximando-se assim da realidade profissional dos estudantes. 

O objetivo da iniciativa é capacitar a categoria desse segmento do turismo, oferecendo qualificação necessária, por meio de novos idiomas, de modo a gerar benefícios para esses profissionais, bem como valorizar o potencial de cada trabalhador e suas comunidades locais.

“Sabemos que o Brasil ocupará um lugar de destaque no cenário do pós-pandemia com seu enorme potencial de turismo de natureza que será a grande tendência dos viajantes. Ao saber atender o turista estrangeiro, ganhamos competitividade no cenário internacional e garantimos uma experiência ainda melhor para quem nos visita”, afirmou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, por meio de nota. 

O curso e seu alcance 

A iniciativa atende profissionais de todas as regiões brasileiras, através da parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Federação Nacional dos Guias de Turismo (Fenagtur) e o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) de Alto Paraíso-GO.

As aulas que forem gravadas serão disponibilizadas na plataforma Moodle do IFTO e as ao vivo serão ministradas uma vez por semana por meio de webconferências, facilitando o acesso dos alunos ao conteúdo ministrado. 
Fonte: Mercado e Eventos 

Programa oferece curso gratuito de marketing e empreendedorismo a pequenos negócios


As aulas serão iniciadas na próxima terça-feira (13)

Thais Paim

Se você tem um pequeno negócio e não sabe o que fazer para conquistar novos clientes ou tornar seu empreendimento conhecido, essa pode ser a oportunidade de adquirir novos conhecimentos no ramo do empreendedorismo. O Ensino a Distância, Dominando o Marketing e Empreender ao Sucesso da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes) está com algumas vagas abertas para novas turmas. 

As aulas estão sendo ofertadas através do Programa Capacitar para Empreender e serão iniciadas na próxima terça-feira (13), em formato on-line, no endereço eletrônico www.ead.aderes.es.gov.br, para quem já fez sua inscrição.

Se você não conseguiu se inscrever, novas turmas serão formadas e as inscrições permanecem abertas. Os interessados em realizar os cursos podem acessar o site do Aderes para fazer a inscrição. De acordo com a instituição, serão ofertadas 100 vagas e os candidatos serão selecionados de acordo com a ordem de inscrição até o preenchimento total do número de vagas de cada curso.

É preciso ter no mínimo 16 anos, acesso à internet e noções básicas de informática e de navegação na web para participar. 

Segundo a professora Luciana Stabile, o curso tem a finalidade de ajudar o empreendedor a melhorar o seu negócio. “O aluno pode fazer o curso no seu tempo, no conforto de sua casa, utilizando de um computador a um celular, então, não perca tempo e vamos rumo ao sucesso”, ressaltou.

A proposta da autarquia é colocar à disposição da sociedade cursos de Ensino a Distância em diversas modalidades, possibilitando maior comodidade para os participantes. 

“Isso vai permitir que as pessoas possam fazer uma atividade de formação, na comodidade de suas casas e, com isso, preparar empreendedores para o mercado, principalmente nesse tempo de pandemia. “Essa é mais uma ação do Governo do Estado que vai permitir que as pessoas se qualifiquem, tenham o seu trabalho e gerem sua própria renda, por meio do empreendedorismo”, afirmou o diretor-presidente da Aderes, Alberto Farias Gavini Filho.

Fonte: Jornal Fato 

Rede social lança nova ferramenta para ajudar usuários a encontrarem emprego


Programa ainda está em fase de testes 

Thais Paim

Se você adora redes sociais, provavelmente vai ficar empolgado com essa notícia. O TikTok lançou recentemente uma plataforma para usuários se candidatarem a vagas de emprego de uma forma diferente e mais descontraída. 

A proposta é que ao em vez do currículo tradicional, os candidatos poderão mandar vídeos curtos para se apresentarem às empresas e, caso realmente gere engajamento, pode surgir uma nova tendência no mercado. 

O programa piloto foi batizado de TikTok Resumes e ainda está na fase de teste, que acontecerá no dia 31 de julho e ficará restrito a vagas oferecidas por empresas nos Estados Unidos. 

Os recrutadores podem publicar as ofertas de emprego no site criado pela rede social, e os usuários podem se inscrever enviando um vídeo com a hashtag #TikTokResumes, ao estilo das novas comunicações.

Segundo a rede social, 37 empresas, incluindo o TikTok, já estão destacando suas vagas de emprego no site. Na página, os candidatos são orientados a não incluírem dados pessoais, como número de telefone e e-mail, nos vídeos.

“O TikTok Resumes está oficialmente aberto e aceitando currículos de vídeo do TikTok”, disse o chefe global de marketing da rede social, Nick Tran.

“Estamos honrados por podermos fazer parceria com algumas das marcas mais admiradas e emergentes do mundo, enquanto testamos uma nova maneira para os candidatos a empregos mostrarem suas experiências e habilidades de maneiras criativas e autênticas”, acrescentou.

Como os seguidores receberam a notícia 

Nick Tran afirmou que a hashtag #CareerTok já é muito popular entre os usuários. “Mal podemos esperar para ver como a comunidade vai adotar o TikTok Resumes e ajudar a reimaginar o recrutamento e a descoberta de empregos”, afirmou.

Ainda segundo informações, empresas como a cadeia de restaurantes Chipotle, a marca de roupas Abercrombie & Fitch, a plataforma de comércio eletrônico Shopify e a varejista Target são algumas das que estão usando o recurso para recrutar jovens com menos de 25 anos.

A expectativa da Chipotle é de que essa nova iniciativa ajude a recrutar 15.000 funcionários adicionais.

Confira os cursos gratuitos que estão sendo oferecidos por escolas digitais


Oportunidades são na área de TI 

Thais Paim

Para quem busca se profissionalizar e está aguardando uma oportunidade, essa pode ser a sua chance. A busca por profissionais de TI tem sido intensificada por causa da transformação digital que está ocorrendo nos negócios em todo o mundo. Ficou interessado(a)? Veja como participar! 

Segundo levantamento da GeekHunter, o total de vagas abertas no setor, no Brasil, teve aumento de 310% no ano passado. Isso representa um grande crescimento para a área e indica a possibilidade de uma maior quantidade de vagas de empregos. 

O mercado de tecnologia possibilita que os profissionais vivam no Brasil e exerçam a função para empresas estrangeiras, recebendo até mesmo em moedas mais valorizadas. Como também podem trabalhar para uma empresa brasileira e viver em outro cidade no exterior.

Algumas instituições oferecem cursos gratuitos para quem deseja iniciar na carreira. É o caso da Escola da Nuvem, que prepara profissionais para o primeiro emprego. Não é necessário ter experiência em tecnologia para se inscrever. O uso da plataforma e os cursos são gratuitos, são eles: Arquiteto AWS, Fundamentos AWS e Train to Trainers. Se você ficou interessado é só acessar o site

A Awari também é uma escola digital que contribui para a trajetória profissional de forma prática. A unidade oferece suporte necessário para a entrada do profissional no mercado de trabalho e acompanha de perto as necessidades e os objetivos do aluno. A Awari oferece um curso online gratuito de UX Design. Para detalhes, acesse o site.

TI e atuação 

Para aqueles que são recém-formados é sempre bom lembrar que existe um mercado bem abrangente nos setores tecnológicos. Na área de TI, por exemplo, há vários cargos que oferecem bons salários, funções desafiadoras e que exigem conhecimentos diferentes que podem se encaixar em vários perfis.

Essas oportunidades estão se enquadram palra aqueles que já estão trabalhando e desejam estudar um pouco mais para obter outros saberes e, talvez, se aventurar em novos ambientes. 

Fonte: IstoÉ 

Empreendedorismo digital: veja o que você precisa saber para começar o seu negócio


Detalhes podem fazer toda a diferença na hora de colocar os planos em prática

Thais Paim

Para quem sonha em abrir o próprio negócio, talvez esse seja um ótimo momento. Com o atual cenário, o Brasil encerrou 2020 com o maior número de empreendedores de sua história: foram registrados cerca de 11.316.853 MEIs no Portal do Empreendedor. 

Esses números podem indicar um cenário positivo para o setor, especialmente para o empreendedorismo digital. Devido ao distanciamento social e a aceleração digital dos negócios, as empresas passaram a focar suas operações de vendas e relacionamento com o cliente pelos canais online, uma das únicas formas de conciliar a manutenção de seus negócios sem colocar em risco a saúde de seus funcionários e consumidores. 

Dados importantes 

Um levantamento realizado pela Big Data Corp., divulgado em agosto do ano passado, o comércio online cresceu 40,7% de 2019 a 2020, chegando a 1,3 milhão de lojas virtuais. A alta é relativamente maior do que o crescimento de 37,6% reportado de 2018 até o ano consecutivo.

Além disso, a curva ascendente de acessos à internet pelos brasileiros também tem estimulado a abertura de novos negócios online, bem como a migração de serviços que, até então só existiam em pontos físicos, para os canais digitais.

É importante ter em mente que além de uma boa ideia e um projeto que seja promissor, é importante se ambientar com as ferramentas para empreender no meio digital. Questões como ter o seu próprio site, contratação de hospedagem e domínio, otimizações de SEO, entre outros, são imprescindíveis para que o negócio seja bem sucedido. Especialmente para os novos empreendedores.

Tenha seu próprio site 

Por mais que as redes sociais estejam em alta, a criação de um site próprio não só ajuda na meta de ganhar mais visibilidade no meio online, como também passa mais credibilidade à empresa.

Basta se colocar no lugar de um consumidor: é muito mais seguro (e confiável) contratar um serviço de uma empresa que tenha uma página própria na web do que uma companhia presente apenas no Facebook, não é mesmo?

De acordo com um levantamento do Sebrae, 40% das empresas têm perfis em redes sociais e 70% usam WhatsApp, mas somente 27% possuem site (e domínio) próprio.

As redes sociais são grandes aliadas 

Após a criação do seu próprio site, a participação nas mais diversas redes sociais pode ser uma grande aliada para o empreendedorismo digital.

Vale ficar atento às novas tendências e investir na produção de conteúdo voltada para o seu segmento. Os engajamentos no setor também são úteis: como os algoritmos das plataformas costumam direcionar assuntos de interesse dos usuários, a chance de expandir o seu alcance ao participar das tendências do setor também serão grandes.

Domínio e hospedagem

O domínio virtual nada mais é do que o endereço físico de uma página de web — sim, aquele digitado na URL dos navegadores. É ele que vai ajudar na fidelização de sua empresa com o consumidor.

As terminações mais populares são “.com”, “.net” ou “.org”, por exemplo. Mas existem diversas opções personalizadas como “.tech” ou “.design”, que podem ser um diferencial em meio à concorrência do empreendedorismo digital.

Esses domínios personalizados também ajudam o usuário a identificar mais facilmente sobre o que é o seu negócio: se é sobre produtos de arte, por exemplo, há a opção “.art”; se for uma agência, há o “.ag”; se for um comércio, há o “.biz” – do inglês “business”; entre outros.

Já a hospedagem são os servidores responsáveis por manter a sua página ativa na internet e possibilitar o armazenamento de todos os seus dados, como fotos, vídeos, textos, arquivos, páginas de web e diversos outros.

Certamente essas dicas te ajudarão a impulsionar o seu negócio, mas claro, isso também dependerá de todo o planejamento feito — além de demandar muito esforço e uma “pitada” de paciência.

Limitar as notificações na tela do celular ajuda a proteger seus dados; saiba mais


Acesso de terceiros pode ser evitado dessa forma 

Thais Paim

Quem utiliza no seu cotidiano sabe da praticidade das notificações e como elas ajudam a encontrar informações úteis rapidamente. Mas, além disso, também podem permitir que elas sejam acessadas de forma indevida.

Caso suas notificações não estejam restritas, em um roubo de celular, por exemplo, os criminosos podem utilizar até mesmo as informações que aparecem na tela do aparelho enquanto ele está bloqueado. 

Um grande risco é a possibilidade de que por meio de um alerta do aplicativo de e-mail, de SMS ou do WhatsApp, por exemplo, criminosos possam obter códigos de validação enviados por serviços para acessar suas contas de e-mail, redes socais e outros aplicativos.

Alerta

O gerente regional de conta da Trend Micro, Yuri Souza, explica como muitos assaltantes aproveitam uma facilidade do iPhone e do Android para conseguir dados privados e alerta sobre os riscos dessa exposição. 

“O SMS e o e-mail são muitas vezes usados no envio de uma chave de autenticação para o usuário”, afirma. “É dessa forma que eles conseguem, mesmo com a tela bloqueada, burlar um sistema de autenticação ou pegar uma chave de acesso”.

É bom lembrar que em algumas situações, caso você tente redefinir sua senha, a empresa envia um link, que também pode ficar visível nas notificações. A partir do endereço, é possível acessar a página e criar uma senha nova.

Foto: Reprodução internet. Foto destaque: Ana Marques Tech Tudo

Alguns serviços utilizam códigos por SMS para liberar acesso a uma conta. Além disso, mensagens enviadas no WhatsApp também podem incluir informações sensíveis. Por isso, especialistas recomendam limitar o conteúdo exibido nas notificações enquanto a tela do celular está bloqueada e assim evitar a exposição de informais pessoais e também riscos de fraudes e golpes. 

Veja como limitar o conteúdo de notificações na tela de bloqueio:

iOS (iPhone)

Para ocultar informações ou desativar as notificações na tela de bloqueio do iPhone, siga estes passos:

Em “Ajustes”, toque em “Notificações”;

Selecione o item “Pré-visualizações”;

Para evitar que o conteúdo apareça na tela de bloqueio, escolha exibir apenas “Quando Desbloqueado” ou “Nunca”.

Android

O sistema do Google pode apresentar pequenas variações para limitar alertas na tela de bloqueio. Isso porque cada fabricante de celular pode usar uma interface própria.

Fonte: G1 

Autor de Game of Thrones fala sobre final da série e revela que ‘as coisas saíram um pouco do controle’


Martin comentou sobre possível diferença no desfecho dos livros

Thais Paim

Quem acompanhou o final da série de Game of Thrones provavelmente sabe de toda polêmica e insatisfação dos fãs. A boa notícia é que o escritor George R. R. Martin revelou que os livros terão um desfecho diferente do que foi apresentado no seriado. 

Durante entrevista para o canal WTTW de Chicago, Martin comentou um pouco sobre os seus planos e disse que não foi planejado que os showrunners fossem muito além dos cinco livros originais lançados. “As coisas saíram um pouco do controle”, afirma.

O autor também se mostrou muito grato pelo sucesso de Game of Thrones nas telinhas e revelou que o desfecho da HBO não era bem o que ele esperava e que, com isso, sente um pesar por não conseguir finalizar a escrita rápido o suficiente.

“Eu já tinha quatro livros publicados. […] E são livros imensos, como você sabe. Eu nunca pensei que eles iriam me alcançar, mas eles conseguiram. Eles me alcançaram e me ultrapassaram e, você sabe, isso tornou tudo um pouco estranho – porque agora, a série estava à minha frente e estava indo em direções bem diferentes”.

Polêmica sobre o fim da série 

Para os fãs, essa explicação parece representar uma boa notícia. O que resta saber é se o final proposto pelo autor será inédito e satisfatório o suficiente para o encerramento da saga.

A produção audiovisual é, provavelmente, a maior série de TV já produzida até hoje. A história é uma adaptação da série de livros As Crônicas de Gelo e Fogo, do escritor americano George R.R. Martin.

A trama se passa em um mundo que em um primeiro momento pode lembrar a Terra-Média de O Senhor dos Anéis, mas logo revela sua verdadeira face.

O continente de Westeros foi governado por 300 anos pelos reis da dinastia Targaryen, uma família vinda das terras distantes da antiga Valyria e famosa pelo domínio de dragões, que estão extintos há pelo menos 1000 anos.

Game of Thrones teve oito temporadas, exibidas originalmente entre 2011 e 2019. Séries derivadas estão em produção no momento.

Itabuna: prefeitura divulga cronograma da vacinação de 5 a 9 de julho contra a Covid-19


Marcelo Carvalho

A Rede de Frio da Secretaria Municipal de Saúde divulgou o calendário de vacinação em Itabuna, contra o vírus Influenza (gripe) e Covid-19. Contempla a semana de 5 a 9 nas Unidades Básicas (UBS) e de Saúde da Família (USF) e locais para subgrupos específicos.

Desta segunda-feira, dia 5, até sexta-feira, dia 9, das 8 às 11 horas, prossegue a vacinação contra o Influenza nas Unidades Básicas e de Saúde da Família para os grupos prioritários. Serão vacinados idosos acima de 60 anos, professores, profissionais de saúde da rede pública ou particular, criança de seis meses a menores de 6 anos e gestantes e puérperas.

Ainda, pessoas com comorbidades e com deficiência permanente (física, auditiva, visual e mental), trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e/ou caminhoneiros, forças de segurança e salvamento e Forças Armadas, funcionários e população do sistema de privação de liberdade; e jovens em medidas socioeducativas.

A documentação exigida é o RG, CPF ou Cartão do SUS, comprovante de residência em nome próprio. Aos profissionais, é necessária a apresentação da Carteira de Trabalho ou crachá. E das pessoas com deficiência, será necessário o relatório ou receita médica atualizada (seis meses) com CID.

Nas Unidades Básicas e de Saúde da Família, prossegue no período vespertino a vacinação da primeira dose contra a Covid-19. A aplicação é realizada das 13 às 16 horas. Será seguindo um cronograma.

Na segunda-feira, serão vacinadas, pessoas com idade a partir de 41 anos completos sem comorbidades, nascidas de janeiro a dezembro. Na terça-feira, pessoas com idade a partir de 40 anos completos sem comorbidades, nascidas de janeiro a dezembro, que também receberão a primeira aplicação da vacina contra a Covid-19.

Na quarta-feira, dia 7, serão vacinadas pessoas com idade a partir de 39 anos completos sem comorbidades, nascidas de janeiro a dezembro. Na quinta-feira pessoas com idade a partir de 38 anos completos sem comorbidades, nascidas no mesmo período.

Também na quinta-feira serão vacinadas contra a covid-19 pessoas com idade a partir de 35 anos completos. Mas atenção: para esta faixa etária, a vacinação acontecerá somente na UniFTC das 8h30min às 14 horas. Haverá o limite de 400 senhas que serão distribuídas no local, bem como o registro que será por ordem de chegada.

Já na sexta-feira, dia 8, se vacinará as pessoas a partir de 37 anos completos sem comorbidades, nascidas de janeiro a dezembro. A primeira dose contra covid-19 será aplicada nas UBS e USF no turno vespertino, a partir das 13 horas.

A documentação necessária é a Carteira de Identidade (RG), CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência no próprio nome. Para o comprovante daqueles que moram de aluguel é preciso que o proprietário assine documento comprobatório ou que o inquilino leve a fotocópia do contrato.

LACTANTES, GESTANTES E PUÉRPERAS

Também nas Unidades Básicas de Saúde, das 13 às 16 horas, serão vacinadas contra Covid-19 as lactantes maiores de 18 anos, a partir do 46º dia após o parto até o 12º mês de amamentação. E também, as gestantes e puérperas com a vacina da Pfizer.

A documentação necessária é Carteira de Identidade (RG), CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência em nome próprio e fotocópia da Certidão de Nascimento da criança para as lactantes.

Já para as gestantes e puérperas, será necessário levar além do RG, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência no próprio nome, relatório médico atestando a gravidez ou fotocópia do ultrassom ou do cartão de Pré-natal (assinado e carimbado pelo médico ou enfermeiro).

2ª DOSE CORONAVAC e OXFORD

Na terça-feira, dia 6, das 10 às 15 horas serão aplicadas segundas doses das vacinas Coronavac e Oxford na UniFTC. A vacinação será destinada àquelas pessoas que já receberam a primeira dose de alguma destas vacinas entre os dias 23 e 31 de março, independente do grupo prioritário a que pertençam.

Documentos necessários: Carteira de Identidade (RG), CPF ou cartão do SUS; cartão de vacina com registro da 1ª dose e comprovante de residência no próprio nome.

DRIVE THRU NOTURNO

Nesta semana, também haverá um dia destinado ao drive-thru noturno para aquelas pessoas que no turno diurno não conseguem se vacinar.

Na quarta-feira, dia 7, será aplicada a primeira dose da vacina contra Covid-19 em pessoas com idade a partir de 35 anos completos sem comorbidades. A vacinação acontecerá no Teatro Candinha Dória a partir das 16 horas até que as senhas acabem.

A distribuição das senhas e realização do cadastro serão feitas no local de vacinação. Será seguida a ordem de chegada. Serão distribuídas 400 senhas.

Documentos necessários: Carteira de Identidade (RG), CPF ou cartão do SUS; comprovante de residência no próprio nome. Atenção: o comprovante precisa estar no nome da própria pessoa. Para aqueles que moram de aluguel, é preciso que o proprietário assine o documento comprovando, ou que o inquilino leve fotocópia do contrato.

Fonte: Afonso Henrique Coelho Dantas

Itabuna: vacinas fora da validade não chegaram no município


Rede de Frio garante que o problema não ocorreu na cidade

Marcelo Carvalho

Os itabunenses podem ficar tranquilos. É o que garante a Rede de Frio da Secretaria Municipal de Saúde. Segundo o órgão, vacinas fora da validade não foram aplicadas em Itabuna. Depois de minucioso levantamento ficou constatou que todos os lotes do imunizante Oxford-Astrazenica que chegaram à cidade estavam com as datas dentro do prazo e foram aplicadas durante a validade.

Na última sexta-feira, dia 2, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) esclareceu que não houve aplicação de vacinas contra a Covid-19 com data de validade vencida no Estado.

Segundo a coordenadora da Rede de Frio, Camila Brito, todas as doses da vacina Oxford-Astrazenica que Itabuna recebeu entre 24 de janeiro e 18 de março, o vencimento do imunizante estava previsto para 14 de abril passado.

O lote de número 4120Z005, nota fiscal nº 9066264, com 1.800 doses, recebido em 24 de janeiro desse ano, foi distribuído um dia depois quando começou a ser utilizado pelo pessoal da Vigilância Epidemiológica de Itabuna.

No dia 26, foram vacinados idosos asilados e trabalhadores da saúde (médicos da Atenção Básica e Cerpat). Já no dia 27, receberam doses da vacina, os profissionais da Farmácia Municipal, Hospital de Base, Samu e UPA 24 Horas.

No dia 28 de janeiro, receberam a imunização os servidores dos hospitais da Santa Casa de Misericórdia e Agentes Comunitários de Saúde e no dia 29, foram vacinados os trabalhadores da rede de saúde privada.

Em 3 de fevereiro, a cidade recebeu o lote nº 4120Z005, com nota fiscal nº 9128341, com 20 doses, que foi distribuído e aplicado no mesmo dia nos trabalhadores da saúde do Núcleo Regional Sul (NR-SUL). Já o lote 4120Z005, com nota fiscal nº 9138414, contendo 20 doses, chegaram no dia 5 e foram utilizadas no mesmo dia com os demais profissionais do NR-SUL.

No dia 9, chegaram 380 doses, do lote nº 4120Z005, da nota fiscal nº 9163461, que foram distribuídas no mesmo dia em que foi iniciada a vacinação com idosos de 90 anos. No dia 16, o lote nº 4120Z005, da nota fiscal nº 9371269, com 10 doses foram recebidas e aplicadas nos trabalhadores da NR-SUL. Fato repedido no dia 18/3, com o lote nº 4120Z005, nota fiscal nº 9389595, com 30 doses, que contemplaram os servidores do NR-SUL.

Por último no dia 26 de março, a Rede de Frio recebeu 2.360 doses, do lote CTMAV506, nota fiscal nº 2660086, com data de vencimento para 31 de maio de 2022. Foram utilizadas em 30/3, nas Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família e a também em drive-thru com idosos de 60 anos acima.