Ilhéus: cidade está entre as 15 com melhores índices econômicos no país


Marcelo Carvalho

Grande notícia para Ilhéus. O município figura entre os 15 municípios brasileiros de médio porte com melhores indicadores econômicos. A informação consta no Anuário ‘As Melhores Cidades do Brasil 2022’. O levantamento publicado pela Revista IstoÉ tem como base a pesquisa desenvolvida pela agência Austing Rating, em parceria com a Editora Três.

A cidade ocupa a 13ª colocação no ranking de indicadores econômicos voltados aos investimentos e à criação de postos de trabalho com carteira assinada. Mesmo com a pandemia, o município manteve a linha de crescimento, registrando de 2020 até os primeiros dois meses deste ano saldo positivo de 1.667 vagas com carteira assinada, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Somado ao aumento expressivo de contratações formais, a Prefeitura apurou que aproximadamente 700 novas empresas foram constituídas e registradas na Junta Comercial do Estado da Bahia (Juceb). O destaque ficou para o comércio, setor de serviços e a construção civil. A cidade também aparece na 49ª posição nos indicadores fiscais, no que se refere à capacidade de arrecadação tributária.

Gestão bem sucedida

A pesquisa considera dados públicos de 5.565 municípios brasileiros e tem como finalidade classificar e mapear o nível de desenvolvimento das cidades, nos indicadores Sociais, Fiscais, Econômicos e Digitais. O anuário apresenta um panorama real dos municípios brasileiros nos pilares ligados diretamente às políticas públicas, bem como reconhece as gestões mais bem-sucedidas no país.

Para o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, a publicação demostra o comprometimento do trabalho desenvolvido há pouco menos de seis anos à frente do Executivo municipal, além de ratificar a importância socioeconômica que a cidade possui na região sul da Bahia.

“Esse reconhecimento de uma das revistas mais respeitadas do país é motivo de orgulho e satisfação. Isso mostra que o nosso planejamento tem dado bons frutos. Trabalhamos diuturnamente para melhorar a qualidade de vida do nosso povo e vamos continuar crescendo, atraindo investimentos, gerando emprego e renda para tornar Ilhéus um lugar melhor para viver e ser feliz”, comemorou o prefeito.

Prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre. Foto: divulgação

O gestor atribui os resultados positivos à parceria firmada com o Governo do Estado, responsável por executar projetos em diversas áreas, com enfoque na saúde, infraestrutura e educação. Somente entre 2017 e o primeiro semestre de 2022, a cidade recebeu investimentos que ultrapassam a ordem dos R$ 300 milhões.

A publicação da Revista IstoÉ revela a criatividade e a boa gestão dos prefeitos, que mesmo com os impactos da pandemia e a falta de recursos federais conseguem colocar os municípios em posição de destaque.

“O nosso maior objetivo é transformar a nossa cidade através do trabalho. Com o apoio do nosso governador Rui, de toda a equipe do Estado, dos nossos senadores e deputados, nós conseguimos colocar em prática um projeto de gestão pautado no desenvolvimento social, econômico, mas acima de tudo, um projeto que devolve a dignidade à nossa gente. Estamos no caminho certo”, acrescentou Mário Alexandre.

Thiago Brava substitui Safadão e Prefeitura de Ilhéus anuncia atração surpresa para terça (28)


Marcelo Carvalho

O Viva Ilhéus terá uma grande atração nesta terça-feira (28), data em que se comemora o aniversário da cidade. O cantor Wesley Safadão, que faria sua apresentação nesta segunda-feira (27) será substituído pelo sertanejo Thiago Brava. O motivo do cancelamento deve-se a problemas de saúde, de acordo com informações da produção de Safadão. Conforme a Prefeitura, a segunda alteração refere-se ao show de Thullio Milionário, que também sobe ao palco nesta segunda, antecipando sua apresentação.

A atração surpresa será divulgada durante os shows desta segunda-feira e já gerou grande expectativa por parte da população. A organização adianta que os foliões podem aguardar, pois uma coisa é certa: a Avenida Soares Lopes ficará pequena para tanta festa.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a grade de atrações desta segunda-feira está mantida, com shows da dupla Maiara & Maraisa; Canários do Reino; Cris Mel; Caviar com Rapadura e Donas do Bar.

Celebrando os 488 anos de Ilhéus, sobem ao palco na próxima terça-feira (28), Geraldo Azevedo; Harmonia do Samba; Thiago Aquino; Trio da Huanna e Neto LX.

Itabuna: município tem aumento de 50% nos casos de covid-19


Marcelo Carvalho

Com a chegada do inverno, há um aumento nos atendimentos de síndromes gripais, bem como de casos de sintomas respiratórios. Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Saúde de Itabuna reforça a necessidade de a população manter os cuidados contra a Covid-19 nos festejos juninos com a adoção de medidas como uso de máscaras, álcool gel 70% e, em havendo necessidade, distanciamento social.

Segundo o Boletim Covid-19 divulgado na terça-feira, 21, pela Divisão de Vigilância Epidemiológica do Departamento de Vigilância em Saúde, Itabuna registra 26 casos confirmados, o que indica um aumento de mais de 50% comparados à média dos últimos boletins.

Além disso, centros de saúde como a Unidade de Pronto Atendimento (UPA – 24 Horas), no Bairro Monte Cristo, também registra aumento neste mês com a chegada do clima mais frio.

No dia 1º de junho, dos 153 atendimentos, 19 foram para pacientes com sintomas de Covid-19 e 0 positivados. Já no dia 13, foram registrados 208 atendimentos na UPA, sendo 33 só para Covid-19 e 6 positivados, enquanto no dia 17, foram 181 atendimentos, sendo 43 para Covid-19 e 14 positivados.

A secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes Aguiar, ressalta que esse é um momento para que a população reforce os cuidados durante os festejos juninos. “Essa é uma época muito aguardada, pois, vivemos dois anos intensos, lutando contra o Covid-19 seguindo a risca os isolamentos”, comentou.

“Por isso, é preciso que possamos aproveitar as festividades, mas com os cuidados necessários para não desencadear mais casos e assim conseguirmos aliar a diversão com a proteção”, advertiu a titular da Secretaria Municipal da Saúde.

Itajuípe: Mica Pedro dos Lagos será de 7 a 10 de julho


Marcelo Carvalho

A Prefeitura Municipal de Itajuípe (BA) divulgou essa semana a grade completa das atrações do Mica Pedro dos Lagos: Riquezas Regionais. A festa tradicional será realizada entre os dias 07 e 10 de Julho, no Complexo Turístico Jorge Amado.

O Mica Pedro dos Lagos deste ano terá como o tema Riquezas Regionais. E, homenageará os principais símbolos da região, desde os produtos que se destacam nas economias locais, como o cacau, a produção de frutas e a agricultura, às artes e os esportes, destacando os principais representantes destas áreas.

As atrações da festa serão as seguintes: Thiago Aquino, Psirico, Tayrone, Lordão, Trio da Huanna, Lambasaia, Sinho Ferrary, Jaldo Rodrigues, Kal Firmino, Kaio Oliveira, Ricardo Reis e Crismel, Netinho do Forró. Além das atrações regionais, artistas locais também farão a alegria do público, como Som de Raiz, De Rolezinho, Ki Absurdo, Pirilampo, Di Mala i Cuia e Sistema 234.

Ilhéus: cidade comemora 488 anos


Prefeito Mário Alexandre promete entregar obras concluídas no dia do aniversário do município.

Marcelo Carvalho

O Município de Ilhéus (BA) vai comemorar seu aniversário com um pacote de inaugurações, quem garante é o prefeito Mário Alexandre. No próximo dia 28, Ilhéus comemorar 488 anos e, de acordo, com o gestor, na data festiva serão entregues à população o Ginásio de Esportes Herval Soledade, totalmente requalificado com recursos próprios, e as escadarias do Alto da Legião, mais uma localidade contemplada através do projeto Caminho dos Altos.

Ginásio de Esportes Herval Soledade. Foto: divulgação

A solenidade será iniciada às 10h, com entrega do Ginásio de Esportes e realização de torneio, seguida da inauguração das escadarias do Alto da Legião, às 11h, onde a comunidade também terá acesso a serviços de saúde.

“São mais conquistas para Ilhéus, fruto da luta e do trabalho para reconstruir a nossa cidade, promovendo melhores condições de vida e bem-estar a cada cidadão. O sentimento é de dever cumprido e tenho certeza de que esses investimentos entrarão para a história do município”, destacou Mário Alexandre.

A comunidade do Alto Bela Vista, localizada no Nelson Costa, também foi contemplada pelo projeto Caminho dos Altos. Na localidade serão entregues três escadarias, além de uma praça construída no Paraguai. A inauguração acontece no dia 3 de julho, às 9h.

Mais investimentos – Durante a solenidade, o prefeito também dará ordens de serviço autorizando o início das obras no Alto do Socorro e nas ruas Guanabara e Bela Vista, cujas visitas às localidades estão previstas para as primeiras semanas do mês de julho.

Itabuna: Hospital de Base promove palestras sobre a importância da doação de sangue


Marcelo Carvalho

Com o objetivo de acolher, ouvir e levar um pouco de conforto e atenção no momento delicado, que é ter um ente querido que enfrenta problemas de saúde, o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, vinculado à Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), promove reuniões semanais com os acompanhantes de pacientes.

 A ação integra o projeto de intervenção intitulado “Humanização, o melhor tratamento” desenvolvido pelo Serviço Social há mais de quatro anos.

Os encontros servem para sensibilizar as pessoas para ações solidárias, a exemplo da doação de órgãos e doação de sangue.

Além disso, também acontecem encontros ou rodas de conversas com acompanhantes para tratar sobre os serviços que o hospital oferece e sobre temas da atualidade.

No último dia 15, o encontro contou com a presença da coordenadora do Serviço Social e membro da OPO Sul, Áurea Almeida, da coordenadora da agência transfusional Maria de Fátima Nicácio e do captador do Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Rosildo Ribeiro. Juntos, eles conversaram com o público presente, sobre a importância da doação de sangue.

No encontro se buscou incentivar as pessoas a se tornarem doadoras frequentes, tendo a equipe esclarecido dúvidas e passado informações importantes sobre os requisitos para que a pessoa se tornar um doador de sangue. “A gente vai alinhando as informações para que a opinião deles melhore o nosso serviço e eles gostam muito. É sempre gratificante”, disse Áurea.

Dona Marinalva de Jesus da Silva, acompanha o irmão no hospital. Ela é de Salvador e há anos é doadora de sangue. “Eu acho muito emocionante a gente salvar vidas”, comentou.

Acompanhando a esposa no hospital, Joselito Santiago da Silva informou que há mais de 15 anos doa sangue, tendo começado quando um amigo de Ubaitaba reuniu um grupo para fazer doação. Ele ressaltou como foi bom participar do bate-papo promovido pelo Serviço Social. “Achei a palestra muito importante. Sempre que acontecer alguma, quero participar para ter conhecimento”, falou.

Itapé: São João Antecipado 2022 empolga população da região


O tradicional São João Antecipado de Itapé 2022 tem tudo para se tornar um evento inesquecível. Afinal, a pandemia de Covid-19 obrigou que medidas restritivas fossem tomadas para conter o avanço da doença e grandes eventos tiveram que ser cancelados.

A primeira banda a subir no palco, localizado na Praça Fenelon Santos, foram os Cavaleiros do Forró! Os potiguares simplesmente puderam o publico para dançar ao som de seus sucessos.

Também se apresentaram na noite, as bandas Caxangá, Di Souza e Neto Santana. O São João Antecipado de Itapé se encerra no próximo dia 18.

São João Antecipado de Itapé 2022 terá Cavaleiros do Forró


Marcelo Carvalho

Ouça essa notícia.

Chega de suspense! As atrações do São João Antecipado de Itapé 2022 foram reveladas pela Prefeitura. Entre as atrações estão nomes como, por exemplo, Cavaleiros do Forró, Triângulo Baiano, Vem Com a Tia, Terno e Chinela, Caxangá entre outros.

Veja abaixo a programação

17 de junho (Sexta-feira)

Cavaleiros do Forró

Caxangá

Di Souza

Neto Santana

18 de junho (Sábado)

Xamego a Mais

Triângulo Baiano

Ricardo Reis

Sinho Ferrary

19 de junho (Domingo)

Vem Com a Tia

Xamego a Mais

Terno & Chinela

Lordão

Itapé: calçamento em ruas destruídas pelas chuvas fortes tem início


Marcelo Carvalho

As obras em ruas danificadas por chuvas fortes, durante as enchentes sofridas no fim do ano de 2021, tiveram início em Itapé e estão a pleno vapor. As informações são da Prefeitura, “demos início à recuperação da Rua Bernardo de Andrade e todas às demais localidades danificadas pelas fortes chuvas”, informa a nota.

Ainda segundo o comunicado, muito em breve ainda aplicados aproximadamente 5km de Asfaltamento, deixando a cidade cada vez mais linda, valorizando as vias públicas, promovendo mais segurança e qualidade de vida à população.

Mais novidades

Ainda estão previstas a seguintes obras:

– Construção de uma escola modelo

– Construção de 40 casas populares

– Construção de 42 banheiros residênciais

– Terraplanagem para Construção do nosso novo Estádio Municipal

– Recuperação do trecho que liga Itapé à comunidades da zona rural

– Operação tapa-buracos em vários pontos da cidade

– Capina e limpeza das margens do trecho Itapé ao Entroncamento

– Limpeza e mutirão nos bairros

Além, é claro, do tão aguardado “São João Antecipado de Itapé”!

Piquenique poético envolve estudantes em cultura, arte e poesia


Brunella França

Uma manhã repleta de cultura, arte, representatividade, muita poesia e troca de experiências. A 10ª oficina de experimentação poética, do projeto “Poetizando nos Parques de Vitória”‘, realizada na manhã da última quinta-feira (09), foi um sucesso com os estudantes do 6º e 8º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Neusa Nunes Gonçalves, que fica em Nova Palestina.

O local escolhido para o “piquenique poético” foi o parque Pedra da Cebola. Logo ao chegar, os estudantes deram uma volta no parque, trabalhando a observação e as percepções de cada um, para entrar no clima de toda a experiência poética do dia. Enquanto isso, as professoras Rosemere Resende, Brenda Soares e a bibliotecária Meg Deptulsqui preparavam o cenário do projeto “Nascer poesia”.

O objetivo das oficinas de escrita criativa e poesia é promover a reflexão por meio da arte da palavra, buscando trabalhar a construção de projetos de vida saudáveis, resgatando a autoestima e a identidade dos estudantes. É o que explica o poeta, professor e educador cultural Diego Cavaleiro, que trabalhou ativamente em parceria com a escola para possibilitar o projeto.

“Toda expressão artística é poesia, é sentimento. Esse movimento é muito significativo, talvez hoje a maioria deles ainda não tenha a dimensão do que tem sido essas oficinas e esse trabalho, mas tenho certeza que lá na frente eles vão conseguir elaborar esse sentimento do que estamos vivendo, e que a experiência será um elemento transformador na vida deles, como foi na minha”, disse.

Galeria a céu aberto

A fotógrafa documental Ana Luzes também marcou presença trazendo uma galeria a céu aberto, que foi exposta em varais entre duas árvores do parque, com uma coleção de várias fotos autorais que encantaram estudantes, professores e convidados.

“Eu acho que mais do que uma ação educativa, esse movimento foi um impulsionador de sonhos. Trazendo a arte e um pouco da nossa vivência, acredito que ajudamos os estudantes a pensar no seu futuro e principalmente na forma de se expressar. Temos aqui diferentes linguagens, poesia escrita, falada, pintura, fotografia, isso tudo multiplica as possibilidades e as formas de se expressar”, disse a fotógrafa.

Estudantes da Emef Neusa Nunes Gonçalves prestigiam exposição da fotógrafa Ana Luzes.

Poesia falada e rima

Já confortáveis na grama do parque sob a sombra da vegetação rupestre nativa do local, os estudantes viram uma apresentação dos artistas Santz, Do Carmo e Ed Nigga, que fazem parte do coletivo “Slam Marielle”. Eles fizeram uma demonstração de poesia falada e rima improvisada que cativou os estudantes e ainda trabalhou conceitos de ritmo, rima e poesia.

O estudante Pedro Polese, do 8º ano, aproveitou a oportunidade ao máximo. “Para mim foi muito especial, o que mais gostei hoje. Acompanho freestyle e poesia falada no meu tempo livre em casa, sempre que posso. Gosto de me expressar em rimas, porque aí posso falar de amor, de diversos temas”, disse.

Como o projeto trabalha com as variadas formas de expressão e poesia, o designer gráfico e ilustrador Fel Vint2 foi convidado para trazer um pouco de sua vivência e talento na arte. Inclusive, enquanto as atividades aconteciam, o artista produzia uma pintura em tela, ao ar livre, com o objetivo de representar em arte um pouco do movimento poético.

“Acredito que a arte liberta, ela dá vida. Por isso fiz essa pintura, que traz um arco íris saindo da boca de uma pessoa, que representa os estudantes, pois creio que depois de tudo que vivenciamos aqui, eles espalharão vida, amor, conhecimento e coisas positivas. Foi um momento especial para todos nós aqui e acredito que pode ser transformador na vida deles também”, disse o artista.

Estudantes da Emef Neusa Nunes Gonçalves durante o evento.

Vivenciando a poesia

Os estudantes do 8º ano finalizaram o piquenique poético com uma bela apresentação, declamando poemas de sua autoria e de autores consagrados da literatura brasileira. A estudante Nicolle Guedes, por exemplo, criou um poema em homenagem à irmã, que segundo ela é uma inspiração para sua vida.

“Sorrindo de um lado para o outro,
Querendo viver uma verdade,
Querendo mudar o meu rumo,
Antes que fosse tarde,
Mas depois que te encontrei,
Comecei a amar de verdade
Um sentimento tão puro,
Que a base é a Honestidade”, diz um trecho do poema.

O que os artistas convidados têm em comum é o fato de que, por meio da arte, todos ressignificam o território onde moram, possibilitando um novo olhar sobre a comunidade, ao mesmo tempo em que trabalham o resgate dos valores humanos e da importância dos sonhos.

“O movimento de trabalhar a poesia em si trabalha a escrita, a percepção artística, a criatividade. Além disso, traz uma reflexão sobre a maneira que se enxergam como estudantes, da Grande São Pedro, da cidade da Vitória. Trazer eles a esses parques faz com que eles se sintam pertencentes dos espaços públicos da cidade. A poesia não é apenas o escrito, é o falado, é a pintura, é a fotografia, acho que isso abre o horizonte deles como estudantes e traz novas possibilidades e experiências”, disse a professora Brenda Soares.