China não permite que comitê de especialistas da OMS faça expedição em Wuhan


No Brasil o caso serviu para alimentar teorias da conspiração

André Lucas

A relação entre China e OMS não é das melhores atualmente. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o governo chinês vetou a ida de um comitê com especialistas para uma expedição no país, com o objetivo de entender como o vírus passou para seres humanos. 

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta terça-feira (5) que está “muito decepcionado” com a China porque o país ainda não autorizou a entrada de uma equipe de especialistas internacionais para analisar as origens do coronavírus. 

“Hoje soubemos que as autoridades chinesas ainda não finalizaram as permissões necessárias para a chegada da equipe na China. Tenho mantido contato com altas autoridades chinesas e, mais uma vez, deixei claro que a missão é uma prioridade para a OMS”, declarou Ghebreyesus.

O primeiro caso do novo corona vírus, foi detectado no dia 31 de dezembro de 2019 na cidade de cidade de Wuhan. O surto ocorreu pouco tempo depois em um mercado de comercialização de animais selvagens mortos para consumo humano.  Inicialmente todos os estudos apontavam que essa era a origem do vírus nos seres humanos. 

 Porém ao longo das pesquisas surgiram duvidas se realmente o vírus veio dos animais ou se o vírus já circulava antes, e o mercado funcionou apenas como um disseminador em massa do vírus, por conta da aglomeração que existe no local. 

As análises da origem da contaminação é importante para entender o vírus, e para prevenir não só de uma mutação do vírus mas também de uma  nova pandemia no futura, a partir dos dados coletados na análise os cientistas podem criar novas estratégias para agir em ocasiões futuras. 

Existe uma teoria nascida no Estado Unidos da América, de que o vírus contaminou um ser humano pela primeira vez em um laboratório em Wuhan. Um cientista teria se contaminado e espalhado o vírus na cidade. 

Em diversas ocasiões o governo Chinês já negou essa teoria, e acusou o Governo Estadunidense de inventar mentiras para acusar a China. O laboratório da cidade de Wuhan tambem nega a possibilidade disso ter acontecido. 

A repercussão do caso no Brasil alimentou teorias da conspiração

No Brasil o que não falta é teoria da conspiração. Na internet o assunto é muito debatido e pessoas tem certeza absoluta de que o vírus foi criado pela China. Aqui no País até o Presidente da República alimenta as teorias, além de chamar o vírus de chinês, ele já culpou o País asiático pelo vírus diversas vezes. 

Elba Ramalho é a cancelada da vez. Foto: divulgação

Mas o assunto da vez foi a cantora Elba Ramalho, que afirmou em um vídeo acreditar que o vírus foi criado na china para acabar com os cristãos.  

“Para muitas pessoas, é apenas uma pandemia, para nós, o Senhor sabe e eu sei, é muito mais coisa por trás dessa pandemia e que vem ainda com o intuito de nos destruir. Nós somos o incômodo, o calo dos comunistas. Somos nós cristãos, mas nós somos também a resistência e vamos permanecer fiéis, porque Deus vai nos proteger” 

Depois da péssima repercussão e criticas disparadas, a cantora pediu desculpa e afirmou ter sido mal interpretada. 

“Fui mal interpretada, existia um contexto de cunho espiritual, as pessoas não entenderam! Sinto muito! Um grande mal entendido! Minhas sinceras desculpas”.