Maceió comemora 205 anos neste sábado; conheça mais sobre a história e as belezas da cidade considerada o Caribe brasileiro


Com mais de 1 milhão de habitantes, capital é um dos grandes destinos turísticos do país

Thais Paim

Maceió, conhecida como o Caribe Brasileiro, é a capital do estado de Alagoas e está localizada no litoral Nordeste do Brasil. Neste sábado (05) está comemorando 205 anos e, apesar do cenário de pandemia, é o segundo destino mais procurado para viagens em janeiro de 2021.

De acordo com a empresa de vendas Decolar, a cidade subiu três posições no ranking, no comparativo com o levantamento do mesmo período de 2019, deixando para trás grandes concorrentes no mercado nacional como Recife (PE), Natal (RN), Salvador (BA) e Porto Seguro (BA).

Com mais de dois séculos, desde que Dom João VI assinou carta régia elevando o povoado de Maceió a Vila, em 1815, o município segue encantando os visitantes com suas belezas naturais e culturais encontradas no seu território.

Conheça mais sobre a história desse lugar

Nada melhor para compreender ainda mais uma história, do que começar pelo nome dado a ela. Sendo assim, é importante lembrar que os primeiros índios que habitaram a cidade deram ao riacho que banhava o sítio maceioense, o nome de Massayó ou Massai-ó-k, o seu significado pode ser entendido como “o que tapa o alagadiço”. Algum tempo depois, o nome “Maceió” acabou sendo escolhido para nomear a cidade.

Em 1815, há mais de dois séculos, a Vila de Maceió foi desmembrada da então Vila de Santa Maria Madalena da Alagoas do Sul, atualmente nomeada como Marechal Deodoro. Por este motivo, o dia 05 de dezembro é a data em que se celebra o aniversário da capital.

Historiadores apontam a grande herança indígena da região, como é o caso dos bairros Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca, Guxuma, Jacarecica e Ipioca, que compõem a orla da capital, e teriam sido nomeados pelos ancestrais indígenas.

Conhecida como cidade-restinga por muitos estudiosos, está localizada entre a Lagoa Mundaú e o Oceano Atlântico. Com mais de 1 milhão de habitantes, se apresenta em constante evolução, principalmente quando o assunto é o turismo.

Economia

A capital alagoana é considerada a principal produtora brasileira de sal-gema e se apresenta como o mais importante centro comercial do estado. O porto de Jaraguá é utilizado desde o século XVII para escoar a produção agrícola e mineral da região.

O município conta com um importante polo cloroquímico. Além disso, a maior indústria produtora de clorossoda da América Latina também está em Maceió.

Mas a economia da cidade não para por aí e a produção de açúcar, plásticos, cimento e alimentos fazem parte desse cenário. Além disso, Maceió também possui plantações de cana-de-açúcar na área rural da cidade e produção de cocos e de frutas como caju, manga e jaca.

O turismo recebe um lugar de destaque na economia da capital, principalmente após o ano de 2005, quando foi inaugurado o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, o que facilitou ainda mais o acesso de turistas. Com uma diversidade ampla de belezas naturais, praias com águas cristalinas e uma culinária particular, a região tem se apresentado como a primeira opção de muitas pessoas na hora de escolher onde passar as suas férias.

Pontos turísticos e curiosidades

Para os amantes de praia, opções de lugares para visitar não faltam. Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Cruz das Almas possuem cenários encantadores, com águas cristalinas e piscinas naturais. Além disso, é possível desfrutar de hotéis, restaurantes, bares, pizzarias, cervejarias e ciclovia. No calçadão, você vai encontrar uma feira de artesanato e muitos lugares com comidas típicas.

A noite é bastante agitada na capital e permite que cada turista escolha uma programação de acordo com suas vontades. Tomar água de coco, comer tapioca, experimentar sorvetes de frutas da estação, conhecer a imensa variedade de barzinhos em diversos estilos diferentes ou simplesmente relaxar ao som das ondas do mar na orla são algumas das atividades que podem ser feitas.

As lagoas de Mundaú e Manguaba também são ótimas opções para momentos mais relaxantes e tranquilos, já que oferecem passeios ao pôr do sol e também possuem bares, restaurantes e lojas de artesãos. Atividade considerada obrigatória para muitos turistas, o ‘Passeio das Nove ilhas’ permite visita a oito ilhas na capital e uma na vizinha e histórica Marechal Deodoro.

Muito além das praias, conhecer o centro histórico de Maceió é uma parada obrigatória. Os principais pontos de visitação ficam no bairro Jaraguá e essa programação pode ser completada durante um único dia. Memorial à República, Museu Théo Brandão e a Catedral Nossa Senhora dos Prazeres fazem parte do roteiro para conhecer um pouco mais sobre a história e cultura da região. 

Para além do turismo, culinária, cultura e muita história. A capital alagoana também é cheia de fatos curiosos e detalhes que deixam a visita ainda mais interessante. Uma das curiosidades de maior relevância é que em Maceió também existe uma Estátua da Liberdade, localizada no bairro histórico de Jaraguá. Mas se você pensa que é simplesmente uma réplica, está enganado. Construída pela fundição Val D’osne, a mesma empresa que construiu a Estátua da Liberdade famosa, a figura é uma das três Estátuas da Liberdade existentes no mundo.

Outra curiosidade é de que a famosa escritora Clarice Lispector morou um curto período de tempo em Maceió e a passagem pelas terras alagoanas foi tão inspiradora que a personagem principal de um dos seus livros mais famosos,  “A Hora da Estrela”, é alagoana e decide se mudar para o Rio de Janeiro em busca de uma vida melhor.