De duque a 007


O protagonista da série Os Bridgertons  está sendo cotado para interpretar o famoso agente 007 James Bond

Julia Vitoria

O ano de 2021 começou bem para o ator Regé-Jean Page. Após ter interpretado Duque de Hastings em os Bridgertons seu nome está entre os cotados nas casas de aposta inglesa como a Ladbrokes, para interpretar o famoso agente James Bond do filme 007. O ator tem 31 anos e ficou conhecido por fazer par romântico com Phoebe Dynevor, na série da Netflix lançada no dia de Natal. Baseada nos livros mais famosos da autora Julia Quinn a primeira temporada é adaptação do livro o Duque e eu.

Depois que Daniel Craig deixou o papel em 007 sem tempo  para morrer que teve sua estreia adiada devido a pandemia, nomes de atores começaram a ser cogitados antes da série Bridgertons o nome de Regé-Jean Page após ter interpretado Duque de Hastings nem aparecia na Ladbrokes. Contudo hoje está em quarto lugar ficando atrás de Tom Hardy, James Norton e Idris Elba, os favoritos para interpretar o papel, mas Page também está na frente de nomes como: Sam Heughan, Richard Madden, Jack Lowden e Cillian Murphy.

Com uma publicação em suas redes sociais Page levantou especulações sobre a possibilidade de interpretar o agente James Bond, em dezembro ele publicou a frase “shaken and stirred” e os internautas pensaram que ele poderia está fazendo uma referência a famosa frase dita por Bond “shaken, not stirred”.

Regé-Jean Page nasceu em Harare, no Zimbábaue e se mudou para Londres ainda na adolescência, ele se formou em drama e começou a atuar em peças de teatro, no ano de dois mil e quatro ele ele estreou no cinema com o curta metragem Troublemaker, no ano seguinte fez uma participação na série Casualty.

Ele ganhou projeção mundial ao participar da minissérie raízes em que um adolescente africano é levado para os Estados Unidos para ser escravizado a série aconteceu em dois mil e dezesseis, dois anos depois ele fez parte do elenco da série americana For the people de Shonda Rhimes, também produtora da série  Bridgertons, na série For the people Page interpretou um dos advogados da trama.

Antes de estreiar na série queridinha dos fãs Bridgertons o ator fez participação do drama Sylvie’s love ao lado de Tessa Thompson, Nnamdi Asomugha, Ryan Michelle Bathe, Aja Naomi King e Eva Longoria, o filme acompanha uma história de amor em meio a época de jazz nos Estados Unidos não anos de mil novecentos e cinquenta e mil  novecentos e sessenta, o filme teve estreia mundial no festival de cinema de Sundance.

A técnica de usar fibras naturais do cerrado ajudou a artesã de 87 anos a se estabilizar


Julia Vitoria

Corria pelas ruas de Pernambuco um boato de que Antônia Lopes, de 87 anos, tinha olhos nas mãos. Na época ela tinha somente 20 anos e enquanto conversava com os vizinhos ela transformava novelos de lã em roupas, gravatas e muito mais. Seu talento como artesã  correu o País e seu trabalho foi reconhecido ela tem prêmios por causa das desenvolturas com os artefatos, suas obras integraram a exposição de artefatos promovidas pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal; a última delas, a Mostra Pioneiros, na Casa do Chá, que a consagrou mestre artesã. Ela faz parte da comunidade de artesãos que possui 10,5 mil registrados no Distrito Federal. 

Flores, pétalas de rosa, figuras de animais e humanas estão  espalhadas pela casinha azul da artesã, ela possui quase 79 anos de carreira a  matéria prima que ela usa  está no alcance das mãos que ainda são firmes apesar da idade. A habilidade aprimorada ao longo de sua história foi apreendida ainda quando era criança e observava a mãe transformar brutos em produtos novos e Antônia absorvia a técnica de tecer. 

Começando na fazenda ela fazia bichinhos e bonecas para os próprios irmãos e se precisasse de material era só ir até a Fazenda e pegar um sabugo de milho ou palha de coqueiro ou maracujá, o traçado que aprendeu ainda criança virava diversão. Foi a habilidade do artesanato, adquirida ainda criança, que ajudou a pernambucana a se consolidar em Brasília como um dos expoentes no trançado com as fibras naturais.

Mas a princípio a costura e o traçado não eram um fim, mas uma forma de conseguir algo a mais, no caso da casa onde ela poderia fazer seus trabalhos do jeito que ela quisesse sem que alguém reclamasse. Ela conta que isso só ocorreu quando se casou com José de Oliveira. Ela fala que quando o conheceu seu coração disparou, mas o chavão velho e feio, seu noivado não foi lindo e logo estava casada e em sua casa.

Depois do casamento foi morar na cidade de Correntes que fica em Pernambuco ganhando fama de boa bordadeira. Mas ali era difícil e o marido decidiu que se mudaram dali para procurar condições melhores. Quando estavam indo ela foi presenteada pelo marido com sua primeira máquina de costura, indagando pode colocaria aquela máquina ele prometeu que teriam  uma casa para morar e compram uma pensão em Alagoas 

Dividindo o tempo entre a pensão e o curso de costura, ela aprendeu a mexer naquele aparelho que estava na moda, o ano era 1954 e na época ela abordava mais saia longa e miçangas. Mas o pai de Antônia não estava satisfeito, e pediu para que o marido dela cuidasse do gado com ele em Pernambuco. Quando tinha 5 anos de casada ela teve seu primeiro filho. Nos vinte anos seguintes a família morou em 6 estados, Antônia o marido e os filhos viajaram de caminhão e viajaram com entre os gados, ao chegar no interior uma vizinha falou que em Brasília o trabalho dos artesãos eram valorizados e ela pegou seu filho e foi na frente.

Depois de deixar seja trabalhos na torre de TV ela começou a vender os artesanatos em feiras livres e também ensinava arte para as pessoas, foi ficando conhecida pela qualidade dos produtos, ela conta que um dia um aluno de 80 anos ficou com as mãos sangrando de tanto trançar e então ela achou lindo se perguntando  se também chegaria naquela idade.

O tempo provou para ela que iria bem longe, ganhando prêmios e reconhecimento. Ela fala que o médico disse que ela sentada pode trabalhar a vida inteira, fala que sua bengala é a secretaria e a leva para todo lugar.

Hoje ela mora sozinha e como todo brasileiro ela espera o fim da pandemia para poder voltar a vender seu artesanato.

Segunda vacina aprovada contra o covid 19


Julia Vitoria

Mais uma vacina contra o coronavírus  foi aprovada pela agência reguladora de medicamentos da Europa, a vacina moderna. As autoridades estão acelerando a disponibilização de doses para conter a pandemia em meio a preocupação com novas variantes do vírus. O órgão regulador europeu deu um comunicado falando que chegaram num consenso sobre a recomendação da vacina da moderna logo após o Comité de Medicamentos para Uso Humano da EMA (CHMP) ter avaliado ter avaliado os dados sobre a segurança da vacina.

Emer Cook, diretor executivo da EMA, fala que a vacina fornece outra ferramenta para passar por essa crise atual. Para ele a vacina é uma uma prova de empenho e esforço de todos e que tem essa segunda recomendação é vacinado desde que a pandemia começou.

30 mil pessoas contribuíram para o estudo clínico que ocorreu, e a vacina da moderna foi considerada, mostrando um número bem notável de 94,1% de eficácia. A vacina é aplicada em duas doses com 28 dias de intervalo cada uma. 

A vacina teve 90,9 por cento de eficácia também naquelas pessoas que pertencem ao grupo de risco, como as que têm doenças crônicas no pulmão, ansiedade, diabetes e doenças cardíacas. Ursula von der Leyen presidente da comissão europeia reagiu ao anúncio comemorando em seu Twitter falando sobre os esforços para criar mais vacinas contra a covid 19.

O presidente também ressaltou que estão trabalhando em máxima velocidade para aproveitar e tornar disponível a vacina na União  Europeia.

À eficácia da vacina moderna e a da Pfizer são semelhantes, o que muda é o armazenamento. A vacina Pfizer precisa ser guardada pelo menos a menos 80 graus Celsius, enquanto a moderna pode ser armazenada em temperatura de congelamento e ficar entre 2° a 8° graus num período de 30 dias o que facilita todo o transporte e distribuição.

O diretor executivo da EMA em comunicado Disse que vai monitorar de perto os dados sobre a eficácia da vacina para garantir o uso e a proteção continua na União Europeia, ele também ressalta que os trabalhos são orientados pelas provas científicas  pelo compromisso de salvar vidas.

Nesta sexta-feira é comemorado o dia do profissional responsável pela eternização de momentos: o fotógrafo


Ofício existe há mais de 180 anos

Thais Paim

Em algum momento você já pensou como seria nossa vida se não houvesse a fotografia? O registro do primeiro aniversário, o casamento, batizado, aquele show incrível e diversas situações em que apenas a lembrança na memória não é suficiente para guardar as experiências que temos. No Brasil, a data 8 de janeiro foi escolhida para homenagear o profissional que faz com que seja possível contar essas histórias. 

Foi em 1840 quando chegou a primeira câmera fotográfica ao nosso país. De lá para cá, muita coisa mudou. Hoje, a maioria dos celulares possuem uma câmera e a possibilidade de tirar a ‘foto perfeita’ se tornou uma realidade mais próxima. Isso fez com que ao longo dos anos não só a fotografia, como a profissão de fotógrafo fosse se reinventando. 

Conhecidos pela grande responsabilidade de eternizar momentos, os profissionais da fotografia vão muito além de apenas apertar um botão. Afinal, mais do que reproduzir a realidade, as imagens também podem e são, arte, poesia contada através da visão. 

A sensibilidade envolvida na arte de transformar alguns segundos em eternidade é de fato para ser celebrada. Para além da conexão natural por quem exerce a profissão, existem diversos cursos que podem auxiliar e capacitar aqueles que têm o desejo de se tornar fotógrafos um dia. 

Se a opção for iniciar ou se aperfeiçoar na área, existem programas de bolsas de estudo, como o Educa Mais Brasil, que oferecem descontos nas mensalidades de até 70%. Em um cenário como o atual, auxílios como esse podem fazer toda a diferença. 

Apesar de possuir mais de 108 anos, o ofício ainda não é regulamentado. Atualmente, existe uma proposta que tramita no Congresso para mudar esse quadro. O objetivo do texto é que o exercício da atividade possa ser feito por diplomados em cursos superiores e em cursos técnicos de fotografia. 

As áreas de atuação desses profissionais também são variadas, podendo o trabalho possuir um cunho comercial, documental ou jornalístico. Fotos de pessoas e eventos, de publicidade para campanhas de Marketing ou de Moda, fatos históricos, fotografias artísticas e diversas outras categorias são boas opções. 

Mesmo não precisando do curso superior, criatividade, conhecimento da técnica e bastante prática são características importantes que se espera que um bom fotógrafo possua. Quem nunca sorriu ou se emocionou ao observar uma imagem com mais cuidado? Para isso, em cada registro, existe muito da impressão do profissional. Até porque, um mesmo objeto, pode passar diferentes mensagens dependendo de como ele foi capturado. 

Profissionais apaixonados pela arte da fotografia 

Edilson Lopes, um fascinado pela fotografia. Fotos: Edilson Lopes

É exatamente pelo fascínio de ‘congelar’ momentos que Edilson Lopes, de 27 anos, tem as primeiras lembranças da sua paixão pela fotografia. Apesar da sua atividade ter começado como um hobby, ele lembra como sempre foi entusiasta de apreciar não só os momentos, como as paisagens também. 

Exercendo a profissão desde 2017, Lopes conta que desde que comprou o seu primeiro equipamento profissional tem buscado aprimorar as técnicas que usa e também suas ferramentas. Pernambucano, ele explica que atualmente mora e exerce a sua profissão em Maceió, Alagoas. 

Questionado sobre o que seria necessário para ser um fotógrafo, Edilson é prático, mas também amoroso na resposta: “Importante é ter o olhar fotográfico, que é uma forma de apreciar e registrar as coisas que vemos através das lentes, com o objetivo de mostrar isso para outras pessoas. Passar sentimentos com as fotos”. 

Como já comentamos, é uma grande responsabilidade dominar a arte de registrar momentos que muitas vezes são únicos e especiais. Um caso engraçado, mas também importante na carreira de Edilson foi o registro de um parto. No dia, os médicos comentaram o receio de que o profissional acabasse passando mal, já que é algo muito comum com diversos pais que participam desse grande acontecimento.

Mesmo sendo muito especial dominar esse ofício, o pernambucano afirma que não se deve ter medo de investir na área, se esse for o seu desejo. “Acho que o principal conselho é que qualquer pessoa pode fotografar, é uma arte que mexe com nossas sensações e sentidos. Por isso, não devemos ter medo de experimentar”. 

Apaixonado pelo que faz, Edilson conta que os seus planos para o futuro na fotografia é viajar e investir mais em fotos de paisagens e da natureza também. A ideia era colocar em prática esse projeto já em 2020, mas por conta da pandemia do novo coronavírus foi preciso adiar. 

Saiba mais

Instagram Fotografo Edilson Lopes – Edilson Araújo (@edfotoo) • Fotos e vídeos do Instagram

Site: Início – Edilson Araújo Fotógrafo (46graus.com)

Redução de assessores por vereador não ocorreu


Julia Vitoria

A aprovação do plenário que reduzia o número de assessores por vereador na verba de gabinete não ocorreu. Em maio, no período pré eleitoral alguns vereadores se promoveram essa redução. E a imagem que ficou foi de que eles estavam ao lado do povo. Naquela época eles proporcionaram uma economia de R$2 milhões por ano para o Legislativo Municipal. Também o país estava enfrentando uma crise devido a pandemia do coronavírus.

Faltava somente a aprovação do documento, contudo após as eleições e a proximidade da mudança de legislatura, algumas manobras foram feitas e tudo ficou do jeito que estava. Cada vereador ainda pode contratar 15 assessores.

Após um parecer da Procuradoria Geral da Câmara de Vitória, veio o tiro de misericórdia sobre qual legislação para nomeação dos novos contratados, o projeto foi aprovado no plenário, contudo não teve seu texto base posto em votação, segue tudo como estava e tudo indica que o presidente vai seguir o parecer. 

Na capital o número de contratados está em queda nesta terça o prefeito de Vitória publicou um decreto onde exonera a maioria dos servidores que trabalhavam na administração, segundo a prefeitura dos 857 cargos de provimento de comissões existentes cerca de 170 não serão preenchidos segundo o portal da transparência Vitória tem cerca de 11.482 servidores ativos.

Em meio aos órgãos legislativos que prevê o aumento de salários, alguns abrem mão dos interesses pessoais em prol do povo, mesmo podendo ser uma Demagogia, alguns casos chamam atenção, por exemplo no município de Jacobina na Bahia, o prefeito aceitou reduzir o salário em 92%. Deixando de receber um salário alto para receber um salário mínimo como o povo.

O governador do estado, Renato Casagrande teve a primeira reunião de Trabalho por videoconferência, nesta reunião foi apresentado o cenário de 2020 e a perspectiva de 2021, e o decreto que  institui o Conselho Gestor do Plano e o documento balizador do Plano Espírito Santo. Ainda na mesma reunião outros assuntos como o plano de governança e periodicidade dos encontros foram discutidos. O plano é desenvolver economicamente o estado, reduzindo os impactos sofridos pela população durante a pandemia.

À sinalização de portas de vidro podem ser obrigatórias no estado a proposta que tem o objetivo evitar acidentes está Projeto de Lei 595/2020, de autoria da deputada Janete de Sá (PMN), a matéria aguarda a sinalização da justiça e estende a obrigatoriedade d sinalização de obstáculos para todo os imóveis do Espírito Santo, sendo exceção aqueles que são residências unifamiliares.

Desfile das escolas de samba este ano pode ocorrer em julho


O Carnaval de Vitória pode  ser realizado em julho devido a situação do país.

Julia Vitoria

Para a segurança de todos a proposta está sendo, esperar a vacina para depois ter o carnaval de Vitória. Sem as condições sanitárias desejáveis as agremiações não querem arriscar as vidas dos foliões. Uma proposta para que os desfiles aconteçam somente em julho.

As agremiações que fazem parte da Liga independente  das Escolas de Samba (LIESEGE) e a Liga Independente das Escolas de Samba do Espírito Santo ( LIESES) chegaram a um consenso que os desfiles podem acontecer durante a pandemia.

Edson Neto presidente das duas ligas fala que eles optaram pelo caminho mais seguro, as escolas já estão com os enredos prontos, faltando apenas a parte do barracão, mas que esse trabalho só pode ser feito mediante a vacinação. Ele também fala que é importante ter um prazo para as escolas se organizarem e planejarem.

À data escolhida ainda manteria a tradição de ser uma semana antes do Carnaval do Rio que ocorrerá dos dias 11 e 12 de julho. Contudo no Rio também esperam a imunização da população.  Uma reunião das ligas das escolas e a Prefeitura  de Vitória deve ocorrer semana que vem. A Secretaria Municipal de Cultura contou que o tema carnaval está sendo discutido e analisado  de acordo com a situação do país de modo a garantir a segurança de todos.

O presidente da Escola de Samba Unidos de Jucutuquara, Rogério Sarmento, afirma que primeiro precisa forcar na imunização de todos e só depois pensar nos desfiles. Ele também fala que se houver a vacinação e com o consentimento do governo e recursos financeiro eles fazem um desfile de qualidade em quarenta dias.

O presidente da Mocidade Unidos  da Glória (MUG) declara que a escola tem se planejado para que o desfile ocorra com segurança para os integrantes da escola e o público. Ele também ressalta que para ter um carnaval de qualidade precisa de quatro vertentes: vacinação, financiamento, material e o tempo.

O Carnaval de Vitória seria este ano dos dias 4 a 6, mas devido a pandemia foram adiados, as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Belo Horizonte adiarão  As festividades no mês de julho. 

Dia 1 de julho serão as escolas do Grupo (B) a desfilar. No dia 2 ,as do Grupo (A) e as escolas do Grupo Especial desfilarão no sábado dia 3 de julho. A apresentações s serão por ordem de sorteio.

Gosta de filmes de herói? Veja quais vão estrear em 2021


Com 2020 sendo um ano muito difícil para o cinema, já que muitas produções precisaram sofrer alterações em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o universo dos heróis também não ficou de fora desses prejuízos. 

Vários títulos precisaram ser adiados, como o caso de Viúva Negra que, ao sofrer atraso em seu lançamento, fez com que o ano passado fosse o primeiro em dez anos que não houve estreia de um filme da Marvel, um fato histórico em um ano de tantas mudanças e adaptações. 

Apesar disso, alguns longas já voltaram a estrear, como é o caso da Mulher-Maravilha 1984, da DC, que chegou aos cinemas em dezembro de 2020.  Mesmo o lançamento tendo representado o ato de matar um pouco da saudade de produções do gênero, tem recebido diversas críticas pelo seu roteiro. 

Então, se você assim como muitos, está ansioso para que o ano de 2021 possa trazer diversas estreias de filmes de herói, confira a lista com os lançamentos desse ano. Lembrando que as datas ainda podem sofrer alterações já que o cenário ainda não está normalizado. 

Snyder Cut de Liga da Justiça

Zack Snyder deixou a direção de Liga da Justiça, que foi terminado por Joss Whedon. Agora, depois da comoção dos fãs, a Warner lançará o Snyder Cut, a versão de Zack Snyder do filme da DC. A exibição será feita pela HBO Max e será dividida em quatro partes, de uma hora cada.

Março 2021 (EUA)

Morbius

Com Jared Leto como protagonista, Morbius foca no vilão do Homem-Aranha que, ao procurar a cura para uma doença sanguínea, acaba se transformando em um vampiro vivo. O elenco conta também com Jared Harris, Tyrese Gibson e Matt Smith.

18 de março de 2021

Viúva Negra

Estrelado por Scarlett Johansson, o filme da Marvel aborda os segredos de Natasha Romanoff e mostra detalhes do passado da Viúva Negra. David Harbour, Florence Pugh e Rachel Weisz completam o elenco.

7 de maio de 2021 (EUA)

Venom: Tempo de Carnificina

Dirigido por Andy Serkis, a sequência traz Tom Hardy novamente ao papel do principal, assim como Michelle Williams. Ainda não se sabe muitos detalhes sobre a trama, apenas que Woody Harrelson será Cletus Kasady, conhecido como o supervilão Carnificina.

24 de junho de 2021

Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings

O filme da Marvel sobre o Mestre do Kung Fu é dirigido por Destin Cretton e conta com o roteiro de Dave Callaham, de Mulher-Maravilha 1984. O longa é estrelado por Simu Liu, que vive Shang-Chi, e também conta com as atuações de Awkafina e Tony Leung.

9 de julho de 2021 (EUA)

O Esquadrão Suicida

A continuação de O Esquadrão Suicida (2016) é dirigida por James Gunn e conta com o retorno de Margot Robbie ao papel de Arlequina e Viola Davis como Amanda Waller. De novos nomes, o longa da DC tem Idris Elba, John Cena, Alice Braga e até mesmo Sylvester Stallone.

5 de agosto de 2021

G.I. Joe Origens: Snake Eyes

Estrelado por Henry Golding, o filme foca na relação entre Snake Eyes e Storm Shadow, vivido pelo ator Andrew Koji. A direção é de Robert Schwentke e conta com Samara Weaving, Úrsula Corberó, Haruka Abe, Iko Uwais e Takehiro Hira no elenco.

22 de outubro de 2021

Os Eternos

Dirigido por Chloé Zhao, o filme da Marvel sobre os protetores da Terra chama a atenção por seu grande elenco, composto por: Richard Madden como Icharus, Angelina Jolie como Thena, Salma Hayek como Ajak, Bryan Tyree Henry como Phastos, Lia McHugh como Sprite, Don Lee como Gilgamesh, Lauren Ridloff como Ikari, Kit Harrington como Cavaleiro Negro e Kumail Nanjiani como King. Ufa!

5 de novembro de 2021 (EUA)

Homem-Aranha 3

Terceiro filme solo do Homem-Aranha estrelado por Tom Holland, o longa conta com o retorno de Jamie Foxx ao papel do Electro, além de Benedict Cumberbatch como o Dr. Estranho. Ainda não há muitos detalhes da trama, mas rumores apontam para a criação do tão esperado Aranhaverso no MCU.

Veja quais foram os atores que quase apareceram em Matrix


História poderia ter ganhado outro rumo se outros atores assumissem os papéis

Thais Paim

A trilogia Matrix já se consagrou como um grande clássico do cinema e rende debates sobre os segredos por trás da sua trama até hoje. Mas você já pensou como seria se outros atores tivessem interpretado os papéis? 

Seus três filmes foram lançados entre os anos de 1999 e 2003 e se tornaram grandes responsáveis pelo impulsionamento da carreira de Keanu Reeves, que interpretou o protagonista Neo. Mas, apesar do sucesso na sua atuação, por pouco, Will Smith quase deu vida ao herói. 

Mas as curiosidades não param por aí. O mesmo vale para os demais personagens da trilogia: Carrie Anne-Moss, Laurence Fishburne e Hugo Weaving não foram as primeiras escolhas para interpretarem Trinity, Morpheus e o Agente Smith, respectivamente.

Confira abaixo quais atores quase apareceram na trilogia Matrix: 

Neo

Will Smith chegou a receber o convite para interpretar Neo em Matrix, mas recusou o papel. Ele viu sua carreira como ator decolar no final dos anos 1990, mesmo época em que o primeiro filme entrou em produção.

Trinity

Carrie Anne-Moss foi a escolhida para interpretar Trinity, o interesse amoroso de Neo da trilogia. Apesar de ser relativamente desconhecida, pois a maior parte de seus trabalhos anteriores foram na televisão, as irmãs Wachowski decidiram fazer o convite, mas a atriz acabou recusando por estar em uma turnê, já que ela também é cantora.

Morpheus

Um dos líderes da resistência humana em Matrix era Morpheus. Laurence Fishburne foi quem deu vida a ele e disse que não achou o roteiro confuso, mas admitiu que considerou ser uma aposta arriscada a realização do filme.

Russel Crowe foi a primeira escolha para o papel, mas abriu mão dele por que já estava bem atarefado (entre 1999 e 2001, estrelou três filmes que renderam indicações ao Oscar). Don Davis, compositor de Matrix, revelou que Samuel L. Jackson e Gary Oldman também foram cogitados.

Alguns rumores afirmam que o veterano Sean Connery recebeu o convite. No entanto, o ator já disse que lhe ofereceram, na realidade, o papel do Arquiteto, que apareceu nas duas sequências do original.

Agente Smith

O Agente Smith se tornou um dos vilões mais conhecidos dos cinemas e deu bastante trabalho para Neo, Trinity e Morpheus na trilogia. Hugo Weaving o interpretou com maestria – e infelizmente, não estará em Matrix 4. Mas ele também faz parte do grupo que não foi a primeira opção dos diretores. 

O francês Jean Reno, famoso por aparecer em diversos filmes da ação, foi o nome inicialmente escolhido para viver o Agente Smith. No entanto, assim como Nicolas Cage, recusou a proposta após descobrir que o primeiro filme seria gravado longe de casa. 

Seraph

Por fim, também vale mencionar a situação do personagem Seraph, que era um guarda-costas do Oráculo. O motivo é que dois nomes importantes foram cogitados antes da escolha do ator Collin Chou.

A malaia Michelle Yeoh (que apareceu em um filme do James Bond e em O Tigre e o Dragão) foi a primeira escolha, mas rejeitou a oferta por estar com a agenda cheia. Depois, a produção procurou Jet Li, que também recusou o papel e recentemente citou suas razões: ele não queria que seus movimentos de kung fu fossem preservados digitalmente.

Com setor em crise, Alagoas é o único estado do Nordeste que mantém cinemas fechados


Atividades estão paralisadas desde março do ano passado

Thais Paim

Tendo se destacado no início da pandemia pelas medidas adotadas para prevenção do novo coronavírus, agora Alagoas segue uma marcha lenta para a retomada e é o único estado do Nordeste que ainda não reabriu as salas de cinema. 

Alguns setores da economia ainda não retornaram às atividades, desde a suspensão em março de 2020, provocada pela pandemia da Covid-19.  Por essa razão, representantes do ramo se reuniram com a coordenação geral do Gabinete Integrado de Prevenção à Covid-19, da Prefeitura de Maceió, para cobrar medidas da gestão. 

De acordo com eles, as dificuldades financeiras os obrigam a demitir funcionários. Além disso, a crise fez com que custos com aluguel, energia, taxas e folha salarial ficassem ainda mais pesados. 

Negociações 

Durante reunião nesta terça-feira (5), foram discutidos os protocolos de segurança para o retorno dos cinemas na capital. Mesmo não possuindo uma data precisa para a reabertura, o processo corre em celeridade. 

A expectativa é de que as medidas discutidas sejam apresentadas aos órgãos sanitários, e as empresas vão precisar que se adequar às exigências estabelecidas pela prefeitura.

O coordenador geral do Gabinete Integrado de Prevenção à Covid-19, Claydson Moura, falou sobre o encontro e garantiu que a gestão municipal vai fiscalizar e adotar as medidas necessárias para garantir o cumprimento das normas. 

“O prefeito quer que a gente encontre um caminho seguro, mas a tônica dele é tudo para já”, afirmou o coordenador. Moura também destacou que o novo decreto vai ser construído de forma integrada, em consonância com outras secretarias.

A presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), Mirian Monte, também participou da reunião e destacou a necessidade de ampliar os cuidados visando à saúde mental da população. 

“O cinema representa um cuidado com a alma, não podemos deixar a população maceioense desamparada nesse sentido, mas claro, vamos tomar todos os cuidados necessários para impedir o curso de contaminação do vírus”, afirmou ela. 

Petrobras anuncia que gás de cozinha fica mais caro a partir de hoje


Reajuste eleva preço para R$ 35,98 por 13kg

Thais Paim

Os brasileiros vão começar a quinta-feira (07) com uma notícia não tão boa. Isso porque a Petrobras anunciou o aumento do preço do gás liquefeito de petróleo (GLP), mais conhecido como gás de cozinha, em 6% a partir de hoje. 

Segundo nota divulgada pela empresa, desde novembro de 2019 os preços de GLP estão igualados para os segmentos residencial e industrial/comercial. Além disso, o produto é vendido pela Petrobras às distribuidoras a granel.

O anúncio é feito também seguindo a alta do preço do petróleo no mercado internacional, que ontem (6) fechou cotado a U $54,30 o barril do tipo Brent. Ainda segundo informações, no último ano, a alta do GLP foi de 21,9%.

Após a decisão, o valor praticado pela Petrobras será de R$35,98 por 13kg. Apesar da mudança no preço, não é possível determinar como ficará o preço para o consumidor final, já que não estão incluso os impostos e custos para distribuição e venda após a entrega do produto à refinaria. 

“Por sua vez, as distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final”, destacou a empresa.

Ainda de acordo com a estatal, os preços de GLP praticados por ela têm como referência o valor de paridade de importação, formado pelo valor do produto no mercado internacional, mais os custos que importadores teriam, como frete de navios, taxas portuárias e demais custos internos de transporte para cada ponto de fornecimento, também sendo influenciado pela taxa de câmbio.