Salvador já possui local para apresentação de óperas


Saulo Santos

O Teatro do Colégio Mercês, que fica dentro do Colégio em pleno centro da cidade, agora será a casa da música lírica na Bahia, onde serão ensaiadas e encenadas as Óperas em Salvador. Através de uma parceria entre o Núcleo de Ópera da Bahia e a direção do Colégio Mercês, o coletivo de artistas passa a dispor de um espaço que deverá se transformar num centro onde poderão ser exploradas as potencialidades dos cantores líricos e dos demais artistas de diferentes segmentos envolvidos na produção de uma Ópera em nosso estado. 

E o Núcleo de Ópera da Bahia já tem programadas realizações para junho deste ano, com o lançamento do CD “Oratório de Santo Antônio”,  e em julho, a montagem da Ópera “Flauta Mágica”, de Mozart.

Criado por Aldo Brizzi e Graça Reis em 2016, o Núcleo de Ópera da Bahia – NOP é uma companhia única, que tem a proposta de criar um núcleo especializado em Ópera de raízes afro-americanas e a intenção de formar uma companhia de  Ópera  Baiana. O teatro do Colégio Mercê há mais de 200 anos é responsável pela formação de milhares de alunos. Seu teatro dispõe de 500 lugares e agora será aberto para o público em geral.

Todos os alunos e alunas do Colégio das Mercês terão acesso direto às ações do Núcleo de Ópera, como assistir aos ensaios abertos, aos laboratórios de criação, entre outras atividades que acontecerem no teatro.