O real valor de uma amizade


Mais do que um sentimento, a amizade pode ser um dos alicerces para o crescimento dos seres humanos

Carla Adriana

A amizade, sentimento fiel de ternura, apreço, carinho, afeto ou estima entre pessoas, é um dos bens mais preciosos que uma pessoa pode ter. Um (a) amigo (a) pode se revelar nos momentos mais improváveis possíveis. O problema que nem sempre sabemos reconhecer esses seres maravilhosos. Há, por exemplo, quem acredita que ser amigo é concordar com tudo que o outro diz ou faz, mesmo quando este não age de maneira correta ou prudente. Também há os que, por carência ou ingenuidade, confundem colegas com amigos sinceros, e o resultado você pode imaginar qual é não é mesmo?

Cada um de nós tem em mente quais seriam as características necessárias para uma pessoa ser considerada amiga. Claro que algumas “matérias primas” são essenciais como a fidelidade, o amor, o companheirismo e principalmente o respeito. Epa! Estamos falando de amizade ou romance? Você pode perguntar. Calma, estamos falando de amizade. Mas, alguns “pré-requisitos” são similares.

amizade2017

Para algumas pessoas conquistar amigos é tarefa simples, mas manter é complicado. As causas disso sinceramente podem ser inúmeras. Contudo, devemos tentar a todo preserva-los, mas ao mesmo tempo não sufoca-los dando a eles espaço para que possam também viver suas vidas.

Dicas para manter uma amizade

  • Trate seus amigos com o máximo de respeito possível;
  • Evite mentir para seus amigos, lembre-se que confiança é à base de qualquer relacionamento;
  • Lembre-se que ninguém é perfeito e seus amigos podem fazer algo que desagrade a você e vice versa. Por isso, procure praticar a tolerância;
  • Saiba ouvir. Há pessoas que só gostam de falar e não gostam de ouvir e isso é no mínimo indelicado;
  • Tenha bom senso e evite fazer ou ouvir fofocas, principalmente se for entre amigos. Essa “brincadeira” pode acabar com qualquer relação de amizade;
  • Procure sempre manter contato com seus amigos nem que seja para dar um oi e saber se tudo está bem.

 

Carla Adriana é aluna do 3º do Ensino Médio do Colégio Comunitário Alzair Martins Silva (BA)

Amizade não correspondida existe?


Outro dia, um colega me perguntou se pode existir uma amizade mesmo quando a outra pessoa não corresponda ao sentimento, e justificou explicando que seria um tipo de amigo virtual ou platônico. Eu nem pensei no assunto, imediatamente disse que “não”, porque acredito que a amizade é, antes de tudo, um sentimento partilhado. É o amigo que nos ajuda a ser quem realmente somos porque nos conhece profundamente e o conhecimento é fruto da partilha e companheirismo, o qual não se dá de uma hora para outra, muito menos se a segunda pessoa em questão não está disposta a viver a experiência.

Amigo é alguém que dar mais brilho e cor para tudo que vivemos, porque conhece nossas capacidades e limites e nos faz ir além do que imaginamos conseguir. Faz-nos rir e, às vezes, chorar; diz o que gostaríamos de ouvir e também o que não gostaríamos, mas está sempre conosco e é isso que o torna tão importante. Para o amigo não exitem segredos nem mistérios, somos livres e, portanto, plenos e felizes ao seu lado. Estão aí algumas das razões pelas quais eu não posso afirmar que uma amizade não correspondida seja real. Entre os milhares que nos seguem pelas redes sociais, por exemplo, alguns são amigos, mas não posso afirmar que todos o são, pois amizade é coisa séria e exigente, necessita de cultivo e dedicação, vai além do virtual, tem suas raízes na realidade do que sou. Em Eclesiático 6, 6, lemos: “Dá-te bem com muitos, mas escolhe para conselheiro um entre mil. Se adquirires um amigo, adquire-o na provação, não confies nele tão depressa… Um amigo fiel é uma poderosa proteção: quem o achou, descobriu um tesouro”.

amizade2

Quando comparo a amizade com uma árvore, consigo definir melhor este sentimento, pois ambas necessitam de cuidados especiais para lançar raízes, crescer, florescer e dar frutos.

Observo que, com o passar do tempo e o desenrolar dos acontecimentos, as raízes que traçam o chão da minha história e me sustentam firme durante os ventos e vendavais da vida são provas de que verdadeiros amigos, ao passarem por mim, deixam marcas que nem o tempo nem a distância conseguem apagar. Quem não se lembra, por exemplo, daquele amiguinho da escola, cúmplice em todas as horas? Ou da turma do bairro, aqueles com os quais dividíamos sonhos, lanches, brinquedos, lágrimas e sorrisos?

Amigo de verdade é uma espécie de irmão! Ao seu lado é fácil ser feliz. Mesmo em momentos difíceis, o amigo tem o dom de trazer leveza aos nossos sentimentos. É alguém que dá e não espera retorno, ou melhor, se dá sem esperar recompensas. Sente o que sentimos, compreende o que pensamos, mesmo quando nem nós conseguimos expressar. O amigo é o sol que enxuga nossas lágrimas. É aquele que percebe, pelo olhar, nossos desejos, disfarces, alegrias e medos. Tem a palavra certa na hora certa, ou o silêncio certo na hora certa. Além disso, tem também o dom de nos fazer ser quem somos, nos conhece tanto que nos leva sempre de volta à nossa essência.

É difícil continuar definindo a amizade, mas isso não vem ao caso agora. Basta saber que cada amigo é um dom de Deus em qualquer tempo e lugar. Quando viajo e conheço lugares bonitos, por exemplo, em fração de segundos, vou identificando, em algum recanto das minhas lembranças, a presença de meus amigos. Lembro-me dos que se identificariam com aquele lugar, aquele clima, entre outros. Sinto vontade de tê-los ao meu lado nas diversas fases da vida e vou procurando um jeito para isso, já que a vida segue seu rumo. De vez em quando alguma cena, música, flor, fase da lua, mar, comida, paisagem tornam-se meios para avivar a lembrança de meus amigos.

E você gosta de cultivar suas amizades? Que lugar este sentimento ocupa em suas lembranças?

Hoje talvez seja um dia propício para identificar as raízes da verdadeira amizade que estão dentro de cada um de nós. É dia de agradecer a Deus por cada amigo que temos, e agradecer a cada amigo por tornar nossa vida melhor. Expressar nosso afeto, quebrar a distância, reavivar a chama do amor puro e sincero, próprio da amizade.

Conquistar novos amigos é bom e importante; ter muitos seguidores virtuais nas redes sociais e cultivar um relacionamento sadio com cada um também tem seus méritos, porém, amizade, como dom de Deus, vai além disso. É arvore que um dia era semente e germinou no solo do nosso coração, foi cultivada e cresceu. Lançou raízes no solo da nossa história, por isso, faz parte de nós.

Aproveite este dia para fortalecer os laços de amizade que fazem parte da sua história, agradeça aos seus amigos pelo bem que lhe fazem sem se esquecer de lhes dizer o quanto são importantes.

Edson Henrique é enfermeiro e ministra palestras sobre comportamento humano.