Na Bahia, diabéticos ficam sem insulina após atraso do Ministério da Saúde


Ainda não há uma previsão para o abastecimento 

Thais Paim

Setembro começou difícil para os pacientes portadores de Diabetes mellitus e dependentes de insulina do tipo glulisina na Bahia. O motivo? Até o momento não há certeza e nem previsão de recebimento das canetas com o hormônio.

Assim como outros medicamentos, as canetas de insulina são enviadas pelo Ministério da Saúde para o estado, e ainda não há uma sinalização por parte da pasta federal para o abastecimento do medicamento neste mês. 

Histórico de reabastecimento 

Em julho, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) confirmou que os estoques de insulina na Bahia chegaram a ficar zerados. 

Segundo informações da Sesab, em 19 de agosto chegaram 5.580 insulinas do tipo glulisina, completando um quantitativo para atender as pendências de julho e agosto. “Mas para o mês de setembro ainda nada nos foi enviado”, destacou a pasta estadual.

A secretaria ainda sinalizou que tem feito cobranças e enviado notificações ao Ministério da Saúde cobrando a regularização do fornecimento por meio de planejamento trimestral.

Outros médicos 

A questão dos atrasos nas entregas de fármacos não é exclusiva da insulina. Na semana passada aumentou para 22 o número de medicamentos com estoque zerado ou em iminência de falta para pacientes da Bahia por falta de distribuição do Ministério da Saúde.

Um mês antes, pacientes baianos com HIV/Aids, meningite e anemia falciforme estavam com seus respectivos tratamentos ameaçados e alguns já prejudicados por falta de estoque de alguns medicamentos no estado. Na época eram 18 os fármacos nesta. 

Fonte: Bahia Notícias 

Itabuna: prefeitura divulga cronograma da vacinação de 5 a 9 de julho contra a Covid-19


Marcelo Carvalho

A Rede de Frio da Secretaria Municipal de Saúde divulgou o calendário de vacinação em Itabuna, contra o vírus Influenza (gripe) e Covid-19. Contempla a semana de 5 a 9 nas Unidades Básicas (UBS) e de Saúde da Família (USF) e locais para subgrupos específicos.

Desta segunda-feira, dia 5, até sexta-feira, dia 9, das 8 às 11 horas, prossegue a vacinação contra o Influenza nas Unidades Básicas e de Saúde da Família para os grupos prioritários. Serão vacinados idosos acima de 60 anos, professores, profissionais de saúde da rede pública ou particular, criança de seis meses a menores de 6 anos e gestantes e puérperas.

Ainda, pessoas com comorbidades e com deficiência permanente (física, auditiva, visual e mental), trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e/ou caminhoneiros, forças de segurança e salvamento e Forças Armadas, funcionários e população do sistema de privação de liberdade; e jovens em medidas socioeducativas.

A documentação exigida é o RG, CPF ou Cartão do SUS, comprovante de residência em nome próprio. Aos profissionais, é necessária a apresentação da Carteira de Trabalho ou crachá. E das pessoas com deficiência, será necessário o relatório ou receita médica atualizada (seis meses) com CID.

Nas Unidades Básicas e de Saúde da Família, prossegue no período vespertino a vacinação da primeira dose contra a Covid-19. A aplicação é realizada das 13 às 16 horas. Será seguindo um cronograma.

Na segunda-feira, serão vacinadas, pessoas com idade a partir de 41 anos completos sem comorbidades, nascidas de janeiro a dezembro. Na terça-feira, pessoas com idade a partir de 40 anos completos sem comorbidades, nascidas de janeiro a dezembro, que também receberão a primeira aplicação da vacina contra a Covid-19.

Na quarta-feira, dia 7, serão vacinadas pessoas com idade a partir de 39 anos completos sem comorbidades, nascidas de janeiro a dezembro. Na quinta-feira pessoas com idade a partir de 38 anos completos sem comorbidades, nascidas no mesmo período.

Também na quinta-feira serão vacinadas contra a covid-19 pessoas com idade a partir de 35 anos completos. Mas atenção: para esta faixa etária, a vacinação acontecerá somente na UniFTC das 8h30min às 14 horas. Haverá o limite de 400 senhas que serão distribuídas no local, bem como o registro que será por ordem de chegada.

Já na sexta-feira, dia 8, se vacinará as pessoas a partir de 37 anos completos sem comorbidades, nascidas de janeiro a dezembro. A primeira dose contra covid-19 será aplicada nas UBS e USF no turno vespertino, a partir das 13 horas.

A documentação necessária é a Carteira de Identidade (RG), CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência no próprio nome. Para o comprovante daqueles que moram de aluguel é preciso que o proprietário assine documento comprobatório ou que o inquilino leve a fotocópia do contrato.

LACTANTES, GESTANTES E PUÉRPERAS

Também nas Unidades Básicas de Saúde, das 13 às 16 horas, serão vacinadas contra Covid-19 as lactantes maiores de 18 anos, a partir do 46º dia após o parto até o 12º mês de amamentação. E também, as gestantes e puérperas com a vacina da Pfizer.

A documentação necessária é Carteira de Identidade (RG), CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência em nome próprio e fotocópia da Certidão de Nascimento da criança para as lactantes.

Já para as gestantes e puérperas, será necessário levar além do RG, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência no próprio nome, relatório médico atestando a gravidez ou fotocópia do ultrassom ou do cartão de Pré-natal (assinado e carimbado pelo médico ou enfermeiro).

2ª DOSE CORONAVAC e OXFORD

Na terça-feira, dia 6, das 10 às 15 horas serão aplicadas segundas doses das vacinas Coronavac e Oxford na UniFTC. A vacinação será destinada àquelas pessoas que já receberam a primeira dose de alguma destas vacinas entre os dias 23 e 31 de março, independente do grupo prioritário a que pertençam.

Documentos necessários: Carteira de Identidade (RG), CPF ou cartão do SUS; cartão de vacina com registro da 1ª dose e comprovante de residência no próprio nome.

DRIVE THRU NOTURNO

Nesta semana, também haverá um dia destinado ao drive-thru noturno para aquelas pessoas que no turno diurno não conseguem se vacinar.

Na quarta-feira, dia 7, será aplicada a primeira dose da vacina contra Covid-19 em pessoas com idade a partir de 35 anos completos sem comorbidades. A vacinação acontecerá no Teatro Candinha Dória a partir das 16 horas até que as senhas acabem.

A distribuição das senhas e realização do cadastro serão feitas no local de vacinação. Será seguida a ordem de chegada. Serão distribuídas 400 senhas.

Documentos necessários: Carteira de Identidade (RG), CPF ou cartão do SUS; comprovante de residência no próprio nome. Atenção: o comprovante precisa estar no nome da própria pessoa. Para aqueles que moram de aluguel, é preciso que o proprietário assine o documento comprovando, ou que o inquilino leve fotocópia do contrato.

Fonte: Afonso Henrique Coelho Dantas

Sem público: ato simbólico na Lapinha celebra Independência da Bahia


O tema da solenidade neste ano é “Chama da Esperança”

Thais Paim

Por conta da pandemia da Covid-19, esse é o segundo ano em que o tradicional desfile em comemoração à Independência da Bahia não acontece. Apesar do cenário atual, há um evento simbólico para celebrar a data.

Pensando no distanciamento social, não há presença de público no ato. A celebração ocorreu na Lapinha, com apresentação da Orquestra Sinfônica da Polícia Militar (PM-BA), e uma representação de Maria Quitéria, um dos símbolos da guerra que culminou em 1823 na expulsão dos portugueses de Salvador, um dos últimos redutos dos ex-colonizadores no Brasil.

O local escolhido para realizar o evento também não foi ao acaso. Na Lapinha encontra-se a imagem do caboclo, símbolo de independência baiana. O local foi um dos principais pontos de batalha entre brasileiros e lusitanos, assim como a Soledade, Pirajá e nas ilhas do Recôncavo.

Neste ano, em homenagem aos profissionais da saúde, o tema da solenidade é “Chama da Esperança”.

 

Lapinha. Foto: Bruno Concha

02 de julho 

Para os baianos, esta importante data é considerada como sendo a Independência do Brasil na Bahia. O motivo? É nela que celebramos a vitória dos brasileiros na guerra travada na então província da Bahia, por mais de 17 meses contra as tropas portuguesas. Foi através desse importante passo que consolidou-se a separação política do Brasil de Portugal.

O interesse por parte de Portugal era dividir o país em duas regiões: o sul e o sudeste permaneceriam sob a direção de Pedro; e o norte, sob o domínio português. Mas os planos não saíram como planejados após as tropas portuguesas serem expulsas definitivamente no dia 2 de julho de 1823.

Fonte: Adriana Oliveira TV Bahia

Conheça a história da mulher empreendedora mais jovem do setor varejista da BA


Na contramão de um mercado majoritariamente masculino, Daniela Lacerda se destaca 

Thais Paim

Dados da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), realizada pelo IBGE, revelam que cerca de 9,3 milhões de mulheres estão à frente de negócios no Brasil. Apesar dos resultados, a luta por uma maior representatividade das mulheres no empreendedorismo segue sendo uma importante aliada na busca por igualdade social e mais espaço no mercado de trabalho. 

Na Bahia, Daniela Lacerda, 29 anos, vem caminhando na contramão de um mercado que possui uma maioria masculina e acaba de se tornar a mulher mais jovem do setor varejista alimentício, de acordo com a Associação Baiana de Supermercados (ABASE).

A empreendedora Dani Lacerda. Foto: Taila Silva

História de sucesso 

Ceo da rede Corujão, localizada em Feira de Santana, a empresária possui BA em Gestão de Empreendedorismo e Pessoas e graduação em Direito pela UNIFAN. A empresária revelou as dificuldades de ocupar um lugar de liderança em um ambiente majoritariamente masculino. “No meu âmbito profissional, lido com muitos homens que, por eu ser mulher, mãe e casada, diversas vezes questionam a minha competência e capacidade de gerir grandes negócios”, revela. 

Lacerda conta que em sua trajetória profissional, percebeu que o empreendedorismo despertava a sua atenção ao enxergar o quão longe conseguiria ir e quantas transformações poderiam se realizar na sociedade. “O empreendedorismo com propósito sempre foi meu alvo. Não enxergar apenas números, mas o sucesso e a possibilidade da construção de negócios, apostando em sustentabilidade, geração de empregos e crescimento socioeducativo está na minha história”. 

A história de Dani, assim como de muitas empreendedoras, começou de maneira informal, como “sacoleira”, e em menos de um ano conquistou o faturamento de 100 mil reais, vendendo roupas e acessórios. “Sempre busquei diferencial no que proponho ao consumidor/cliente, e nesse período já fazia importação de vestidos de bandagem, que na época era uma grande tendência com escassez no mercado local”, explica. 

Filha de uma dona de casa e de um comerciante com berço no sertão, ela conta que o reconhecimento pela ABASE lhe proporciona novos desafios.  “No cenário supermercadista, o meu destaque como mulher mais jovem à frente do setor foi realmente sensacional. Saber que sou relevante em um ramo ainda tão voltado para o público masculino, com certeza me impulsiona a abrir ainda mais frentes de trabalho para que outras mulheres se sintam encorajadas e motivadas”, finaliza.

Avenida de Itabuna ganhará urbanização


Julia Vitória

Anunciada na última sexta-feira pelo prefeito de Itabuna Augusto Castro a revitalização da avenida Manoel Chaves (Kennedy)  será parte do piso intertravado, ciclovia, passeio e iluminação LED, além de que o projeto também poderá ser estendido para outras avenidas.

Para Castro, a ideia é transformar as estradas da cidade e os corredores de tráfegos. Demanda afirma que eles estão trabalhando para que a avenida Manoel Chave se torne uma das mais belas de Itabuna. E para a avenida São Caetano a ideia é criar um novo ambiente de negócios e convivência. 

O piso de concreto será colocado para que os motoristas diminuam a velocidade pois na região tem muitos comércios, e no ponto onde não tem tantos estabelecimentos será tudo de asfalto, a ordem de serviço para isso ocorrer será dada em 15 dias.

A obra será feita com o apoio do governo do estado Rui Costa por meio da Conder que já disponibilizou os equipamentos necessários, será 2,3 quilômetros de concretagem e asfalto. Além da avenida Manoel Chaves existem outros projetos para a revitalização da Praça Otávio Mangabeira (Camacan) que fica no centro e  a duplicação do trecho da BR-415 que sai  de Itabuna em direção a Ilhéus.

Após o período de final de ano, Bahia registra recorde na média móvel de casos do coronavírus


Dados são da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab)

Thais Paim

Apesar da felicidade e expectativa envolvendo o início da imunização, o alerta para o avanço da pandemia segue ativo. A Bahia registrou recorde em dois dias seguidos na média móvel de casos de Covid-19, segundo dados obtidos por meio do boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). 

 Os números foram estabelecidos na segunda-feira (18) e nesta terça (19), dia do início da vacinação em Salvador e em outros municípios baianos, de acordo com informações da própria secretaria. 

Nesta terça, a média móvel ultrapassou pela primeira vez os quatro mil casos, com 4.066. Na última segunda, foram 3.795. O recorde anterior havia sido registrado apenas em 28 de julho do ano passado, quando a Sesab identificou a média de 3.781 casos.

Sobre o crescimento dos números 

Como a “média móvel de 7 dias” faz uma média entre o número de casos do dia e dos seis anteriores, isso indica que as notificações advindas do período pós-Réveillon estão refletidas nesses dados, momento em que houve registros de aglomerações em diferentes partes do estado.

O indicativo se manteve acima dos dois mil desde o início de dezembro. Contudo, entre 23 e 30 de dezembro, retrocedeu de 3.232 para 1.940. No último dia de 2020, no entanto, o número teve um tímido aumento para 1.978 e, desde então, cresce progressivamente.

Enquanto a média móvel registra picos nunca antes vistos no estado, a imunização começa, mesmo sendo numa porcentagem reduzida da população.

Plano de imunização 

Em Salvador, o plano de imunização segue nesta quarta-feira (20). A campanha terá prosseguimento a partir das 9h, no Hospital Martagão Gesteira. Na unidade hospitalar, serão 273 profissionais imunizados.

A estimativa é que 5,3 mil doses sejam aplicadas nesta quarta, contemplando trabalhadores de 18 unidades de saúde, a exemplo de hospitais de grande porte, UPAs es gripários. Uma equipe formada por 30 vacinadores percorrerá as unidades para efetuar a imunização, que só termina por volta das 18h. 

Segundo o secretário municipal de Saúde (SMS) de Salvador, Leo Prates, o plano é finalizar a primeira parte da campanha até sábado (22). “Já dei a missão aqui ao meu COE [Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública] para que a gente termine essa vacinação até sábado com os nove pontos ativos”, resumiu, em entrevista ao programa Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador FM 92,3, nesta terça.

Um ícone é vacinado em Canavieiras


Julia Vitoria

O primeiro a ser vacinado na cidade de Canavieiras na Bahia foi o médico pneumologista  de 77 anos Dr. Eneas de Carvalho Filho, a vacinação aconteceu no dia de ontem, 19 de janeiro. Ele é um símbolo na cidade tendo mais de 50 anos de carreira, ele deu aulas na Universidade Federal da Bahia (UFBA) local onde participou da formação da maioria dos médicos da cidade, inclusive o prefeito da cidade, Dr. Almeida que atualmente é diretor do Hospital Municipal Régis Pacheco.  

O médico relata que ficou muito feliz de receber a vacina e apesar de ser do grupo de risco e ter alguns problemas de saúde prometeu que exercerão a medicina enquanto estivesse respirando, o Dr. Eneas  espera  que o povo da cidade também tome a vacina.

O município recebeu cerca de 190  doses da vacina e logo foi colocado em prática o plano de vacina elaborado pela secretaria de Saúde do município. A Secretária de Saúde de Canavieiras, Polianna Goiabeira fala que nessa primeira fase os primeiros a serem vacinados serão os idosos com mais de 75 anos ou mais, a secretaria também tranquilizou a cidade falando que todos considerados prioritários receberão a vacina. Ela também relata que as doses aos ao o suficientes para  todos os priorizados, contudo as doses chegarão em remessas, nesse Primeiro lote serão priorizados os profissionais da saúde que estão na linha de frente e com maior risco de vulnerabilidade, assim que chegar mais insinuantes eles continuarão com os demais grupos de riscos.

O prefeito da cidade agradeceu os profissionais da saúde que arriscam suas vidas desde o começo e ainda falou que é um dia histórico para a cidade e todo o país.

Apesar da sinalização do Ministério da Saúde, Bahia não confirma início de vacinação nesta segunda


Previsão é de que posicionamento final seja divulgado ao longo do dia

Thais Paim

Após sinalização do Ministério da Saúde para início da vacinação contra a Covid-19 nesta segunda-feira (18), a expectativa se tornou grande em diversos estados e na Bahia não seria diferente. Até o momento, o governo não confirmou se vai iniciar a aplicação de doses do imunizante ainda hoje. 

A vacinação estava marcada para começar na quarta-feira (20), mas a pasta federal antecipou e abriu possibilidade para que os estados iniciem logo após receber as doses, que já começaram a ser distribuídas a alguns estados. 

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, afirmou não ter recebido documento oficial sobre a autorização de antecipação, até o momento. Além disso, segundo ele, o voo com as doses para a Bahia estava previsto para sair de São Paulo, inicialmente, às 8h50min, mas o horário foi mudado para as 18h. 

Com isso, ele afirmou que: “Se for assim, dificilmente haverá possibilidade de iniciar hoje na Bahia”. 

A Bahia não está entre os 10 primeiros estados a receberem as doses. Serão destinadas 319.520 doses das 6 milhões disponíveis no Brasil, de acordo com informações do G1 Bem Estar. 

“O importante é fazer a distribuição com muita cautela e responsabilidade. São produtos imunobiológicos perecíveis que necessitam cuidado especial. Além da questão de segurança”, completou Vilas-Boas.

Prefeitos de Ilhéus e Itabuna se reúnem para discutir estratégias e ações de governo


Marcelo Carvalho

Na última segunda-feira (11), o prefeito Mário Alexandre e o vice Bebeto Galvão receberam a visita do prefeito Augusto Castro, eleito em Itabuna. Na ocasião, os gestores discutiram ações em prol dos municípios e estratégias voltadas para o crescimento da região Sul da Bahia, que possui as duas cidades como principais vetores de desenvolvimento econômico e social.

“Buscaremos parcerias jamais vistas em vários governos que passaram”, frisou Mário Alexandre. Augusto Castro, por sua vez, destacou a importância dos investimentos angariados para Ilhéus nos últimos quatro anos, que de acordo com ele demonstram a capacidade político-administrativa do chefe do Poder Executivo local.

“Estamos tratando desse alinhamento, porque Mário tem realizado muito pela educação, ação social e saúde, principalmente nesse momento de pandemia”.

O gestor ilheense acrescentou que o trabalho articulado entre os municípios vai atrair um pacote expressivo de recursos do ponto de vista econômico, comercial e industrial. “Que Deus nos dê muita sabedoria e saúde para que possamos estar unidos e trazer grandes investimentos com o governador Rui Costa, um grande parceiro da nossa região, os senadores Otto Alencar e Ângelo Coronel, os nossos deputados e todos que estejam dispostos a ajudar”.

Tradicional festa do Senhor do Bonfim sofre alterações este ano; veja programação


Mesmo com a pandemia, os festejos foram mantidos, mas com adaptações

Thais Paim

A pandemia do novo coronavírus provocou mudanças ou adiamento de diversos eventos, desde o seu início em março de 2020. Neste mês de janeiro, a tradicional festa religiosa na Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim precisou sofrer alterações para acontecer. 

Aos devotos, a boa notícia é que todas as celebrações estão sendo transmitidas através do canal do Youtube e demais redes sociais (Facebook e Instagram) do Santuário. Celebrações foram iniciadas na última sexta-feira (8) e vão até o dia 17 de janeiro.

O local para receber os fiéis que desejem visitar para acompanhar as cerimônias também foi adaptado pela Basílica.  Para participar presencialmente, o uso de máscara é obrigatório e haverá aferição de temperatura e uso de álcool em gel.

Além disso, restrições como limite de pessoas que poderão entrar na igreja e acesso por ordem de chegada também foram adotadas. 

A celebração desse ano traz o tema “Senhor do Bonfim, abraçar a Sua cruz fortalece a fé, liberta do medo e renova a nossa esperança” e o lema: “Tende coragem! Eu venci o mundo!” (Jo16,33).

Sobre o tema desse ano, o reitor da Basílica Santuário, padre Edson Menezes da Silva, afirmou que “o momento exige renúncias, sacrifícios e criatividade para não deixar de fazer aquilo que se faz”. 

Peregrinação em carro aberto

A Procissão dos Três Pedidos não será realizada este ano. Por isso, o padre recomenda que os fiéis escolham um dia e horário adequados para realizar as três voltas em torno Basílica e fazer os seus pedidos e agradecimentos.

Como mudanças precisaram ser adotadas, a imagem peregrina do Senhor do Bonfim vai sair da Matriz da Paróquia Nossa Senhora da Vitória em carro aberto rumo à Colina Sagrada, seguindo o mesmo percurso do cortejo da lavagem. Após a chegada da imagem, no interior da Basílica, o padre Edson concederá a bênção através das redes sociais e dos meios de comunicação sociais presentes.

Confira abaixo a programação completa: 

11.01.21 – Segunda-feira

16h – Adoração ao Santíssimo Sacramento (Pedindo pela contenção da 2ª onda pandemia da COVID-19). Responsáveis: Vicentinos

19h – 4ª noite da novena

Homenagem aos familiares dos que morreram de Covid 19 e familiares dos trabalhadores dos cemitérios.

Subtema: Confiando na proteção do Senhor do Bonfim, prosseguiremos acreditando na vida eterna e na ressurreição dos mortos (Jo 11,20-27)

12.01.21 – Terça-feira

16h – Adoração ao Santíssimo Sacramento (Pedindo pela contenção da 2ª onda pandemia da COVID-19). Responsáveis: Ministros Extraordinários da Comunhão

19h – 5ª noite da novena

Homenagem aos trabalhadores da área de comunicação

Subtema: Confiando na proteção do Senhor do Bonfim, prosseguiremos protegendo, preservando e defendendo a vida (Jo 10,10-11).

13.01.21 – Quarta-feira

16h – Adoração ao Santíssimo Sacramento (Pedindo pela contenção da 2ª onda pandemia da COVID-19). Responsáveis:* Apostolado da Oração

19h – 6ª noite da novena

Subtema: Confiando na proteção do Senhor do Bonfim, prosseguiremos cultivando o ânimo e a coragem (Jo 16,32-33).

Homenagem às pessoas que viveram com seriedade a experiência do distanciamento social em suas residências.

14.01.21 – Quinta-feira

Missas: 7h20 e 17h

Às 8h a imagem peregrina do Senhor do Bonfim sairá da Matriz da Paróquia Nossa Senhora da Vitória (Vitória), em carro aberto, rumo à Colina Sagrada, passando em frente à Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia (Comércio), seguindo o mesmo percurso do cortejo da lavagem

Após a chegada da imagem, no interior da Basílica, o padre Edson Menezes da Silva transmitirá a tradicional mensagem proferida todos os anos da janela da Basílica e concederá a bênção através das redes sociais e dos canais de televisão presentes.

19h – 7ª noite da novena

Homenagem às pessoas que contraíram a COVID-19 e fizeram a experiência do isolamento social em suas casas.

Subtema: Confiando na proteção do Senhor do Bonfim, prosseguiremos cultivando ânimo e alegria de viver (Jo 16,20-23).

15.01.21 – Sexta-feira

19h – 8ª noite da novena

Homenagem aos profissionais e trabalhadores da área da saúde

Subtema: Confiando na proteção do Senhor do Bonfim, prosseguiremos acreditando no poder da oração e na atuação da ciência (Mt 21,22).

16.01.21 – Sábado

8h às 17h – Drive Thru Solidário para recolher alimentos não perecíveis, material de limpeza e higiene. Local de entrega: Sede do Projeto Bom Samaritano.

19h –  9ª noite da novena

Homenagem aos trabalhadores da área de segurança pública e privada.

Subtema: Confiando na proteção do Senhor do Bonfim, prosseguiremos experimentando a sua infinita misericórdia

DOMINGO – DIA DA FESTA (17.01.2021)

5h –  Alvorada  –  Apenas repique dos sinos (não haverá alvorada por respeito e atenção aos doentes internados nos hospitais próximos à Colina Sagrada). 

Horário das Missas: 5h40, 7h30, 9h, 10h30, 15h e 17h.

10h30min – Missa Solene presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Cardeal Dom Sergio da Rocha, que, ao final da Celebração Eucarística dará a Bênção Apostólica com Indulgência Plenária. 

15h – Saída da imagem peregrina do Senhor do Bonfim, em carro aberto, da Basílica para percorrer as ruas da Cidade Baixa e ser homenageada ao passar pelas portas das Igrejas católicas que compõem a Forania 4, região de Itapagipe (Nossa Senhora da Penha da França, Nossa Senhora da Boa Viagem, Nossa Senhora da Piedade, Nossa Senhora dos Mares e São Jorge).