Vacinação pode começar ainda nesta segunda no Espírito Santo


Julia Vitoria

Nesta segunda dia 18 de janeiro,  o governador do Estado do Espírito Santo Renato Casagrande viajou para São Paulo num ato simbólico para a entrega das vacinas, e a última frase do governador foi que assim que chegar as vacinas no estado as aplicações começam.

Está previsto para que o estado receba 100 mil doses da coronavac- que foi criada pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Butantan  e teve o uso emergencial aprovado pela Anvisa neste domingo, dia 17 de janeiro.

O governador disse que o plano estadual está pronto. O estado tem agulhas e seringas, preparados para a imunização. No ano passado, foram adquiridos mais de 6 milhões de seringas, para aplicação do primeiro lote da vacina contra o Covid-19.

Vacinação no Espírito Santo

Desde o ano passado, o estado se prepara para vacinar a população em janeiro com devida aprovação. Se as primeiras doses chegarem nesta segunda, o Espírito  Santo pode começar a vacinação antes do previsto pelo Ministério da Saúde, e os municípios da Grande  Vitória já estão preparados.

Em Vitória quem  irá receber as vacinas primeiro serão os idosos, que vivem em instituições de longa permanência e o profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate a pandemia. Estes profissionais serão vacinados no próprio local onde trabalham. Assim que chegar mais vacina os idosos com mais de segentabe cinco anos serão vacinados e o agendamento será feito online, o grupo de prioridade da cidade pode chegar a trinta e duas mil pessoas, conforme o processo de vacinação for prosseguindo o município vai estudar postos volantes além de outras estratégias.

Na Serra, os idosos com mais de setenta e cinco anos receberão a vacina em casa, a cidade ainda espera saber a quantidade de doses que receberá para montar um estratégias de vacinação, estão previstas as vacinações pelos drives thrus e agendamento pela internet. Maternidades, escolas, associações comunitárias e hospitais poderão servir como pontos de vacinação.

Já em Cariacica os primeiros vacinados serão os idosos que vivem nas instituições de longa permanência, eles receberão a vacina no local mesmo, o sistema de escalonamento tem previsão de aumentar os horários nas unidades de saúde que serão pontos de vacinação, haverá um site para agendar a vacinação. O município também aguarda para saber a quantidade de doses que receberá para ver se implanta o drive thru e outros métodos de vacinação.

Vitória: prefeito quer retomar as aulas o quanto antes


Mesmo sendo liberadas desde o dia 13 de outubro as aulas presenciais ainda não voltaram

Júlia Vitoria

Vitória (ES) foi um dos municípios que preferiram optar pelas aulas online até o final de 2020. Assim, não arriscaria a saúde da comunidade. Contudo, esse panorama pode mudar. Em entrevista, o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini revelou que tem a intenção de retomar as aulas presenciais o mais rápido possível, tomando todas as medidas de segurança. 

Esse ano os novos prefeitos têm um dos maiores desafios a enfrentar: a pandemia do covid 19; Os gestores possuem a missão de conduzir os municípios para que possam vencer essa crise. Para o chefe executivo municipal de Vitória é importante dialogar com as pessoas sobre o risco das aglomerações, e que mais medidas devem ser adotada, como ampliar o horário de atendimento nas unidades de saúde e atendimentos especializados.

Em entrevista o prefeito da Serra disse que ficou espantado por não ter um computador em sua sala, para ele  uma cidade transparente deve ter as informações online disponíveis a todo tempo para o gestor. Informatização é uma das principais ações para serem tomadas pelo novo gestor, serviços como marcação de consultas e matrícula escolar poderão ser informatizadas e feitas por um aplicativo.

Em Cariacica (ES) a prioridade da nova gestão será a  saúde, em reunião com seu secretariado eles falaram das pautas e prioridades para os primeiros 100 dias de gestão destacou também a segurança pública e a zona rural. 

A semana também começou com o retorno da Assembleia Legislativa com três vagas abertas na casa das leis. E, alguns deputados que voltaram a ocupar cadeiras no legislativo estadual.

Para trabalhar em projetos pessoais o economista Maurício Duque deixou a presidência do Bandes, cargo que assumiu no início do atual mandato de Renato Casagrande (PSB). Para k lugar do economista foi escolhido diretor-geral da ARSP, Munir Abud de Oliveira, contudo sua contratação depende do alvará do banco central.

Nesta terça o governador se reúne com os novos giberbabtes da grande Vitória, a pauta vai falar principalmente das medidas de enfrentamento à pandemia, os secretários de saúde também estarão presentes e a reunião será se modo virtual.