Esperando uma oportunidade? Feirão da Caixa com 180 mil imóveis começa nesta sexta-feira


Evento online acontece até dia 04 de julho 

Thais Paim

A Caixa Econômica iniciou hoje (25) o 1º Feirão Digital da Casa Própria da Caixa Econômica Federal (CEF), que terá imóveis com possibilidade de financiamento total – ou seja, de 100%, sem pagamento de entrada e com carência de até 6 meses para iniciar o pagamento das prestações.

A abertura do site foi realizada às 10 horas e estará disponível até 4 de julho, e vai oferecer cerca de 180 mil imóveis em todo o país, com a participação de mais de 800 construtoras, segundo o banco. A expectativa é que o evento movimente cerca de R$ 10 bilhões em novos negócios.

Quer participar, mas não sabe como? Confira as principais dúvidas 

Como acessar

O acesso ao evento poderá ser feito entre os dias 25 de junho e 4 de julho, pelo http://www.caixa.gov.br/feirao.

Quem poder participar

Todas as pessoas interessadas em adquirir um imóvel, além de existir opções para todos os públicos.

Imóveis ofertados 

Serão ofertados 180 mil imóveis novos e mais de 6 mil imóveis Caixa, localizados em todo o país.

Taxas e condições

Para a compra dos 6 mil imóveis Caixa, será possível financiar até 100% do valor, com taxas a partir de TR + 2,5% ao ano + poupança. O prazo de financiamento é de até 35 anos. Nesta modalidade o cliente também poderá optar por carência de 6 meses para início do pagamento da parcela de juros e amortização. Esses imóveis serão anunciados com um valor mínimo, e o comprador será aquele que apresentar a maior proposta.

Para os demais imóveis, o financiamento será em até 35 anos, com taxas a partir de TR + 3,35% ao ano + poupança. Também será possível optar por um prazo de carência de 6 meses para início do pagamento da parcela de juros e amortização. No caso desses imóveis, cabe negociação. Os interessados poderão apresentar à incorporadora uma proposta com valor abaixo do anunciado.

Prédio da Caixa Econômica. Foto: Marcelo Camargo Agência Brasil

Como participar?

É preciso acessar o site do feirão e ter o aplicativo Habitação Caixa no celular.

Para imóveis Caixa:

Acesse http://www.caixa.gov.br/feirao

Clique em “Pesquise seu imóvel”

Após encontrar sua casa própria, clique em “Simule seu financiamento”

Decidiu que vai comprar? Apresente sua proposta on-line e participe das disputas. Você será direcionado ao portal “X Imóveis” (www.caixa.gov.br/ximoveis), para cadastro e formalização da proposta.

Para os demais imóveis:

Acesse http://www.caixa.gov.br/feirao

Clique em “Pesquise seu imóvel”

Após encontrar sua casa própria, clique em “Simule seu financiamento”

Solicite atendimento do vendedor através do chat

Decidiu que vai comprar? Solicite atendimento de um correspondente Caixa Aqui através do chat, e envie sua proposta pelo app Caixa Habitação.

Fonte: G1 (Foto capa: Tânia Rego Agência Brasil)

Instituto Quilombola Ilha lança campanha da casa própria


São 12 anos de fundação. E de pra cá o Instituto Quilombo Ilha já colaborou, de forma direta, com a inserção de mais de 800 jovens nas Universidades – muitos dos quais já ingressaram no mercado de trabalho, outros estão formando, além de alguns já estarem no mestrado – e mais de 5 mil pessoas de forma indireta.

Através do projeto esses jovens vibraram o sonho de ter o nível superior e recuperaram a coragem e a esperança na vida.

Oferecer um espaço para futuros estudantes é o objetivo do Instituto.  E para isso diversas ações estão sendo realizadas. Entre elas o lançamento de uma campanha online de arrecadação de fundos.

Esse sonho de ter uma sede própria ajudará ainda mais os alunos dos municípios de Vera Cruz, Itaparica e Região. Esta é a pauta principal do Instituto, pois sem o espaço a dificuldade de manter o projeto é ainda maior.

Como funciona a campanha?

Para ajudar a construir a Sede Própria do Instituto Quilombo Ilha, qualquer pessoa ou entidade pode contribuir. Basta fazer sua doação de forma voluntária na conta jurídica, AG: 3785, Operação: 003, Conta Jurídica: 624-8, Caixa Econômica Federal, Instituto Quilombo Ilha.

É possível contribuir também por meio de arrecadação online, para isso acesse: www.vakinha.com.br/vaquinha/projeto-sede-propria o valor da doação pode ser R$ 25, R$ 50, R$ 60, R$ 70, R$ 100, R$ 500, R$ 2 mil… Nessa plataforma online você também pode acompanhar o andamento da campanha e pelo site do Instituto ficará sabendo de todas as etapas do que será feito com o dinheiro arrecadado. Para esse sonho se tornar realidade é preciso a contribuição de todos. Colabore com essa causa e compartilhe essa iniciativa!

Corretor de imóveis: saiba escolher o seu


Apesar a crise econômica  que afeta o nosso país, o número de pessoas em busca da casa própria cresce cada vez mais. Mesmo com todas as estatísticas positivas, a compra de um imóvel é uma realização que, na maioria das vezes, acontece apenas uma vez na vida de um brasileiro, e para que este momento tão sonhado não se transforme em pesadelo, é necessário tomar uma série de cuidados antes de fechar um negócio.

Vários fatores influenciam na escolha do imóvel no momento da compra. Preço, região e tamanho são algumas das preocupações da maioria da população, mas todas elas podem ser compartilhadas e facilitadas com uma ajuda fundamental: do corretor de imóveis.

Escolher o profissional que vai acompanhar esse momento é importante para ter a melhor assistência e evitar transtornos com os trâmites das negociações. Um bom corretor vai além do processo de compra e venda do imóvel: ele defende o interesse do comprador, facilita a negociação e oferece a maior tranquilidade para que este importante momento seja o mais prazeroso possível.

problemas-imoveis-novos

Ao buscar pelo profissional ideal neste processo, tenha em mente alguns requisitos:

  • Especialista na região: um corretor que conhece profundamente a região onde o imóvel está localizado estará apto a esclarecer todas as questões relevantes, tanto sobre o preço de mercado da região, a arquitetura do prédio e localização de pontos estratégicos, como mercados, farmácias e hospitais;
  • Disponibilidade e experiência: cada pessoa tem necessidades diferentes. É dever do corretor entendê-las e ter disponibilidade para ajudar em qualquer dúvida. Um bom corretor irá perguntar, por exemplo: Porque você precisa vender seu imóvel? Qual o seu tempo para a negociação? Quanto você tem para investir? O que está motivando a locar um imóvel?;
  • Acesso a tecnologias avançadas: um software de gestão oferece organização, agilidade e estatísticas, que otimizam as tarefas do bom corretor de imóveis e influenciam diretamente na qualidade de seu trabalho. Quanto mais recursos o profissional tiver, melhores serviços serão oferecidos aos seus clientes;
  • Certificação e referências: o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) promove cursos que certificam os profissionais. Educação e experiência são recomendações preciosas. Se informe se o profissional possui o número de inscrição do Creci e busque referências;
  • Relação de confiança: transparência das informações, tanto sobre os imóveis tanto quanto sobre a metodologia de seu trabalho, é a palavra chave para conduzir o processo sem estresse e ter certeza que as boas decisões serão tomadas;
  • Consultoria completa: um bom profissional dever ter a capacidade de fornecer atendimento personalizado, envio de feedbacks, produtos financeiros e apoio jurídico, entre outros;
  • Atendimento pós-venda: a função de um bom consultor é de também obter a certeza que seus negócios acontecem de uma maneira eficaz, desde o primeiro contato até a conclusão da venda. É importante que o corretor esteja disponível para ajudar com detalhes sobre como e onde encontrar determinados serviços após a mudança.

 

Tomar certos cuidados pode reduzir e muito as chances de ter dores de cabeças e prejuízos futuros com a contratação de uma pessoa mal intencionada para auxiliá-lo na sua transação imobiliária. Boa sorte!