Senatran divulga novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação


Inicialmente, a substituição da carteira não é obrigatória, pois ela será implementada gradualmente nas novas habilitações ou solicitarem a segunda via do documento.

William Gama

A partir deste mês de junho, quem solicitar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), passará a ter o documento com um novo formato. É que a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), a CNH estará com um design moderno e atualizado, pois cumprirá todas as exigências legais como determinas as Leis de trânsito vigentes.

Outra novidade da nova carteira, é que será incorporado o código internacional que são mencionados em passaportes de viagens, que permitiram os usuários a embarcarem em aeroportos brasileiros. 

As informações serão impressas em inglês francês, e isso facilitará o condutor de utilizá-la em outros países. Essas mudanças estavam previstas desde o ano passado, quando o Conselho Nacional de Trânsito publicou a Resolução n°886, que regulamenta as especificações, produção e expedição da CNH.

Nova resolução

Inicialmente, a substituição da carteira não é obrigatória, pois ela será implementada gradualmente nas novas habilitações ou solicitarem a segunda via do documento. 

Essa nova resolução detalha ainda todos os itens de segurança que serão exigidos, e além destes itens, viram também informações contidas em uma tabela para identificação de tipos de modelos de veículos que poderão serem conduzidos pelo dono da habilitação.

Outros pontos importantes da carteira antiga irão continuar na nova CNH, como o registro de exercícios de atividades remuneradas pelos motoristas e possíveis restrições médicas, serão especificadas na habilitação deste condutor.

Este novo modelo da CNH é semelhante ao utilizado em outros países, em que foram reforçadas as medidas de seguranças para se evitarem fraudes de falsificações deste documento.

Umas dessas medidas, são encontradas no tipo de tinta utilizada, que faz ela brilhar em ambientes escuros, e a reativação de luz ultravioleta após o documento ser submetido a qualquer tipo de impressão.

Para que os motoristas possam ter acesso ao documento na versão da carteira digital, o QR Code da habilitação continuará no verso do documento. 

Maior validade

Com a nova CNH, também haverá mudanças no prazo da carteira. Segundo o Detran, continua a validade de 10 anos, para os motoristas que possuem até 50 anos de idade, de 5 anos até a idade de 69 anos e 3 anos para os motoristas que tem idade a partir dos 70 anos.

Os condutores de veículos não precisam de preocuparem, pois, a carteira antiga continua em sua validade vigente. Na medida que serão trocadas e que serão sendo substituídas pela nova carteira. O Detran afirmou que os condutores precisam agendar os serviços no site do Detran de sua cidade, procurar na página os serviços de renovação e mudança da CNH e assim fazer a sua solicitação.

Para os que ainda não possui a 1ª via da CNH, sua solicitação continua sendo realizada pelos Centros de Formação de Condutores (CFCs). Neste mesmo site, estão todos os preços de cada serviço de acordo com a demanda solicitada. 

Fontes: Agência Brasil, JC

William Gama é formado em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e Mestrando em História (UNICAP). Gosta de produzir matérias de diferentes nichos em Mídias e Redes Sociais. Instagram: williamgama.j