Planejando uma viagem da maneira correta


João Pedro Neri

Clique para ouvir a notícia.

As férias! Esperado momento que, depois de meses de trabalho, vem como um prêmio para descansar, pôr as atividades pessoais em dia ou simplesmente passear. Porém, planejar uma viagem não é tarefa fácil. Escolher o destino, a agência, qual hotel ficar, ver se cabe no bolso… As vezes até parece mais atrativo ficar em casa.

Definindo o destino

A viagem começa antes mesmo da compra das passagens. Ler sobre os destinos, conhecer as cidades e países que são parte da sua excursão e entender mais sobre a cultura e língua são parte importante do processo, te preparando para suas próximas férias mesmo que elas não aconteçam imediatamente.

Uma técnica bastante usada é fazer uma lista de lugares que gostaria de conhecer, e aí então pesquisar sobre eles, com direito a marcar possíveis pontos turísticos que te interessam, checar se o lugar é seguro e, obviamente, ver qual cabe melhor no seu bolso. Aí então, fazer um balanço de qual compensa mais baseando-se em preço, conforto e, é claro, diversão durante a viagem.

Fernando de Noronha. Foto: divulgação

Planejando a viagem

Com o destino já escolhido, se deve definir quanto tempo ficará fora. Se há disponibilidade de vários dias, é interessante ir para lugares com catálogo turístico extenso, visto que não irão “se esgotar” as atividades legais daquela viagem. Já se for uma excursão de poucos dias, deve se embarcar já com os pontos turísticos em mente, para não perder tempo ou ficar em dúvida de qual visitar.

O orçamento de ninguém é ilimitado e muitas vezes precisamos adiar viagens dos sonhos devido ao alto custo. Ter ideia do quanto você poderá gastar ajudará a eliminar alguns destinos da sua lista de prioridade. Pesquisar sobre cada roteiro turístico, avaliar preços de passeios, passagens aéreas, alimentação e hospedagem também é fundamental para ter ideia do que é possível dentro do orçamento.

A agência

A escolha da agência certa é tarefa importante, principalmente para evitar estresse devido a letras miúdas no contrato. As mais famosas no mercado são confiáveis, porém têm um preço mais salgado, enquanto as desconhecidas podem se tornar reais dores de cabeça no que diz sentido a confiabilidade, com golpes e falcatruas. O ideal é encontrar o meio termo. Hoje, há alguns indexadores de busca, como o Hurb, que te sugere o melhor pacote de agência com base no seu destino.

Documentação e vacinas

Passaporte e visto são fatores que limitam a escolha de destinos de muita gente. Tirar o passaporte é bem fácil e não há mistério nisso. Já o visto, dependendo do destino, pode ser um processo extenso, trabalho e até mesmo as vezes difícil. De toda forma, caso seus objetivos sejam claros, o visto deve conseguir ser adquirido para então prosseguir a viagem.

Alguns destinos do mundo exigem dos viajantes, além da documentação, algumas vacinas. Verifique se esse é o caso, garanta já a vacina e lembre-se de levar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) no dia da viagem.

E aí, bora viajar?

Como se pode ver, planejar uma viagem definitivamente não é tão fácil assim. É claro que podem acontecer imprevistos, mas seguir os passos acima deve poupar bastante dor de cabeça, principalmente em relação à documentação e problemas com agência. De toda forma, ainda é algo que vale a pena, visto que podemos relaxar, colecionar memórias e ainda conhecer lugares lindos mundo afora. E você, já decidiu onde serão suas próximas férias?

João Pedro Nieri é paulista de Mogi Mirim, tem 20 anos e é graduando em jornalismo pela UNESP. Ele ama escrever, além de ser fã de futebol, basquete e tênis de mesa. Instagram: joaopnieri