Você sabia? WhatsApp agora tem função com carrinho de compra; confira


Função para realizar pagamentos através da plataforma ainda não está disponível

Thais Paim

O WhatsApp anunciou um novo recurso que despertou a curiosidade de vários usuários: o ‘Carrinho de Compras’.  Com o foco no comércio digital, a intenção é que ele represente um complemento a atual função do ‘Catálogo’. 

Segundo informações do aplicativo, será possível que os usuários efetuem a compra de diversos itens enviando apenas uma mensagem ao vendedor, que vai facilitar o diálogo para ambas as partes. O anuncio foi feito nesta terça-feira (08). 

Apesar de ter como foco principal a troca de mensagens, o WhatsApp é cada dia mais usado comercialmente pelos usuários. E é justamente por esse motivo que a atualização também tem como objetivo popularizar o uso do mensageiro como um local digital de compra e vendas. 

Somente no fim de outubro, foram enviadas cerca de 175 milhões de mensagens por dia para contas comerciais, um crescimento significativo, levando em consideração os números de julho, que mal chegavam a 50 milhões.

A tendência é que novas facilidades comerciais cheguem ao WhatsApp, como a possibilidade de efetuar pagamentos diretamente pelo aplicativo. Recentemente houve uma tentativa de implementar a função no país, mas acabou sendo suspensa para análise. 

Tudo indica que a função de pagamento pode retornar em breve com a popularização da nova forma de pagamento do Banco Central, o Pix. Além disso, as recentes atualizações indicam o interesse do Facebook em expandir ainda mais o WhatsApp e suas funções no campo comercial. 

Aprenda como usar essa função

Quando você entrar em contato com uma conta do WhatsApp Business, é só clicar no ícone de loja para conseguir ter acesso ao catálogo disponível.  O símbolo fica localizado no topo da tela nas conversas com empresas que usem a versão Business do aplicativo.

Com o catálogo disponível, é só escolher um produto e clicar na opção “Adicionar ao carrinho”. Se você tiver a intenção de adicionar outros produtos ao carrinho, toque em “Continuar comprando”. 

Após fazer as suas escolhas e decidir concluir a compra, basta tocar no círculo com uma seta, semelhante ao botão para enviar mensagens.

Quando esse botão for pressionado o pedido será enviado à loja e ficará aguardando que o pagamento seja realizado. A informação fica registrada na conversa, para que tanto o vendedor quanto o consumidor tenham acesso. O WhatsApp informou que “um pedido não é finalizado até o vendedor confirmar o pagamento” .

Fonte: Tecmundo

Dicas para uma eleição mais tranquila


As eleições deste ano serão realizadas, no dia 15 de novembro em todo o Brasil! Se você vai utilizar a urna eletrônica pela primeira vez e tem dúvidas, não se preocupe pois separamos algumas dicas que podem ser uteis para esse momento decisivo para a sua cidade e também para o seu futuro como cidadão!

Prepare-se para as eleições 2020

Como votar na urna eletrônica? Digite primeiro o número de seu candidato a vereador ou da legenda de um partido. Vão aparecer a foto, o número e o nome do candidato e/ou a sigla do partido. Confira a informação e aperte “Confirma”.

Na sequência, o voto será para prefeito. Basta digitar o número do candidato. Confira novamente os dados do candidato e aperte “Confirma”. Se um dos números estiver incorreto, aperte o botão “Corrige” e reinicie o processo.

Como votar em branco na urna eletrônica? Basta apertar o botão “Branco” e depois “Confirma”.

Como votar nulo na urna eletrônica? Basta escolher um número que não existe, como “00”, por exemplo, e apertar “Confirma”.

Quais são as principais datas do calendário eleitoral de 2020? Por causa da pandemia da Covid-19, as eleições acontecerão mais tarde neste ano. O primeiro turno foi transferido de 4 outubro para 15 de novembro. Nas cidades em que houver segundo turno, ele ocorrerá em 29 de novembro.

O que devo levar na hora de votar? Está valendo a identificação por digital? O eleitor deve levar o título de eleitor e um documento oficial com foto.

Em razão da pandemia, a Justiça Eleitoral descartou a utilização de dados biométricos, pois a superfície do equipamento que identifica as impressões digitais não pode ser higienizada com frequência. Também haveria mais filas e aglomerações, pois o sistema de biometria é mais demorado do que o de assinaturas.

Alguns mitos e verdades sobre o coronavírus


O Coronavírus tem modificado o dia a dia da população mundial. A falta de informações precisas, bem como, a subestimação do poder letal do vírus trouxe prejuízos até certo ponto irreparáveis como a perda de vidas. Muito tem se falado sobre o coronavírus, mas ainda há muitas dúvidas sobre a moléstia. Para esclarecer dúvidas e orientar a população, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) enumerou 10 perguntas e respostas que envolvem pele, cabelos e unhas e informa o que é  mito ou verdade.

 

Confira dúvidas frequentes relativas à prevenção e contaminação pelo novo coronavírus:

Água e sabão diminui o tempo de vida do novo coronavírus? – É VERDADE

Essa é a principal forma de desinfectar a pele em geral. Portanto, intensifique a lavagem, principalmente, do rosto, mãos e braços.

 

É necessário retirar toda a barba? – É MITO

Retirar a barba facilita a limpeza e higiene na região, no entanto, não é preciso raspá-la. O importante é redobrar a limpeza e higiene da pele e pelo da área com água e sabão.

 

O álcool em gel 70% é um importante aliado na prevenção? – É VERDADE

Sim, porém, apesar da eficácia, seu uso em excesso resseca a pele. Faça uso apenas quando não for possível lavar as mãos e o braço com água e sabão.

 

Pode-se usar qualquer tipo de álcool na pele para a prevenção? – É MITO

A SBD orienta utilizar o álcool em gel 70% medicinal e nunca o de limpeza doméstica. Receitas caseiras também não funcionam.

 

Existe uma ordem para passar os produtos de cuidados com a pele? – É VERDADE

Siga o passo a passo: 1- álcool em gel 70% medicinal; 2- hidratante; 3- protetor solar; 4- repelente; 5- cosméticos.

 

A vacina da gripe previne contra a Covid-19? – É MITO

A campanha de vacinação contra a gripe foi antecipada, mas ela não previne contra o novo coronavírus. Mas a vacinação evita que mais de uma epidemia aconteça ao mesmo tempo no país e garante que menos casos necessitem de cuidados intensivos, aumentando os leitos para quem contrair a doença. No entanto, a recomendação é manter as vacinas em dia.

 

Tratamento com isotretinoína oral para acne grave não deve ser suspenso? – É VERDADE

Não há, até o momento, relação de uso do medicamento em pacientes com acne e riscos de infecção ou de alteração na evolução do microorganismo causador da Covid-19. Portanto, atualmente, orienta-se a manutenção do tratamento em curso.

 

Devo cortar o cabelo ou andar sempre de cabelo preso? – É MITO

Essa é uma orientação válida para os médicos que, geralmente, colocam a mão no cabelo e, após, na máscara. Para a população a medida não possui eficácia. O importante é manter os fios limpos.

 

Pacientes com hanseníase não precisam parar protocolo de tratamento? – É VERDADE

A orientação da SBD é que o protocolo de tratamento do Programa de Saúde Pública, sob responsabilidade do Ministério da Saúde (MS), seja mantido. Até o momento, não existem conhecimentos científicos disponíveis de interações do coronavírus com os protocolos clínicos da doença.

 

Manter as unhas curtas não previne a contaminação? – É MITO

Cortar as unhas, pelo menos neste momento, facilitará a limpeza, principalmente na parte de baixo, onde é difícil de higienizar adequadamente. Unhas muito longas, sejam naturais ou artificiais, comprometem a limpeza total das mãos, umas das principais regiões do corpo que entram em contato com superfícies.

 

Veja dicas para ter um bom exame no Enem


A hora da verdade para os estudantes que prestarão as provas do Enem está chegando. As provas do Exame Nacional do Ensino Médio serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro e, nessa reta final de preparação é importante manter o foco.

Separamos algumas dicas que podem ser úteis para os nossos estudantes, que buscam uma vaga em uma das universidades do país. O Carvalho News deseja boa sorte a todos!

Durma bem: o sono tem um papel fundamental na consolidação das aprendizagens cotidianas.

  1. Alimente-se adequadamente: para o bom funcionamento de nosso corpo e mente, é necessário consumir alimentos saudáveis – tais como frutas, verduras, grãos e proteínas. Para fortalecer sua memória, invista no consumo de ovos, peixes ricos em ômega 3 e frutas que contenham vitamina C.
  2. Evite situações estressantes, baladas e viagens na véspera do exame: esta carga de imprevisibilidade pode gerar impactos sobre os quais não temos controle e você não quer perder o exame para o qual tanto se dedicou, não é mesmo? Outra dica: se o seu deslocamento será de uma cidade para outra, é melhor ir no dia anterior à prova e se hospedar em um local próximo à realização de sua prova.
  3. Revise os principais conteúdos: para isso, o aluno pode utilizar esquemas e mapas mentais feitos ao longo do ano. Caso você não tenha esse hábito, existem diversos sites, portais e blogs que disponibilizam gratuitamente estes recursos para todos.
  4. Planeje seu deslocamento: é fundamental pensar a maneira como você vai chegar ao local da prova e o tempo de deslocamento – considerando o trânsito carregado deste dia. Independentemente do meio de transporte que escolher, planeje-se para chegar com uma hora de antecedência, pois imprevistos podem acontecer, inclusive, nas vias de acesso ao seu local de prova.
  5. Prepare seu lanche: você precisará de alimentos que não te causem trabalho e nem sonolência. O ideal é levar uma garrafa de água e alimentos leves, como castanhas e frutas. Balas, chicletes e chocolate apenas para o caso de uma crise de hipoglicemia.
  6. Entenda o tema da redação: para garantir que você compreendeu corretamente a proposta, é necessário ler o tema e ficar atento às palavras-chave.
  7. Planeje seu texto: faça um planejamento, organizando e hierarquizando as informações e os argumentos, relacionando-os a um repertório sociocultural. Verifique sua tese, selecione argumentos para defendê-la e elabore uma proposta relacionada a ela.
  8. Elabore uma proposta de intervenção: é fundamental que o candidato seja capaz de elaborar uma proposta de intervenção pertinente à discussão desenvolvida no texto, apresentando uma ação concreta, o modo como ela será executada e os efeitos – buscando o máximo de detalhamento.
  9. Revise o seu texto: é muito importante reler o texto, garantindo a ortografia e a pontuação correta, além de uma boa conexão entre as ideias, ou seja, a coesão textual.

 

O Dia Mundial da Voz nos faz lembrar do perigo do câncer de laringe


Quem não é profissional da voz, geralmente, não se dá conta da importância deste instrumento em nossas vidas.  Em 16 de abril, comemora-se o Dia Mundial da Voz. Esta celebração tem como principal objetivo chamar a atenção da população em geral para os cuidados necessários para preservação da voz, ficando alerta às alterações da voz, que podem ser um sinal de doenças.

E já que falamos nesse mal, o câncer de laringe é um exemplo alarmante para o nosso aparelho fonador. Esta doença ocorre predominantemente em homens acima de 40 anos sendo um dos mais comuns entre os que atingem a região da cabeça e pescoço. Representa cerca de 25% dos tumores malignos que acometem essa área e 2% de todas as doenças malignas.

Para se ter uma ideia, segundo informações do Instituto Nacional do Câncer, só no ano de 2018 foram 7.670 novos casos, sendo 6.390 em homens e 1.280 em mulheres. O número de mortes também é alto: 4.383, sendo 3.809 homens e 574 mulheres (2015 – SIM). O ator, estadunidense, Michael Douglas teve câncer de garganta no ano de 2010. Ele possuía um tumor em fase 4 e teve de realizar seções de quimioterapia para se curar do mal.

O fonoaudiólogo paulistano, Juliano Brandão separou algumas dicas simples que podem ajudar a cuidar melhor da nossa voz. Veja abaixo:

  • De preferência uma alimentação equilibrada, rica em fibras e proteínas
  • Beba bastante água e praticar exercícios físicos
  • Não gritar em excesso nem em tom agudo
  • Fale pausadamente
  • Não fume nem abusar de bebidas gasosas
  • Tente dormir bem
  • Coma maça, que além de fazer muito bem para a “limpeza” das cordas vocais

Entre os principais sinais de alerta de prováveis problemas vocais:

  • Alterações na voz;
  • Tosse frequente;
  • Alterações no timbre da voz ou dificuldade em colocar a voz;
  • Pigarreia ou rouquidão com frequência.

Dicas para aproveitar melhor o seu período de carnaval


Que o Carnaval é uma das maiores festas populares todos nós já sabemos. O evento atrai milhares de pessoas de várias partes do mundo, movimentando a economia e o turismo. Mas, esse período exige que tenhamos atenção especial em relação a segurança e a saúde. Afinal, é importante que tudo inicie e termine bem para que as lembranças dessa folia sejam as melhores possíveis.

Separamos algumas dicas que podem ser úteis para ter um carnaval mais agradável. Anote aí

  • Beba bastante água. Entre uma cerveja e outra, não se esqueça de beber água para amenizar os efeitos do álcool. Seu corpo agradece e você garante a folia no dia seguinte. Imagina que chato perder um dia de carnaval para a ressaca…
  • Use e abuse do filtro solar. Passe o protetor antes de sair de casa e reaplique caso esteja exposto ao sol. Você não quer as queimaduras estragando seus looks divos carnavalescos. Dica: a purpurina gruda na pele logo depois de passar o filtro.
  • Guarde bem seus pertences. Celular no bolso jamais, mochila nas costas nunca. Uma tendência dos últimos carnavais é a pochete, que voltou em formatos diferentes.
  • Cartões e bilhetes do metrô. Se você pretende curtir o carnaval de rua nas grandes cidades, carregue seus cartões de metrô e ônibus com saldo suficiente para durar o feriado inteiro. Assim você circula com mais facilidade, evitando filas e transtornos com dinheiro e troco.
  • Confira a programação de blocos antes de sair de casa, assim você já sabe para onde ir e tem um plano B, C, D… Vale a pena consultar os amigos entendidos de carnaval sobre os blocos que têm mais o seu estilo, para saber se enchem muito, se têm um clima mais “família”, o tipo de música que tocam etc.
  • Respeite seu corpo e faça paradas estratégicas para descansar e se alimentar. Entre um bloco e outro, procure restaurantes, casa de amigos, shopping com ar-condicionado.
  • Se alimente bem. Para segurar um dia inteiro de folia, saia de casa alimentado e escolha pelo menos um momento para comer, seja uma refeição, um sanduíche ou churrasquinho.
  • Marque pontos de encontro. Isso vale para encontrar os seus amigos com facilidade e principalmente para famílias que vão levar as crianças para blocos. Ao chegar no local, combine um ponto de fácil acesso para se encontrarem caso alguém se perca do grupo.
  • Azaração. A paquera durante a folia ainda é valida, mas lembre-se, respeita a opinião do outro. E, atenção marmanjos, quando a mulher diz não, é não mesmo.

curso de inglês gratuito e com certificado reconhecido pelo Mec


O Ministério da Educação (MEC), em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), oferece aulas de inglês gratuitas, no Curso My English Online, para estudantes oriundos de instituições de ensino superior públicas e privadas no Brasil.

A plataforma on-line foi criada com o objetivo de preparar os estudantes para participar do programa Ciências Sem Fronteiras. Sendo assim, alunos de graduação ou pós-graduação podem participar. Primeiro você precisa checar se a sua instituição está entre as credenciadas.

O usuário terá acesso a livros interativos, leituras graduadas (National Geographic), exercícios de gramática (com correção imediata), dicionários, atividades para prática oral e testes de acompanhamento. Além disso, os materiais podem ser impressos para prática posterior, sem necessidade de consulta ao computador.

O curso é dividido em cinco níveis de aprendizado. Cada nível contém três partes (que deve concluída em até 60 dias) abrangendo atividades com e-Book, vídeo, gramática e leituras. A duração máxima de cada etapa é de 180 dias. Ao final de cada parte, o usuário deverá fazer um Teste de Progresso como preparação para a Prova Final do nível.

Para iniciar o curso, o estudante deve se cadastrar na plataforma e assinar o Termo de Compromisso. Depois disso, o usuário tem até 45 dias para começar os estudos. Clique aqui para de cadastrar!

Caso queira verificar as instituições credenciadas, acesse: Aqui

Fonte: Catraca Livre

Instituições de Portugal aceitam nota do Enem


Para quem pensa que estudar na Europa é muito complicado e um passo muito grande a ser dado precisa ficar atento aos métodos de ingresso para diversas instituições de Portugal. Desde de 2014 é possível passar para grandes universidades através das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na Universidade de Coimbra, por exemplo, estudantes que fizeram o exame a partir de 2014, podem tentar uma vaga, tanto para graduação quanto para mestrado.

Universidade de Coimbra.jpg
Universidade de Coimbra   Foto: divulgação

Os alunos que se formarem no estabelecimento terão o diploma reconhecido internacionalmente e as inscrições para o ano letivo de 2017/2018 se encerram no dia 24 de janeiro. A candidatura é realizada on-line e serão exigidos documentos como identidade, documentos com as notas do Enem, e uma declaração de que o candidato não possui nacionalidade portuguesa.

Além da Universidade de Coimbra, o Instituto Politécnico do Porto, Universidade do Algarve e a Universidade Beira Interior são algumas das instituições que permitem o ingresso dos alunos através de notas do Enem.

Para mais informações sobre o processo de entrada na Universidade de Coimbra utilizando o Enem, clique aqui.

Aprenda a proteger-se dos raios


Cristo foi atingido por raio na noite desta quinta-feira
Cristo Redentor (RJ) atingido por um raio              Foto: divulgação

Eles são fenômenos naturais fantásticos, mas podem causar mortes, prejuízos e um grande terror em parte da população. Adivinhou o que é? Estamos falando sobre os raios que são um espetáculo grandioso.

São 3,15 bilhões de raios que caem durante um ano no mundo. O Brasil ocupa a primeira colocação, entre os países com maior incidência desses fenômenos, com 57,8 milhões de descargas. As demais nações da lista são República Democrática do Congo com 43,2 milhões, Estados Unidos com 35 milhões, Austrália com 31,2 milhões e China com 28 milhões, respectivamente.

Entre os estados brasileiros, o Amazonas é o recordista de descargas elétricas, com 11 milhões por ano. Em seguida vem o Pará com 7,38, Mato Grosso com 6,81 milhões, Rio Grande do Sul com 5,18 milhões e Mato Grosso do Sul com 4,24 milhões. Os raios podem ser positivos ou negativos. As primeiras são mais destruidoras e perigosas, pois possuem o dobro das consideradas negativas.

O que os diferencia uma da outra é o local da nuvem onde se originam. Os negativos saem da parte baixa da nuvem, onde se concentra a essa energia. Já os positivos saem do topo da nuvem, onde ficam as partículas carregadas positivamente. No Brasil as descargas são positivas.

Raios são extremamente perigosos. Para se ter uma ideia, o estudo do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) revelou que 111 pessoas morrem por ano no Brasil, atingidos por esses fenômenos naturais. São Paulo está no topo da lista com 26 mortes nesse quesito.

Abaixo seguem algumas dicas que irão auxiliar na sua segurança, quando houver tempestades elétricas.

Fora de casa

  • Evite contato com cercas de arame, grades, tubos metálicos, linhas telefônicas, de energia elétrica ou estruturas metálicas.
  • Afaste-se de tratores e máquinas agrícolas, motocicletas, bicicletas e carroças; se estiver num carro com chapas metálicas, fique dentro dele com as janelas fechadas.
  • Afaste-se de campos abertos, pastos, campos de futebol, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e lugares altos.

Dentro de casa

  • Evite tomar banho, usar chuveiro ou torneira elétrica.
  • Afaste-se de fogões, geladeiras e canos.
  • Evite ligar aparelhos e motores elétricos, pois eles podem queimar.
  • Afaste-se de tomadas e não use o telefone.
  • Desligue da tomada os aparelhos eletrônicos como som, computador e televisão. Para os aparelhos de televisão existem dispositivos protetores que são instalados nas tomadas e podem ser encontrados nas casas de material elétrico. Fax, computadores e secretárias eletrônicas requerem proteção especial. Basta consultar as lojas especializadas em eletroeletrônicos.
  • Por fim, aguente firme, pois o sufoco, geralmente, não dura mais de dez minutos.

Para realizar uma boa prova do Enem


Chegou muito rápido! Já é no próximo sábado (5) e domingo (6) a prova que você está aguardando: o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Agora é hora de prestar muita atenção para não colocar tudo a perder por errinhos bobos, como chegar atrasado ou passar uma questão errada para o gabarito.

Também é ótimo ter em mente que: 25% das questões apresentadas nesses exame são fáceis, 50% são intermediárias e 25% são difíceis. Portanto, a estratégia lógica é que você garanta os pontos nas perguntas mais fáceis, e consiga acertar ao menos parte das que são consideradas difíceis.

1) Alimente-se antes, mas não coma em demasia

É importante se alimentar antes da prova, porque você ficará muitas horas sentado lendo as questões. Como é necessário sair cedo, o ideal é almoçar entre as 11h e 12h. Se não tem o hábito de comer nesse horário, faça um lanche leve. Não se esqueça também de levar comidinhas para a hora da prova.

2) O que levar para a prova

Leve apenas o essencial:

Documento de identificação oficial com foto (RG, carteira de motorista, passaporte, carteira de trabalho, certificado de dispensa de corporação e certificado de reservista são aceitos. Se você perdeu sua identidade, leve o boletim de ocorrência, que deve ter sido tirado menos de 90 dias antes da prova)
Cartão de confirmação de inscrição (pode ser o enviado por correio ou impresso pelo site do Inep)
Caneta de tinta preta com o tubo transparente.
Lanchinhos (água, barrinha de cereal, chocolate…)

Deixe em casa: lápis, lapiseira, borracha, celular, relógios, máquina calculadora, agenda eletrônica, smartphone, tablet ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens. Todos esses materiais, caso sejam levados, deverão ser depositados na embalagem porta-objetos que será distribuída a todos os participantes e que precisará ser guardada embaixo da carteira. Também não dá para usar lenço, boné ou óculos escuros.

3) Saia cedo de casa

A prova começará às 13h (horário de Brasília) nos dois dias. Para evitar imprevistos, confira o trajeto até o local de prova com antecedência e verifique quais transportes públicos precisará usar ou qual a rota para fazer de carro. Leve em consideração que poderá ter trânsito – afinal, quase 6 milhões de candidatos que farão o Enem.

É recomendado que você chegue às 12h no local. Chegar em cima da hora pode prejudicar o seu desempenho na prova ou até mesmo fazer com que você não consiga entrar no prédio para o exame.

Atenção: Os estudantes que moram em estados que não participam do horário de verão devem se atentar ao relógio para não perder a prova.

colar023.

4) Cuidados durante o Enem

– Se ficar nervoso, faça exercícios de respiração. Feche os olhos e respire fundo, soltando o ar bem devagar. Lembre-se do porque você está ali e tente retomar o equilíbrio.

– O caderno de questões com Língua Estrangeira virá com as duas opções (Inglês e Espanhol). Cuidado para não se confundir e responder um idioma diferente do que você preencheu na inscrição.

– Evite perder tempo escolhendo questões para resolver. Siga a sequência e marque as que você tiver dúvida para fazer depois. Assim você não corre o risco de terminar o tempo e você precisar chutar várias questões sem nem ao menos ler o enunciado.

– Se sobrar questões em branco no final da prova, faça um chute consciente. São 5 opções, 20% de chance de acerto. Se fizer por eliminação, suas chances de acerto aumentam.

– Evite passar todas as questões para o gabarito no final. São muitas e você pode se confundir e, se demorar muito para notar o erro, pode acabar preenchendo muitas lacunas incorretas. Passe para o gabarito as que você já tiver certeza que sabe a resposta logo após responder a questão.

– Faça uma boa leitura da questão. Muitas são contextualizadas e dependem apenas da sua interpretação, o que significa que a resposta pode estar no próprio enunciado.

– Aproveite bem o tempo de prova. Não existe mal em ficar entre os últimos a sair (só tome cuidado para não faltar tempo). Se você terminar a prova e ainda tiver um tempinho, faça uma pequena revisão antes de passar as questões para o gabarito.

– A redação vale tanto quanto as outras provas, ou seja, 1/5 ou 20% do total da nota. Por isso, tome cuidado para não fugir do tema, motivo que mais faz com que as redações sejam anuladas.

O Blog Carvalho News deseja boa sorte a todos que prestarão o exame do Enem.