Sesi Bahia prorroga inscrições para cursos gratuitos da Educação de Jovens e Adultos


As inscrições para os cursos gratuitos do Sesi para Educação de Jovens e Adultos (EJA) em sete municípios da Bahia, foram prorrogadas para 31 de julho.

As inscrições devem ser feitas pelo site o site do Sesi Bahia. As vagas são voltadas para pessoas a partir de 18 anos, que não concluíram os ensinos fundamental (6º ao 9º ano) ou médio (1º ao 3º ano).

Não será cobrada qualquer taxa de inscrição, matrícula ou mensalidade para cursar a EJA do Sesi. Os cursos são realizados na modalidade a Distância (EaD), e as vagas são para as cidades de Juazeiro, Luís Eduardo Magalhães, Brumado, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Ilhéus e Salvador.

No ato da inscrição, o candidato deverá anexar os seguintes documentos:

  • 1 Foto 3×4 atualizada
  • RG e CPF
  • Histórico escolar original
  • Comprovante de residência atualizado com CEP válido
  • Comprovante de vínculo empregatício (em caso de trabalhador formal)

Educação a distância cresce mais que presencial


Uma pesquisa divulgada, recentemente, pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) – que representa grande parte do ensino superior particular do país – mostra que 44% dos entrevistados optariam por essa modalidade, enquanto 56% dizem que preferem o ensino presencial. Nesse ritmo de crescimento, o Brasil terá mais alunos estudando a distância que nas salas de aula tradicionais, em 2023. A educação a distância cresce em ritmo mais acelerado que o ensino presencial e já é opção para quase metade das pessoas que buscam uma graduação.

O estudo mostra ainda que, se informados de que os cursos a distância podem ter etapas presenciais, a aceitação aumenta para 93% dos estudantes pesquisados. Para os 7% restantes, ainda há um desconforto em ter a maior parte das aulas pela internet. Outro ponto destacado por esses alunos que não optariam pela EaD é a percepção de que o mercado de trabalho ainda não valoriza adequadamente a qualidade desses cursos.

A pesquisa inédita Um ano do Decreto EAD – O impacto da educação a distância foi feita pela ABMES em conjunto com a empresa de pesquisas educacionais Educa Insights. Ao todo, foram entrevistados 1.012 homens e mulheres de 18 a 50 anos, sendo 256 alunos e 756 potenciais candidatos a educação superior em março deste ano.