Pelo menos 14 bairros de Salvador ficam sem abastecimento de água durante manutenção emergencial


Embasa prevê a regularização do serviço em até 24 horas

Thais Paim

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informou que o fornecimento de água será interrompido ou terá sua pressão reduzida em pelo menos 24 bairros de Salvador na segunda-feira (18), a partir das 8h. 

A Embasa afirmou que a interrupção é necessária para a realização de um serviço de manutenção emergencial em equipamento na captação de água de Joanes I.

Segundo a empresa, a previsão é que o serviço seja concluído no fim da tarde do mesmo dia, quando o fornecimento começará a ser retomado, de forma gradativa, nas áreas afetadas, com plena regularização em até 24h após a conclusão do serviço. 

Nas localidades que tiverem redução de pressão, o fornecimento de água terá períodos de intermitência em horários de pico de consumo.

A Embasa recomenda o uso racional da água armazenada nos reservatórios domiciliares, evitando os consumos que possam ser adiados e qualquer forma de desperdício. Os imóveis que têm reservatório com capacidade para atender as necessidades diárias de seus ocupantes não devem ser afetados por essa interrupção temporária do fornecimento.

Confira abaixo os bairros que vão ter abastecimento interrompido:

Imbuí;

Boca do Rio;

Pituaçu;

Piatã;

Pituba;

Itaigara;

Costa Azul;

Caminho das Árvores;

Bom Juá;

Parte de Fazenda Grande do Retiro;

Parte do Curuzu;

Parte de Santa Mônica;

Parte de Pero Vaz;

Parte do Retiro.

Saiu o concurso da Embasa


A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) publicou, nesta terça-feira (14), no Diário Oficial do Estado da Bahia, o edital de abertura de um concurso público para preenchimento de 600 vagas para 11 funções dos níveis médio, técnico e superior.

De acordo com a empresa, as vagas são destinadas a 64 municípios, contemplando unidades da Embasa em Salvador, região metropolitana e interior do estado. Os salários variam de R$ 1.122,84 a R$ 6.793,31.

As inscrições para o concurso deverão ser realizadas pela internet, por meio do site http://www.ibfc.org.br/ a partir da meia-noite de quarta-feira (15) até as 23h59 do dia 5 de abril, sendo 6 de abril o último dia para o pagamento do boleto bancário. As provas devem ser aplicadas no dia 7 de maio de 2017 e serão realizadas em Salvador, Barreiras, Feira de Santana e Vitória da Conquista.

água-torneira-embasa

As vagas de nível superior são oferecidas aos profissionais com formação em ciências contábeis; análise de sistemas, processamento de dados, ciência da computação, engenharia de computação ou sistemas de informação; engenharia civil ou engenharia de produção civil; engenharia sanitária ou engenharia sanitária e ambiental; e engenharia elétrica.

As vagas de nível médio-técnico são destinadas para técnicos em edificações e técnicos em eletromecânica. Já para o nível médio, há vagas para agente administrativo, agente operacional, assistente de laboratório e operador de processos de água e de esgoto.

 

O valor de inscrição será de R$ 60 para as funções de nível médio, R$ 80 para as funções de nível técnico e R$ 120 para as funções de nível superior.  O prazo de validade do concurso, organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), será de seis meses, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo, a critério da Embasa, ser prorrogado uma vez por igual período, por conveniência administrativa da empresa.

Clique aqui para baixar o edital do concurso e boa sorte!

Governo do estado libera mais de R$ 3 milhões para Itabuna


Foto: Martone Badaró
Foto: Martone Badaró

O prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, destacou a rapidez da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS) da Bahia em liberar mais de R$ 3 milhões para ações emergenciais no abastecimento de água em Itabuna, no sul Estado, no momento em que a região enfrenta a mais severa estiagem com graves consequências no fornecimento de água potável para a população. “Há 15 dias estive com o governador Rui Costa e o secretário Cássio Peixoto, que não mediram esforços em nos ajudar a enfrentar a crise hídrica”, disse Vane.

Para o prefeito de Itabuna o recurso chega em um instante em que a população sofre com a escassez de água potável, já que a Emasa tem conseguido fornecer metade de sua capacidade pela falta d’água nos mananciais dos rios Cachoeira e Almada, onde a captação só tem sido possível em Castelo Novo, que sofre os efeitos da maré elevando a quantidade de cloretos. “Graças a Deus os recursos liberados pelo governador Rui Costa vão nos ajudar a melhorar a oferta de água para a população, inclusive a contratação de carros pipa”, disse Vane.

O prefeito lembrou que o recurso vai permitir transferir a captação do Rio Cachoeira, em Nova Ferradas, elevando-a de 48 para 100 litros por segundo. “Também vai nos dar a condição de retirada de baronesas e melhorar a qualidade da água fornecida para a cidade”, afirma Vane, destacando que nesse momento difícil “a gente deve agradecer a Deus e a sensibilidade do governador Rui Costa e do secretário Cássio Peixoto”.

Decreto Financeiro nº 21, do dia 9 de março, já foi publicado no Diário Oficial do Estado, agilizando a liberação. Segundo a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento entre as ações emergenciais também está a recuperação da estação de tratamento de água de Nova Ferradas, que possibilitará o aumento da oferta e a melhoria da qualidade da água distribuída. Segundo Cássio Peixoto, todas as medidas atenderão aos padrões de potabilidade estabelecidos em lei.

O titular da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento informa ainda que será reativado um reservatório para despressurizar a rede de distribuição, além da vegetação aquática do Rio Cachoeira, evitando a proliferação do mosquito da dengue. Outra medida é a liberação imediata de carros-pipa em pontos estratégicos. Estas ações, somadas, “resultarão na elevação da vazão de água de 48 litros por segundo para 100 litros por segundo”, disse o secretário.