Sebrae oferta cursos sobre empreendedorismo através do Whatsapp e Telegram


Quase 60 mil usuários já utilizaram esse novo serviço 

Thais Paim

Os cursos online oferecidos pelo Sebrae por meio de aplicativos de mensagens estão se destacando e conquistado um número cada vez maior de donos de negócios. Desde janeiro até início de agosto deste ano, foram quase 60 mil usuários que realizaram em torno de 80 mil matrículas. 

Para quem tem interesse de se inscrever, o acesso aos cursos está disponível no site do Sebrae.

Atualmente são oferecidos 29 cursos para acesso pelo Whatsapp e Telegram. Todos têm certificado com verificação de autenticidade e são 100% gratuitos. Ao concluir o curso, o documento é emitido em até 1 hora e entregue direto pelo próprio aplicativo.

A praticidade dessa nova modalidade de curso tem chamado a atenção dos usuários e vem registrando uma grande adesão. 

Além de contribuir para a atualização dos conhecimentos sobre gestão da microempreendedora individual, Juliana Recuche, o curso também a ajudou na hora de buscar um empréstimo para ampliar o negócio. Com uma vasta experiência no ramo da confeitaria, ela faz doces, bolos e salgados para vender na cidade de Dois Córregos, no interior de São Paulo. 

“Fui indicada pelo banco a fazer os cursos do Sebrae e os certificados fizeram parte dos documentos exigidos. Mesmo tendo formação em administração, os conteúdos foram bons para relembrar assuntos e me atualizar”, declarou.

Com fácil acesso pelo celular, o técnico em Contabilidade, Eladio Andrade, de Cajazeiras, na Paraíba, fez quase todos os cursos disponíveis. Ele conta que o interesse surgiu a partir da demanda de alguns clientes que são Microempreendedores Individuais (MEI) com interesse no enquadramento no Simples Nacional. 

“Eu precisava entender melhor o universo dos MEI e vi que o Sebrae oferecia diversos cursos sobre o assunto. Comecei fazendo um e quando percebi tinha feito quase todos. Fiquei surpreso com a facilidade e rapidez com que obtive os conhecimentos que procurava”, comentou. 

O gerente de Soluções do Sebrae, Diego Demétrico, explica que os cursos disponibilizados pelos aplicativos foram pensados para atender quem precisa de praticidade e não tem muito tempo. Com o uso de tecnologia de Inteligência Artificial e chatbots, os cursos oferecem vídeos, áudios, imagens e textos curtos que podem ser baixados e assistidos em qualquer hora e lugar.  

“Essa solução foi desenvolvida pelo Sebrae com um grande arcabouço tecnológico para facilitar a vida dos empreendedores. Nossas pesquisas apontam que muitos querem se capacitar para alavancar os negócios, mas não têm tempo suficiente. Ao mesmo tempo, observamos o potencial que os aplicativos apresentam ao serem usados por muitos brasileiros”, explicou.

Fonte: Economic News Brasil

Programa oferece curso gratuito de marketing e empreendedorismo a pequenos negócios


As aulas serão iniciadas na próxima terça-feira (13)

Thais Paim

Se você tem um pequeno negócio e não sabe o que fazer para conquistar novos clientes ou tornar seu empreendimento conhecido, essa pode ser a oportunidade de adquirir novos conhecimentos no ramo do empreendedorismo. O Ensino a Distância, Dominando o Marketing e Empreender ao Sucesso da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes) está com algumas vagas abertas para novas turmas. 

As aulas estão sendo ofertadas através do Programa Capacitar para Empreender e serão iniciadas na próxima terça-feira (13), em formato on-line, no endereço eletrônico www.ead.aderes.es.gov.br, para quem já fez sua inscrição.

Se você não conseguiu se inscrever, novas turmas serão formadas e as inscrições permanecem abertas. Os interessados em realizar os cursos podem acessar o site do Aderes para fazer a inscrição. De acordo com a instituição, serão ofertadas 100 vagas e os candidatos serão selecionados de acordo com a ordem de inscrição até o preenchimento total do número de vagas de cada curso.

É preciso ter no mínimo 16 anos, acesso à internet e noções básicas de informática e de navegação na web para participar. 

Segundo a professora Luciana Stabile, o curso tem a finalidade de ajudar o empreendedor a melhorar o seu negócio. “O aluno pode fazer o curso no seu tempo, no conforto de sua casa, utilizando de um computador a um celular, então, não perca tempo e vamos rumo ao sucesso”, ressaltou.

A proposta da autarquia é colocar à disposição da sociedade cursos de Ensino a Distância em diversas modalidades, possibilitando maior comodidade para os participantes. 

“Isso vai permitir que as pessoas possam fazer uma atividade de formação, na comodidade de suas casas e, com isso, preparar empreendedores para o mercado, principalmente nesse tempo de pandemia. “Essa é mais uma ação do Governo do Estado que vai permitir que as pessoas se qualifiquem, tenham o seu trabalho e gerem sua própria renda, por meio do empreendedorismo”, afirmou o diretor-presidente da Aderes, Alberto Farias Gavini Filho.

Fonte: Jornal Fato 

Você sabia? C&A lança edital para empreendedores LGBTI+; veja como participar


Coleção temática também será lançada 

Thais Paim

Diversas atividades estão sendo desempenhadas pela varejista C&A e a frente social Instituto C&A em prol da diversidade, inclusão e fomento ao empreendedorismo. Dentre as novidades, está o lançamento do edital #TodesNaModa do Instituto C&A, voltado para a capacitação e o desenvolvimento de negócios de moda protagonizados por empreendedores da comunidade LGBTI+.

Se você se interessou pela oportunidade, as inscrições para o edital serão abertas no dia 28 de junho, quando se comemora o Dia do Orgulho LGBTI+. Para participar é só acessar o site do Instituto C&A. É válido lembrar que os candidatos podem se inscrever até o dia 17 de julho e início das atividades será em agosto.

Quem pode participar 

O edital é voltado para empreendedores LGBTI+ de moda autoral nos segmentos de roupas, calçados e acessórios e que tiveram seus negócios impactados pela pandemia precisando criar novas estratégias para suas marcas. Outros critérios, como maturidade do negócio, qualidade do produto e diversidade do público empreendedor, também serão avaliados para a seleção dos participantes.

“Sabemos que o varejo de moda sofre na pandemia da covid-19 e isso afeta muito os pequenos empreendedores LGBTI+. Investir em capacitação e desenvolvimento deste público é benéfico para todo o mercado”, diz Gustavo Narciso, gerente executivo do Instituto C&A. 

O #TodesNaModa vai promover uma trilha online de formação e desenvolvimento somando cerca de 30 horas de conteúdos focados em marketing digital, identidade e gestão da marca. Ao longo de três meses, os empreendedores selecionados receberão o investimento total no valor de R$ 4.000 como aporte aos negócios e ajuda de custos.