Programa oferece curso gratuito de marketing e empreendedorismo a pequenos negócios


As aulas serão iniciadas na próxima terça-feira (13)

Thais Paim

Se você tem um pequeno negócio e não sabe o que fazer para conquistar novos clientes ou tornar seu empreendimento conhecido, essa pode ser a oportunidade de adquirir novos conhecimentos no ramo do empreendedorismo. O Ensino a Distância, Dominando o Marketing e Empreender ao Sucesso da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes) está com algumas vagas abertas para novas turmas. 

As aulas estão sendo ofertadas através do Programa Capacitar para Empreender e serão iniciadas na próxima terça-feira (13), em formato on-line, no endereço eletrônico www.ead.aderes.es.gov.br, para quem já fez sua inscrição.

Se você não conseguiu se inscrever, novas turmas serão formadas e as inscrições permanecem abertas. Os interessados em realizar os cursos podem acessar o site do Aderes para fazer a inscrição. De acordo com a instituição, serão ofertadas 100 vagas e os candidatos serão selecionados de acordo com a ordem de inscrição até o preenchimento total do número de vagas de cada curso.

É preciso ter no mínimo 16 anos, acesso à internet e noções básicas de informática e de navegação na web para participar. 

Segundo a professora Luciana Stabile, o curso tem a finalidade de ajudar o empreendedor a melhorar o seu negócio. “O aluno pode fazer o curso no seu tempo, no conforto de sua casa, utilizando de um computador a um celular, então, não perca tempo e vamos rumo ao sucesso”, ressaltou.

A proposta da autarquia é colocar à disposição da sociedade cursos de Ensino a Distância em diversas modalidades, possibilitando maior comodidade para os participantes. 

“Isso vai permitir que as pessoas possam fazer uma atividade de formação, na comodidade de suas casas e, com isso, preparar empreendedores para o mercado, principalmente nesse tempo de pandemia. “Essa é mais uma ação do Governo do Estado que vai permitir que as pessoas se qualifiquem, tenham o seu trabalho e gerem sua própria renda, por meio do empreendedorismo”, afirmou o diretor-presidente da Aderes, Alberto Farias Gavini Filho.

Fonte: Jornal Fato 

Graduação a distância ganham mais força


Cursos de graduação presenciais poderão ofertar até 40% das aulas a distância. O limite anterior era de 20%. Publicada pelo Ministério da Educação, no último dia 31, a portaria estabelece que os estudantes devem ser informados pelas instituições de ensino superior que parte do curso presencial será ministrada a distância. As instituições devem detalhar, de maneira objetiva, as disciplinas, conteúdos, metodologias e formas de avaliação dessas aulas. Além disso, mesmo que sejam ministradas em formato de educação a distância (EaD), as avaliações e as atividades práticas exigidas devem ser realizadas presencialmente na sede ou em algum dos campus da instituição de ensino. A medida não vale para cursos da área da saúde e de engenharia.

De acordo com a portaria, para ofertar até 40% da carga horária do curso a distância, a instituição de ensino superior deve cumprir alguns requisitos como estar credenciada junto ao MEC nas modalidades presencial e a distância e ter um conceito institucional (CI) igual ou superior a 4. O curso que terá parte das aulas a distância deve ter Conceito de Curso (CC) igual ou superior a 4. Ambos conceitos são calculados a partir de avaliações do MEC e seguem uma escala que vai de 1 a 5.

A instituição deve ainda ter um curso de graduação na modalidade a distância, com CC igual ou superior a 4. Esse curso deve ser equivalente, ou seja, ter a mesma denominação e grau, a um dos cursos presenciais ofertados pela instituição. Para as instituições que não cumprem esses requisitos, o limite da oferta de EaD em cursos presenciais segue sendo de até 20% da carga horária total do curso.